Templo da Justiça de Gaia

Novo Tópico   Responder ao tópico

Página 8 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ir em baixo

Re: Templo da Justiça de Gaia

Mensagem por Victor Montenegro em 07.12.18 14:09

Aquela já era a segunda vez naquele dia que alguém da família de Siegfried erguia o Senhor das Sombras pela gola e o atirava ao chão... aquilo não seria esquecido.

O ego daqueles membros do alto conselho estava obviamente ferido, talvez por não terem estado presentes para defender o caern, talvez por questões internas, mas o fato era que ali os ânimos não estavam normais.

Um pouco chocado com a "violência" desnecessária aplicada contra si, o Senhor das Sombras se levanta, encara Temido como Vulcões e Garras do Trovão nos olhos e, sem quebrar o protocolo, responde de maneira respeitosa para ambos "ignorando" as reprimendas que recebia:

'-Me desculpem, Senhores. Se é uma ordem eu a atenderei.'

Victor passa o olhar por Sussurros Solitário e por Hadrian e então se dirige ao alto conselho:

'- Com o devido respeito aos levantamentos feitos pelo Caçador da Verdade, vejo a situação de maneira um pouco diferente. Pelo que foi relatado entendo
que Sussurros Solitários deva ser Julgado por abandonar o seu posto enquanto Alfa, por não atender ao chamado de lobo, por não defender um caern quando intimado a fazê-lo, por não entregar o primeiro quinhão ao de posto mais elevado e por perder um fetiche de grande poder. Dado o fato de ter ficado preso na umbra pela teia da Weaver, eu afastaria a acusação de violação ao verso da litania por não combater a Wyrm, uma vez que por motivo de força maior ele restou impossibilitado de fazê-lo e pelo mesmo motivo afastaria qualquer acusação de desobediência em meio à Guerra. De mesmo modo, afastaria a não submissão ao de posto mais elevado já que foi Ira de Thor que ordenou que as Theurges o ajudassem com o que quer que estivesse lhe causando dano e foi junto a elas que ele partiu para a umbra. Também não vejo motivos para que ele seja julgado por agir fora de seu augúrio visto que a confiança em alguém é um sentimento intrínseco e não passível de julgo prévio por um Philodox, entretanto, dado que ele se mostrou incapaz de confiar sequer na própria matilha quanto ao assunto da jóia, resta configurada, para mim, uma desvirtuação de valores e preceitos gaianos e me faz perguntar se tamanha desconfiança não é advinda de demônios próprios, pelo que lhe retiraria o título de confiabilidade. Não vejo também, ainda, como a ação dele possa ter sido em benefício próprio, para isso precisaria de um pouco mais de investigação. E, por fim, considero que alegar que as ações de Sussuros Solitários colocaram a seita em risco é precipitado e, no momento, não passaria de conjectura fazendo, ainda, o apontamento de que foi com o sangue dele que o Margrave foi capaz de realizar o ritual que nos devolveu parcialmente nossas habilidades gaianas.'


Mantendo-se ainda a olhar os dois membro do alto conselho com postura séria, o Philodox segue:

'- No que diz respeito à Hadrian, eu concordo que sua punição deva ser restrita à mera perda de renome, no entanto, apenas o acusaria por abandonar o seu posto na matilha para a defesa do Caern, por não atender ao chamado de lobo e por não defender um Caern quando intimado a fazê-lo sendo este ultimo especialmente mitigado pelo fato de que ele estava a combater um traidor desta seita tanto dentro quanto fora do Caern.'

Acabando de dar a sua "opinião", Victor encara os membros do conselho com sobriedade e seriedade esperando uma manifestação destes.
avatar
Victor Montenegro

Mensagens : 717
Pontos : 720
Reputação : 3
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 33
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Garras-do-Trovão | Temido-Como-Vulcões - Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por NarraDiva em 07.12.18 14:54

'- Era isso que eu queria desde o começo, Victor. Não entendo porque, com tanto talento, você insiste em fazer as coisas de um jeito que ninguém goste verdadeiramente de você.' - comenta David, que, em seguida fala:

'- Sentinela-das-Sombras, na privacidade da matilha, tecerá os devidos julgamentos. Não queremos espetáculos. A era dos grandes espetáculos acabou junto com a liderança Fianna. Eu quero resultados e, acima de tudo, Sentinela-das-Sombras, quero que o julgamento sirva para que toda a Olhos da Tempestade atinja seu pleno. Adianto, no entanto, que Sussurros-Solitários não estará mais no projeto de talentos do Caern. Se nem em mim, que confiei tanto nele, ele pode confiar que havia encontrado uma jóia da Coroa, não posso voltar a exercer a confiança no nível que exercia. Para o lugar dele, iremos apostar na formação de Anda-Com-Espíritos, da Sangue Forte de Luna.'

O Juiz dos Crias de Fenris pede a palavra e diz:

'- Eu concordo com os termos do Senhor das Sombras, mas faço também minhas ressalvas. Que Sussurros-Solitários saiba que tudo começa quando ele esconde que encontrou uma Jóia da coroa. Um novo alto conselho assumiu há um dia e não teve sequer a chance de proteger tal artefato escondido por alguém que não tinha autoridade para decidir sobre isso. Foi por isso que ele foi para a Umbra, por isso que não estava ao lado de vocês. Toda a perda de renome começa num ato enganoso ao fugir do caminho da honra. Pense sobre isso.'

Nessa hora, Nightmaster volta a surgir na cabeça do Lupino, apenas dizendo:

'- Tudo que você fez, tudo que você sacrificou da sua vida, terminando em desconfiança, ataques e tolos julgamentos... é nesse mundo mesmo que você quer viver, Sussurros-Solitários? É ao lado dessa corja que você quer viver? É por eles que quer morrer?'

David encerra dizendo:

'- A Olhos da Tempestade está dispensada, façam os devidos julgamentos em ambiente reservado e sigam para o Cemitério.'
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Espólio-Cyberpunk - Toque-de-Beladona

Mensagem por NarraDiva em 07.12.18 14:57

O Andarilho apenas diz:


'- Sim, sou. Estou trazendo parte da matilha para conversar com o Alto Conselho. Se for descer, eles estavam na trilha da Entrada Norte pro cemitério. Pode chamar o restante por favor enquanto adianto os depoimentos por aqui?'
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pantaneiro (hominideo) - Fortaleza de Gaia / Todos

Mensagem por Yorick MacAlister em 07.12.18 15:01

Pantaneiro segue com seus irmãos até o Templo da Justiça. Chegando lá é possível ver que os membros da Olhos da Tempestade estavam presentes, assim como Legado do Trovão. Como demandava o protocoloco, pede permissão para adentrar ao templo:

- Opa... Permissão pra eu e meux irmãox adentrarmo-nos no Templo da Justiça pra falar com o alto conselho.


Fazia como exigia o protocolo, até porque um diálogo ainda acontecia ou parecia estar se encerrando.
avatar
Yorick MacAlister

Mensagens : 706
Pontos : 709
Reputação : 3
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo da Justiça de Gaia

Mensagem por Sussurros Solitários em 07.12.18 15:18

Forma atual: Crinos

O Lobo continua ouvindo em silêncio as acusações do alto conselho e surpreende quando Sentinela-das-Sombras intercede em seu favor em algumas delas. 

O Alfa da seita frisa que não confia mais no Uktena e lhe retira da projeto de heróis. 

*Eu sinto muito. Mas fiz o que precisava fazer...*

Nightmaster então vem tentar seus pensamentos e o lobo lhe responde

*E qual a alternativa? Ficar ao lado de um pai que quer me matar para roubar meus poderes?*

Tendo sido dispensado o lobo olha para sua matilha e faz um gesto para que o sigam, antes de sair ele lança apenas um olhar para o Líder do Caern e cumprimenta o alto conselho com um cabeça e em silêncio. Do lado de fora do Templo ele apenas fala: 


"- Vamos ao lago verde. Hadrian você pode chamar nossos irmãos? Devemos acabar logo isso e irmos ao cemitério e cuidar dos mortos. Quando a matilha estiver toda reunida responderei todas as suas perguntas."

O lobo espera a reação dos seus irmãos de tribo. Estava profundamente cansado e só queria que essa noite acabasse logo, mas infelizmente ela estava apenas começando...
avatar
Sussurros Solitários

Mensagens : 659
Pontos : 663
Reputação : 4
Data de inscrição : 04/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Toque-de-Beladona (hominídeo) - Espólio-Cyberpunk / Fortaleza de Gaia

Mensagem por Toque-de-Beladona em 07.12.18 15:36

Beladona responde rapidamente o garou da Sangue Forte de Luna:

"- Ok, farei isso quando passar por lá."

Ao se virar e seguir para descer se depara com toda uma matilha subindo. Ela precisava saber quantos Portadores ainda viviam ou procuraria sem saber nem mesmo o que, ser recém chegada tem esses problemas. Então decide perguntar e avista uma figura que parecia um boneco de pano remendado com um sotaque estranho. 

*Não tem jeito, é esse estranho mesmo que vai ter que me ajudar*


"- Boa noite! Você é o alpha dessa matilha? Algum Portador da Luz Interior corre com vocês? Preciso transmitir um recado do Alto Conselho aos membro dessa tribo e gostaria de uma ajuda."

Ela ainda não sabia, mas conheceria a figura mais pitoresca do Caern, que atendia pelo nome de Pantaneiro.


Última edição por Toque-de-Beladona em 07.12.18 16:02, editado 1 vez(es)
avatar
Toque-de-Beladona

Mensagens : 63
Pontos : 64
Reputação : 1
Data de inscrição : 12/06/2018
Localização : O objetivo é vc nunca ter certeza...

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo da Justiça de Gaia

Mensagem por Arauto-da-Morte em 07.12.18 15:46

Forma atual - Crinos

Após a inesperada e providencial manifestação do senhor das sombras, o Ragabash nota que aqueles anciões também o haviam atingido..

*Bom saber que ele também não é de pedra..*

.. tendo sido dispensados logo em seguida..

*Que o tempo esteja do seu lado Blackhat..*

Já se virando e seguindo na direção da saída quando escuta o pedido do Lobo..

“-Os levarei até lá, contanto que os corpos de nossos irmãos estejam em segurança..”

Hadrian então começa a se dirigir para o local que se sentia mais em paz dentro daquele Caern..

OFF: Segue no cemitério..
avatar
Arauto-da-Morte

Mensagens : 370
Pontos : 370
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/12/2017
Localização : Belem

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pantaneiro (hominideo) - Fortaleza de Gaia / Todos

Mensagem por Yorick MacAlister em 07.12.18 15:51

- Fala, xômana! É eu memo. Prazer, me chamo Yorick McAllister, popular Pantaneiro, Ahroun Fostern Fianna da Irmandade de Herne e Alpha da Fortaleza de Gaia. E os Portadores são Padmatavi e Antonio.



Apontou para a juíza e depois para Antonio. A fala de Pantaneiro é seguida de simpatia e atenção. Estendia sua única mão para um aperto diante do cumprimento.

"Num é das mais bunitas que já vi, mais tem belas curvas... um sorriso bonito, um cabelo sedoso, uns peito apalpáveis... interessante.... dá pro gasto..."

- Ao seu dispor, fique à vontade.



E aguarda para ver qual era o recado.
avatar
Yorick MacAlister

Mensagens : 706
Pontos : 709
Reputação : 3
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Toque-de-Beladona (hominídeo) - Fortaleza de Gaia

Mensagem por Toque-de-Beladona em 07.12.18 16:27

Beladona ouve as palavras do garou e pensa se aquilo seria algum dialeto derivado do português, porém consegue entender o que foi dito. Logo percebe que o estranho Fianna a observa, imaginando o que passa pela cabeça de um macho dessa tribo, Antonela coloca a sua tradicional cara de poucos amigos e reprovação, apertando sua mão com uma força maior do que um cumprimento cordial, ela o fita e responde:

"- Sou Antonela, Toque-de-Beladona, Ragabash das Fúrias Negras. Mantenha seus olhos em sua matilha! O Alto Conselho quer ver todos os Portadores vivos dessa Seita. Faça-os entrar nesta sala! Vou em busca de Equilíbrio-da-Força, sabe de algum outro membro desta tribo que sobreviveu?"

Ela aguarda a resposta, sendo ela um nome ou um não, independente já se prepara para partir. Ainda precisaria ir ao encontro de Fênix-de-Prata.
avatar
Toque-de-Beladona

Mensagens : 63
Pontos : 64
Reputação : 1
Data de inscrição : 12/06/2018
Localização : O objetivo é vc nunca ter certeza...

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bruno Caselli (Crinos) - Pantaneiro / Toque de Beladona / Todos na Cena

Mensagem por Bruno Caselli em 07.12.18 16:34

Bruno chega em sua forma de batalha e para ao lado de Pantaneiro. O Andarilho do Asfalto, por mais que estivesse na forma crinos, ainda possuía seus óculos de grau, uma calça social cinza e camisa branca.

Ele nota que Pantaneiro conversava com um belo exemplar do gênero feminino, mas com a mente ainda conturbada pelos últimos acontecimentos, se limitou a cumprimenta-la com um aceno de cabeça.
avatar
Bruno Caselli

Mensagens : 156
Pontos : 159
Reputação : 1
Data de inscrição : 02/07/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo da Justiça de Gaia

Mensagem por Hagen Bernhardt em 07.12.18 19:14

Hagen chega junto de sua matilha e obderva outros membros ali presentes, no caminho tinha se colocado novamente em duas patas e fez que suas cordas vocais modificassem. Via que Pantaneiro conversava com uma garou e permanece passos atrás, aguardando e acompanhando.

"Preciso aprender essa maldita língua logo."
avatar
Hagen Bernhardt

Mensagens : 320
Pontos : 319
Reputação : -1
Data de inscrição : 23/04/2018
Idade : 33
Localização : Noruega, Høvringen

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo da Justiça de Gaia

Mensagem por Victor Montenegro em 07.12.18 21:22

'- Levarei isto em consideração.' - Responde Victor ao comentário final de Temido Como Vulcões.

Sendo liberados pelo Alpha, ele se despede com um leve aceno de cabeça e segue junto a Sussurros-Solitarios para o Lago Verde onde aguardaria a chegada dos demais irmãos.
avatar
Victor Montenegro

Mensagens : 717
Pontos : 720
Reputação : 3
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 33
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo da Justiça de Gaia

Mensagem por Antonio Xavier em 07.12.18 22:43

Antonio Xavier, junto de Furor-de-rama, acompanha a sua matilha ao Templo da justiça.

Ele vê que Pantaneiro conversa com uma garou e ouve mesmo que apenas superficialmente a menção dos Portadores da luz. Mas ele não se pronuncia, apenas espera que o Alpha fale algo para seguir o caminho indicado.
avatar
Antonio Xavier

Mensagens : 245
Pontos : 247
Reputação : 0
Data de inscrição : 24/03/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pantaneiro ( hominideo) - FDG / Antonela

Mensagem por Yorick MacAlister em 08.12.18 0:34

Diante da fala de Antonela Pantaneiro fica se perguntando em qual momento havia passado do ponto ou faltado com o respeito que justificasse a Ragabash mandar ficar com os olhos em sua matilha. Deduz que talvez aquilo seria um delírio de super auto-estima a ponto da Fúria Negra pensar ser ultra desejada. Ela era bonita? Claro que era, mas até mesmo Lorena chamava mais atenção que a Fúria Negra, até porque Lorena não era grossa ou mal educada. Era carinhosa, meiga, gentil e gostava de coçar seu pescocinho em sua perna. Era óbvio que Antonela jamais faria aquilo com aquela chucrêz toda.

"Essa égua braba pantaneira tá se achando a galinha preta do cu branco... Eu hein, pode nem ser mais simpático que o povo já tá apelando... credo... que povo xucro! Será que ela veio do Mato-Grosso tamém pra tá se comportando desse jeito?! Melhor nem se perguntar, vai que veio..."

Responde então para Antonela de uma forma bem calma, porém séria.

- Toque-da-Beladona, eu num sei se o cê reparou, maix eu só tenho um olho e os membrox Portadorex da minha matilha já iriam me acompanhar de qualquer forma até o templo, inclusive nóix só tamo aguardando a permissão pra nóis adentrarmo-nos. 


Pantaneiro até dificultava sua vocabulário, falando mais difícil para justamente impressionar a Ragabash com sua inteligência.

- Quanto aox Portadorex vivox, ox únicox que sei que tão bem é Padmatavi, Antonio e Furor-de-Rama agora.


Sorri rapidamente para Antonela e nesse momento volta a ostentar um semblante sério para a Fúria Negra. Provavelmente a mesma iria partir.
avatar
Yorick MacAlister

Mensagens : 706
Pontos : 709
Reputação : 3
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo da Justiça de Gaia

Mensagem por Elaijah Maickoson em 08.12.18 1:26

Equilíbrio-da-Força / Templo da Justiça
Hominídeo


Elaijah vai caminhando para alcançar Espólio-Cyberpunk e no caminho passa por Toque-de-Beladona e meia a cabeça.
* -É muito estranho passar pelo corpo ao qual ocupou mesmo por pouco tempo e não ter nenhuma afinidade com a verdadeira Garous pertencente aquele corpo. *

Chegando ao lado de Espólio-Cyberpunk ele para e espera Amélia chegar.
avatar
Elaijah Maickoson

Mensagens : 131
Pontos : 132
Reputação : 1
Data de inscrição : 21/03/2018
Idade : 30

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo da Justiça de Gaia

Mensagem por Toque-de-Beladona em 08.12.18 13:38

Beladona ouve as palavras de Pantaneiro e considera já ter o máximo de informação que aquele estranho poderia compartilhar.

"- Obrigada pelas informações, Pantaneiro! Vou seguir pois tenho que buscar outros!"

Sem dar tempo para a resposta do Fianna, ela passa por Equilíbrio-da-Força e diz:

"- O Alto Conselho quer ver todos os vivos da tribo do traidor, mas fique tranquilo, imagino que todos os que te viram em combate devem defender sua lealdade a Gaia. Em nenhum momento você me pareceu um traidor!" - esse era o máximo de empatia que Beladona era capaz.

Novamente sem das oportunidades para respostas ela assume a forma de lobo e dispara em direção a Entrada Norte em busca de Fênix-de-Prata. Até onde havia apurado, todos os poucos Portadores vivos já estavam por ali ou vindo acompanhados.

_______________________

OFF: Segue na Entrada Norte
avatar
Toque-de-Beladona

Mensagens : 63
Pontos : 64
Reputação : 1
Data de inscrição : 12/06/2018
Localização : O objetivo é vc nunca ter certeza...

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amélia Carder (Hominídea) - Templo da Justiça de Gaia | Elaijah

Mensagem por Amélia Carder em 09.12.18 3:19

Amélia percebe que ficou um pouco pra trás e que Elaijah parou para lhe esperar, ela se aproxima a tempo de ouvir Antonela falando sobre Elaijah não parecer ser um traidor. Ela cumprimenta a Fúria Negra com a cabeça e segue junto com seu irmão.

- Desculpe estar tão lenta, eu ainda estou abalada com tudo... Vamos nos apressar - fala olhando pra Elaijah de forma doce.
avatar
Amélia Carder

Mensagens : 59
Pontos : 59
Reputação : 0
Data de inscrição : 24/07/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo da Justiça de Gaia

Mensagem por Sussurros Solitários em 09.12.18 13:06

Forma atual: Crinos

Ainda carregando a manopla do Margrave, o Uktena olha para o philodox e fala:

"- Eu vou apenas entregar logo esse fetiche para Essência-do-Abismo e logo encontro vocês no lago verde."

Com um breve cumprimento o lobo parte seguindo seu cheiro até o cemitério.
avatar
Sussurros Solitários

Mensagens : 659
Pontos : 663
Reputação : 4
Data de inscrição : 04/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Templo da Justiça / SFL

Mensagem por Anda-Com-Espiritos em 09.12.18 22:37

Forma: Crinos

A forma corpulenta negra de crinos do garou da Sangue Forte de Luna chegava à entrada do Templo. Vinha na frente esperando que o resto da matilha o seguisse. O Senhor das Sombras havia aprendido bastante desde que chegara àquele caern dias antes. Para ele parecia que uma vida toda havia se passado e na verdade ele se sentia assim. A morte recente de sua alfa e membro de sua familia por elo de matilha o deixava muito triste. Por mais que pouco tempo tivessem convivido Nate sabia que havia perdido muito.

Nate olha ao redor tentando encontrar os membros de sua matilha que ali ja estavam e se dirige para eles.
avatar
Anda-Com-Espiritos

Mensagens : 128
Pontos : 129
Reputação : 1
Data de inscrição : 21/03/2018
Idade : 35
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo da Justiça de Gaia

Mensagem por Olhos-de-Corvo em 10.12.18 1:36

A lupina era uma recém chegada tanto na seita quanto na matilha e por mais que ela fosse rápida, faltavam muitas peças daquela história para ela se pronunciar de qualquer forma, por mais que seu coração Ragabash o desejasse... Ela olha para Hadrian algumas vezes durante a conversa dos duas patas, se o Ragabash da Olhos-da-Tempestade que conhecia a história estava em silêncio, era melhor ela não se meter ainda. E assim o faz, apenas quando tudo termina ela diz, respondendo à David a opergunta que fizera diretamente à ela:

- Olhos-do-Corvo ser sem lua, cliath nascida lobo. Vir para esta seita hoje, chegar agora pelas matas e Jubilo-das-Gorgonas falar para se juntar à olhos-da-Tempestade antes de vir aqui.

Mas estavam dispensados e sua matilha estava indo embora...ela vai atrás de seu alfa e do juiz de sua tribo.
avatar
Olhos-de-Corvo

Mensagens : 13
Pontos : 13
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/12/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Garras-do-Trovão (H) | Júbilo-das-Górgons (H) | Fúria-da-Tempestade (C) | Temido-Como-Vulcões (C) | Furor-de-Rama (H) | Flor-de-Lótus (H) | Mija-na-Wyrm (H) - Matilha Fortaleza de Gaia | Matilha Sangue Forte de Luna

Mensagem por NarraDiva em 10.12.18 10:54

Estavam ali Garras-do-Trovão, Temido-como-Vulcões, Fúria-da-Tempestade e Júbilo-das-Górgonas. O quarteto olha para a aproximação da Sangue Forte de Luna e da Fortaleza de Gaia e diz:

'- Aproximem-se e façam seus relatos, Fortaleza de Gaia e Sangue Forte de Luna.'

Padmatavi, da Fortaleza de Gaia é a primeira a pedir a palavra e inicia os relatos dizendo:

'- Eu não vou me alongar mas se quiserem posso fazer algo mais detalhado num segundo momento. O fato é que desde as profecias de Alma-da-Bruxa que eu, Sereno-Trovão e Equilíbrio-da-Força estávamos tentando localizar quem seria o traidor que colocaria a vida de Elaijah em risco. Nós desconfiamos de Equilíbrio-da-Vida e de Sol-da-Esperança. Sem tecer nenhuma acusação precipitada, decidimos investigar mais sobre a dupla e isso me levou a uma visita sem convite na Casa de Chá, onde se refugiava Kapheus.'

A Philodox faz uma breve pausa e prossegue explicando:

'- Ao entrar na casa de chá ouvi uma conversa ao telefone de um humano com poderes mágicos incríveis. Ele falava que o plano ia bem e que o falso Caern e seus moradores seriam destruídos essa noite pois um grande ataque estava sendo planejado com Kapheus usando uma jóia da coroa para transportar criaturas da Wyrm para a cidade através de falsas pontes da lua. Não sei exatamente o que isso quer dizer e nem o impacto do ataque, sei que no momento que ouvi isso percebi que tinha que voltar para alertá-los, mas aí fui surpreendida por uma mulher cujo rosto não consegui ver mas que com suas mãos me erguia do chão à distância e quebrava todos os meus ossos. O outro, atraído pelo barulho, se uniu a ela e de algum modo já sabia me nome e meu campo e falava que assim como Furor-de-Rama, que vim a descobri depois ser Sol-da-Esperança, iria controlar minha mente para que eu revelasse os segredos de meu campo e me unisse a eles no projeto maldito que tinham... eu lutei bravamente para resistir a toda tortura e toda tentativa de subjugamento da minha mente, mas acabei desmaiando e acordei quando minha matilha me salvou.'

Encerra seu relato e os quatro anciãos aguardavam que os demais também fizessem seus relatos.Furor-de-Rama aproveita e diz:

'- Eu sou Furor-de-Rama, Forsten Ahroun dos Portadores d Luz Interior. Meus relatos não são úteis porque não lembro de nada do que houve antes de me pegarem, mas lembro que em Chinatown nós também caçávamos um traidor que se aliava a magos para tomar o poder de Caerns para as tradições dos humanos que manipulam a essência do mundo. Provavelmente me pegaram nessa batalha, eu não lembro como e nem quem, mas quero pedir, humildemente, que essa seita me julgue, me avalie e que, se me permitir, me deixe lutar por ela.'

Temido-Como-Vulcões apenas diz:

'- Você conversa comigo em particular depois, Furor-de-Rama. Vamos ver se você tá totalmente livre mesma antes de qualquer decisão.'

David concorda com a cabeça e mais uma vez todos aguardavam a manifestação dos demais que tinham algo a dizer.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bruno Caselli (Crinos) - Fortaleza de Gaia / Sangue Forte de Luna / Todos na Cena

Mensagem por Bruno Caselli em 10.12.18 12:21

Finalmente após o termino da conversa entre Pantaneiro e Beladona a matilha Fortaleza de Gaia e a Sangue Forte de Luna não chamadas para falar.

Bruno estava ansioso para poder se manifestar e acabar logo com aquilo tudo, mas os relatos de Flor de Lótus despertam sua curiosidade.

“Falso Caern?!?!... Então a Wyrm já pretendia atacar o lugar.... Mas o que eles quiseram dizer com falso Caern?”

A cabeça de Bruno trabalhava loucamente novamente. Será que tinha a ver com a Quimera? Será que os magos estavam enganando eles todo esse tempo? Será que estavam agindo junto a Wyrm?

O Theurge tinha muitas perguntas e poucas respostas, mas certamente precisavam dar foco em algo ou não iriam resolver nada.

Bruno então nota que todos haviam se calado e que havia chegado sua hora de falar. O Andarilho do Asfalto respira fundo e busca por calma para só então dar um passo à frente e começa a falar:

- Me chamo Bruno Caselli, entre os Garous sou conhecido também como Visão do Futuro, Theurge, Cliath, Hominídeo dos Andarilhos do Asfalto.

- Os detalhes completos do resgate de Flor de Lótus serão repassados por nosso Alfa, mas gostaria de contar-lhes algo.


Bruno respira fundo novamente e julga as mãos na altura de sua cintura para controlar o nervosismo antes de voltar a falar:

- Durante o resgate, eu, que estava seguindo pela Umbra, me deparei com uma ilusão extremamente poderosa que só não me destruiu graças a proteção do nosso Totem Urso. Assim que pude escapar da ilusão, me deparei com uma enorme Quimera corrompida que estava drenando as forças do Tigre Branco.

- Diante de tamanho inimigo e sabendo que não seria páreo para ela eu tomei a decisão de trazer ao local o Incarna Vetor de Êxtase. Tal ação teve como intuito bloquear os poderes da Quimera, para que enquanto os dois espíritos travassem um combate eu resgataria o Tigre Branco e o tiraria dali.

- A invocação foi bem-sucedida. No entanto, o Vetor de Êxtase usou seus poderes para bloquear todos os poderes sobrenaturais em um raio de quilômetros.... Creio que tenha sido este poder que chegou ao Caern e que impossibilitou vocês de lutarem.


O Theurge estava com o coração acelerado e se sentido mal novamente, mas se esforçava para manter-se de pé e concluir:

- Entrego-me então ao julgamento dessa Seita pelos crimes cometidos por mim e somente por mim. Agi sem o consentimento de meu Alfa e ele, assim como todos os outros, também foi vítima de minhas ações.
avatar
Bruno Caselli

Mensagens : 156
Pontos : 159
Reputação : 1
Data de inscrição : 02/07/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo da Justiça de Gaia

Mensagem por Victor Montenegro em 10.12.18 13:56

Forma atual: Crinos.


Victor tinha alguma dificuldade em compreender a lógica de seu Alfa. Primeiro ele manda Hadrian buscar os demais no cemitério dizendo que aguardaria a todos no Lago Verde e depois fala para os Senhores das Sombras irem para o Lago Verde que ele iria resolver algo no cemitério... bem. Independente de como fosse, Victor não cria caso. Ele apenas acena em concordância ao Alfa e parte rumo aos alojamentos, fazendo um gesto para que a loba o siga.

Havia algo muito importante que o Philodox precisava fazer antes de iniciar aquele julgamento e que ele ja havia adiado por tempo demais...

Off: Segue nos Alojamentos.
avatar
Victor Montenegro

Mensagens : 717
Pontos : 720
Reputação : 3
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 33
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pantaneiro ( hominideo) - Alto Conselho / Fortaleza de Gaia

Mensagem por Yorick MacAlister em 10.12.18 20:20

Antonela agradece pelas informações e simplesmente acena positivamente para a Fúria Negra enquanto nota a mesma partir. Comenta sobre a lealdade de Furor-de-Rama e pelo que já sabia, tinha certeza que seria inocentada sob uma pena mais branda. É então que Fortaleza de Gaia é chamado ao templo da justiça sob os olhos do quarteto mais pica daquela Seita. Respira fundo imaginando o tamanho do problema que aquilo poderia ser, mas seria honesto e esperava arcar com as responsabilidades necessárias.

"Seja o que Gaia quiser..."

A palavra era dada para fazer o relato e Padmatavi não perde tempo. Pantaneiro escuta atentamente todos os pontos que a juíza explanava e agora ela era bem mais completa e explicativa que anteriormente, o que era muito bom, porque assim poderia entender de fato o que tinha acontecido. Lamenta interiormente por saber o quanto havia sido doloroso aguentar aquela tortura física e mental.

"É uma grande guerreira essa minha juíza..."

Depois é a vez de Furor-da-Rama, que em poucas palavras admite ter sido possuída por aqueles malditos magos. Temido-como-Vulcões se encarregaria de conferir. Depois é a vez de Bruno. Dava pra sentir a apreensão do Andarilho e com razão. Talvez a maior parte da culpa recaíria sob Bruno por ser o Theurge invocador do Vetor de Êxtase. Porque no final das contas, estava tudo um completo caos em meio aos mortos. Nota que Bruno desejava assumir toda a culpa de seus atos, mas Pantaneiro não permitiria aquilo. É então que levanta a mão e dirige a palavra para o Alto Conselho.

- Bom alto conselho, eu tamém pretendo num me alongar, maix da minha parte do meu relato foi o seguinte... nóix tava na Umbra conversando com o nosso Totem quando Sereno-Trovão teve algunx maux sentimentox à respeito de Flor-de-Lótus e deixou claro que era corria risco de vida. Nesse mesmo momento Sereno-Trovão contou que ela tinha ido fazer essa investigação dessex possíveis traidorex. O Theurge teve uma visão clara de que a morte dela tava muito próximo, ou talvez por alguma ligação do Totem, ele pode explicar melhor, maix o fato é que no momento que fiquei sabendo disso mobilizei toda a matilha e parti o mais rápido possível para fazer o que tava meu alcance para salvar minha juíza. Cometi o erro imprudente de não ter avisado essa Seita no momento em que parti, porque meu desejo era simplesmente que não acontecesse o pior, que era a morte de Flor-de-Lótus, que essa Seita tanto estima. No decorrer do caminho enviei uma mensagem pro Hit-Mark avisar o cê, Temido-como-Vulcões, que nóix tava adentrando o seu território para salvar Flor-de-Lótus e que não iríamox destruir o véu, assim já adianto e asseguro que o véu foi mantido e está intactado durante nossa missão. Infelizmente num sei se a mensagem chegou a tempo, maix tentei avisar quem eu possuía contato e pedi que entregasse a mensagem pro cê, maix enfim, quando nóix chegou na casa de chá, ordenei que Visão-do-Futuro fosse pela Umbra e nóix entramo pela porta da frente. Logo de cara, eu, Pavor-de-Jormungandr e Sereno-Trovão travamo uma batalha pesada contra nossos clones melhorados. Não foi uma batalha fácil, nosso fim poderia ter sido ali, maix se não fosse pela maestria do Fenris no combate, nóis tinha ido pro saco. Foi nesse momento que nóix tinha descoberto que estavam sem nossox poderes. Visão-do-Futuro logo saiu da Umbra explicando a situação sobre o Vetor de êxtase. Foi quando nóix desceu pro porão e lá enfretamox um inimigo inimaginável. Nóix não podia se transformar, se curar ou fazer qualquer uso de qualquer poder. Flor-de-Lótus estava presa à incontáveix lâminas de Prata e completamente devastada. Por sorte Sereno-Trovão se manteve na forma de Crinox e foi isso que deu pra nóix uma pequena vantagem, onde cada ataque o Theurge arrancava um membro do nosso inimigo. Pra nossa surpresa, a cada membro arrancado, era um inimigo a mais a ser combatido. Os membrox do disgraçado se mexiam sozinho e a luta se tornou complicada onde nesse momento quase perdemo Pavor-de-Jormungandr, Visão-de-Futuro e Flor-de-Lótus. A verdade é que se não fosse por Visão-do-Futuro invocar o Vetor-de-Êxtase bloquiando todos ox poderex sobrenaturais, nóix tava perdido, porque visivelmente o disgraçado era forte e muito superior à nóix. 


Respira fundo. Olha para os quatros membros do Alto Conselho e completa.

- Maix Gaia estava do nosso lado, assim como o Urso ajudando Bruno na Umbra de forma decisiva, conseguimox vencer aquele combate. Conseguimox salvar Flor-de-Lótus, Visão-do-Futuro e Pavor-de-Jormungandr do combate final, porque nesse momento nossos poderex voltaram. Foi quando nóix voltou de imediato para o Caern para reportar a situação sobre esses traidorex e quando chegamo aqui, nóix se deparou diante dessa tragédia. Flor-de-Lótus informou que além desse inimigo que nóix derrotou, ainda tinha mais 2 homens e essa mulher estranha. Relatou sobre Furor-de-Rama que o cêis já sabe a procedência, maix reitero minha preocupação sobre esses traidorex, que agora eu sei que planejavam essa ataque no Caern.

Olha expressivamente nesse momento para Temido-como-Vulcões e depois para Garras-do-Trovão.

- Eu entendo o sentimento de culpa de Visão-do-Futuro. Eu tamém sinto essa culpa porque foi o peso dax minhax decisõex e imprudência que tamém afetaram. Nóix não tava aqui pra defender o Caern quando maix precisava e se soubesse que nóix seria atacado, talvez eu teria agido diferente ou pensado em outro coisa. Sou agradecido pela Olhos-da-Tempestade ter dado seu sangue na nossa ausência, porque eu sei que se num fosse por eles nóix não tinha mais Caern. Eu mesmo gostaria de agradecer Sussurros-Solitários por seu desempenho em nossa ausência. Pelo visto a Wyrm tinha tudo isso planejado e estavam maix uma vez um passo a nossa frente. Peço tamém que eu seja julgado pelas ações de Visão-do-Futuro ou qualquer outro membro da minha matilha. Ele pode ter agido sem o meu consentimento, maix ele agiu sob minhas ordens e se ele fez o que fez, foi pensando no melhor para a matilha e tamém na nossa sobrevivência porque ele sabia com qual inimigo nóix tava lidando. Jamaix ele teria intenção de prejudicar qualquer um dessa Seita e eu gostaria de me responsabilizar por quaisquer erros cometidos pela Fortaleza de Gaia. Ox meux irmãox deram seu sangue, assim como eu, fizeram tudo pensando no bem de todos, por isso repito, eu gostaria de assumir toda culpa cometida sob qualquer erro da Fortaleza de Gaia.

Pantaneiro sinaliza em sinal de respeito dando um passo atrás e esperava qual fosse a decisão do Alto Conselho. Era o Alpha daquela matilha e sabia do esforço que seus irmãos haviam tido para que conseguissem sair bem, mas o custo havia sido enorme para a Seita e era óbvio que não deixariam barato. Só não queria que o peso de suas decisões afetassem seus irmãos e faria de tudo para que isso não acontecesse.
avatar
Yorick MacAlister

Mensagens : 706
Pontos : 709
Reputação : 3
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Garras-do-Trovão (H) | Júbilo-das-Górgons (H) | Fúria-da-Tempestade (C) | Temido-Como-Vulcões (C) | Furor-de-Rama (H) | Flor-de-Lótus (H) | Mija-na-Wyrm (H) - Matilha Fortaleza de Gaia | Matilha Sangue Forte de Luna

Mensagem por NarraDiva em 10.12.18 22:21

Os quatro ouviam os relatos da Fortaleza de Gaia, ao passo que os membros da Guardiões da Canção Ancestral já estavam autorizados a se aproximar. David estava sério diante de tudo que é dito e quando Pantaneiro termina seu relato, apenas diz:

'- Eu não tenho a competência de Augúrio para lhe ensinar, Visão-do-Futuro, mas foi inconsequente e combateu um inimigo com força desproporcional. Sua ação poderia ter causado uma tragédia mas, de certo modo, pelo relato de Margrave e pelo que Adock observou ao chegarmos no Caern, evitou que uma horda espiritual sem precedentes destruísse e corrompesse esse Caern. Ao mesmo tempo, no entanto, sua inconsequência fez com que a Nação ter que perder uma lenda nesse processo. Eu peço que sua juíza faça o devido julgo da situação, em privado, mas que não considere você diretamente responsável pelas mortes aqui. Ela deve se ater ao fato de que o que expus aqui é a opinião dessa Seita sobre o incidente.'

Padmatavi acena em concordância e Temido-Como-Vulcões toma a palavra:

'- Também tens que julgar o fato de seu alfa ter levado sua matilha a agir sem consentimento no território de outra matilha. Isso é uma violação da Litania e deve ser tratada como tal. Artefatos da Weaver não cumprem a responsabilidade de vocês no lugar de vocês.'

O líder da Seita, se dirige às Portadoras da Luz Interior:

'- O Caso dos Portadores da Luz Interior será estudado por Temido-Como-Vulcões e Júbilo-das-Górgonas que, em esforço conjunto, irão interrogar Furor-de-Rama.'

E, por fim, à toda Fortaleza de Gaia:

'- Por fim, parabéns pela bravura e pela vitória sobre um inimigo poderoso e salvaram sua juíza. Pela honra de se prestarem ao devido julgamento sem medo da verdade, em nome da liderança da Seita, eu peço à Juíza que remova a voz do chacal de Pantaneiro. Ele se mostrou digno ao liderá-los nessa missão.'

Padmatavi apenas concorda com a cabeça e diz:

'- Por ter se mostrado digno, provou não ser do Sangue do Chacal e lhe livro de sua maldição.'

Pantaneiro tinha sua voz normal novamente. E David encerra:

'- A Fortaleza de Gaia está dispensada para fazer seus julgamentos.'

Furor-de-Rama é encaminhada por Júbilo-das-Górgonas a uma sala reservada.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Templo da Justiça de Gaia

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 8 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum