A Umbra Rasa (Penumbra)

Novo Tópico   Este Tópico está bloqueado. Você não pode editar as mensagens ou responder.

Página 29 de 40 Anterior  1 ... 16 ... 28, 29, 30 ... 34 ... 40  Seguinte

Ir em baixo

Olhos de Gaia - Uirapuru

Mensagem por olhosdegaia em 01.04.18 22:31

O Lupino acena para o totem e quando ele sai voando em direção ao horizonte mas queria lhe falar, então o lobo começa a seguir a passos rápidos o rápido vôo do pássaro.

"- Olhos de Gaia agradecer... O que Uirapuru quer conversar com Olhos de Gaia?"
avatar
olhosdegaia

Mensagens : 256
Pontos : 256
Reputação : 0
Data de inscrição : 11/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Legado do Trovão (Crinos)

Mensagem por Luke Constantine em 02.04.18 18:00

* Luke tencionava manter a pressão mas o espirito que tinha diante de si não se acovarda e retruca com um forte soco que vinha em direção ao seu focinho. O Senhor das Sombras sabia do perigo daquela investida, conhecia a dor que podia ser causada pelos espiritos na umbra, e faz o possível para esquivar-se mas o golpe o acerta em cheio na lateral do cranio, fazendo o mundo balançar por um instante. Mesmo com sangue escorrendo da ferida exposta em sua cabeça, o grande crinos negro absorve parcela considerável do dano e, por puro instinto, rasga o ventre do espirito com suas garras em retaliação. Sente o golpe atingir com profundidade e vocifera com odio ao ver a essencia do inimigo escorrendo: *
 
- Porque você se entregou à corruptora, maldito!? Não precisava ser assim!
 
OFF: 
- Legado-do-Trovão dividiu sua parada de dados, falhou ao se esquivar, tomou 3 agravados após a absorção e recuperou 1 ponto de fúria.
- Legado-do-Trovão causou 5 agravados de dano ao espírito após a absorção do mesmo. Dano total causado: 16.
avatar
Luke Constantine

Mensagens : 465
Pontos : 465
Reputação : 0
Data de inscrição : 28/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Grace(Crinos) - Bradador

Mensagem por Grace Tavares Conney em 02.04.18 18:49

Grace enxerga uma brecha no oponente e lá avança, com a violência de sua fúria, em mais uma larga mordida. O Bradador tenta se afastar de sua investida, mas falha por menos um palmo que o corpo da Crinos consegue alcançar, e mais uma vez as presas da Fianna se fecham na essência dura do espírito e apertam até que duas lascas de essência se despreendem. Aguenta firme ouvindo o ruído distorcido da boca dele.

- Grrrr… Glória á Oxóssi!!!

Em mais um ataque selvagem, a Galliard agora acerta, com muito mais precisão, o espírito que não conseguia acompanhar o ritmo da Garou, e seus dentes se lançam novamente na ferida recém-aberta, aprofundando-se ainda mais naquela essência da Wyrm, que se esvaía largamente com o impacto. Entre os zumbidos azucrinanantes que saíam da boca do Bradador, Grace pode jurar que ouviu um gemido      


OFF:
Grace gastou 1 de Fúria
Ação 1) Ataque 3/Esquiva 2: 3 Dano - 1 Absorção = 2 Dano
Ação 2)Ataque 4: 7 Dano - 2 Absorção = 5 Dano
Total de Dano 5 + 7 = 12 Dano
avatar
Grace Tavares Conney

Mensagens : 492
Pontos : 492
Reputação : 0
Data de inscrição : 26/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sangue-dos-Quatro-Ventos (crinos) - Guaraci

Mensagem por Deganawida "Degan" Oneida em 02.04.18 18:58

Degan continuava aquela batalha, que pouco a pouco esgotava o Wendigo.

Sangrando, o Philodox acaba vacilando e se ve forçado a reagir a um jato de chamas do espírito

Tsc, morra logo!


Ao invés de optar pela esquiva, o Wendigo parte para cima e desfere uma mordida, arrancando um pouco mais da essência do ser, mas, infelizmente, ele recebe em seu peito o jato de chamas e sua visão fica turva...

...Por pouco tempo.

O juiz abre os olhos e se vê restaurado.

Mas o que diabos está acontecendo?!


A verdade é que o Wendigo pouco sabia sobre os esquemas dos espíritos. Seria Guaraci que desejava tanto a morte a ponto de tornar esse combate seu derradeiro? O Mundo Fantasma conspirava a favor de Degan?

Ele não sabia, sabia que tinha que continuar. De um salto, ele se ergue e morde novamente o espírito prosseguindo a luta, um pouco confuso, mas definitivamente motivado a acabar.

Off: Degan reagiu com contra ataque ao jato de chamas, causou 3 de dano e sofreu 3, caindo e restaurando 1 de Fúria. Levantou de novo, restaurado e mordeu causando mais 2 de dano: total 13.
avatar
Deganawida "Degan" Oneida

Mensagens : 409
Pontos : 410
Reputação : 1
Data de inscrição : 01/07/2017
Idade : 43

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bradador x Cordas-Trêmulas [5º Turno]

Mensagem por NarraDiva em 02.04.18 21:24

O duelo de Bradador contra Grace era muito duro para a Galliard. O espírito era resistente e tenta dar uma cabeçada na Fianna para desacordá-la com o impacto. A alma queria vencer e desdenhava:

'- Galliard ir cantar pra Oxóssi em mundo de mortos.'

Like a Star @ heaven Iniciativa da Rodada: Cordas-Trêmulas 12 x 13 Bradador

Like a Star @ heaven O espírito avança com um ataque de 2 sucessos
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Guaraci x Sangue-dos-Quatro-Ventos [5º Turno]

Mensagem por NarraDiva em 02.04.18 21:28

Guaraci não desistia e com Degan em combate corpo-a-corpo consigo, avança com seu báculo para acertar com violência o Wendigo:

'- Você e toda sua raça dever morrer.' - Havia muito ódio no olhar do espírito. - 'Vocês me deixar cair, vocês me esquecer, vocês dever morrer!'


Like a Star @ heaven Iniciativa da Rodada: Sangue-dos-Quatro-Ventos 15 (16) x 15 (18) Guaraci
Like a Star @ heaven Guaraci emite um ataque de 3 sucessos na direção de Sangue-dos-Quatro-Ventos
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Saci x Legado-do-Trovão [4º Turno]

Mensagem por NarraDiva em 02.04.18 21:31

'- Porque vocês abandonar espíritos. Vocês esquecer. Vocês entregar fácil pra Wyrm. Vocês ver tribos cair, espíritos cair, culpa ser de vocês.' - Diz o Furioso saci que, numa dura investida avança para acertar um soco no Senhor das Sombras.


Like a Star @ heaven Iniciativa da Rodada: Legado-do-Trovão 14 x 18 Saci
Like a Star @ heaven Saci efetuou um ataque de 5 sucessos na direção de Legado-do-Trovão
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Uirapuru - Olhos-de-Gaia

Mensagem por NarraDiva em 02.04.18 21:33

'- Pedido de Olhos-de-Gaia acabar de ser atendido e Wendigo nova chance receber...' - comenta o espírito que enquanto voava, falava com Olhos-de-Gaia:


'- Novo Totem adormecido despertar, Olhos-de-Gaia. Naurú, nova matilha abençoar. Uirapuru sentir. Apocalipse também se aproximar quando guerreiros que dormir se levantar... de onde Olhos-de-Gaia vir?'
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Umbra Rasa (Penumbra)

Mensagem por olhosdegaia em 03.04.18 0:19

Forma - Lupino

Olhos de Gaia acena com a cabeça para o Totem, na sua mente, lhe passa a imagem de Sangue dos Quatro Ventos caindo, fica feliz que ele tivesse ainda uma chance, diferente dele, seu estômago embrulha de medo por seus amigos que enfrentavam um mal que não compreendia por completo.

Um novo totem tinha despertado, aquilo era maravilhoso, antes que ele realmente saísse da Umbra com esse objetivo, alguém já trabalhara naquela direção.

"- Olhos de Gaia ficar feliz com espíritos despertos, espíritos que conversar com Olhos de Gaia irei despertar, Sumé e Nhanderú."

O Totem então lhe pergunta, e prontamente o Lupino responde.

"- Olhos de Gaia nascer na floresta, correr quando filhote com matilha de lobos, um dia encontrar grande pedra negra, Garou cantavam nessa pedra, uma criatura da Wyrm surgiu, Garou lutaram, Olhos de Gaia teve a Primeira Mudança."
avatar
olhosdegaia

Mensagens : 256
Pontos : 256
Reputação : 0
Data de inscrição : 11/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Legado do Trovão (Crinos)

Mensagem por Luke Constantine em 03.04.18 4:19

* A resposta do furioso saci o pega de surpresa e o Senhor das Sombras arregala seus olhos predatórios como se tivesse compreendido uma grande verdade. *

"Então isso é.. culpa nossa"

* Sempre imaginara que os espíritos caídos para a profanadora haviam sido tentados e não haviam resistido por fraqueza, mas as palavras duras proferidas com tanta veemência por aquela criatura que tinha diante de si mudam sua percepção completamente. O corrompido nao parecia abraçar a corrupção como um caminho desejável, pelo contrário, ele a encarava como uma fatalidade e culpava os filhos de luna por terem permitido a concretização de tão detestável destino. Não conhecia o modus operandi dos espíritos com a profundidade de um theurge e não saberia dizer se aquela criatura estava cuspindo mentiras para confundi-lo, mas a convicção com que a condenação fora feita levava o Senhor das Sombras a acreditar que haviam falhado. *

"Isso foi fruto da nossa negligência"

* Ainda digeria aquela informação que lhe fora empurrada goela abaixo e o momento de estupefação faz com que Legado-do-Trovão perca a concentração e reaja tardiamente ao ataque desferido pelo espírito. Tenta se esquivar do soco que vinha em sua direção mas havia se movido uma fração de segundos tarde demais e o golpe o atinge novamente na cabeça. Recua um passo absorvendo uma dose do dano e sentindo o sangue escorrer por seu crânio, bem como sua essência interior sendo danificada. Percebe nesse instante que não sentia mais raiva, sentia algo semelhante a culpa. *

- Eu.. * queria dizer que sentia muito mas nao nao conseguia expressar seu pesar de forma tao aberta, anos de treinamento para ser firme e inabalavel haviam lhe tolhido aquele tipo de empatia, de modo que apenas completa: * - .. não era pra ser assim.

* Diz num rosnado baixo, e então faz o que tinha de fazer. Em fúria, avança impiedosamente contra o espírito e cerra suas mandíbulas em seu pescoço. Sente as presas rasgando o corpus da entidade, se afundando em essência, e então puxa a mordida com um tranco violento que rasga seu pescoço e a faz tombar ao chao jorrando essência. O saci havia sido derrotado e Luke encara sua vitoria sobre aquele oponente sem qualquer euforia ou contentamento. Era apenas algo inevitável que deveria ser feito.. e todo aquele dano supostamente fora causado pelo lapso daqueles que deveriam ter contido a atuação da profanadora enquanto ainda era tempo. Reflete olhando aquele espírito que destruira: *

- Eu nao posso mudar o que já aconteceu, mas posso mudar aquilo que ainda está por vir..

* E com isso em mente, recolhe em seus grandes braços o cadáver espiritual com o intuito de levá-lo como oferenda á Oxóssi. *

- .. e, pelo trovão, é o que vou fazer.

* Com convicção estampada nos olhos e sangue escorrendo de suas feridas abertas, faz o possível para suportar a dor e segue adiante movido pelo desejo de conseguir qualquer vantagem que pudesse mudar o destino que as profecias anunciavam para aqueles últimos dias. *

OFF: 
- Legado-do-Trovão agiu em fúria, falhou ao se esquivar do ataque e tomou 2 agravados após a absorção, recuperando 1 ponto de fúria.
- Legado-do-Trovão causou 5 agravados no espirito, encerrando sua existência e levando seus restos espirituais como oferenda. Total de dano causado: 21.
avatar
Luke Constantine

Mensagens : 465
Pontos : 465
Reputação : 0
Data de inscrição : 28/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sangue-dos-Quatro-Ventos (crinos) - Guaraci

Mensagem por Deganawida "Degan" Oneida em 03.04.18 20:31

Curado, o Wendigo decide revidar o golpe do espírito:

" - NÓS TAMBÉM MORREMOS!"


Degan brada.

" - MORREMOS ÀS CENTENAS! NOSSOS PARENTES, NOSSOS FILHOS E NOSSOS COSTUMES!"


Ele arranca a essência de Guaraci com uma mordida.


" - MORREMOS POR VOCÊS! DEMOS NOSSAS VIDAS... Mas a Wyrm continuou a vir. A Wyrm que agora você serve, virou você contra aqueles que te protegeram e te fez esquecer de todos aqueles que morreram antes... Mas eu ainda vivo."


Ele salta e morde de novo o espírito, arrancando mais um punhado de essência, terminando:

" - E eu vou fazer com que você não trilhe mais esse caminho! Eu sou Sangue-dos-Quatro-Ventos, e sua servidao para a Corruptora termina hoje!"


Off:
Degan reagiu ao ataque, causando 3 de dano e recebendo 3. Gastou fúria e agiu de novo, causando mais 2 pontos de dano.
avatar
Deganawida "Degan" Oneida

Mensagens : 409
Pontos : 410
Reputação : 1
Data de inscrição : 01/07/2017
Idade : 43

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Grace(Crinos) - Bradador

Mensagem por Grace Tavares Conney em 03.04.18 20:56

Grace rosna de ódio mas não devolve a provocação com palavras. Sabia que a melhor resposta seria a força de seu ataque.

A Fianna primeiramente tenta se preservar. Estava já bastante ferida e não sabia quantos danos ainda poderia aguentar. Uma idéia surge em sua mente como uma faísca.
“Os amuletos!”

Joga seu corpo para trás afastando-se da cabeça horrenda do espírito que ia na direção dela. Procura então uma das esferas de vidro que envolve com sua mão e sua energia antes de joga-la na direção do espírito.

“ Queime!”

As chamas sobem envolvendo o corpo do Bradador e Grace ansiosamente aguarda. Esperava que depois que elas se dissipassem veria apenas os restos, mas seu inimigo ainda estava em pé, apesar de ferido.

Rosnando, segura firme novamente a lança, preparando-se para a próxima investida.

OFF
Grace consegui 2 sucessos na esquiva
Grace gastou 1 Gnose para ativar o amuleto
Grace conseguiu 3 sucessos no arremesso
Dano 7 - 2 Absorção = 5
avatar
Grace Tavares Conney

Mensagens : 492
Pontos : 492
Reputação : 0
Data de inscrição : 26/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Uirapuru | Oxóssi - Matilha Guardiões da Canção Ancestral

Mensagem por NarraDiva em 03.04.18 21:31

O espírito ouve as palavras de Olhos-de-Gaia. Tinha simpatia pelo Theurge e pela postura recente do mesmo. Com sua sabedoria profética, falava:

'- Grande batalha para salvar floresta, matilha Ter. Theurge preparado precisar estar.'

Seu tom era profético e enquanto caminhavam, viam Grace que lutava com um espírito que simplesmente some quando confrontado com o brilho de Uirapuru. A Fianna, por muito pouco, não havia vencido, ficara a um triz e arcara com a terceira colocação no desafio. Uirapuru diz:

'- Vir com Uirapuru, Cordas-Trêmulas. Em terceiro lugar ficar, mas desempenho Uirapuru encantar. Cordas-Trêmulas orgulhar Uirapuru.'

O espírito seguia votando, agora com Cordas-Trêmulas e Olhos-de-Gaia que rapidamente veem Degan lutando contra um outro espírito. Tal qual o Bradador, ele some com o brilho do Uirapuru que fala para Degan:

'- Wendigo muito forte ser e em sua força Uirapuru confiar. Por muito pouco não ganhar, mas em segundo lugar ficar. Vir com Uirapuru, futuro novo começar.'

Luke tinha vencido seu inimigo. Ao contrário do comum, o corpo do Saci jazia no chão para ser entregue à Oxóssi. O Senhor das Sombras podia ver o Totem se aproximando com seus irmãos de matilha. Tudo acontece de forma bem rápida. Uirapuru diz a Luke:

'- Trazer e seguir conosco, Filho de Avô Trovão dever. És vencedor desse desafio e novo líder dos Guardiões da Canção Ancestral você ser. Mas Uirapuru ter poucas forças e trazer vocês aqui para vocês ver inimigos que caminhos de vocês, no futuro, cruzar.'

O totem segue voando até que, em uma mata bem fechada, o grupo se aproxima de uma clareira que emanava um calor intenso e cheirava à corrupção. Um pouco antes da clareira, Oxóssi estava parado. Ele mesmo caminha e pega a oferenda trazida por Luke e aponta, ao passo que o Uirapuru canta:

'- Parentes corrompidos por ganância de poder, ser. Pele de Garou vestir e profano acontecer. Poderoso Oxóssi essência drenar e nova raça maldita fazer surgir. Raça Maldita Gaia enfrentar. Muitos Caerns, ela destruir. Guardiões da Canção Ancestral a todos espíritos vingar e à história profana um fim dar.'

Na clareira havia vários corpos de Garous mortos e o espírito de Oxóssi parecia preso no meio, com sete fogueiras acesas em volta dele fazendo-o sucumbir no calor. Humanos com Raça Pura dançavam em volta do fogo fazendo um ritual. Eles tinham Garous desmaiados pendurados conservando, desmaiados, sua musculatura de Crinos. Os homens dançavam e cantavam, ao final, iam rasgando a pele dos Garous que gritavam de dor, mas por algum motivo não conseguiam reagir. Com a pele arrancada, os Garous ficavam sangrando até a morte enquanto a dança profana continuava. Por entre as fogueiras, os humanos passavam. A essência de Oxóssi para aquelas peles era drenada e, com elas vestidas, os humanos assumiam a forma de batalha dos Garous. Tudo cheirava a profano. Tudo era absurdamente doentio. Tudo era podre e doloroso. Oxóssi olha para todos e fala:

'- Estrangeiros chegar e culto a espíritos desta terra destruir. Totens se perder. Espíritos abandonados ser. Wyrm se aproveitar, criaturas como essas se aproveitar. Nós não resistir. Um a um cair. Um a um adormecer. Uirapuru, Naurú, símbolos de novos tempos poder ser. Cuidados com Dançarinos de Pele vocês ter. Eles sentir o despertar. Eles ir atrás de você.'

Um portal se firma atrás de Oxóssi e Uirapuru fala:

'- Uirapuru pouca força ter e matilha precisar voltar. Assembleia ja começar. Guardiões da Canção Ancestral agora se chamar e união, lealdade e honra ser o que Uirapuru esperar de matilha. Novos irmãos por vocês esperar. Filha de Barata e Filha de Pégasus em templo aguardar. Outro Filho de Falcão a caminho estar. Portal agora, vocês dever passar e para Seita novo nome e novo líder anunciar.'

Like a Star @ heaven Ao ultrapassar o portal, a matilha deve postar no Templo da Coroa de Fogo, ao atravessar o portal todos recuperam todos os seus pontos de Força de Vontade e Gnose e, também, ficam com sua fúria temporária igualada à permanente.


avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Umbra Rasa (Penumbra)

Mensagem por olhosdegaia em 04.04.18 0:45

Forma - Lupino

O Filho de Gaia acompanhava o Totem enquanto ele sobrevoava a Umbra, ele fala de uma grande batalha para proteger a floresta, e o Theurge só conseguia pensar em como falhara no desafio de Glória. Assim que vê Grace, o Theurge dá uma latida baixa, porém, o inimigo dela some, aparentemente, tinham um vencedor, e não era a Galliard...

Com seu focinho, o Lupino cumprimenta Cordas-Trêmulas e então segue viagem com ela e o Uirapuru, até que avistam o Wendigo, também em batalha, e aquilo já lhe dizia tudo que precisava, Sangue dos Quatro Ventos lutara bem, porém, Legado-do-Trovão, o Ahroun que não conhecera direito, porém, assim como ele escolhera o caminho da Honra. O lobo roça nas pernas de Degan o cumprimentando também, porém, calado segue atrás do Uirapuru.

Então, finalmente encontram Luke e o Saci que ele derrotara, era o vencedor e era o novo alfa, com o anúncio do Totem, Olhos de Gaia, agora um Guardião da Canção Ancestral, aquele nome soava bem em todas as línguas, Garou, humana, até Lupina, ele se aproxima do Senhor das Sombras e fala.

"- Legado-do-Trovão é meu alfa."

Ele faz uma reverência com a cabeça e expões sua garganta, solenemente cedendo sua posição de maneira Lupina para o Garou. Então, prossegue viagem com a Matilha, até encontrarem Oxóssi, que os revela vários Humanos com Raça Pura fazendo rituais profanos com Garou, eles não reagiam, e o rosnado misturado com ganido surge no fundo da garganta do Theurge, vendo a profanação da Wyrm tão próxima. Ele sentia seus pêlos se eriçarem quando via Oxóssi preso, servindo àquelas abominações.

O Uirapuru então finalmente abre um portal de volta ao Caern, ele gastara sua energia para criar aquele desafio, tinham que aproveitar cada pedaço de informação coletado, e cada espírito que poderia os ajudar e ajudar Gaia. 

"- Nobre Uirapuru, Olhos de Gaia agradecer pelas visões, Uirapuru deve descansar."

Então ele se volta para a matilha e fala em língua Garou.

"- Olhos de Gaia ver muitas coisas na Umbra, no passado, muitos espíritos, Guardiões da Canção Ancestral ter um longo e duro caminho a seguir, o caminho da Honra e da União. Juntos somos fortes."

O Lupino dá um passo a frente e solta um breve uivo, comemorando o momento e finalizando suas palavras.
avatar
olhosdegaia

Mensagens : 256
Pontos : 256
Reputação : 0
Data de inscrição : 11/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Grace (Crinos) - Todos

Mensagem por Grace Tavares Conney em 04.04.18 1:51

Grace empunha a lança em riste, reunindo suas forças para um ataque. Estava gravemente ferida. Sangue saíra em profusão das orelhas da Crinos, manchando as laterais de seu rosto, e seu ombro expunha a carne dilacerada por uma mordida.

Seu golpe porém não sai. O inimigo é destruído por uma diáfana luz que embora confusa no primeiro momento, traz um bem vindo alento para a exausta Fianna. Ao ver que era o Uirapuru, Grace imediatamente abaixa a lança, respeitosamente encostando-a no peito e fazendo uma reverência guerreira ao Totem. A aprovação dele a deixa honrada. 
- Obrigada, Uirapuru. Orgulho ser de Cordas Trêmulas em ter participado. 

Ficara em terceiro lugar, mas todo o conhecimento que havia conseguido na caminhada era o maior dos prêmios. Vê Olhos de Gaia e dá um sorriso caloroso a ele, cumprimentando-o com um aceno da cabeça. 

Vê então Deganawida contra seu inimigo brevemente. Sabia da força enorme do juiz, tanto quanto a sua retidão de caráter. Surpreende-se que ele não tenha ganhado o desafio, mas recebe-o com um olhar acolhedor. 

Como já havia deduzido, Luke tinha se tornado o alpha. Não era o que ela esperava ou desejava, mas respeitaria o resultado do desafio honrado. 
- Parabéns, Legado do Trovão.  

Sabia do terrível destino de Oxóssi pelas palavras malignas do Bradador, mas testemunhar o ritual profano dos Dançarinos da Pele não é menos doloroso ou repulsivo por conta disso. A Galliard franze o rosto horrorizada com a mutilação dos Garous, e chora em ver imponente e morte deles e o fim da energia de Oxóssi para dar poder àquelas criaturas corrompidas. Enxuga as lágrimas, estava exausta demais para sentir Fúria, mas a revolta enchia seu peito como o ar podre que ela respirava. 

Tinham naquele momento a última oportunidade de falarem com Oxóssi, e é ainda emocionada que se dirige a ele. 
- Não deixaremos Oxóssi e os espíritos serem esquecidos novamente. Cantaremos e lembraremos de vocês para todo o Caern. Oxóssi é caçador. Oxóssi é caçador... - lembra-se da música, e mais uma lágrima sai de seus olhos. 

Um portal se abre e Uirapuru avisa que a Assembleia estava para começar. Havia perdido a noção do tempo ali, imersa nos desafios e experiências tão intensas que pareciam ter durado uma vida inteira. A nova Matilha recebe um novo nome do Totem, que deixa a Galliard satisfeita.
"Guardiões da Canção Ancestral... que as canções do nosso futuro sejam de vitórias."
- Obrigada, Uirapuru, por todo o conhecimento que compartilhou conosco. Vamos fazer de tudo para honrar sua confiança, sua sabedoria e sua bênção. 

Olha para trás, ainda hesitando em deixar o lugar. Querendo ainda absorver tudo o que pudessse dele. Contudo, o momento de aprender havia terminado. Começava agora o momento de agir. 

OFF: Continua no Templo da Coroa de Fogo
avatar
Grace Tavares Conney

Mensagens : 492
Pontos : 492
Reputação : 0
Data de inscrição : 26/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Umbra Rasa (Penumbra)

Mensagem por olhosdegaia em 04.04.18 2:54

Forma - Lupino

O Theurge segue atrás da Galliard ao Templo da Coroa de Fogo, apressado para a Assembléia.
avatar
olhosdegaia

Mensagens : 256
Pontos : 256
Reputação : 0
Data de inscrição : 11/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sangue-dos-Quatro-Ventos (crinos-hominídeo) - Guardiões da Canção Ancestral

Mensagem por Deganawida "Degan" Oneida em 04.04.18 3:29

O Wendigo estava furioso, e preparava-se para continuar o combate quando... Guaraci some. Degan olha em volta, confuso, até que pode ver o Uirapuru e, próximo dele, Cordas-Trêmulas e Olhos de Gaia. Ele recebe seus cumprimentos e faz uma reverência ao Uirapuru. 

Entendo... O desafio terminou então.

Ele toca a cabeça do Filho de Gaia em resposta e logo em seguida reverte à forma humana. Ele segue junto com os demais, e cumprimenta Legado-do-Trovão junto com os outros. Não o conhecia, mas esperava que ele não agisse como outros estrangeiros, e a lembrança da surpresa de Olhos-do-Caos passa pela cabeça dele por um instante. 

" - Você foi merecedor nesse desafio trazido pelo próprio totem. Parabéns Legado-do-Trovão, que a sabedoria, a glória e a honra caminhem com você!"

Mas aparentemente, aquele não era ainda o final da jornada. Os três ali são levados à presença de Oxóssi e veem um ritual asqueroso sendo praticado por vários humanos com raça pura... Degan escuta atento a história do Uirapuru e aperta os próprios punhos: Ele definitivamente SABIA o que era aquilo que estava ocorrendo... Estrangeiros vindo, destruindo e acabando com aquilo que os Puros tanto lutaram para erguer. Aquele sentimento brota no peito do Wendigo que tem eu seu rosto a expressão do mais puro asco e raiva: Era ali o Irmão Mais Velho, aquele que foi viver mais ao sul, enquanto o Wendigo cuidava do Norte e o Croatan, das terras quentes do meio...

Monstruoso... Eu preciso avisar ao meu Irmão Mais Velho...

Então o Uirapuru demonstra sinais de esgotamento. Havia feito muito esforço em mostrar-lhes aquelas visões. Degan apenas faz coro com os demais. 

" - Uirapuru se esforçou muito em todo o desafio... E sou muito grato por ter feito parte disso. Meu povo também é este povo que aqui vimos, e essas visões não sairão de minha memória... Descanse Grande Uirapuru. Seus filhos guardarão vivo o seu canto."

Deganawida caminha sem hesitar. Ele sabe que toda a tristeza que viu poderia ser combustível para novos pesadelos... Caso ele não aja logo contra ela. 

Okwanada vai ouvir muita coisa... 

OFF: Continua do Templo da Coroa de Fogo.
avatar
Deganawida "Degan" Oneida

Mensagens : 409
Pontos : 410
Reputação : 1
Data de inscrição : 01/07/2017
Idade : 43

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Legado do Trovão (Crinos) - Guardiões da Canção Ancestral

Mensagem por Luke Constantine em 04.04.18 4:21

* Luke havia estranhado a forma como o corpus do espirito abatido se mantivera inalterada após a morte mas, tanto quanto podia enxergar, nada do que estava acontecendo era convencional. Com o sangue escorrendo das feridas em seu cranio não se permite perder tempo com questionamentos infrutíferos e direciona sua força de vontade para continuar seguindo em frente. Cada passo dado era acompanhado pela dor mas ainda assim carregava o corrompido em seus braços e fazia o possível para não fraquejar. Não sabia bem para onde estava indo, qualquer direção parecia tão boa quanto outro, e é nesse instante que capta a figura do Uirapuru se aproximando rapidamente, com ele vinham seus novos irmãos de matilha. Pousa o corpo do saci ao chão enquanto aguarda a aproximação e mesmo cansado pelo esforço empregado naquela jornada, o pensamento corre sua mente: *

"Se estão todos aqui é porque eu sou o vencedor.. ou o ultimo deles.."

* O pássaro de fogo lhe dá a resposta para suas dúvidas e confirma que de fato havia logrado exito na disputa. A notícia lhe traz algum alívio, havia se entregado de corpo e alma ao desafio e buscara a todo tempo envidar seus melhores esforços. No entanto, ainda tentava digerir as tristes informações que pudera captar ao longo de seu caminho e, por mais honrado que houvesse sido o desafio, não se sentia-se no direito de comemorar. O conhecimento que lhe fora confiado vinha carregado de fatalidades e seu peso não poderia ser negligenciado em prol da vaidade oriunda da vitória. *

"Em outros tempos a vitória alimentaria meu orgulho e inflaria meu ego.. mas não hoje, não depois de tudo isso.."

* O totem de honra aproveita o momento para fixar o nome da matilha, a partir de agora seriam os Guardiões da Canção Ancestral. O Senhor das Sombras sente-se honrado por poder carregar consigo um nome tão poderoso e promete a si mesmo que daria tudo o que pudesse para eleva-lo com honras e glórias. Antes que pudessem seguir, Olhos-de-Gaia se adianta para lhe prestar sua lealdade e lhe estende o pescoço de uma forma que poderia ser estranha para muitos. Legado-do-Trovão, no entanto, possuía um forte vinculo com seu instinto primitivo e entendia perfeitamente bem o gesto de submissão tão comum aos lobos. Ainda na forma Crinos, confia em seus instintos e se apoia em um dos joelhos para se abaixar até o lupino, mordiscando levemente o pescoço de seu novo irmão com suas longas presas demonstrando assim ter aceito o que lhe era ofertado. O movimento faz suas feridas abertas verterem sangue, causando dor, mas isso não o impede de continuar. Pousa suas patas nos dois flancos do lupino e o instiga a recobrar a postura natural, dizendo na língua garou: *

- Eu agradeço sua lealdade.. Olhos-de-Gaia, e não os desapontarei.

* Aquilo lhe fazia se lembrar de quando Sussurros-Solitários lhe ofertara sua lealdade daquela mesma forma. O sentimento estranho que vem a tona transforma-se em resolução conforme o Senhor das Sombras define em sua mente que não se permitiria falhar com seus novos irmãos da mesma forma que falhara no passado. Grace também aproveita o momento e o congratula sucintamente. Não esperava festas, estava ciente de que ainda era um estranho para aqueles garous e pretendia mudar pouco a pouco a forma como o enxergavam mostrando-se merecedor da liderança que alcançara. Responde a Fianna em tom grato mas entrecortado pelo esforço de ignorar os ferimentos: *

- Obrigado... Cordas-Tremulas. Faço votos de que os Guardiões da Canção Ancestral.. lhe deem muito repertório para suas canções.

* O Wendigo o parabeniza pela conquista com votos honrados e Legado-do-Trovão responde no mesmo tom, ainda que pausado, tentando ao máximo não demonstrar dor: *

- Que unidos nós possamos alcançar.. grandes feitos em honra.. ao Uirapuru. Obrigado, Sangue-dos-Quatro-Ventos.

* O tempo corria contra eles e o Uirapuru ainda tinha algo para mostrar, de modo que novamente pega o espirito caído em seus braços e segue adiante com os demais. Não demora até alcançarem uma clareira e se encontrarem finalmente com Oxóssi, que até então era uma criatura desconhecida para o ahroun. O espirito ancestral se adianta para tomar a oferenda e Luke passa então a ouvir com atenção o canto do Uirapuru bem como as palavras de Oxóssi. A cena que se desenrola diante da matilha recém formada era estarrecedora e a fúria começa a ferver em seu amago. Estava diante da maior profanação já presenciada em toda sua existência, maior até do que os sadismos doentios dos jogos do Sabá. A cena o revoltava profundamente ao mesmo tempo que gerava asco, havia um desejo latente de vingança que brotava em seu peito conforme via aqueles parentes corrompidos rasgando a pele dos Garous acorrentados, fazendo-os sangrar até a morte. * 

"Desgraçados, vocês vão pagar por essa insanidade!"

* Custe o que custasse, o Lua Cheia estaria preparado para quando o momento de destroçar aqueles profanadores chegasse. Aquela ofensa a Grande Mãe não merecia nada menos que vingança. Sua fúria o faz esquecer a dor ao menos por um momento e, ao fim do ritual doentio, Luke agradece com determinação estampada em seus olhos: *

- Nobre Uirapuru, o seu esforço nos permitiu conhecer um grande inimigo que nos espreita e lhe agradeço por essa benesse. Daremos o nosso máximo extirpar essa profanação e vingar os espíritos ancestrais. Seu canto não será esquecido, eu te garanto.

* Cumprimenta o totem com reverencia, sentindo novamente a dor ofuscar-lhe os sentidos em virtude do movimento, e atravessa o portal junto aos demais. Haviam descoberto muito sobre os erros do passado, agora tinham a chance de construir algum futuro. *

OFF: continua em Templo da Coroa de Fogo.
avatar
Luke Constantine

Mensagens : 465
Pontos : 465
Reputação : 0
Data de inscrição : 28/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Umbra Rasa (Penumbra)

Mensagem por olhosdegaia em 12.04.18 13:46

Forma - Lupina

O Theurge transfere sua consciência para a Umbra e busca rapidamente os espíritos dos tapiti que acabara de caçar, se aproxima de ambos com uma reverência e fala na língua dos espíritos.

"- Olhos de Gaia agradecer aos nobres espíritos pelo alimento e pela suas vidas que sustentam meu corpo material."
avatar
olhosdegaia

Mensagens : 256
Pontos : 256
Reputação : 0
Data de inscrição : 11/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Umbra Rasa (Penumbra)

Mensagem por olhosdegaia em 12.04.18 17:02

Forma - Lupina

Depois de agradecer os espíritos com a Oração pela Presa, ele volta ao mundo material.
avatar
olhosdegaia

Mensagens : 256
Pontos : 256
Reputação : 0
Data de inscrição : 11/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

ESPÍRITO TRANQUILO (homenídeo) - NARRAÇÃO | PAVOR-DE-JÖRMUNGANDR | UIVO-FLAMEJANTE

Mensagem por Espírito Tranquilo em 10.05.18 14:00

Atravessa a película da forma discreta habitual de se mover, puxando os garous para o seguir. Tinha certa surpresa em ver que era Hagen que pegara a sua mão, mas entendia também que ele um garou ávido por atos e poucas palavras.
 Com calma e atento já observa o ambiente em volta.
avatar
Espírito Tranquilo

Mensagens : 167
Pontos : 167
Reputação : 0
Data de inscrição : 24/04/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Umbra Rasa (Penumbra)

Mensagem por Hagen Bernhardt em 10.05.18 15:33

Hagen segue a entrada na umbra sendo o elo de ligação entre Uivo-Flamejante e Espírito-Tranquilo. Estava atento e essa jornada por mais que fosse curta seria liderada pelo Godi, Hagen tinha pouca experiência no mundo umbral e seus percursos e encalços eram sempre dirigidos em sua época por suas irmãs Gódis ou feiticeiras mais experientes.
avatar
Hagen Bernhardt

Mensagens : 320
Pontos : 319
Reputação : -1
Data de inscrição : 23/04/2018
Idade : 33
Localização : Noruega, Høvringen

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Umbra Rasa (Penumbra)

Mensagem por Convidado em 10.05.18 16:24

Rob toca no ombro de Allan e atravessa a película. A sensação era o mesmo que atravessar uma piscina de gelatina, mas sempre que o fazia Uivo se sentia mais leve. Dependendo da espessura a sensação mudava, em alguns cantos era como atravessar um rio, ou mesmo uma barreira de ar.  *Agora é com Espirito Tranquilo pra nos guiar*

-Eu tenho um mal pressentimento sobre isso! - Disse aos dois companheiros ao ver as teias e as paredes rachadas e quebradas em alguns pontos.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Umbra Rasa (Penumbra)

Mensagem por Hagen Bernhardt em 10.05.18 17:40

Hagen escuta Rob falar sobre pressentimentos.

"Geração do impuro perfeito, vampiros fazendo uma guerra na cidade e mortos aos montes, sangue praticamente escorrendo pelas ruas, a liderança contestada no caern e muita coisa errada... O que mais tem aqui é mau pressentimento, situação está caótica e fico apreensivo pelas surpresas que vou encontrar..."

Hagen olhava a sua volta e o mundo espiritual era belo, ao mesmo tempo obscuro e tenebroso...
avatar
Hagen Bernhardt

Mensagens : 320
Pontos : 319
Reputação : -1
Data de inscrição : 23/04/2018
Idade : 33
Localização : Noruega, Høvringen

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bayakko, o Tigre Branco - Pavor-de-Jörmungandr | Uivo-Flamejante | Espírito-Tranquilo

Mensagem por NarraDiva em 10.05.18 17:44

Assim que o trio chega na penumbra, um espírito que - definitivamente - não era natural dali. Um enorme tigre branco aparece para o trio. Seu humor não era dos melhores e o espírito fala na língua dos espíritos:

'- Porque voltar de Caern. Flor-de-Lótus pedir pra proteger Garous, mas vocês se dividir. Bayakko ser um só.'

avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Umbra Rasa (Penumbra)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 29 de 40 Anterior  1 ... 16 ... 28, 29, 30 ... 34 ... 40  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum