[Vargem Grande] Sítio Rio Verde

Novo Tópico   Responder ao tópico

Página 4 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Kiba Valentine (Hominídeo) - Asas da Esperança

Mensagem por Kiba Valentine em Ter Set 26, 2017 4:25 pm

Kiba surge na sala onde haviam partido e toma cuidado para não cair sobre o sofá. O fato da construção ainda não existir no plano espiritual era problemático, mas o Ahroun nada comenta.

Ele então senta no sofá e espera que os demais membros da matilha aparecessem para que Grace e Thiago reproduzissem a canção do Uirapuru para todos.
avatar
Kiba Valentine

Mensagens : 319
Data de inscrição : 26/06/2017
Idade : 20

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Deganawida (hominídeo) - Asas da Esperança, Asa Solitária

Mensagem por Deganawida "Degan" Oneida em Ter Set 26, 2017 4:38 pm

O Wendigo sai da sala logo depois de concluir a meditação. Revigorado, Degan sente a energia da Wyld com a gnose que acabou de receber, e observa em volta, agradecendo aos espíritos de seus ancestrais. 

Que a Matilha Fantasma caminhe comigo na jornada que estarei prestes a embarcar... Agora, onde está o Peregrino? Tsc... 

Degan sai da sala a tempo de ver a Roedor pegar o telefone. Ele cruza os braços na sala e aguarda até que termine a ligação. Era provável que todos estivessem na Umbra, até que Asa-Solitária surge na sala, no mesmo lugar onde havia entrado. O Philodox o cumprimenta:

" - Concluí minha meditação agora. Estão todos bem? O grande urso os ensinou os dons?"


Seu tom é bem calmo e relaxado, consequência do contato com a Wyld e a Gnose.
avatar
Deganawida "Degan" Oneida

Mensagens : 230
Data de inscrição : 01/07/2017
Idade : 42

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Vargem Grande] Sítio Rio Verde

Mensagem por olhosdegaia em Ter Set 26, 2017 5:18 pm

Logo depois de Kiba, Olhos de Gaia surge na soleira da porta, balança seus pelos como se tirando o mundo espiritual de si, como se tivesse mergulhado num rio.

Vai para a sala e senta em um dos cantos, estava ansioso para ouvir a canção, seu rabo balançando podia deixar isso claro.
avatar
olhosdegaia

Mensagens : 58
Data de inscrição : 11/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kiba Valentine (Hominideo) - Asas da Esperança

Mensagem por Kiba Valentine em Ter Set 26, 2017 9:42 pm

Kiba nota que Degan se juntava a matilha quase ao mesmo tempo que Olhos de Gaia volta da Umbra. O Ahroun cumprimenta o Philodox com um aceno de cabeça e diz:

- A mim e a Henker.... Mas vamos precisar ajudar um de seus filhos que está sendo torturado. Provavelmente em uma base da Pentex, mas isso é só suposição. Quando voltarmos de missão vamos discutir sobre isso.
avatar
Kiba Valentine

Mensagens : 319
Data de inscrição : 26/06/2017
Idade : 20

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Tarek - Matilha Asas da Esperança

Mensagem por Thiago 'Tarek' Daoud em Ter Set 26, 2017 10:35 pm

Retorna na sala onde saíram, tomando a forma humana o mais rápido possível. Dando de cara ali com Degan.
 "- Opa, terminou antes da gente..."
 Espera então todos retornarem ali, ficando atento para a chegada da Grace, já a puxando de canto e falando baixo.
 "- É... Então, não sou bom com essa coisa de música... Talvez seja melhor vc cantar a música sozinha... Nas anotações tentei acertar um pouco as rimas e métrica da linguagem dos espíritos para nossa na transcrição... Posso anotar também se quiser marcas das mudanças de ritmo... Mas acho melhor só vc cantar..."
 Tinha noção que a atividade dele era escrever, lembrar e contar, nunca fora muito bom com a coisa de música. Apesar da memória lhe ajudar a gravar perfeitamente as variações que seriam ali necessárias. Mas recordar e reproduzir eram um pouco diferentes.
avatar
Thiago 'Tarek' Daoud

Mensagens : 167
Data de inscrição : 26/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Grace - Tarek, Todos

Mensagem por Grace Tavares Conney em Ter Set 26, 2017 10:54 pm

Assim que retorna ao plano físico, já na forma hominídea, Grace caminha sorridente para pegar seu violoncelo, que deixara encostado na parede. O instrumento era um mais estreito que suas versões clássicas, e mais moderno também. 



Dá pouca atenção às conversas, preparando-se mentalmente, como se estivesse prestes a tocar em um concerto. Percebe então a aproximação de Tarek e fica um tanto surpresa com o pedido dele. Música era uma paixão tão grande para ela que lhe era meio incompreensível um irmão Galliard não querer se envolver com essa bela arte. Contudo, busca ser compreensiva, e apenas confirma.
- Está bem, se você prefere. Tem certeza que não quer nem ser segunda voz? Bom, a letra está aqui -
estende o papel para ele, que havia deixado sobre a mesa - quer revisa-la?
avatar
Grace Tavares Conney

Mensagens : 305
Data de inscrição : 26/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Tarek - Grace - Matilha Asas da Esperança

Mensagem por Thiago 'Tarek' Daoud em Ter Set 26, 2017 11:06 pm

Dá por um instante uma arregalados de olho para a Fianna. Pegando o papel com ela. E puxando um caneta ali do lado.
 "- Segunda voz?" 
 Fala ali mais pensando com ele do que realmente respondendo ela. Ponderando sobre enquanto olha o papel e fazendo algumas marcas ali na letra indicando pausas, momento de subir e descer.
 "- Pode até ser... Mas não quero estragar as coisas... Será que depois num outro momento qualquer do tiver um tempo... Podia me dar uma ajuda nisso de cantar e a gente se organizar melhor nessa coisa de dupla... Inclusive, andei pensando em ver com o Kiba que a gente pode dividir a função igual ocorre com Deganawiga e Sarah..."
 Toda a conversa é em tom baixo, apenas para Grace ouvir, enquanto se mantinha ali anotando coisas no papel para ajudar a se fazer o ritmo certo. Ele não precisaria do papel afinal tinha em mente tudo ali que fizera. Então entrega o papel a ela.
 "- Improviso então, eu faço segunda voz para você? Muito bem... Seja o que Gaia quiser..."
Se prepara ali para fazer aquela apresentação vendo toda a calma e excitação da Fianna.
 *A prova de quem nasceu pra música... Está na cara dela..."
avatar
Thiago 'Tarek' Daoud

Mensagens : 167
Data de inscrição : 26/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Grace - Todos

Mensagem por Grace Tavares Conney em Qua Set 27, 2017 1:59 am

Grace deixa que Tarek reflita, e ainda incentiva o irmão de Augúrio.
- Você não vai estragar nada. Vai ser divertido! Claro que posso te ajudar. Se quiser ensino algumas técnicas de canto ou a tocar um instrumento...

A proposta deles dividirem a função de Meste de Cerimônias faz os olhos da Fianna brilharem, sorrindo exultante para ele.
- Isso é uma excelente ideia! Não acho que Kiba irá se importar. Eu tenho umas ideias, vamos conversar sobre isso depois - diz também em voz baixa, piscando para ele. Pega a folha e já começa a se preparar, não queria atrasar a apresentação que estava tão ansiosa em fazer.

Senta-se no sofá, com a letra escrita por Tarek no colo. Regula a altura de seu instrumento, endireita a postura, posiciona com delicadeza e precisão o arco do violoncelo. Lança um olhar e faz um aceno para ele antes de começar.

Suas primeiras notas musicais são como assobios suaves e melódicos, em uma imitação artística e graciosa dos pios dos passaros. Então ela dá as primeiras arcadas tirando um som doce, esperançoso, apesar de uma leve inclinação melancólica que aos poucos dá lugar a um ritmo um pouco mais agitado e com ares emotivos de triunfo.



Seu instrumento faz o som em sintonia com sua voz, como se as cordas do violoncelo que ela fazia tremer com tanta precisão e graça fossem também parte de sua própria voz. A voz dela é baixa, um controlado timbre soprano, cantando.


Grande líder dos Presas de Prata
Espada do Rei da Honra irá carregar
Na Batalha Final, sua tribo vai liderar
Terminada a guerra, responsável será por recomeçar.
Seus três grandes filhos com ele vão correr
Os maiores aliados que na vida ele vai ter  

Grande líder dos Filhos do Cervo
Tradições e canções ela reunirá
A mais preciosas da Nação
Em um grande livro ela regristrará
Com duas filhas, os Fianna elas reconstruirão
Viajará o mundo revivendo as tradições antigas
Impedindo que com a guerra sejam perdidas
A historia e a culura do povo Garou

Rei do Inverno, três filhos terá
Mas só um a seu lado caminhará
Um dos seus filhos o outro matará
E desse Rei o pior vilão se tornara
Mas junto a seu filho terá sagrada missão
Vencer o traidor e impedir a concretização  
Do fim da tribo mais pura do norte.

O filho da Coruja desvendará os caminhos ancestrais
No caminho encontrará, das receitas as mais cruciais
Como as tradições de sua tribo reviver
E uma terrível maldição reverter.  
Maldição que de suas terras os afastou.

Uma grande guerra os Peregrinos vão batalhar
Contra os Filhos de Suketh eles irão triunfar
Uma vitória épica que as geraçãos irão chamar
De Grande Batalha do Cairo, assim vão cantar.

Uma jovem sem passado, sem futuro, sem nobreza
Mas que carrega um sangue perdido nas veias
De povos que precisam voltar à inteireza
Sua autodescoberta irá construir novos dias
Um novo futuro não só para si, mas para todo o mundo.

O Filho de Fenris terá grandes desafios a enfrentar
Para impedir a corrupção em sua própria tribo de se alastrar
Um dos sete martelos dos Crias de Fenris ele vai se tornar
Liderando-os na batalha do Apocalipse, e assim garantir
Todo poder de fogo da tribo, para no caminho de Gaia seguir.

O Filho da Barata de grande sabedoria vai precisar
Com sua importante ligação com a Weaver tera que cuidar
Para que em prol dela, sua mente não seja corrompida
E que no grande desafio que afetará não só sua vida
Mas que a vida de todoas irá influenciar
O caminho certo seja escolhido na divisão  
Selando o caminho da vitória ou da dor.

Por fim, um Lobo que vai chegar
Para a Wyld harmonizar
Trazer à tona as revelações da Mãe  
Grandes segredos ele vem descobrir
E uma grande missão vai ter a cumprir
O três grandes totens perdidos, ele irá acordar
Assim será a geração que vai enfrentar
O Apocalipse, A Batalha Final
Pela força deles não prevalecerá o mal
Os Garous irão triunfar!
avatar
Grace Tavares Conney

Mensagens : 305
Data de inscrição : 26/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Âmago-de-Gunnr | Olhos-do-Caos | Fúria-Justa-de-Esteno - Matilha Asas da Esperança

Mensagem por NarraDiva em Qua Set 27, 2017 9:09 am

Sarah, Zvanna e Helenna observam o cantar da canção. A dupla de Galliards mostra sintonia e faz uma bela apresentação.

Like a Star @ heaven Cordas-Trêmulas obtém 4 sucessos para a apresentação
Like a Star @ heaven Sussurro-da-Noite obtém 2 sucessos para a apresentação
Like a Star @ heaven A apresentação conta com a média de 3 sucessos para efeitos interpretativos.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 1553
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kiba Valentine (Hominídeo) - Asas da Esperança

Mensagem por Kiba Valentine em Qua Set 27, 2017 10:01 am

Kiba permanecia sentado no sofá quando Grace senta ao seu lado, fazendo-o ter que se ajeitar para não atrapalhar o trabalho da Galliard.

Instantes depois a melodia começa seguida seguida do suave som do violão-celo. A dupla trabalhava bem e sua atuação era tão boa quanto a da apresentação no Caern. Ao termino da apresentação Kiba bate palmas, por estar na forma humana, para parabenizar o trabalho bem feito.

Queria verbalizar sua satisfação, mas sua voz perto da deles era como um arranhar de quadro durante um silencio profundo. Olhou primeiramente para Henker e Olhos de Gaia, que eram os que ainda não haviam ouvido a canção do Uirapuru, para avaliar suas reações.
avatar
Kiba Valentine

Mensagens : 319
Data de inscrição : 26/06/2017
Idade : 20

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Tarek - Matilha Asas da Esperança

Mensagem por Thiago 'Tarek' Daoud em Qua Set 27, 2017 12:35 pm

Segundos antes de começar aquilo, sentado ao lado de Grace um pensamento corre pela cabeça de Tarek.
 * Que eu estou fazendo? Como ela me convenceu a isso? Já era...*
 Talvez a empolgação musical da Fianna o tivesse levado aquilo, indo junto do clima dela. Mas agora teria que se esforçar.
 Respira fundo ali, ouvindo os primeiros toques do instrumentos e a voz da Fianna. 
 *Agudo...*
 Mesmo ele não tendo nenhuma voz super grave, tenta fazer ali uma segunda voz que pudesse equilibrar e dar contraponto aos tons mais agudos da parceira galliard em trechos da música.
 Diferente dela que a música parecia sair leve e suave, dele era visível concentração e esforço para fazer aquilo.
 Pelo menos, aparentemente o resultado final não era ruim.
avatar
Thiago 'Tarek' Daoud

Mensagens : 167
Data de inscrição : 26/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Âmago-de-Gunnr | Olhos-do-Caos | Fúria-Justa-de-Esteno - Matilha Asas da Esperança

Mensagem por NarraDiva em Qua Set 27, 2017 1:40 pm

Um uivo é ouvido chamando pela Asas da Esperança. Ele vinha da entrada do sítio. Sarah comenta com Kiba:

'- Os Lupinos devem ter chego. Talvez fosse bom um dos Galliards ir fazer a recepção.'
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 1553
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kiba Valentine (Hominídeo) - Asas da Esperança

Mensagem por Kiba Valentine em Qua Set 27, 2017 2:11 pm

Kiba não tem tempo de receber uma resposta de Henker ou de Olhos de Gaia, pois logo um uivo é ouvido por todos, sinalizando que as matilhas já estavam chegando.

Sarah se manifesta aconselhando que um dos Galliard as recebessem. O Ahroun concorda com um aceno de cabeça e então se dirige a Grace, dizendo:

- Grace, por favor, pode ir receber nossos irmãos?
avatar
Kiba Valentine

Mensagens : 319
Data de inscrição : 26/06/2017
Idade : 20

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - 99-Centavos

Mensagem por NarraDiva em Qua Set 27, 2017 2:13 pm

O contato de Jéssica atende à ligação:


'- Alô?'
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 1553
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Jessica - Douglas (telefone) - Asas da Esperança

Mensagem por Jessica dos Anjos em Qua Set 27, 2017 3:46 pm

Jessica aguardava que Douglas atendesse sua ligação quando percebe que os membros da matilha estavam surgindo. Seus objetivos na Umbra aparentemente foram concluídos e a Ragabash espera que eles vissem que ela estava ao telefone. Degan surge e a Roedora dá um jóia para ele, informando que ela estava bem. Ainda aguardava seu contato atender o telefone e a cada aparição de um irmão de matilha, ela sorria de forma gentil. Mesmo com algumas conversas paralelas à ligação, ela não se importava.

O que a deixa curiosa, é que Tarek e Grace comentam sobre uma música. Não tinha conhecimento disso, talvez porque esse assunto teria sido tratado enquanto ela estava no Caern. Grace pega seu violoncelo e a Ragabash só observa. Quando Grace começa a tocar, no meio da sua ligação telefônica, a Ragabash apenas mantém o fone no ouvido com a mão esquerda e o dedo indicador da mão direita na direção do telefone, querendo que alguém percebesse que ela estava tentando fazer uma ligação. Mas seu gesto é inútil. A música toca e Douglas não atende o aparelho.

'Graças a Gaia que o Douglas deve estar enterrado até o talo com trabalho ou nem deve estar em sua mesa.'

A apresentação é bem feita e ela reconhece as palavras do totem da matilha sobre os garous da Asas da Esperança. Imaginava que se fosse para mostrar o que o totem tinha dito a Henker e Olhos de Gaia, poderia ter sido feito em outro local e de forma verbal.

Aparentemente havia um lupino chegando. E Douglas atende o telefone.

"-Boa noite. Douglas?"

Sua voz era educada. A voz de Douglas era seca, como de costume. Mas a Roedora sabia que ele era do bem.

"-Aqui é a Jess...te liguei para saber uma coisa. Tu sabe o que está acontecendo na Zona Oeste? Tem um monte de policial nas ruas fazendo blitz."

Seu contato sabia que Jessica gostava de se manter informada do que estava acontecendo na Zona Oeste. Tinha muitos protegidos nas ruas e faria o possível para que eles continuassem vivendo, independente da situação.
avatar
Jessica dos Anjos

Mensagens : 157
Data de inscrição : 25/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Deganawida (hominídeo) - Asas da Esperança

Mensagem por Deganawida "Degan" Oneida em Qua Set 27, 2017 4:09 pm

Degan escuta o que o Presa de Prata tem a dizer. Pelo visto, não era só ele que teria chiminages a cumprir.

" - Eu entendo. Os ursos são raros hoje em dia. Eu também tenho dois chiminages a cumprir, um em prata para um Luno e outro com o espírito do Leão. Eu posso ajudar no que for preciso."

O Wendigo então vê a chegada dos demais membros da matilha e escuta à apresentação dos Galliard. Por mais que a profecia de seu futuro não fosse uma recordação muito agradável, ele consegue apreciar o ritmo e a música dos dois... As tribos estrangeiras tinham seus meios de cantar honrando Gaia, isso ele tinha que admitir.

Meus companheiros estão trabalhando juntos para honrar a Mãe. Não há egoísmo em como eles agem... Isso é bom.

Ele termina de ouvir a música e é nítido que o Wendigo está satisfeito. Logo depois, um uivo se faz ouvir do lado de fora do casarão. A matilha de seu irmão havia chegado. Seria bom conversar com ele depois.
O assunto dos chiminage com Kiba fica para mais tarde.
avatar
Deganawida "Degan" Oneida

Mensagens : 230
Data de inscrição : 01/07/2017
Idade : 42

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Henker - Grace/Tarek

Mensagem por Henker Von Fenrirsulfr em Qua Set 27, 2017 5:29 pm

Henker fora, aparentemente o ultimo a chegar, e felizmente a tempo de ouvir finalmente sobre a profecia.

Não era dado à apreciação de arte, mas aquilo fora muito bom, mesmo para seu peito repleto de angústia, saber que tinha um futuro a frente ajudava a apaziguar.

*Só queria que nesta profecia eu também tivesse meu filhoto correndo comigo.*


Aquele pensamento enche os olhos do ahroun de lágrima e ele não contem as lágrimas que caem, não o disfarça e não tenta afasta-lo. 

Precisava daquele momento, precisava por finalmente pra fora um pouco do luto, que desde que tudo acontecera não tinha tido tempo para.

A força era demonstrada de várias formas, inclusive em reconhecer seus momentos de fraqueza para poder se fortalecer, era isso que o fenrir acreditava, e quem pensasse diferente poderia ir pro inferno.

Com a calma de quem planeja um ataque muito esperado, ele se limita a secar o seu rosto com ambas as mãos, de forma calma e paciênte.

- Obrigado Grace, por narrar aquilo que eu não tive chances de ouvir diretamente pelo nosso totem.


Havia glória naquela profecia e naquela canção, e poucas coisas ele poderia querer mais do que ser reconhecido por sua tribo, e por sua nação, e alí havia promessa para ambos.

- Cantaram como verdadeiros skalds!


Fala olhando mais para Grace, do que para Tarek, mas não seria insensível em reconhecer o trabalho do galliard.

Respira fundo, enconsta-se no sofá e fecha os olhos, se permitindo ficar alí, alheio à tudo por alguns instantes.
avatar
Henker Von Fenrirsulfr

Mensagens : 112
Data de inscrição : 01/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Grace - Todos

Mensagem por Grace Tavares Conney em Qua Set 27, 2017 6:03 pm

Por um instante Grace fecha os olhos, ao dar sua última arcada no violoncelo e deixar o ambiente mergulhar no silêncio de novo.

O primeiro som que se segue são as palmas de Kiba, aquilo era música para os ouvidos da Galliard. Ela olha para o ahroun com um sorriso, inclinando a cabeça para o lado e para baixo em uma graciosa reverência agradecida. Há mais do que gratidão no olhar intenso que ela direciona a ele. Uma pura felicidade, uma ternura carinhosa, uma doce sensação de triunfo. Quisera muito tocar para ele, permitir que ele a visse fazer o que ela fazia de mais belo, o que ela mais amava, mostrar sua paixão para quem ela estava apaixonada, e por esse desejo realizado tudo o que ela sente em seu coração é uma agradável plenitude.
"Onde há música, pode haver amor…” lembra-se do ditado francês.

Pôde perceber logo em seguida que ela não era a única a ser tomada pela emoção. Henker chorava. Grace podia imaginar a sua dor, podia entender o quanto ela podia escapar em momentos como aquele, depois de ter ficado tanto tempo contida. Direciona-lhe um olhar consolador, e quando ele agradece pela canção, ela igualmente se inclina fazendo a mesma reverência, sem o mesmo sorriso, contudo, em respeito a dor dele.  
 
Não sabia o que era skald, apesar de já tê-lo ouvido dizer essa palavra, mas pôde imaginar que era “artista”, ou algo do tipo.
- Obrigada, Henker!

Só agora percebe que Jessica estava ao telefone, e se pergunta que ligação seria tão importante a ponto dela não ter deixado para depois de assistir à apresentação dos Galliards. Falar em importante, precisava aprender o dom Mestre do Fogo, mas a chegada da Matilha dos lupinos interrompe seus planos.

A Fianna não esconde sua frustração, com um breve franzir de rosto e balançar de cabeça. Já ia se dispor a cumprir sua função de Augúrio e receber os convidados, mas Kiba a pede para ir antes que ela se manifeste.
- É claro - - agora com um semblante mais calmo, ela se levanta, deixando o violocenlo encostado em uma das paredes, e vai até o portão do sítio, procurando os lupinos com os olhos.
avatar
Grace Tavares Conney

Mensagens : 305
Data de inscrição : 26/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Olhos-de-Gaia - Grace

Mensagem por olhosdegaia em Qua Set 27, 2017 7:57 pm

Olhos de Gaia começa a escutar as primeiras notas da Galliard no violoncelo e imediatamente suas orelhas ficam de pé, ele completamente atento, talvez em transe, mesmo com sua mente lupina, fazendo o melhor para entender a letra, mas ela não era importante, era o tipo de música que a letra e a melodia são um só, como se passassem uma grande mensagem conjunta, e era impossível desviar a atenção.

Aquele lobo era o fim da profecia, o fim da música, as últimas e derradeiras notas. Totens perdidos, grandes segredos, revelações da Mãe, Olhos queria muito conhecer todas aquelas coisas, queria muito ser aquele lobo da canção, tinha muito a aprender se quisesse.

Havia sabedoria naquela canção...

Ao terminar ele escuta uns uivos, aparentemente da matilha de Lupinos, e o grandalhão Fenris se debulhando em lágrimas, a canção realmente mexia com as pessoas. Então Grace se retira para fazer sua função de Augúrio, sabendo que era uma matilha de Lupinos, o Filho de Gaia apenas segue a Galliard, percebendo que ela parecia frustrada mesmo depois de ter cantado tão bem, Olhos de Gaia toca levemente seu focinho gelado nos dedos da Fianna ao chegar ao seu lado, como dando suporte e informando que se precisasse de ajuda com os Lupinos.
avatar
olhosdegaia

Mensagens : 58
Data de inscrição : 11/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Âmago-de-Gunnr | Olhos-do-Caos | Fúria-Justa-de-Esteno | Matilha Lobos Incansáveis - Matilha Asas da Esperança

Mensagem por NarraDiva em Qua Set 27, 2017 9:32 pm

Jéssica chama Sarah e conversa rapidamente com a Fenris e se retira às pressas. A Philodox comenta:


'- Jéssica me avisou que precisa partir e que não tem data pra voltar por questões de tribo e família que respeitarei a privacidade dela e não revelarei. Espero que confiem em meu julgamento. Ela alerta para que um contato dela avisou que há intensa ação policial na Zona Oeste hoje. Devemos redobrar nossos cuidados.'


Um grupo de 9 lobos se encontrava parado em frente ao portão do Sítio. Todos sentados olhando para Grace que se aproximava. Um deles, se manifesta sendo já conhecida por Grace:


'- Justiça-Rubra, Mestre de Cerimônias da Lobos Incansáveis pedir pra entrar em toca de Asas da Esperança com sua matilha.'
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 1553
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Grace - Olhos de Gaia, Lobo Incansáveis

Mensagem por Grace Tavares Conney em Qua Set 27, 2017 10:50 pm

Grace se lembrava da reação do lupino à sua música, que embora não tivesse maneiras humanas de se expressar, demonstrara interesse a agrado. Deganaida reagira de uma maneira parecida, apesar de não ser um lupino, e por mais que a Galliard tivesse apreciado um elogio mais direto, reconhece que aquela era a maneira deles de se mostrarem satisfeitos e compreende.

A companhia do lupino é inesperada, mas bem vinda, sobretudo para receber uma matilha de lupinos. Sente toque do nariz dele em sua mão, e entende isso como um gesto de apoio. Buscando retribuir, mas não ser muito invasiva, ela estica seus dedos, tocando as pontas nos pêlos do focinho dele.
- Obrigada, Olhos de Gaia.

Recolhe sua mão antes de avistar a Matilha. Sabia que, como uma violadora da Litana, seus gestos podiam ser mal interpretados e não queria se comprometer, nem ao Filho de Gaia.

A Fianna fica satisfeita em ver sua irmã de Tribo falando pela Matilha, embora ache um pouco incomum uma Philodox como Mestre de Cerimônias. Provavelmente o fato de ser uma Fianna havia influenciado naquilo.
Grace não podia ostentar o mesmo cargo, porém, contorna isso.

- Em nome da Asas da Esperança, eu, Cordas-Trêmulhas, e meu irmão de Matilha, Olhos-de-Gaia, permitimos a entrada da Lobos Incansáveis. Sejam bem vindos!

Abre o portão e espera todos os lobos entrarem antes de fechar de novo.
- Por favor, me acompanhem - e conduz o grupo para a sala onde todos estavam.
avatar
Grace Tavares Conney

Mensagens : 305
Data de inscrição : 26/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Tarek - Matilha Asas da Esperança

Mensagem por Thiago 'Tarek' Daoud em Qua Set 27, 2017 11:05 pm

Apesar de concentrado no que tinha que fazer, Tarek tenta se manter ali ainda atento ao grupo e como reagiam àquela apresentação. Em maioria pareciam estar entretidos e agradados. Achou curioso o levantar das orelhas do lupino que acabava o fazendo ele aparecer com os membros de sua tribo. Ficou preocupado com a cara da ragabash ao telefone e cogitou falar com ela depois. Mas o que mais lhe chamou atenção foi Henker, aquele homem enorme chorando.
 Até entendia os motivos dele. Depois do que contara sobre o caçador e filho. Mas não esperava aquilo. E no fundo de sua mente começou a martelar pensamentos sobre o próprio pai, se algum dia ele teria agido ali como Henker. 
 Ao fim da apresentação, junto a Palmas de Kiba, notou que a Jéssica sumirá. Recebendo de Sarah a informação que ela teria que partir as pressas pro questões familiares. De novo a tecla de família sendo tocada ali. Junto havia um aviso ali sobre grande policiamento na região, algo que logo pensaria sobre.
 Henker elogia o trabalho ali, deixando claro que boa parte do elogio era para Grace, mas era verdade ela merecia. Logo o peregrino nem se importou com isso é acenou sorrindo e aproveitaria aquilo para aproximação.
 No mesmo instante um uivo é ouvido e sabiam que as matilhas amigas estavam chegando, Thiago fica em alerta mas o alfa pede a Grace para os receber é logo o Lupino a segue. Aquilo lhe dava tempo para agir em relação ao grandão.
 "- Obrigado grandão, vem cá! Sempre soube que essa montanha de músculos tinha um coração!"
 Fala animado indo em direção ao homem o abraçando, agradecendo mentalmente que este estivesse sentado, pois se tivesse de pé seria algo complicado e meio cômico, era muito grande, mas seria pior se fosse Kiba o indo abraçar de pé. Não era um abraço invasivo, ou de intenção lasciva, apesar de poder ser lido assim, era algo fraterno mesmo. Pelo menos do ponto de vista do galliard que o dava.
 Em meio ao abraço o Galliard se coloca de forma que podesse sussurrar no ouvido do outro sem problemas, só para ele ouvir.
 "- Meus pesares cara... Depois queria falar contigo..."
 O solta e segue para o canto da sala onde estava antes esperando a chegada da outra matilha.
 Precisava começar a retomar tudo que havia aprendido com Coração-valente para passar ali o que fosse necessário.
avatar
Thiago 'Tarek' Daoud

Mensagens : 167
Data de inscrição : 26/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Âmago-de-Gunnr | Olhos-do-Caos | Fúria-Justa-de-Esteno | Matilha Lobos Incansáveis - Matilha Asas da Esperança

Mensagem por NarraDiva em Qui Set 28, 2017 12:00 am

Os Lobos Incansáveis seguem com Grace. No caminho, Rugido-das-Almas-Guerreiras comenta:


'- Todos em duas patas. Agir assim e macacos precisar conhecer focinho humano.'


Imediatamente a matilha assume a forma hominídea e chega junto com Grace onde estavam os demais membros da matilha, mas deixa as honras para os anfitriões.



Aparência 3, Raça Pura 4, Fúria 4



Aparência 2, Raça Pura 1, Fúria 6



Aparência 1, Raça Pura 1, Fúria 4



Aparência 1, Raça Pura 1, Fúria 7



Aparência 2, Raça Pura 2, Fúria 4



Aparência 3, Raça Pura 4, Fúria 6




Aparência 2, Raça Pura 3, Fúria 3










Aparência 2, Fúria 6, Raça Pura 3















Aparência 3, Fúria 7


avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 1553
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Henker - Tarek / Kiba

Mensagem por Henker Von Fenrirsulfr em Qui Set 28, 2017 12:15 am

A aproximação de Tarek além de tirar o ahroun de seu momento de reflexão, deixa-o visivelmente desconfortável, e por isso ele se levanta, e dá um tapa no ombro do irmão de matilha.

- Tá tranquilo, cara... valeu aí! Depois a gente conversa.

No final aquilo ajudava a ele sair daquele estado, já conseguira por um pouco pra fora o que o consumia.

*As tribos mais fracas não sabem pelo visto entender que um momento de reflexão não é motivo para sentimentalismo...*


Não era um pensamento maldoso, apenas uma constatação, e no fundo o ahroun sentia que a culpa não era deles propriamente, é apenas como eles são.

- Kiba - Fala o garou com uma voz mais grave que o comum, de quem ainda estava se recompondo - O que temos pra agora?
avatar
Henker Von Fenrirsulfr

Mensagens : 112
Data de inscrição : 01/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Tarek - Matilha Asas da Esperança

Mensagem por Thiago 'Tarek' Daoud em Qui Set 28, 2017 12:41 am

Dá uma encolhidinha de leve com o tapa no ombro, talvez esperando algo mais dolorido vindo do grandalhão. E então sorri de volta ao Cria, sendo gentil.
 * Quero saber direito isso de você ser pai...*
 Logo vê Grace se aproximar da sala com um grupo de homens. Rapidamente vai analisando eles conforme entram ali, mantendo a expressão gentil. Tinha certeza que já tinha visto um deles com Degan. Invejou o cabelo de um dos caras e de uma ruiva, eram fabulosos. Achou interessante bem o cara com sardas, mas Veloz como o Vento era mais, bem mais interessante.
 *Controla... Você prometeu para todos... Aliás esses lupinos em homenideo são tudo barbudo?*
 Logo nota que ali era bem fácil se controlar. Não sentia nenhuma urgência de se aproximar e tocar em ninguém. Talvez aquilo fosse mais fácil do que imaginou. Ou agora estivesse pronto. Ou talvez saber de sua origem ajudasse. Seja qual fosse o motivo estava ali orgulhoso de si. (Não tinha ideia que era efeito do bolo da Zvanna... Coitado)
 Após ver todos entrarem junto da companheira de augúrio se lembra de Jéssica. E primeiro olha para ela e depois ao telefone e faz uma breve negativa. Mas com medo que ela não entendesse aquilo, segue de forma discreta para perto dela, esperando que naquele momento Kiba fosse falar algo as matilhas como alfa, e sussurra no ouvido dela.
 "- Jéssica saiu... Resolver questões de família... Não fala dela..."
 Fica ali parado perto da Grace sorrindo aos recém chegados de forma receptiva.
avatar
Thiago 'Tarek' Daoud

Mensagens : 167
Data de inscrição : 26/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Vargem Grande] Sítio Rio Verde

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum