Clareira Central

Novo Tópico   Responder ao tópico

Página 41 de 44 Anterior  1 ... 22 ... 40, 41, 42, 43, 44  Seguinte

Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Sussurros Solitários em Dom Dez 31, 2017 1:26 pm

Forma atual: Crinos

O Lupino agora olha ao seu redor e vê a enorme quantidade de feridos que estavam na clareira central. Cada tribo cuidava dos seus e os Filhos de Gaia cuidavam de todos. Atendendo aos pedidos do Wendigo o Garou deposita os corpos desmaiados dos puros todos juntos e começa procurar com os olhos por mais membros dos puros e da sua matilha.

Logo encontra o Peregrino Silencioso que lhe diz que precisa falar.

"- Agora não irmão. Em breve. Onde estão todos de nossa matilha?" Fala ao filho da Coruja em voz baixa enquanto continua analisando a cena.

*Por Gaia! A que ponto chegamos?*
avatar
Sussurros Solitários

Mensagens : 253
Data de inscrição : 04/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Todos os Garous

Mensagem por NarraDiva em Dom Dez 31, 2017 1:30 pm

Quando o Mestre do Desafio do Caern é curado e enxerga o corpo de Coração-da-Verdade morto, ali, na clareira central, ele não demora a entoar um poderoso uivo anunciando o fim da Caçada. Até que o cargo fosse renomeado, ele passava a ser a autoridade maior de Juiz da Seita e, sem consultar a ninguém, sem sequer saber o que iria recair sobre si ao fazer isso, o Philodox dos Andarilhos do Asfalto anuncia para todos voltarem à clareira central que a caçada havia terminado.

Um a um os garous feridos vão sendo todos curados e os corpos eram empilhados por unidade tribal. As perdas eram numerosas e jamais seriam esquecidas naquela trágica noite. As curas eram feitas com pequenas gemas que curavam 4 pontos de dano agravado e que, apesar de manter os Garous com feridas, os fazia despertar vivos. A confusão era comum no rosto de todos. Estrela-da-Manhã toma o centro do Caern e apenas diz:

'- Os líderes tribais me sigam, os de posto mais alto das tribos cujos líderes caíram, sigam pois precisamos de um de cada tribo no Templo da Justiça imediatamente. Júbilo-das-Górgonas, como o Mestre de Cerimônias estará comigo na reunião, proteja, honre e deixe os corpos serem velados ao longo desse dia no Templo da Coroa de Fogo. Os demais Galliard e Theurges, ajudem nesse processo. Quem quiser ir se despedir, siga até lá. Os líderes de matilha fiquem a postos no Templo da Justiça, o que quer que seja decidido entre os líderes de cada tribo, será comunicado aos líderes de matilha e na assembleia da próxima noite. Marcamos para o nascer da lua a cerimônia oficial pelos irmãos que caíram. Aqueles que quiserem se candidatar a cerimonialistas, procurem Júbilo-das-Górgonas e Equilíbrio-da-Vida que estarão à frente disso.'

Estava abatida, ferida e cabisbaixa. A Líder da Seita nunca foi vista daquela forma. Sua voz demonstrava toda fraqueza que sentia. E a Fúria do Boitatá com a caçada falha e com tudo que houvera podia ser sentida no coração de cada Garou ali presente. Estrela-da-Manhã segue para o Templo da Justiça, mas os líderes tribais ainda ficavam pela Clareira Central por um tempo. Haviam tribos que ainda precisavam decidir quem enviariam, de fato.

Lista de Mortos


Andarilhos do Asfalto

1) Wanda Doralac ‘Instinto-Fatal’ (Hominíde – Forsten – Ahrouns – Matilha – Guardiães da Fúria Sagrada)
Crias de Fenris

2) Coração-da-Guerra (Lupino – Adren – Theurge – Matilha Legado de Gaia)

3) Canções-de-Glória (Hominídeo – Fosten – Galliard – Matilha Vingadores da Mãe Sagrada )

Fianna

4) Nayana Pittensen ‘Flor-do-Norte’ (Cliath – Hominídeo – Galliard – Matilha Vingadores da Mãe Sagrada)

5) Maya Forense ‘Lança-Justa’ (Cliath – Hominídeo – Philodox – Matilha Vingadores da Mãe Sagrada)

6) Justiça-Rubra (Lupina – Forsten – Philodox – Matilha Lobos Incansáveis)

Filhos de Gaia

7) Presas-Silenciosas (Lupino – Athro – Ragabash – Matilha Defensores da Mãe)

Cool Alma-do-Corvo (Lupino – Cliath – Ragabash – Filhos de Gaia)

Fúrias Negras

9) Rebecca Constantino ‘Sabedoria-Umbral’ (Hominídeo – Athro- Theurge – Matilha Defensores da Mãe)

10) Mariza Fux ‘Coração-da-Verdade’ (Hominídeo – Athro – Philodox – Matilha )

11) Diana Coelho ‘Rastro-Invisível’ (Impura – Forsten – Ragabash – Matilha Arautos da Justiça)

Peregrinos Silenciosos

12) Velho Eusébio ‘Justiça-de-Hélios (Hominídeo – Lenda – Philodox – Matilha Redentores)

Presas de Prata

13) Dora Morningkill ‘Justiça-Ancestral’ (Hominídeo – Atrho – Philodox – Matilha Redentores)
14) Ettrius Morningkill ‘Ameaça-Fantasma’ (Hominídeo – Forsten – Ragabash –Matilha Vingadores da Mãe Sagrada)


15) Thoren Campbell ‘Brilho-do-Luar’ (Hominídeo – Forsten – Ahroun – Matilha Vingadores da Mãe Sagrada)

Roedores de Ossos

16) Renan Mattos ‘Rastro-Esquecido’ (Homineideo – Forsten – Ragabash – Matilha Bonde do Lixão)

17) Lucian Trevisan ‘Segredos-das-Quebradas’ (Hominídeo – Athro – Galliard– Matilha Aurora de Gaia)

Senhores das Sombras

18) Lana Davis ‘Segredos-da-Noite’ (Hominídeo – Athro – Ragabash – Matilha Aurora de Gaia)

19) Oráculo-das-Sombras (Lupino – Athro – Theurge – Matilha Bênção-do-Trovão)

20) Catherine Guimarães ‘Ecos-da-Mãe’ (Hominídeo – Forsten – Galliard – Matilha Arautos da Justiça)

Uktenas

21) Rowanna Lurient ‘Coração-de-Gelo’ (Hominídeo – Forsten – Ragabash - Matilha Vingadores da Mãe Sagrada)

Wendigos

22) Ierê Yacamin ‘Flecha-da-Neve’ (Homineideo – Forsten – Ragabash – Matilha Crepúsculo da Wyld)
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 1612
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Grace(Crinos) - Kiba, Equilíbrio da Vida, Todos

Mensagem por Grace Tavares Conney em Dom Dez 31, 2017 5:41 pm

A caçada finalmente chegava ao fim, mas a sensação de alívio vêm acompanhada por uma muito maior de amargor e pesar. Percebe que há algo errado quando é o Mestre de Desafio quem faz o uivo de anúncio, e não a juíza da Seita que ninguém ia curar. 
Só então a ficha de Grace cai.

"Coração da Verdade! Não..."
A Galliard põe a mão sobre os lábios boquiabertos de choque, e vai limpando com os dedos as lágrimas que surgem à cada memória boa que tinha da líder das Fúrias Negras. Sua gentil acolhida quando havia estado tão desesperada e abatida, sendo condenada por todo o Caern. A maneira compreensiva como explicara e conduzira o ritual que revelaria sua gravidez. O apoio que oferecera ao contar a mais impactante das notícias. Lembrava-se que Mariza havia pedido para acompanhar a gestação, e a orientado a procurá-la. Saber que a Fúria Negra estaria a seu lado havia tornado o peso de ser a mãe da Impura Perfeita um pouco mais leve para Grace, e agora ele desabava de uma só vez em seu coração ferido por saber que perdia sua amiga, como o Caern perdia uma valorosa Garou.

"Coração da Verdade... logo você, isso é tão injusto. Gaia possa lhe dar a paz que faltou ao Caern essa noite"
Soluça, mas se recompõe para continuar o trabalho junto aos feridos, até que mais um susto a abala.

Quando vê Kiba sendo trazido inconsciente ela sente seu coração parar, bem como seu corpo todo estaca ao observá-lo. A aflição se espalha por cada centimetro de seu corpo, bem como o medo e a dor de considerar o pior. 
"Gaia, por favor, que Kiba ainda esteja vivo!" 

Estava para correr até ele, ignorando todo o tipo de comentário que isso pudesse despertar, mas se detém. Emily, Emily, precisava pensar nela primeiro, antes até do que Kiba, mas ainda acompanha, com o olhar apreensivo, os feridos sendo curados com as gemas, e solta o ar, cheia de alívio, quando isso inclui o Presas de Prata.
Só então caminha até ele, observando os outros corpos pelo caminho, de mortos e feridos. Pára de andar e, ainda em pé, olha para seu alpha. 
- Kiba, graças a Gaia você está vivo. 
Lança um olhar intenso para ele, mas não fica por muito tempo, e logo está caminhando novamente.

Haviam sido muitos mortos, inclusive de outros líderes Tribais, o que deixava Grace ainda mais chocada. Escuta as ordens de uma abatida Estrela da Manhã, e avança para pegar o corpo de uma das falecidas de sua Tribo, olhando-as com profunda tristeza. 
"Gaia as acolha em sua paz."

Escolhe o corpo de Justiça Rubra, com quem havia corrido naquela noite, acomodando-a respeitosamente em seus dois braços. No caminho para levá-la ao Templo da Coroa de Fogo, ela pára diante de Equilíbrio da Vida, e se oferece. 
- Eu me voluntario a ser uma das cerimonialistas. Gaia receba nossos irmãos em paz. 

A Fúria do Boitatá se manifestava sensívelmente no Caern. Precisava, assim que possivel, retomar a missão que Bardo Forjador havia lhe dado.
avatar
Grace Tavares Conney

Mensagens : 312
Data de inscrição : 26/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Deganawida (crinos) - Fúria das Tempestades, Sussurros Solitários

Mensagem por Deganawida "Degan" Oneida em Seg Jan 01, 2018 12:59 pm

Finalmente soa o uivo encerrando aquela tola caçada que tanto havia tirado naquela noite.

Desunião, sangue, sacrifícios, Degan não tem dúvidas de a quem verdadeiramente ela serviu: a Wyrm. Agora, graças a essa insanidade, haviam perdido a maior lenda da Nação em um sacrifício, um dos guerreiros mais poderosos de Gaia estava sem um dos braços e o outro era um Ronin, fora o grande número de mortes em toda a Seita...

Tsc, se a Wyrm atacar, como fez com a Zona Oeste, teremos sérios problemas... 

Degan escuta ao pronunciamento de Estrela-da-Manhã incrédulo. Ela parecia aturdida, como quem voltava a si, o que reforça suas suspeitas sobre a influência da corruptora. Assim que seu tio acorda, Degan, que entende que ele precisa sair para responder ao chamado, lhe dirige a palavra por um breve momento, em um misto de tristeza e alívio pela vida de sangue do seu sangue naquele lugar:

" - Okwanada... Eu temi por sua vida nessa caçada, tio. Eu e Sussurros Solitários dos Uktena testemunhamos muito na Umbra, desde o sacrifício da Tartaruga e Velho Eusébio até a libertação do Boitatá pelo Uktena... Os Puros precisam se reunir. Wendigo e Uktena receberam uma missão sagrada... Por favor, diga ao líder dos Uktena que todos precisamos falar."

Ele dirige um olhar cúmplice ao seu Irmão Mais Velho, que acompanhou todos os feitos na Umbra, quando menciona seu nome e pede pela União. Em seguida, ele se volta a Sussurros Solitários:

" - Vamos precisar conversar durante este dia... Eu descobri que sei bem menos do que gostaria sobre este Caern, ou "falso Caern". Conto com você irmão."

Degan então apenas corre os olhos pela Clareira Central, e vislumbra Cordas-Trêmulas e Asa-Solitária. Ao menos os dois estavam vivos. Ele aguarda junto do Lupino e dos demais Wendigo caídos para ver se descobriria algo mais.
avatar
Deganawida "Degan" Oneida

Mensagens : 237
Data de inscrição : 01/07/2017
Idade : 42

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

FIM DA 2ª NOITE

Mensagem por NarraDiva em Seg Jan 01, 2018 10:06 pm

Orientações são dadas a todos com o calendário de ações para a próxima noite. Ainda havia muito a ser resolvido e inúmeras reuniões marcadas.


avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 1612
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Fúria-do-Peru-Selvagem - Réquiem

Mensagem por NarraDiva em Qui Fev 08, 2018 1:01 pm

O Uktena chega na clareira central e aponta o líder da Seita para que a Presas de Prata se apresentasse. Era um homem belo e que tinha um charme natural que atraía as pessoas.

Aparência 5, Raça Pura 5, Fúria 8

Magnetismo Animal, Físico Impressionante
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 1612
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Angelique - Fúria do Peru Selvagem - Garras do Trovão

Mensagem por Angelique T. Albrecht em Qui Fev 08, 2018 1:22 pm

A Galliard agradece o Uktena por tê-la guiado e antes que siga direto para o líder daquele Caern, ela resolve dar uma olhada rápida em volta. Era um pouco neurótica e queria ver outras entradas/saídas que existiam naquele Caern. Depois da rápida olhada nos arredores, Angelique se aproxima do líder. Era bonito, charmoso, tinha uma fúria alta e uma Raça Pura tão grande quanto a que a própria Réquiem tinha. Esperava que fosse um Presas de Prata.

-Com licença, acabei de chegar no Caern e vim me apresentar. Sou Angelique T. Albrecht, Réquiem, Impura, Cliath, Galliard dos Presas de Prata e vim para ajudar o Caern do Rio de Janeiro a combater a Wyrm.

Angelique transpirava. O calor era insuportável. Teria que se adaptar quanto ao uso de roupas mais leves.
avatar
Angelique T. Albrecht

Mensagens : 177
Data de inscrição : 25/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Garras-do-Trovão - Réquiem

Mensagem por NarraDiva em Qui Fev 08, 2018 2:03 pm

Angelique é recebida com um aperto de mão firme. O Líder sempre olhava em seus olhos enquanto falava com a Presas de Prata:


'- É com felicidade que a recebemos, Réquiem. Eu sou David Owen Konietzko, Garras-do-Trovão. Athro Ahroun dos Senhores das Sombras e líder deste Caern. Fico muito feliz com a chegada de mais uma filha de Falcão nessas terras em que temos a honra de caminhar lado a lado.'


Ele faz um gesto para que a novata caminhasse com ele e comenta:


'- Conte-me mais sobre ti, de onde vens, o que espera encontrar por aqui... seu sobrenome e sua Raça Pura a precedem...'
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 1612
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Réquiem - Garras do Trovão

Mensagem por Angelique T. Albrecht em Qui Fev 08, 2018 2:22 pm

O aperto de mão forte de Garras do Trovão é recebido sem cara feia. Também retribui o olhar do líder com confiança. Ela conhecia a história dos Konietzko. Não tanto quanto gostaria, talvez essa fosse uma oportunidade boa para se aprofundar. Já via possibilidades interessantes naquele Caern.

As palavras do Senhor das Sombras a recebendo eram agradáveis. Ele fazia o tipo sociável, aparentemente. Seguia o líder enquanto ele a questionava, ao passo que ela o responde de pronto:

-Digo o mesmo sobre seu sobrenome e sua Raça Pura. Nunca imaginei encontrar um Konietzko por essas terras.

Ela observa os arredores, interessada naquele Caern. 

-Meu pai é irmão de Jonas Albrecht. Por isso herdei a raça pura e o nome da família. Venho de Whitehorse no Canadá. Confesso que nunca imaginei encontrar um clima tão quente como esse. Não estou acostumada com isso.

Continuou seguindo o líder, prestando a atenção em tudo e em todos que cruzavam seu caminho.

-Venho para ajudar a erradicar a Wyrm desta cidade e preservar a força de Gaia da região. E encontrar novos caminhos, conhecimentos e uma nova matilha.
avatar
Angelique T. Albrecht

Mensagens : 177
Data de inscrição : 25/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Skull-Head em Qui Fev 08, 2018 2:25 pm

O Garou passa pela Clareira Central, mas não fica por ali. Ele vai em direção as trilhas que dariam para a zona Oeste. Tinha um plano em mente e lá seria o melhor lugar para cumpri-lo.

OFFGAME: Segue na Entrada Oeste do Caern.
avatar
Skull-Head

Mensagens : 313
Data de inscrição : 02/07/2017
Idade : 23
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Garras-do-Trovão - Réquiem

Mensagem por NarraDiva em Qui Fev 08, 2018 4:15 pm

'- Foi só por isso que veio mesmo?' - comenta o Senhor das Sombras enquanto caminhava pela vasta região da clareira central.

'- Sei que nossas tribos nos mandam em missões de reforço, mas eu também acredito que motivos particulares podem sempre acompanhar essas missões. E aí vem a dúvida, tem algum motivo particular para reforçar essa cidade? Não me leve a mal, sei que é uma Impura, mas ainda é uma Albretch, parente próxima do Rei da Nação, porque vir até esse país com tantas opções no mundo...'

Sorri e comenta:

'- E também ainda aguardo uma resposta sobre o que espera encontrar aqui... já soube dos acontecimentos da noite passada que envolveram nossas tribos?'
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 1612
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Réquiem - Garras do Trovão

Mensagem por Angelique T. Albrecht em Qui Fev 08, 2018 4:47 pm

Angelique abre um sorriso agradável para o Senhor das Sombras:

-Espero encontrar conhecimento, ajudar a registrar a história deste Caern e dos garous que são parte dele. Assim como qualquer Galliard.

Já que ele estava esperando esta resposta, resolveu dá-la primeiro.

-Só se os líderes da minha tribo e do meu Caern tem alguma intenção da qual não me informaram para poder me enviar para este Caern. Não tenho motivos particulares para estar aqui. Garras do Trovão...tem algum conhecimento do qual eu não tenho sobre eu ter sido designada para este Caern?

Seu questionamento não continha nenhuma insubordinação, mas curiosidade.

-Não fiquei sabendo o que aconteceu. Algo grave? Talvez seja por isso que tenham me enviado para cá?

Imaginava que poderia ter alguma relação os acontecimentos da noite anterior com a transferência de Angelique, mas realmente não sabia se isso era verdade e quais os acontecimentos recentes.
avatar
Angelique T. Albrecht

Mensagens : 177
Data de inscrição : 25/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Victor Montenegro em Qui Fev 08, 2018 10:45 pm

O Philodox chega fumando seu cigarro na Clareira Central e procura Essência-do-Abismo com olhos, caso não a encontre, pergunta a qualquer filhote se a viram em algum lugar no Caern.
avatar
Victor Montenegro

Mensagens : 436
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 32
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Garras-do-Trovão - Réquiem | Sentinela-das-Sombras

Mensagem por NarraDiva em Sex Fev 09, 2018 5:14 pm

Victor surge na clareira no momento em que David caminhava cm Angelique. O líder do Caern faz um aceno para que Victor se aproximasse e fala à Presas de Prata enquanto esperava o juiz (que havia visto Essência-do-Abismo do outro lado da clareira central) chegar:

'- Eu chamei seu futuro irmão de matilha para que ele te coloque a par de tudo. Você irá servir na Olhos da Tempestade, matilha abençoada pelo Elefante.'
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 1612
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Réquiem - Garras do Trovão - Sentinela das Sombras

Mensagem por Angelique T. Albrecht em Sex Fev 09, 2018 5:51 pm

As perguntas de Angelique seriam respondidas por outro garou que passava pela Clareira Central, assim pensava a Galliard. A garou olha o irmão de matilha que iria se aproximar ao pedido do líder do Caern enquanto ouve o que Garras do Trovão tinha a dizer e o responde.

-Entendo. Obrigada Garras do Trovão. Espero que o problema que comentou não seja tão sério, afinal, nossas tribos sempre trabalharam bem juntas.

E aguarda o irmão de sua futura matilha se aproximar.
avatar
Angelique T. Albrecht

Mensagens : 177
Data de inscrição : 25/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Victor Montenegro em Sex Fev 09, 2018 7:44 pm

Ao chegar na Clareira Victor avista Essência do Abismo do outro lado, mas o chamado de David, que estava acompanhado de uma recém chegada, desvia o curso do Philodox.

Se aproximando do Líder do Caern o Jovem Fostern cumprimenta a novata com um aceno de cabeça e se dirige ao Lider da Seita:

- Pois não, Garras do Trovão.
avatar
Victor Montenegro

Mensagens : 436
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 32
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Garras-do-Trovão - Réquiem | Sentinela-das-Sombras

Mensagem por NarraDiva em Sex Fev 09, 2018 8:21 pm

O líder do Caern espera que Victor chegue e diz, falando com o mesmo:


'- Justiça-do-Predador, essa é Angelique Albretch, Réquiem, sobrinha do Rei da Nação. Galliard dos Presas de Prata e novo reforço da Olhos da Tempestade.'


Olha para a jovem e fala:


'- Réquiem, esse é Victor, Justiça-do-Predador, Philodox dos Senhores das Sombras e membro da sua nova matilha. Ele irá lhe colocar a par sobre os acontecimentos das duas últimas noites e a relação que existe entre nossas tribos.'
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 1612
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Victor Montenegro em Sex Fev 09, 2018 8:35 pm

Por um instante Victor pensa em corrigir Garras do Trovão sobre seu nome, mas resolve que aquele nao era o melhor momento... nao cairia bem para o Senhor das Sombras que acabara de virar líder ser corrigido assim gratuitamente.

Sendo assim, Victor cumprimenta a sua nova irmã de matilha dizendo:

-Prazer. Os outros membros da matilha ja devem estar no Caern e nos encontraremos em breve durante a cerimônia pelo Falecidos. Vamos, eu lhe colocarei a par de tudo. - Diz o Philodox em tom ameno sem parecer dar muita importância para a Ascendência da moça.

avatar
Victor Montenegro

Mensagens : 436
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 32
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Garras-do-Trovão - Réquiem | Sentinela-das-Sombras

Mensagem por NarraDiva em Sex Fev 09, 2018 8:46 pm

Vendo que Victor tomava para si a tarefa, David cumprimenta aos dois e segue seus afazeres.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 1612
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Réquiem - Garras do Trovão - Justiça do Predador

Mensagem por Angelique T. Albrecht em Sex Fev 09, 2018 10:38 pm

Em resposta ao irmão de matilha ela o cumprimenta com um meneio de cabeça. Não queria interromper o líder do Caern, caso ele fosse falar algo naquele momento. Então aguarda. Assim que o líder faz as apresentações devidas, Angelique aguarda o Philodox se apresentar devidamente. Isso não ocorre de pronto e ela percebe que o líder da seita se despede dos dois e ela retribui a despedida, acompanhando agora Justiça do Predador.

-É um prazer conhecê-lo Justiça do Predador. Sou Angelique Tikaani Albrecht, Réquiem, Impura, Cliath e Galliard dos Presas de Prata.

O irmão de tribo tinha um pouco de Raça Pura, mas não tanto quanto Garras do Trovão ou como ela própria.

-Garras do Trovão comentou sobre acontecimentos entre os Presas de Prata e os Senhores das Sombras...e creio que a tarefa de me explicar esses acontecimentos tenha ficado com você. Se não for incômodo, claro.

A Impura era bem educada e carismática.
avatar
Angelique T. Albrecht

Mensagens : 177
Data de inscrição : 25/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Réquiem | Sentinela-das-Sombras

Mensagem por NarraDiva em Sab Fev 10, 2018 2:26 pm

O Senhor das Sombras caminhava ao lado da Presas de Prata e ambos são chamados à atenção por um treinamento de Siegfried combatendo dois irmãos de tribo e augúrio e mantendo, o tempo inteiro, controle total da batalha 2 x 1. O jovem Fenris parecia se divertir com a situação enquanto os dois Fenris pareciam bem irritados.


Aparência 5, Fúria 8, Raça Pura 5
Qualidade Notável: Magnetismo Animal e Físico Impressionante




Aparência 2, Raça Pura 1, Fúria 6



Aparência 1, Raça Pura 3, Fúria 8
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 1612
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Victor Montenegro em Sab Fev 10, 2018 4:00 pm

Victor se despede com um aceno ao Líder e sai andando junto à Requien. A presas era polida e se apresenta formalmente, novamente, ao que Victor responde de forma cordial:

'- Uma impura? Ótimo.
Vou precisar da sua ajuda com 3 filhotes em breve.
- Victor sorri e, realmente, nao havia sarcasmo em sua voz, mesmo sendo um juiz. O Philodox acende um cigarro e oferece outro para à Presas e continua:

'- Então. Eu me chamo Victor Montenegro, Sentinela das Sombras, hominídeo, Fostern, Philodox dos Senhores das Sombras e espero que sua chegada traga bons ventos para a Olhos da Tempestade. Nao vou lhe vender estrume dizendo que sao flores, nossa matilha enfrenta problemas nesse momento.'


O Philodox sorri novamente, de forma um tanto desconexa ao que falava, mas faz uma pausa para que a Galliard pudesse questiona-lo.


Avista Sieg e vai se aproximando com um sortiso maroyo no rosto.


* Que bom que a diversão dele é humilhar qualquer um e não só os irmãos de matilha*


Última edição por Victor Montenegro em Sab Fev 10, 2018 5:01 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Victor Montenegro

Mensagens : 436
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 32
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Réquiem - Sentinela das Sombras

Mensagem por Angelique T. Albrecht em Sab Fev 10, 2018 4:14 pm

Ela se impressiona com o pedido de ajuda do Senhor das Sombras:

-Ficarei feliz em ajudar no que precisar com qualquer filhote. É instrutor dos filhotes deste Caern?

E então não deixa de notar a luta entre três garous. Era um dois a um e o que estava lutando sozinho estava se saindo muito bem.

-Não fumo, obrigada.

Angelique não consegue deixar de apreciar a luta que estava acontecendo, era fácil de perceber o interesse da Galliard naquele treinamento. Mas ela ouve o que Justiça do Predador dizia, sua apresentação e seu nome que era diferente daquele dito pelo líder do Caern.

-Sentinela das Sombras? Achei que fosse Justiça do Predador. Garras do Trovão disse que...

E ela se vira para a direção do líder que provavelmente já desaparecera de vista, um pouco confusa.

-....ahm....mudou de nome recentemente?

A sinceridade nas palavras do Philodox era de certa forma engraçada para a Galliard.

-Ok. Então mande o estrume todo que está acontecendo na matilha e vamos ver se tem como eu ajudar a limpar isso de alguma forma.

E abre um sorriso carismático para o irmão de matilha.
avatar
Angelique T. Albrecht

Mensagens : 177
Data de inscrição : 25/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Victor Montenegro em Sab Fev 10, 2018 9:20 pm

- Muito bem. - Inicia o Philodox.

- Neste momento nós somos a matilha mais detestada desse caern. Nosso Alfa é um bom rapaz, mas tem o ego do tamanho de um trem e tomou decisões muito infelizes na noite anterior; o que acabou culminando no julgamento da matilha por abandono de território. - Victor traga e continua:

- Não sei se você ja soube,
mas ontem a Zona Oeste dessa cidade sofreu um ataque de uma facção vampirica conhecida como sabá e foi o maior ataque do tipo ja registrado. Mais de 2000 pessoas morreram.
- O meia lua balanca a cabeça relembrando do fato e continua em tom pesaroso:

-Bem, nos estavamos em outra missão e, quando soubemos do ataque, Luke achou melhor continuar a missão do que proteger o território...
Eu acredito que você consiga deduzir a merda que deu...
- O Fostern vai se aproximando de Siegfried enquanto continua:

- Além disso, e isso é algo que eu acho que faço bem em lhe avisar logo, eu sou um filho da puta funcional. - Sorri de forma despretenciosa e segue:

- Brincadeiras  a parte,
eu tenho a minha parte de culpa na má fama da matilha. Eu tenho um pessimo hábito de ser intolerante diante da incompetência alheia e isso fez com que eu desse as costas durante uma apresentação de matilha em uma mini assembléia por que... bem; eles enalteceram o fato do alfa deles ter desrespeitado um ancião philodox e o alfa e a beta da matilha treparam e conceberam a Impura Perfeita... voce entende como isso pode irritar muito um Philodox, não é mesmo? - Comenta
e faz uma pausa para que a Presas pudesse assimilar. Ainda havia muito a ser dito...
avatar
Victor Montenegro

Mensagens : 436
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 32
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Réquiem - Sentinela das Sombras

Mensagem por Angelique T. Albrecht em Sab Fev 10, 2018 9:30 pm

Angelique ouvia tudo o que Sentinela das Sombras tinha a dizer com a máxima atenção, afinal era uma Galliard e precisava se atentar a tudo que lhe era dito para fazer registros sobre sua nova matilha, membros e a história Garou daquela região.

-Não fiquei sabendo desse ataque. Vim de avião do meu Caern e fiquei mais de doze horas no ar.

Aquela informação era bem séria. A Presas de Prata vai acompanhando o Philodox que seguia na direção dos três que lutavam e Angelique se perguntava se um deles era de sua nova matilha, ou dois, ou os três.

-Na verdade eu acredito que os Senhores das Sombras são muito bons em ser intolerantes com os erros alheios e se for levado para o lado positivo, mostra onde devemos nos corrigir. Mas isso vai de cada um e não posso opinar de forma tão concreta assim quanto aos acontecimentos na mini assembleia.

Continuou prestando atenção e via que não poderia ajudar muito naqueles problemas, só tentar tirar todos da merda em que estavam e tentar não se lambuzar demais.

-Entendo perfeitamente que Philodox não devem ter ficado muito contentes com o aparecimento da Impura Perfeita que prenuncia o apocalipse. E a quebra de uma das leis da litania. Aposto que não foi um acontecimento agradável.

A curiosidade sobre o assunto dos Senhores das Sombras com os Presas de Prata a estava deixando um pouco ansiosa, mas manteria a calma até chegarem naquele assunto.
avatar
Angelique T. Albrecht

Mensagens : 177
Data de inscrição : 25/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 41 de 44 Anterior  1 ... 22 ... 40, 41, 42, 43, 44  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum