Clareira Central

Novo Tópico   Este Tópico está bloqueado. Você não pode editar as mensagens ou responder.

Página 2 de 40 Anterior  1, 2, 3 ... 21 ... 40  Seguinte

Ir em baixo

Pantaneiro - Olhos da tempestade / Victor

Mensagem por Yorick MacAlister em Seg Ago 14, 2017 8:02 am

"Esses mininu novo criado com vó, leitinho com pêra e ovomaltine é difícil. Faz as cagada e depois fica igual uma capivara mansa..."


Pantaneiro escuta as palavras de Victor e logo percebe que pela sua fala algo de muito errado o Senhor das Sombras havia feito. Falava mansinho agora, bem didático se propondo a conversar, mas a pouco tempo, mostrou as garrinhas.

Mas enfim, parecia que estava tentando se redimir e ia contar o que estava acontecendo. Pantaneiro parou um pouco mais a frente e disse:

- É... Se Luke não arrancar sua cabeça até lá, tá tudo bem pra mim... mais vai saber que que o cê aprontou, neh,Victor? vai saber...

Concluiu.

- To esperando no carro.

E foi então para o carro aguardar o Alfa.
_______________________
OFF Game:
Continua em entrada Oeste do Caern.
avatar
Yorick MacAlister

Mensagens : 633
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pacificador | Guardião-Ancestral - Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por NarraDiva em Seg Ago 14, 2017 8:12 am

Pacificador se interpõe junto com Luke entre a Fúria Negra e Pantaneiro. O Filho de Gaia, no entanto, vai além do Senhor das Sombras. Ele segue caminhando até Flecha Voraz que nitidamente queria sair no tapa com Pantaneiro. Ele se aproxima, cumprimenta a Fúria Negra, e começa a falar num tom baixo que nem Luke que estava mais perto conseguia ouvir. O fato é que a Fúria Negra vai se acalmando aos poucos, baixando o tom de voz, até que ela se vira e vai embora. O Filho de Gaia comenta com o Senhor das Sombras, já voltando para seguir com ele até o carro:

'- Dessa vez foi por pouco, mas a situação está sob controle.'

Em silêncio, Alef apenas observava. Era quem estava mais à frente do grupo. A matilha começava a ir embora da festa observada pelos outros Garous da Seita. A recepção havia como motivo a confraternização com estes Garous que praticamente partiam logo após ela começar. Naturalmente, para muitos, a retirada não era vista com bons olhos.


OFF GAME: A cena deve continuar na Entrada Oeste.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3220
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Âmago-de-Gunnr | Olhos-do-Caos - Matilha Asas da Esperança

Mensagem por NarraDiva em Seg Ago 14, 2017 8:25 am

Zvanna mantinha-se séria apenas ouvindo tudo com atenção. Sarah ouve os comentários de Kiba com uma expressão séria em seu olhar. Sabia do dogma de Falcão e das lendas dos Presas de Prata que macularam sua honra e para limpá-la se sacrificaram contra um ser mais forte e poderoso. Ia se manifestar mas as lágrimas de Grace evitam que ela fizesse isso, lançando apenas um olhar sério para a Fianna e dizendo:

'- Controle suas emoções, especialmente aqui no Caern.'

Logo em seguida, a Fenris encara Kiba e comenta com ele:

'- Você não vai morrer. Nós não lhe damos esse direito. Tens que consertar as coisas que bagunçou por aqui e sei que Falcão vai entender isso. Então, pare com esse discurso. Não vá a seu totem com medo de morrer. Busque sua honra onde quer que la esteja, assuma uma postura altiva, enfrente seus erros e volte vivo para consertá-los.'

Seu tom era bem duro e ela fala olhando nos olhos de Kiba. A Fenris, no entanto, discorda das desculpas:

'- Não acho, Degan, que desculpas sem verdadeiro arrependimento irão melhorar a situação de Asa-Solitária. Não devemos forçá-lo a isso. Temido-como-Vulcões notaria facilmente qualquer inverdade ou não-naturalidade da ação e isso poderia piorar ainda mais as coisas.'

O Ragabash se manifesta e, em seguida, o Peregrino. A Fenris novamente fala:

'- Eu passarei o dia junto de Sussurro-da-Noite por segurança. Não podemos arriscar nada. Só me afastarei dele quando entregá-lo à Tutela da tribo ou de outro ancião, com o qual conversarei para que só se afastem dele após me devolverem ele.'
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3220
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Sussurros Solitários em Seg Ago 14, 2017 9:21 am

O lobo segue o Alfa sem falar nada. Não havia comido, não havia feito absolutamente nada a não ser observar aquele show de horrores que foi essa "festa" no Caern. Não desejava sair, já queria seguir com o seu irmão de tribo para sua jornada espiritual. Mas se o Alfa mandou, está mandando.

Mas olhava para Luke como se quisesse imprimir mentalmente: *Eu não posso sair do Caern agora.* E esperava uma resposta do Alfa, em silêncio.

avatar
Sussurros Solitários

Mensagens : 584
Data de inscrição : 04/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Skull-Head (Hominídeo) - Spybot | Bit-Coins e Brilho-dos-Sonhos | Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por Skullhead em Seg Ago 14, 2017 11:18 am

As palavras iam se perdendo na mente do Theurge, diante da chamas que lambiam suas vistas. Mas as informações importantes haviam sido captadas: A vitória Fenrir ia fuder com a Tribo e o motivo estava estampado diante dos olhos de todos: Os Crias eram apenas uma das Tribos que escarneavam a "dependência" dos filhos da Barata com as "coisas da Weaver" e a merda no ventilador era, com toda a certeza, o festival de horrores dos Cães Cibernéticos. Se fosse mais a fundo, o Theurge com certeza descobriria que muito provavelmente a cabeça de Hit-Mark havia sido pedida diante das acusações de todo o Campo. A proteção que a Tribo dava para o Garou podia até ser justificada, mas as outras Tribos que já antagonizavam com a Tribo pouco se importavam com isso.

*Que essa Fianna tenha tomado o energético dela, porque senão vai 'fudê' geral!*

O desafio começa e, de início, o Philodox consegue se colocar na frente da Fianna. Entretanto, a filha do Cervo salta brilhantemente diante dos obstáculos e acaba por vencer a disputa. O Theurge muda as cordas vocais para uivar com os seus irmãos, mas ele sabia que aquilo provavelmente seria apenas o primeiro de muitos desafios. Pelo que Bit-Coins havia dito, as ações de Estrela-da-Manhã apenas desagradavam as outras Tribos, e isso era um problema. Mas Skull-Head não tinha pávio para entender todas aquelas firulas, mas sabia que precisava ficar atento ao que acontecia ali.

*Jacaré que dorme vira bolsa, mané! As coisas aqui tão sinistras mesmo!*

A comemoração é liberada. Skull-Head via que sua matilha desenrolava em aparentes discussões abertas, com direito até a levantada pelo colarinho. Ele estala os dedos da mão em aflição. Aquilo não era bom. Para completar, o Fianna da matilha recita um novo poema, muito pior do que havia sido feito quando Camilo chegou.

*Vão tomar no cu, filhos da puta! Esse baitola desse Fianna pode até ser um bom guerreiro, mas ele não tem a porra de um cérebro no caralho da cabeça dele! Eles vão mesmo arruinar nossos avanços diante de toda a Seita?*

Skull-Head tinha quase certeza que aquilo eram os efeitos da lombra batendo em sua cabeça. Era difícil de acreditar naquilo, algo feito que desagradava toda a Seita. Principalmente as Fúrias Negras, que viam o lua cheia fazer chacota com as fêmeas. Uma delas avançava em direção a Pantaneiro que, se não tivesse sido recolhido pelo Philodox dos Senhores da Sombra, com certeza estaria sem as bolas.

*Eu queria pagar pra ver esse cuzão ter as bolas arrancadas por essa Fúria. Ela parece ter muito mais peito que esse marica de chapéu!*

A pergunta de Bit-Coins ressoava na cabeça do Theurge. Ele estava visivelmente irritado com o que havia acontecido ali. Ele olha para Derek sem saber o que falar, diante do líder tribal. Até que Victor puxa Pantaneiro para longe da clareira, indo na direção da saída, enquanto o Alpha convoca a todos os membros da matilha. O Theurge olha mais uma vez para Spybot e finda falando para o líder tribal:

"- Chefia, desculpa o vacilo, mas a gente vai precisar resolver a histeria coletiva da nossa matilha! A gente volta, pode ficar tranquilo, mas pelo visto tem uns Garou que não sabem fechar a porra da boca e se comportar!"

Skull-Head acena para o líder, já sinalizando para Derek acompanhar ele. Visivelmente irritado, ele só fala para o companheiro de matilha e irmão de Tribo:

"- Velho, que merda, que merda, que merda!"

O Theurge chegue na direção da matilha, que aparentemente voltavam para a entrada de onde chegaram. Ele não queria acreditar que iriam embora, não poderiam.
avatar
Skullhead

Mensagens : 510
Data de inscrição : 02/07/2017
Idade : 23
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kiba Valentine (Lupino) - Asas da Esperança

Mensagem por Kiba Valentine em Seg Ago 14, 2017 11:59 am

Kiba ouve Tomás revelar o grande segredo do sono dos gatos dormirem 2/3 do dia e não entendia muito o porquê diabos ele estava falando sobre aquilo. Inevitavelmente o Ahroun lembra de um personagem com autismo de uma série de comédia americana e se pergunta se o Andarilho sofria da mesma doença.

Kiba nota que no fim, aquele era o jeito de Tomás dizer que se preocupava com eles. O Ahroun acena em positivo com a cabeça, por não saber o que falar diante do que foi dito e em seguida nota que Thiago também havia estranhado o que foi dito e da uma sugestão sarcástica de como resolver o problema.

Sarah então é quem se manifesta em seguida, dizendo que Kiba não tinha o direito de morrer. Riria, se aquilo não fosse tão trágico, pois certamente Falcão não estava nem ai se eles deram esse direito a ele ou não.

- Não tenho medo de morrer.... Se tivesse eu não iria.... Só to dizendo que ele certamente vai me dar uma missão pra limpar minha honra.... Enfim, não vou ficar pensando nisso. Vou resolver o máximo de coisas possível antes de ir me encontrar com ele. E isso inclui falar com o seu ancião Sarah.

O Ahroun encara a Philodox por um tempo e diz:

- Eu sei o que fiz, desrespeitei um Ancião pra defender minha matilha. Eu agi por raiva e fui burro. Se queria realmente defender minha matilha tinha outros métodos mais honrados de fazer.... Minhas desculpas são sinceras.... Se eu partir, eu não quero fazer isso sabendo que deixei meu orgulho falar mais alto do que minha honra.
avatar
Kiba Valentine

Mensagens : 529
Data de inscrição : 26/06/2017
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Grace - Asas da Esperança

Mensagem por Grace Tavares Conney em Seg Ago 14, 2017 12:54 pm

O pedido de Zvanna não surpreende Grace. Sabia que era mais transparente em suas emoções do que desejava.
“Se você soubesse o quanto estou tentando. Quanto eu queria ter essa sua cara de gelo nesse instante”

Apesar dos olhos vermelhos, Grace não mais chorava. Sua mente trabalhava e isso a ajudava a pôr de lado a emoção.
- Sua camisa rasgada vai servir muito bem! - agrada também a Fianna que Kiba pretendesse transmitir o aprendizado com Isaack para o resto da Matilha - excelente! Não se esqueçam de perguntar para ele sobre as lendas. Se estaca for útil, minhas flechas podem servir. Se alho ou água benta ajudarem, poderíamos pedir para Tarek ingerir ou passar pelo corpo. Crucifixos também não são difíceis de achar…

Tomás fez um discurso sonolento e esquisito, mas parecia de alguma maneira bem intencionado. Tarek podia se incomodar, com razão, às ameaças de matá-lo, mas Grace conseguia entender. Era melhor que o Peregrino morresse com dignidade a se tornar um escravo de uma criatura da Wyrm, e ameaçasse a segurança de todos os Garous.

Isso porém, faz Tarek ter uma reação nervosa. Como a sabedoria Garou indicava, ninguém espera comedimento por parte dos Galliards. Porém, ela e seu irmão de Augúrio estavam passando perigosamente do limite…

Sarah dá fim ao problema e um sábio aviso em relação a seu irmão de Tribo ancião. Porém, Kiba parecia realmente disposto a se retratar, o que faz ela admirá-lo ainda mais, o que seu aceno de aprovação revela.
- A sinceridade e a humildade de suas desculpas falará em favor de sua honra

A confusão entre Pantaneiro e Flecha Voraz parecia ter se resolvido de forma pacífica, o que deixa Grace aliviada.
avatar
Grace Tavares Conney

Mensagens : 484
Data de inscrição : 26/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Deganawida (lupino) - Asas da Esperança

Mensagem por Deganawida "Degan" Oneida em Seg Ago 14, 2017 1:45 pm

Âmago-de-Gunnr alerta que um pedido de desculpas sem sinceridade poderia colocar o Presa de Prata em problemas. O Wendigo acha isso estranho e arqueia as orelhas:

Eu acho que o risco de perder a vida deveria ser estímulo o suficiente para que esse Ahroun se arrependesse de sua falta...

Em seguida, diante de sua pergunta, Tomás fala algumas coisas sobre gatos e Degan vira a cabeça em curiosidade. 

O que diabos ele está dizendo? Gatos? Como o povo dos segredos? Bah.

O Philodox observa à sua volta e, seja lá o que o Ragabash falou, parece ter provocado reações positivas ou, ao menos, não irritou ninguém. Talvez fosse aquele o método que os seguidores da Tecelã usassem para se expressar. Mas tinha que concordar com ele que a existência do vampiro colocava o Peregrino em grande risco e colocar um fim à vida dele seria uma opção caso não tivessem como parar o Galliard de se entregar ao lacaio.
Diante disso e do comentário de Âmago-de-Gunnr, que irá ficar na cola do Peregrino, Degan apenas concorda. Ele nota a reação negativa de Tarek, mas seria exigir demais daquele Garou indisciplinado entender tudo de uma vez.

Por fim, o Presa de Prata confirma a tese do Philodox: ele iria ter com o ancião em nome de sua honra (e vida, consequentemente). Degan parece satisfeito.

" - É bom saber que está agindo com prudência e de maneira sincera."

O Wendigo observa a reação de Âmago-de-Gunnr logo que termina a frase. Esperava que ela os conduzisse até o ancião quando acabassem a reunião. Mas logo depois, Cordas-Trêmulas toma a palavra de volta e pede maiores detalhes sobre o vampiro. Seria uma questão interessante para o Presa de Prata tratar quando tivesse tempo. Degan julga que a questão está mais ou menos resolvida: de sua parte, tentaria chamar a atenção dos espíritos de Katanka-Sonnak, Asa-Solitária iria ter com seu Ancião.

" - Muito bem. Precisamos de informações sobre o Buraco de Malditos para onde vamos. Os Irmãos Mais Velhos, Uktena, certamente, vão saber algo sobre. Olhos-do-Caos, assim que terminarmos a retratação de Kiba, eu gostaria de ir conversar com eles. Gostaria de saber o que você acha e se iria comigo."

Eu preciso, de qualquer maneira, falar com o Irmão Mais Velho. Apesar de não gostar muito da ideia da aliança dos Uktena com os Senhores das Sombras, eles poderiam passar as informações com mais detalhes para uma Angalkuq do que um Mediwiwin... 

OFF:
Angalkuq = Theurge
Mediwiwin = Philodox
avatar
Deganawida "Degan" Oneida

Mensagens : 389
Data de inscrição : 01/07/2017
Idade : 43

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Tarek - Matilha Asas da Esperança

Mensagem por Convidado em Seg Ago 14, 2017 4:50 pm

Grace comenta que as roupas rasgadas seriam úteis, e ele se prepara para pegar elas e dar a Fianna mas para a olhando estranho com suas ideias de fazer ele ficar comendo algo com água benta contra o vampiro.
 *Eu acho que não dá pra matar vampiro com mau hálito*
 Voltam a discussão sobre o treinamento e sobre o Kiba iria fazer e então toda a confusão com o comentário de Tomás e a explosão de Thiago.
 Sarah logo intervém ali na situação entre Tarek e Tomás, com acoisa do atirar, se voluntariando a ser quem ficaria de olho nele. O peregrino a olha um pouco surpreso. Tinha quase certeza que o Wendingo ou ela seriam os escalados para ficar de olho nele, mas não esperava ela se voluntária. Olha a arvore, a mão de Sarah após o soco.
 *Acho que a coleira parece melhor ideia.*
 Respira fundo e olha para juíza.
 "- Obrigado..."
 Nota que ninguém comenta nada contra a ideia do Tomás, ele até concorda que era melhor morrer do que acabar botando todo o caern em risco, mas não precisava atirar nele por estar só falando com alguém, não precisa colocar isso de forma banal. Um pouco de amor ali ao peregrino era bom.
 Nota então a saída da outra matilha. O estômago ronca de novo. E a conversa ali parecia chegar ao fim.
 "- Pessoal, sem querer ser o chato, mas, essas festa ainda é para gente, apesar dos pesares. A outra galera ali parece que tá de saída. E bom, meio indelicado isso, sair todo mundo em algo feito para você... Então acho que a gente podia terminando aqui, comer algo, agradecer algumas pessoas pela recepção e festa. Ser educado e social, mesmo quem já logo pretende sair. Mas alguns podiam ficar e conversar com pessoas se apresentar. Para não ficar chato."
 *Sim vamos logo comer que eu tô com fome. Vocês não? Ok não tem bebida, mas ainda é festa. E nem vai ser muito legal com a Sarah na minha cola, mas dá pra comer ao menos. E poxa, queria falar com o Galliard bonitão da outra matilha, já era.*
 "- É bom estarmos juntos e conversando, resolvendo coisas. Mas agora aqui na festa acho que pode dar a imagem errada de anti-social com os anfitriões e organizadores. Vamos lá então agradecer, aproveitar e fazer os contatos certos que precisam e também socializar um pouquinho e ser educado. Porque com a saída da outra a gente agora vira meio que o foco sabe..."
 Esperava que os outros entendessem ali o que falava e não colocasse aquilo como frescura dele ou humanidade de mais. Mas certa pompa social precisava acontecer. E de festa ele entendia.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Âmago-de-Gunnr | Olhos-do-Caos - Matilha Asas da Esperança

Mensagem por NarraDiva em Seg Ago 14, 2017 8:24 pm

A Senhor das Sombras ouve as palavras do Wendigo e ergue uma sobrancelha, respondendo para ele:

'- Eu prefiro ir dialogar diretamente com os espíritos. Acho que serei mais produtiva agindo ao meu modo.'

Seu tom é sério, mas não ofensivo.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3220
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kiba Valentine (Lupino) - Asas da Esperança

Mensagem por Kiba Valentine em Seg Ago 14, 2017 10:08 pm

Kiba agradece as palavras de Grace com um sorriso lupino e em seguida concorda com Degan com um aceno de cabeça.

Zvanna diz que queria dialogar "do seu modo" com os espíritos e o Presa de Prata entende. A Theurge havia cumprido seu papel até aquele momento e imaginava que seria capaz de cuidar daquela missão sem ajuda externa. O Ahroun então apenas diz:

- Certo.... Faça do seu modo então Zvanna. Contamos com você.

Dito isso o Ahroun vira para Thiago e diz:

- Thiago está certo. Essa festa é pra gente e quem quiser aproveitar um pouco fique a vontade. Eu vou procurar Temido Como Vulcões e depois me junto a vocês um pouco. Também é bom conhecer o Mestre de Rituais da Seita, já que vou ter que procurá-lo pra me redimir com o Totem da Seita e o espírito do rio.

Olhou por fim para Sarah e finalizou:

- Pode me levar até ele?
avatar
Kiba Valentine

Mensagens : 529
Data de inscrição : 26/06/2017
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Grace - Asas da Esperança

Mensagem por Grace Tavares Conney em Ter Ago 15, 2017 12:25 am

Grace pega a camiseta rasgada de Tarek e guarda na própria mochila, concordando com ele de que já haviam conversado o bastante, e agora, deveriam demonstrar apreço pela festa que havia sido feita para eles. 
- Você está certo, Sussurros da Noite. Não vamos demonstrar ingratidão depois de toda essa bela recepção que fizeram pra gente. 

Gostaria de obter mais informações sobre o Buraco de Malditos, mas não sabia exatamente para quem perguntar. Deganawida e Zvanna pareciam ter boas ideias em mente a respeito disso. Preferia não garantir nada, mas não deixaria de pensar em tentativas.  

Kiba comenta sobre ter que se redimir com o Totem da Seita e o espírito do rio, e ela acrescenta. 
- Eu também... poderíamos combinar com o Mestre de Rituais de fazer isso quando amanhecesse, para não fazer no meio da festa. Dá tempo de ir ao refúgio e voltar pra cá - olha nos olhos dele, com determinação.

Procura novamente por Estrela da Manhã e Coração da Verdade, torcendo para que elas ainda estivessem juntas.
avatar
Grace Tavares Conney

Mensagens : 484
Data de inscrição : 26/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Cordas-Trêmulas

Mensagem por NarraDiva em Ter Ago 15, 2017 8:03 am

Estrela-da-Manhã e Coração-da-Verdade bebiam hidromel juntas perto da fogueira.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3220
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Âmago-de-Gunnr | Temido-como-Vulcões - Asa-Solitária | Sangue-dos-Quatro-Ventos (?)

Mensagem por NarraDiva em Ter Ago 15, 2017 8:05 am

A Fenris já havia mapeado onde estava Temido-como-Vulcões e assim que Kiba diz, ela responde:


'- Vamos, ele está ali.'


A Philodox olha para Degan, chamando-o com a cabeça para que os acompanhasse e guia quem a seguir até Temido-como-Vulcões que observa a aproximação. A Juíza comenta com o Fenris:


'- Temido-como-Vulcões, precisamos de um pouco de sua atenção.'


O Fenris olha sério para a Juíza, que, por sua vez, dá a deixa à Kiba.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3220
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kiba Valentine (Lupino) - Asas da Esperança / Temido Como Vulcões

Mensagem por Kiba Valentine em Ter Ago 15, 2017 8:24 am

Kiba ouve a ideia de Grace e concorda novamente com um aceno de cabeça, dizendo em seguida:

- Fechado.... Não deve demorar muito pra amanhecer. Vamos fazer isso.

O Ahroun estava começando a ficar cansado, mas resistiria até o último minuto para não dormir. Por mais que os outros não achassem, aquele podia ser o último dia de sua vida e ele definitivamente não queria passar ele dormindo. Se é que seus pensamentos lhe permitiriam dormir.

Sarah lhe aponta onde estava Temido Como Vulcões e assim que a Philodox começa a andar o Ahroun a segue em silencio.

Quando a Juíza abre espaço para que ele falasse o Presa de Prata da um passo à frente e diz:

- Boa noite, Temido Como Vulcões, sou Asa Solitária, Ahroun, Cliath dos Presas de Prata e pai de dois impuros.... Venho pedir desculpas pelo meu comportamento durante o julgamento e de ter dito o que disse.... Eu queria defender minha matilha, mas a constrangi com meus atos. Não foi honrado o que eu fiz, foi burrice.... Então.... Peço que me desculpe pelos meus atos.... Não irão se repetir....

Kiba estava relativamente nervoso, mas falava o que sentia em seu coração e o que pensava ser o certo. Não tinha o costume de pedir desculpas de forma tão formal, mas esperava estar fazendo da forma certa.
avatar
Kiba Valentine

Mensagens : 529
Data de inscrição : 26/06/2017
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Tarek - Matilha Asas da Esperança

Mensagem por Convidado em Ter Ago 15, 2017 8:52 am

Então, aparentemente, todos haviam ali aceitado a ideia dele de aproveitar a festa, fazer a social um pouco, cirar criar contatos e claro comer. 
 *Sem retaliações? Sem críticas e Sarah não vai comigo? Viva! Hora de curtir a festa!*
 Olha para todos ali.
 "- Então eu vou ali onde tem comida e pegar algo, agradecer quem preparou tudo sabe... Mas se precisar de mim, é só chamar, e não vão embora sem me dar tchau está bem."
 Da um sorrisinho ali gentil e olha para Kiba lhe dando um piscadela.
"- Vai dar tudo certo. Boa sorte aí campeão."
 Não tinha certeza se ia dar certo mesmo, o Temido, era grandão, era Fenris, tinha cara de poucos amigos como a Sarah e pior, tinha perdido a disputa ali na frente de todos a pouco tempo. Ou seja, não devia estar com os melhores humores, e aquele podia ser o momento errado de ir cruzar o caminho dele. Mas Sarah o conhecia mais então esperava que ela soubesse o que fazia.
 Vê então Sarah, Kiba e Degan partirem, e olhou então para os outro que sobraram ali, Tomás, Grace e Jéssica.
 "- Então vamos lá, ou vocês tem outro plano?"
 Não esperou resposta é uma virou indo para onde tinha comida. O estômago roncava agora exigindo por alimento. Mas Thiago se mantinha atento e em mente em comer nada que fosse aves, ou tivesse ovos como prometera, inclusive evitaria massas já que não ia se elas teriam ovos ou não na composição. 
 Foi se aproximando e vendo quem estava a volta ali também é parecesse interessante para conversar e festejar enquanto comia. Se mantinha ali ainda sem camisa.


Última edição por Thiago 'Tarek' Daoud em Ter Ago 15, 2017 10:33 am, editado 1 vez(es)

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Deganawida (lupino) - Asas da Esperança

Mensagem por Deganawida "Degan" Oneida em Ter Ago 15, 2017 10:25 am

Deganawida escuta a resposta de Zvanna e nota que vela não parece ter gostado muito de sua ideia.

Ue, falei alguma coisa errada?

Mas Asa-Solitária logo a libera para resolver as coisas de seu jeito, o que o Wendigo aprova com a cabeça. Em seguida, Cordas-Trêmulas e Sussurro comentam sobre a recepção que foi feita para eles e sobre aproveitar a festa e vão em frente. Deganawida, que não era o maior fã de festas (ao menos festas do homem branco), apenas assiste quando então a Fenris lhe sinaliza com a cabeça para seguir com ela, o que ele faz, ouvindo sobre o Mestre de Rituais é o cumprimento vida punição que ele prescreveu.

Eles já pensam em acalmar o espírito, isso é bom, assim não haverá rancor do Manitou. Eu lhes desejo sorte...

Logo os dois, seguidos pelo Presa de Prata, estavam diante do enorme juiz dos Fenris. Sarah chama a sua atenção e Kiba é quem toma a palavra, se desculpando. O Wendigo permanecia em silêncio enquanto assistia à cena.
avatar
Deganawida "Degan" Oneida

Mensagens : 389
Data de inscrição : 01/07/2017
Idade : 43

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Grace - Estrela da Manhã, Coração da Verdade

Mensagem por Grace Tavares Conney em Ter Ago 15, 2017 1:13 pm

Grace observa Kiba ir falar com o ancião Fenris, na companhia dos dois Philodox,
e clama mentalmente, ainda aflita, para que ele consiga se retratar com ele.

Por sua vez, ela resolve ir à mesa de comidas e bebidas, pegando um copo de suco e comendo de uma só vez um pedaço de carne de porco. O nervosismo de antes havia travado seu estômago, e só agora a fome voltava a se manifestar.

Com o copo de suco nas mãos, ela aproxima-se de Estrela da Manhã e Coração da Verdade. Imaginou que as duas poderiam estar tendo uma conversa em particular, de forma que avançou devagar na frente delas, para que percebessem sua aproximação.

- Estrela da Manhã, venho dar meus parabéns pela sua vitória no desafio. Sua força, coragem e inteligência, comprovada no caminho de fogo, mostraram a todos quem é a melhor Garou para liderar a Seita.

Vira-se em seguida para a Fúria Negra.
- Coração da Verdade, vim parabenizar você também por sua nomeação como Juiza da Seita. Sei que tem a sabedoria e o espírito justo para conduzir os julgamentos.

Para as duas, ela comenta.
- A festa está belíssima! A comida e a bebida, deliciosas. Não tenho dúvidas de que falo por toda a Asas da Esperança quando agradeço por essa recepção tão calorosa.
avatar
Grace Tavares Conney

Mensagens : 484
Data de inscrição : 26/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Convidado em Ter Ago 15, 2017 3:55 pm

Tomás deixa de avaliar o estrago causado por Sarah na árvore enquanto ouvia o resto da matilha se organizar com isto cada um vai decidindo seu rumo e Tarek parecia estar bastante interessado em se alimentar sendo assim questionando se os que ali sobraram iriam se alimentar ou não.

Curiosamente o rapaz havia perguntado apenas para indicar o que já iria fazer sem esperar uma resposta, então Tomás nada responde partindo para também obter alimento.

Pega um copo de suco de abacaxi e depois um prato onde coloca uma fatia generosa de picanha e garfo e faca porque detesta deixar as mão sujas, quando termina de se servir ele olha ao redor percebendo a quantidade de garous pelo local e um tanto desconfortável se afasta, por fim senta-se ao pé de uma árvore e coloca o copo e o prato no chão, coloca seu Headphone e passa a ouvir novamente o mesmo CD. Antes de se alimentar Tomás encara o pedaço quente e suculento de carne, soltando um calor visível e pingando gordura e começa a rir. *Nossa, já pensou se fizeram esta carne na mesma grelha que um frango? Ai o Uirapuru fica bravo por isso. * Depois olha para o suco enquanto estava imerso em sua própria fantasia paranoica.* E o suco, o que poderia ter de pássaro num suco?* Fica se questionando sem muita lógica.


Por fim ele passa se alimentar sozinho, no canto.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Âmago-de-Gunnr | Temido-como-Vulcões - Asa-Solitária | Sangue-dos-Quatro-Ventos

Mensagem por NarraDiva em Ter Ago 15, 2017 5:49 pm

O Fenris olha sério para Kiba. Em seguida busca Sarah com o olhar e volta, rapidamente a atenção para Kiba. O Fenris permanece sério por alguns segundos que pareciam uma eternidade e diz com firmeza e convicção:

'- Você ainda é um Cliath e Cliaths erram, jovem Presas de Prata. Eu aceito suas desculpas. E espero que tudo que aconteceu sirva como lição e que, além do caminho da honra, trilhe também o caminho da Glória. Serão muitos os desafios à frente de você e da sua matilha e vocês precisam aprender e se fortalecer com urgência. Não me trouxe prazer falar tudo que tive que dizer, mas era necessário. E cresçam com isso. Gaia colocou o Apocalipse na rota de vocês. O Sucesso de vocês é o fracasso da Wyrm. Vocês não tem o direito de errar ou de se perder em tolices.'
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3220
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Estrela-da-Manhã | Coração-da-Verdade - Cordas-Trêmulas

Mensagem por NarraDiva em Ter Ago 15, 2017 5:53 pm

Coração-da-Verdade responde para a Fianna:


'- Obrigada pelas palavras, Cordas-Trêmulas, fico feliz em ver que está lidando bem com toda situação.'


A líder da seita complementa:


'- Fico feliz com suas palavras. Aproveitem a festa, ela é para vocês e para a Olhos da Tempestade.'
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3220
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Deganawida (lupino) - Asa-Solitária, Âmago-de-Gunnr, Temido como Vulcões

Mensagem por Deganawida "Degan" Oneida em Ter Ago 15, 2017 8:46 pm

Isso foi... Sábio. Vindo de um Fenris...

Deganawida parece bem satisfeito com a mensagem do Philodox ao seu alfa. Esperava que talvez ele se irritasse mas de fato, sua reação passa grande respeito e dá credibilidade àquela tribo que tantas rixas possuía com o Grande Wendigo. Seria um grande ponto fora da curva? Isso o Cliath não saberia dizer. Mas seria uma boa história para o Aro Sagrado qualquer dia...

O Wendigo aguarda se o Presa de Prata tinha algo mais a dizer. Enquanto isso ele fareja o ar e olha rapidamente em volta para ver se conseguia localizar o Galliard de sua tribo. Certamente, Rugido saberia lhe dizer mais sobre onde achar os Uktena ou até mesmo alguma coisa sobre os espíritos daquele lugar, em razão tanto de sua natureza lupina e por estar naquele Caern há mais tempo.
avatar
Deganawida "Degan" Oneida

Mensagens : 389
Data de inscrição : 01/07/2017
Idade : 43

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Tarek - Matilha Asas da Esperanças

Mensagem por Convidado em Ter Ago 15, 2017 9:20 pm

Thiago vai ali escolhendo a comida. Pegando um pouco de tudo que não teria problemas comer, suco, já que não podia bebida alcoólica, carne de vaca, de porco e legumes e frutas. O pratinho dele estava digno de 'estivador'. A cada coisa que pegava dava já um provadinha. Elogiava alto o sabor e a comida. Esperava que quem fez o ouvisse.
 "- Nossa tudo gostoso... Obrigado aí quem fez! Está ótimo! Parabéns! Queria poder comer coisas boas assim todo dia. Obrigado, parabéns a quem fez!"
 Sai ali dando sorrisos e olhando em volta, sendo o mais gentil e galante possível nos atos ali. Apesar do prato cheio que tinha em mãos.
 Acaba por fim indo sentar ao lado de Brilho dos Sonhos já que ninguém muito interessante pareceu lhe responder dar feedback ali e porque ele estava longe de Jéssica. Lembrou que tinha falado que por ela não ia comer perto pra ela não passar vontade.
 Por um instante olha o companheiro de matilha perdido ali olhando a comida.
"- Oh carinha, come aí! E só vai comer isso? Aproveita... É festa. Não é sempre que se tenta tanta comida assim de graça."
 Já passava a atacar o prato que tinha feito sem nenhuma modéstia. Não era sempre que podia comer bem correndo pelas estradas e com pouca grana. Tinha uma cara feliz ali por matar a fome e comer bem.
 "- Isso está bom mesmo... Vou ater comer mais depois... Se eu aguentar." 

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Grace Tavares Conney em Ter Ago 15, 2017 9:44 pm

Uma melancolia passa pelo rosto de Grace com as palavras de Coração-da-Verdade, mostrando que a situação ainda era difícil para ela.

- Tão bem quanto possível… - suspira com sinceridade.

Sorri para Estrela da Manhã.
- E eu estou feliz com sua liderança. Aproveitarei! Pegarei um pouco mais dessa comida maravilhosa!Obrigada novamente

Despede-se, balançando a cabeça. As duas provavelmente queriam continuar a conversa delas. Grace realmente vai a mesa de comidas, enchendo mais um copo de suco e fazendo um lanche com pão e mais carne de porco. Vê que Kiba ainda conversava com o ancião Fenris, e este não havia o socado, nem mostrava exaltação em seu semblante. Talvez isso fosse um bom sinal.

Caminhando e comendo, Grace vai atrás de Mãe da Fúria.
avatar
Grace Tavares Conney

Mensagens : 484
Data de inscrição : 26/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kiba Valentine (Lupino) - Temido Como Vulcões

Mensagem por Kiba Valentine em Ter Ago 15, 2017 10:46 pm

O Ahroun esperava algum tipo de deboche do ancião, mas felizmente não era isso que havia acontecido. O Fenris havia aceitado seu pedido de desculpas e ainda alerta Kiba sobre os desafios que viriam pela frente. Ele precisava estar preparado para aquilo, mas antes precisava sobreviver ao encontro com Falcão.

- Obrigado mais uma vez.... Não vou desistir até que a Asas da Esperança se reerguer e ser referencia nessa Seita. E vamos ajudar a encerrar o Apocalipse.

O Presa de Prata agradece mais uma vez com um aceno de cabeça e espera uma manifestação do Fenris antes de sair.
avatar
Kiba Valentine

Mensagens : 529
Data de inscrição : 26/06/2017
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 40 Anterior  1, 2, 3 ... 21 ... 40  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum