As Ruas da Zona Oeste

Novo Tópico   Responder ao tópico

Página 2 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: As Ruas da Zona Oeste

Mensagem por olhosdegaia em Qui Nov 09, 2017 12:37 am

Forma - Crinos

Olhos de Gaia escuta Grace e responde.

"- Se tiver outro, me dê."


O Lupino dá um último sorriso antes de começar a adentrar a escuridão com sua matilha, da uma forte fungada e depois começa a farejar o ar em busca de algo que denunciasse seus inimigos.


OFF - Peço um teste para farejar na escuridão também.
avatar
olhosdegaia

Mensagens : 58
Data de inscrição : 11/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Legado do Trovão (Glabro) - Olhos da Tempestade / Estrela-da-Manhã

Mensagem por Luke Constantine em Qui Nov 09, 2017 2:50 pm

* Luke ouve o comentário da Alma-da-Bruxa enquanto o telefone chamava. Não tinha espiado através da película mas não duvidava de que haveriam centenas de malditos do outro lado, as opções não eram boas. Se não pudessem contar com a Kombi, como a feição de Alef parecia sugerir, não poderiam atravessar a cidade a pé carregando dois corpos dilacerados.. teriam que pensar em algo. Seus devaneios são interrompidos pela voz de Estrela-da-Manhã, que atende o telefone já disparando ordens. O Senhor das Sombras, em glabro, arqueia uma sobrancelha em silencio ao ouvir o que lhe era requerido enquanto olha para o horizonte para descobrir que Zona Oeste estava queimando. Havia fumaça e fogo por todo o canto e as ordens de retirada lhe faziam pouco sentido diante desse cenário, ainda podiam ser uteis apesar da notícia do possível bombardeio da região. Diante da urgência da voz do outro lado da linha, Legado-do-Trovão responde em tom sério: *
 
- Estrela-da-Manha, finalizamos a caçada à traidora agora e, mesmo com baixas, ainda estamos em condição de lutar. Estou voltanto pro Caern com os meus conforme solicitado e, se houver algo mais, estou à disposição.
 
* Aguarda a resposta enquanto vai se aproximando de Guardião-Ancestral para verificar seu progresso com o veículo e tira a boca do fone para perguntar ao Presas de Prata: *

- Como estamos aí? Dá pra botar isso pra rodar?
avatar
Luke Constantine

Mensagens : 284
Data de inscrição : 28/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Ruas da Zona Oeste

Mensagem por William McLeod em Qui Nov 09, 2017 11:03 pm

Era visível que o Fianna não gostava da ideia de não tentar ajudar seus irmãos de matilha em apuros, mas ele não discute nem diz nada...apenas olha de um para outro enquanto discutem sobre como ir para o Caern. Ele pensara o mesmo que o lupino, apesar de ainda ver a Umbra como um mundo muito louco e assustador, mas parecia ser uma má ideia e ele não era ingrato à isso. Mas o carro não funcionava e a cidade estava ardendo em fogo...as coisas pareciam péssimas de verdade.

- A gente não pode, sei lá...pegar um carro na rua? Se a Máquina do Mistério não funcionar, a gente pode tentar fazer uma ligação direta em outro, sei lá.... amanhã a gente abandona em algum lugar para a policia achar.
avatar
William McLeod

Mensagens : 69
Data de inscrição : 17/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Alma-da-Bruxa | Guardião-Ancestral - Coração-da-Tempestade | Legado-do-Trovão | Sussurros-Solitários

Mensagem por NarraDiva em Sex Nov 10, 2017 9:49 am

A líder da Seita, muito ríspida apenas responde:


'- Dane-se a caçada! Vocês deixaram o território de vocês sem defesa e toda Zona Oeste via pelos ares em instantes. Saiam daí AGORA!'


Alef, comenta:


'- A ideia do William é a mais sensata. Esse carro já era. Precisa de muitos reparos.'
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 1553
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Grace(Crinos) - Todos

Mensagem por Grace Tavares Conney em Sex Nov 10, 2017 12:12 pm

Grace hesita em ateder ao pedido do lupino, sem entender por qual motivo ele queria um amuleto de fogo. Pensou em perguntar, mas achou melhor não perder muito tempo com isso. Considerando que ele era um theurge, seu controle da energia espiritual deveria ser melhor que o dela, de forma que o amuleto poderia ser útil também em suas mãos.

Entregou-lhe um, dos quatro que ainda tinha, e fez recomendações mesmo assim.
- Use com cuidado, não se precipite e espere por uma ordem ou confirmação de nosso alpha.

Dava um voto de confiança ao lupino, que havia se provado um companheiro leal, e avança na frente dele, girando sua lança. A arma ficava proporcionalmente pequena na sua forma Crinos, porém, como ela era quase da sua altura em hominídea, ainda poderia ser útil.

Embora não tanto quanto o laço de Helenna… refletiu enquanto subia as escadas na direção do escuro. Se conseguissem imobilizar o vampiro das sombras ele não podia mais tirar vantagem do escuro… olhou pensativa para sua companheira, se perguntando se ela estaria refletindo sobre algo assim.

Atravessou a porta, atenta e concentrada, respirando fundo para tentar sentir os cheiros e afinando os ouvidos para tentar ouvir qualquer som.

OFF: Solicito o teste de percepção também
avatar
Grace Tavares Conney

Mensagens : 305
Data de inscrição : 26/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Legado do Trovão (Glabro) - Olhos da Tempestade / Estrela-da-Manhã

Mensagem por Luke Constantine em Sex Nov 10, 2017 12:30 pm

* Luke escuta a resposta ao telefone e respira fundo para conter a irritação ante a rispidez de Estrela-da-Manhã. Mantem um tom impassível ao dizer de forma curta. *
 
'- Entendido, será feito.'
 
* Encerra a chamada após a confirmação mas as palavras da liderança não deixavam sua mente, a zona oeste ardia em chamas e aparentemente a culpa seria imputada a eles. Diz aos seus irmãos com um ar grave após guardar o celular no bolso: *
 
- Estrela-da-Manhã nos quer de volta ao Caern imediatamente e nós iremos. Há o risco de que a área seja bombardeada e temos que ser rápidos.
 
* Então avalia a sugestão do Fianna e, após o parecer de Guardião-Ancestral, determina: *
 
- Peguem o que tiverem deixado nesse carro então e vamos achar outro. Se não acharmos nada que possamos usar, nos afastamos o suficiente desse antro da corruptora e então faremos o caminho pela Umbra.
 
* Pousa no chão a cabeça de Flecha-Voraz e sua espada, abre a porta Lateral da Kombi e começa a arrancar o tapeçaria do chão do veículo enquanto comanda: *
 
- Me ajudem a tirar a tapeçaria e estofados pra enrolar nossos irmãos caídos. Não podemos rodar por aí com os corpos expostos sem arriscar o véu.
 
* Segue arrancando o tecido que podia tendo o cuidado de não rasga-los nas juntas e solicita novamente para Coração-da-Tempestade: *
 
- Will, liga pro Caveira ou pro Pantaneiro e descobre onde eles tão, Justiça-do-Predador já tá no Caern.
avatar
Luke Constantine

Mensagens : 284
Data de inscrição : 28/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Ruas da Zona Oeste

Mensagem por Sussurros Solitários em Sex Nov 10, 2017 2:40 pm

Forma atual: Glabro

O Uktena atende as ordens do Alfa sem hesitação, logo achando um pedaço bem comprido de lona que serve para esconder os corpos dos garous caídos. Com a ajuda de seus companheiros eles embrulham bem de maneira que dois possam carregar sem problemas. 

O Uktena trabalha em silêncio enquanto considera tudo que ouviu e vivenciou essa noite. 

Quando terminam de embrulhar o lobo logo pega uma das pontas e aguarda enquanto o Alfa decide como proceder.
avatar
Sussurros Solitários

Mensagens : 243
Data de inscrição : 04/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Legado-do-Trovão (Glabro) - Grupo A

Mensagem por Luke Constantine em Sex Nov 10, 2017 10:06 pm

* Luke fica satisfeito ao ver que o Lupino havia retornado com uma lona com tamanho adequado para envolver os corpos de seus irmãos caídos e deixa de rasgar a tapeçaria da Kombi para auxilia-lo no processo de cobrir os corpos. Trabalha em silencio e com respeito, tomando o cuidado de posicionar os corpos de maneira adequada. Não perdem muito tempo no processo, de modo que logo os dois caídos estavam devidamente protegidos e enrolados. Acena com a cabeça para o Lupino, num sinal de aprovação comentando: *

- Isso vai ser o bastante. 

* Então entra novamente na Kombi aberta para retomar os pertences que havia deixado ali, guardando no bolso sua carteira chaves e outros pertences pessoais que ali havia deixado. Também aproveita para retirar todos os documentos de identificação do veículo, pois sabia que os mesmos estavam em nome de Yorick. Já tendo feito a limpa no carro e se certificado de que não havia deixado nada incriminador para trás, sai de dentro dele e fala com Alma-da-Bruxa em tom de respeito após pegar a espada de Flecha Voraz no chão: *

- Te peço a honra de carregar pessoalmente o fetiche de Flecha-Voraz até que eu possa devolve-lo para a liderança da sua tribo. Ela lutou ao meu lado de forma gloriosa e encontrou o fim por um truque da profanadora, eu gostaria de poder fazer ao menos isso.

* Olha para a Theurge por um instante com olhos sinceros enquanto aguarda a resposta e devolveria o fetiche de pronto caso lhe fosse solicitado. Sabendo que não tinham tempo a perder, se abaixa para jogar sobre o ombro uma das pontas da lona que continha os corpos e então dá o comando de partida: *

- Vamos, temos que encontrar um carro que nos sirva.

* E dada a ordem, começa a caminhar para fora daquele lugar maldito procurando ativamente por veículos que pudessem usar. *
avatar
Luke Constantine

Mensagens : 284
Data de inscrição : 28/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Alma-da-Bruxa | Guardião-Ancestral - Coração-da-Tempestade | Legado-do-Trovão | Sussurros-Solitários

Mensagem por NarraDiva em Sab Nov 11, 2017 10:08 am

No instante que Luke fala, Alma-da-Bruxa diz sem meias palavras:

'- Não. Me entregue. Você sabe que não merece essa honra.'

Seu tom era seco e ela esperava a entrega do Fetiche de sua irmã de tribo morta por Luke. Alef por sua vez, enquanto caminhava ainda carregando o corpo de Pacificador, que protege com um pedaço da lona trazida pelo Lupino, avista um carro e diz:

'- Se nos apertarmos, aquele carro ali serve.'

Era um táxi abandonado. Não muito grande, mas apertando caberiam todos da matilha.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 1553
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Legado-do-Trovão (Glabro) - Grupo A

Mensagem por Luke Constantine em Sab Nov 11, 2017 10:45 am

* Luke ouve a negativa ao seu pedido e simplesmente entrega o fetiche para a Alma-da-Bruxa, dizendo em tom monocórdio: *

- Pega, o fetiche está entregue às Fúrias Negras.

* E então meramente desconsidera o resto porque era um Senhor das Sombras, tinha um trabalho a fazer, e não ia perder tempo discutindo idiotices ou se defendendo de acusações passionais e levianas. Segue caminhando até que Alef lhes indica um carro que poderia servir e indaga para ele e para Will: *

- Vocês conseguem botar ele pra funcionar? Se sim, tomem cuidado e tão liberados pra começar.

* Legado-do-Trovão não era nenhum especialista em mecânica e nunca havia feito isso antes na vida, confiaria em Guardião-Ancestral e em Coração-da-Tempestade para isso, embora esse último não aparentasse ter idade nem para dirigir.. Fosse como fosse, se limita a observar com olhos atentos os arredores, buscando por testemunhas ou algo que pudesse colocar o grupo em risco. *


OFF:
Legado-do-Trovão está ativamente de prontidão.
avatar
Luke Constantine

Mensagens : 284
Data de inscrição : 28/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Ruas da Zona Oeste

Mensagem por Henker Von Fenrirsulfr em Sab Nov 11, 2017 11:22 am

Grace havia conseguido com uma ação, derrotar um grupo de inimigo que seguramente destruiria as duas matilhas em questão de muito pouco tempo e sorrira em aprovação.

Já estava de pé a tempo de ver a maravilha dos inimigos sendo destruídos. O garou conseguira resistir a dor, mas tinha consciência do quão ferido estava por isso a cura que recebera fora a melhor coisa que acontecera.

Estava pronto para a luta e segue a todos, desta vez mais na retaguarda, para não deixar os mais estratégicos desprotegidos ao menos no primeiro momento, Degan e Kiba estavam de frente, e o garou seria a proteção dos que estavam atrás, não podia permitir que mal caisse sobre o theurge e a galliard, faria o possível para que eles tivessem ao menos 1 ação antes que ele mesmo liberasse sua fúria contra o inimigo que se apresentasse.
avatar
Henker Von Fenrirsulfr

Mensagens : 112
Data de inscrição : 01/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Ruas da Zona Oeste

Mensagem por William McLeod em Sab Nov 11, 2017 11:59 pm

William fica meio espantado quando o alpha lhe passa a ordem de ligar para os outros irmãos de matilha, o suficiente para achar que nem era com ele....quando ele repete a ordem no entanto, antes de começar a fazer a limpa no carro - que ele ajuda caso precise -, o Fianna diz simplesmente:

- Ligo sim para os dois sim...só vou  precisar de um celular e do número deles.

Ele trocara, talvez, duas frases com cada e jamais um rapaz da sua idade teria um aparelho caro desses. Mas também nenhum rapaz da sua idade entenderia bem sobre mecânica, ele não era uma exceção, mas no entanto foi o primeiro à ir até o carro quando foi dito para fazê-lo.

- Bom...Eu já assisti alguma coisa sobre carros no Discovery e uma vez eu ajudei meu pai a arrumar o opalão que está lá no Guarujá. Meu irmão tbm tentou me ensinar a dirigir, pode não ser muito, mas pelo menos eu sei onde vai a chave... hahaha

Ele fala, ri da própria piada, dando uma olhada no carro, se distrai consigo mesmo e pensando no que fazer, abre o capo do carro, mexe em alguma coisa aleatória, fecha.

- Acho que vai dar hein... Quero todo mundo com uma vibração positiva e sem esse clima azedo entre ninguém porque a noite já foi  bosta e pelo visto ainda não terminou para que a gente já se sinta confortável o suficiente para se dar o luxo de se odiar.

Mesmo diante de tudo, ele mantinha sempre um ar alegre. Tenta abrir a porta do carro e, satisfeito, vê que estava aberta. Ele senta no banco do motorista, puxa os fios do painel e, imitando o que viu em filmes, consegue fazer uma ligação direta.

- Ai sim bichão! Cê é louco hein cachoeira.... Já dá pra montar uma quadrilha aqui, lok!
avatar
William McLeod

Mensagens : 69
Data de inscrição : 17/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Alma-da-Bruxa | Guardião-Ancestral - Coração-da-Tempestade | Legado-do-Trovão | Sussurros-Solitários

Mensagem por NarraDiva em Dom Nov 12, 2017 10:43 am

Tudo dá certo e a matilha entra no carro. Ficam apertados, é verdade, mas cabiam todos naquele carro que devia seguir até o Caern. Várias barricadas de incêndio bloqueavam vários caminhos até o Caern e, por vezes, a matilha tinha que desviar de seu rumo, mas eis que eles observam uma cena que colocaria à prova suas convicções.

Era um campo de futebol cheio de corpos espalhados pelo chão. Todos com as cabeças decepadas. E um grupo de vampiros, com presas expostas, alguns portadores de garras e de traços animalescos, outros de pele bem escura, alguns escamosos e outros simplesmente humanos jogavam futebol americano com as cabeças das vítimas de forma animada.

Em volta do campo, tres corpos de mulheres pendurados em árvores pelas suas próprias vísceras. O asfalto era um mar de sangue. Tudo ali era digno de repúdio. Eram 6 vampiros jogando e mais 2 terminando de matar uma criança na entrada do beco que havia ao lado do campo.

Like a Star @ heaven Sussurros-Solitários, Legado-do-Trovão e Coração-da-Tempestade ganham 1 ponto de Fúria.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 1553
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Matilha Asas da Esperança

Mensagem por NarraDiva em Dom Nov 12, 2017 11:03 am

Toda Asas-da-Esperança entra ali no meio da escuridão da mortalha das trevas e o contato com o Abismo. O Contato com a matéria do abismo deixa os corações dos Garous inquietos e eles sentem que seu autocontrole está afetado. A Besta tenta tomar conta de cada um deles. As tentativas de perceber são atrapalhadas pela inquietude do contato com aquela matéria e com o fato de que aquela escuridão sobrenatural não lhes permitia enxergar absolutamente nada. Nem um ao outro enxergavam mais após entrar. O uivo de dor de Helenna é ouvido, mas ele soa como um eco, sendo impossível notar de onde vinha. Ainda ativa, a CHama-Tremulante de Asa-Solitária era um pequeno fio de luz em meio às trevas que tomavam conta de todo ambiente.


Like a Star @ heaven O contato com a mortalha reduz em 1 a dificuldade de todos os testes de Frenesi.
Like a Star @ heaven Sombra-dos-Quatro-Ventos e  Algoz-de-Einherjar devem testar frenesi contra seu índice mais alto de Fúria com dificuldade 5 (7 da lua do Theurge - 1 do Crinos - 1 da Tenebrosidade).
Like a Star @ heaven Olhos-de-Gaia e Cordas-Trêmulas devem testar frenesi contra seu índice mais alto de fúria com dificuldade 4. O primeiro por ser a lua do Theurge, a segunda pelo defeito de tribo dos Fiannas.
Like a Star @ heaven Asa-Solitária está dispensado do teste por não ter sido tocado pela escuridão.
Like a Star @ heaven Pela regra de cross-over descrita em Lobisomem: a Idade das Trevas o contato com os poderes de Tenebrosidade obrigam o Garou a testar Frenesi e diminuem a dificuldade do mesmo em 1. As regras já estão transcritas na página da crônica.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 1553
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Deganawida (crinos) - Asas da Esperança, Frenesi

Mensagem por Deganawida "Degan" Oneida em Seg Nov 13, 2017 11:08 am

Degan adentra a escuridão ainda com dúvidas em sua mente... 

As sombras desse lugar... Eu já as senti antes...


Então ele se lembra... Por um momento ele se recorda dos fantasmas em seus pesadelos, da morte de sua mãe e da enorme sombra sob a luz do luar nas terras puras... Seu coração se enche de fúria, afinal ele era do Wendigo, mesmo para um juiz... E basta um segundo para que Sangue-dos-Quatro-Ventos perca o controle.

" - GRAAAAAAUUURRRAAAR!!"


Degan ruge externando toda sua Fúria...

Off: 4 sucessos no teste de Fúria :/
avatar
Deganawida "Degan" Oneida

Mensagens : 230
Data de inscrição : 01/07/2017
Idade : 42

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Legado do Trovão (Glabro) - Olhos da Tempestade

Mensagem por Luke Constantine em Seg Nov 13, 2017 1:02 pm

* Luke ouve que Will ainda não tinha recebido seu Umbraphone e entende o motivo de sua solicitação não ter sido atendida, depois observa o jovem Fianna seguir para o carro e ser bem sucedido na ligação direta. Entre as comemorações pouco convencionais de Coração-da-Tempestade, adiciona com aprovação: *
 
- Boa, garoto.
 
* Se aperta no carro junto aos demais, deixando o cargo de motorista vago para que pudesse usar o celular e mantem atenção redobrada nos arredores enquanto avançam. O caminho era caótico, repleto de bloqueios que evidenciavam a devastação que tomara conta da região durante as horas que passaram em caçada. Sente raiva dos malditos que haviam assolado o território com destruição e morticínio mas prossegue num silencio contido conforme avançavam, cuidando para manter sua ira para si próprio.. embora o que veria a seguir tornaria a tarefa quase impossível. *
 
“Não..”
 
* Logo a frente um grupo de Sanguessugas havia transformado um capo em um verdadeiro abatedouro. Havia sangue e corpos mutilados por toda a parte e as aberrações da Wyrm brincavam sadicamente com as vítimas que haviam feito como se não tivessem mais preocupação alguma nesse mundo. Soube que haviam falhado com a Zona Oeste ao ver aquele show de depravação e sente vontade de vomitar mas sua fúria gritava mais forte que seu asco. Cerra os punhos com força enquanto remói o que já não tinha conserto: *
 
“Desgraçados! Isso vai ter volta.”
 
* Foca na cena que tinha diante de si e a raiva o impelia para descer do carro e dilacerar todos os malditos. Queria rasga-los e amassa-los até que não sobrasse mais do que massas disformes de seus corpos decompostos, mas já não estava em posição de dar vazão aos seus ímpetos.. tinham falhado na defesa do território e merda estava feita. Seu comando sai rancoroso: *
 
- Seguimos em frente! Temos ordens, tá vindo um bombardeio, e não tem mais nada que possamos fazer aqui.. estão todos mortos.
 
* Lhe doía na alma abandonar aquela cena sádica para traz sem fazer nada, mas sabia que era a decisão correta diante de tudo que já havia acontecido. Adiciona com fervor sombrio após um instante de silencio: *
 
- Eu juro por Gaia e pelo Trovão que vamos caçar esse maldito Sabá! Eles ainda vão ter o troco.
 
* E espera que o carro acelere para fora daquele lugar maldito com as mandíbulas contraídas e de prontidão caso fossem atacados antes de poderem deixar o local para trás. *
avatar
Luke Constantine

Mensagens : 284
Data de inscrição : 28/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Alma-da-Bruxa | Guardião-Ancestral - Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por NarraDiva em Seg Nov 13, 2017 8:37 pm

É um esforço hercúleo para Alef, o motorista, não parar o carro. O Galliard seguia dirigindo encontrando novas barricadas de chamas no caminho do Caern e tendo que voltar para buscar um novo caminho, a matilha passa por uma segunda cena grotesca. Era uma vila, os vampiros estavam indo de porta em porta e tocando o terror nas pessoas que gritavam pedindo ajuda. Casas eram queimadas com pessoas vivas... crianças penduradas em posts de cabeça para baixo com os pulsos cortados para sangrarem até a morte. Travessuras ou Gostosuras era um dos jogos prediletos dos bandos do Sabá que iam levando o terror e o pânico de casa em casa... sem saber se seguia ou não, Alef reduz a velocidade e aguarda a posição do Alfa da matilha.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 1553
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Ruas da Zona Oeste

Mensagem por William McLeod em Seg Nov 13, 2017 10:29 pm

William ocupa um lugar no carro sem nenhum problema, com 3 irmãos ele estava acostumado a ser espremido em um carro. Ele passa o caminho olhando pela janela e cantarolando em voz baixa, quase muda...mas o choque do Galliard foi tão grande que ele se silencia por completo ao ver a cena do campinho. E é um choque ainda maior ver que seu alpha, o guerreiro que ele deveria seguir, era um cão adestrado. E um cão covarde. Seu humor, sempre tão brilhante e amigável, torna-se notavelmente sombrio de imediato enquanto eles passam de um pesadelo ao outro...Alef até diminuira a velocidade do carro, e diante disso o Fianna apenas diz com a voz muito grave:


- Combaterás a Wyrm onde quer que ela esteja e sempre que ela proliferar...
avatar
William McLeod

Mensagens : 69
Data de inscrição : 17/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kiba Valentine (Crinos) - Asas da Esperança / Lobos Incansáveis / Renascidos Pelo Fogo

Mensagem por Kiba Valentine em Seg Nov 13, 2017 10:57 pm

Kiba era o primeira a adentrar a escuridão e logo nota que sua Chama Tremulante que outrora iluminava o caminho dos Garous agora só conseguia protege-lo do contato com as trevas que tentava sufoca-los.

"Malditos.... Não temos escolha."

O Ahroun escuta o ganido de dor de Helenna no instante seguinte que havia tomado sua decisão e aquilo só lhe da mais certeza do que deveria fazer.

- Degan! Queime esse desgraçado!

A resposta que o Presa de Prata esperava ouvir era uma confirmação ou um flash, mas tudo que escuta é um grunhido aterrorizante e familiar.

"Puta que pariu.... Outro não...."

O Ahroun não sabia onde o Wendigo estava devido a escuridão, mas achava melhor que ninguém chegasse perto dele naquele momento.

Precisavam achar o desgraçado ou corriam um grande risco de perder Helenna. Ele então lembra que Grace deveria estar perto da Fúria Negra e então grita, na esperança de ser ouvido:

- GRACE! TENTE USAR OS MEDALHÕES! OLHOS DE GAIA! TENTE INVOCAR UM SOLARIS!

Era tudo que podia fazer naquele momento, já que não via inimigo algum ao seu redor. Esperava apenas que os outros conseguissem fazer algo para lhe dar uma chance de lutar.
avatar
Kiba Valentine

Mensagens : 319
Data de inscrição : 26/06/2017
Idade : 20

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Grace(Crinos) - Todos

Mensagem por Grace Tavares Conney em Seg Nov 13, 2017 11:44 pm

A escuridão era opressiva, quase sufocante. Era pior que não conseguir enxergar. Era como se sua própria visão fosse sugada pelas trevas.
"Não... não... não..." Grace repetia para si mesma, tentando, não só negar o incômodo que arrepiava seus pêlos e congelava seus músculos como negar a agitação que isso fazia em seu coração Garou, clamando pelas reações mais instintivas de sua Besta interior. 
"Não..."

Grace nega, cerra os dentes, aperta os punhos e consegue manter sua nervosa inclinação sob controle, bem como aplainar o medo que sentia com o abismo. Vê a luz fina, mas presente de Asa Solitária. Um instante de alívio à Fianna, mas que também se preocupa se isso não poderia prejudicar o Presas de Prata. 

Suas preocupações estavam só começando. Escuta Helenna gemer de dor e se alarma.
- Helenna! - gira aflita, tentando procurar de onde vinha o grito de sua amiga, mas sua voz se espalha pelo local como a escuridão. A Galliard grunhe baixinho, reunindo sua revolta e sua vontade de agir, e começa procurando com os dedos um dos três amuletos de fogo que ainda tinha consigo. 

Espera pela ordem, que de início não é para ela. Esperava também pela demonstração do poder de Hélios que Deganawida tivera a proeza de conseguir. Porém, não é luz, nem sol que recebem do Wendigo. É seu rugido animalesco e bestial.
"Oh não..." teme a Fianna, retesando-se tensa, se perguntando se ouviria mais sons de dor vindo dos outros Garous, mas antes que isso acontecesse, Kiba lhe dá a ordem e Grace saca o amuleto. Fica com ele na palma de sua mão, e sem ter porque manter os olhos abertos, os fecha, tentando se concentrar apesar de toda sua apreensão e do entorno ameaçador que tinha o ambiente escuro. 

Difícil, mas ela alinha seu espírito ao do fogo, e o calor da bolinha de vidro vêm como um alento para a mão da Fianna. Suspira, aliviando um pouco sua tensão, mas sem relaxar demais, pois logo, de olhos franzidos, ela afasta o braço, tomando impulso para lançar a bolinha, para frente e para cima. 
"Gaia nos fortaleça."

OFF: 
Grace teve 3 sucessos no teste de Frenesi. Não entrou
Grace teve 1 sucesso para harmonizar a Gnose com o amuleto
avatar
Grace Tavares Conney

Mensagens : 305
Data de inscrição : 26/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Ruas da Zona Oeste

Mensagem por olhosdegaia em Ter Nov 14, 2017 12:06 am

Olhos de Gaia sente a Fúria ao olhar para o Abismo, temeria? Não, continuava estóico, não se imaginava tão corajoso, mas Gaia estava ao seu lado e em seu nome, e sua fé o mantinha, apesar de ter explodido naquela noite já.

Tudo que escuta no entanto, são os grunhidos de Degan e Kiba gritando ordens, aquelas sombras abafavam até o som, o Abismo era mesmo desafiador, e qualquer ação ali poderia ter uma repercussão dramática, então o Filho de Gaia decide aguardar, certamente Grace faria sua parte, se o Abismo não abandonasse talvez ele tentasse a invocação, por mais que fosse perigoso invocar algo que ele não poderia ver.

OFF - 0 sucessos no teste de Fúria.
avatar
olhosdegaia

Mensagens : 58
Data de inscrição : 11/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Deganawida (Crinos-Lupino) - Asas da Esperança

Mensagem por Deganawida "Degan" Oneida em Ter Nov 14, 2017 6:16 pm

Deganawida ruge para si mesmo, sua cabeça assombrada pelos fantasmas de seu povo, que lhe sussurram pecados indizíveis e arrebatam seu espírito como quem apedreja um transgressor...

Sua mãe, seu pai, todos os Haudenosaunee zombam do jovem juiz, encaminhando seu corpo para um último sacrifício no abismo... As visões e a densidade do ambiente despertam o sentimento de culpa e pavor em Degan, provocando-lhe a mudança para a forma lupinao e levando-o a uma fuga desembestada...

Deganawida corre, o medo irracional se traduz em um instinto básico, semelhante àquele de seus parentes no norte diante de uma ameaça real: o inverno, o homem. As terras puras eram assoladas pela destruição das florestas por madeireiras, cujas máquinas achatavam e picotavam tudo em seu caminho, animal ou não. Seu instinto grita por abrigo e o lobo é atraído por um lugar fechado e reservado em meio aos escombros. Degan se prostra ali, com os nervos à flor da pele e os ecos do abismo ainda a assombrar seu espírito...

Off: Degan gastou 3 pontos de fúria, sendo 1 deles para mudar automaticamente para Lupino, fugindo em seguida e se abrigando em meio aos escombros da sala anterior.

Off 2: Haudenosaunee = Confederação dos Iroquois, as Seis Nações da qual fazem parte os Oneida, Moicanos entre outros.
avatar
Deganawida "Degan" Oneida

Mensagens : 230
Data de inscrição : 01/07/2017
Idade : 42

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

SMS para: Legado do Trovão/ Guardião Ancestral/ Pacificador (RIP)

Mensagem por Victor Montenegro em Ter Nov 14, 2017 7:39 pm

SMS:
"Onde vocês estão? Toda a matilha será julgada hoje por abandono de território. Não vai ser bonito. Cheguem logo."
avatar
Victor Montenegro

Mensagens : 418
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 32
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Ruas da Zona Oeste

Mensagem por Sussurros Solitários em Qua Nov 15, 2017 12:21 am

Forma atual: glabro 

O lobo mais uma vez se vê preso nas entranhas de uma besta da Weaver quando assiste as cenas pavorosas dos jogos do Sabá e obedece em silêncio às ordens do Alfa e sente a fúria arder em seu peito. Não faz sentido lutar agora é preciso obedecer a liderança do Caern, por mais que isso lhe causasse ódio.

*Precisamos exterminar cada um desses malditos sanguessugas e irei fazer o que for preciso para que isso aconteça!*
avatar
Sussurros Solitários

Mensagens : 243
Data de inscrição : 04/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Legado do Trovão - Grupo A

Mensagem por Luke Constantine em Qua Nov 15, 2017 9:35 am

* Mais um odioso jogo do sabá se desenrolava a frente e mais uma vez estavam diante de um dilema. Seus irmãos estava inquietos e raivosos, ele próprio o estava, mas a decisão não poderia ser leviana. As vitimas dos vampiros estavam expostas como troféus de caça, penduradas para apreciação do feito, o que tornava ainda mais difícil seguir adiante e Will já expunha a letra da litania pra incita-los ao ataque. Pensa por um instante sobre os prós e contras, e conclui que não havia opção bonita.. todos os caminhos teriam seu quinhão de merda no final. Se ficassem e matassem todos os malditos, acabariam tendo que matar também todas as testemunhas que os vissem quebrar o véu, se seguissem em frente deixariam a Zona Oeste abonada a própria sorte novamente. Legado-do-Trovão estava furioso pela ordem que tinha que dar mas sabia que era a única coisa sensata a se fazer, diz em tom taciturno: *

- Não é questão de "Combaterás a Wyrm" no termo mais simplório da frase, tem muito além disso em jogo. Não temos meios de uma luta nessas proporções sem quebrar o véu e teríamos que matar as testemunhas que salvamos.  Temos uma ordem direta da liderança. Temos um bombardeio que vai varrer a região à qualquer momento e que, se acontecer, vai matar os malditos e a matilha toda em troca de umas cabeças decepadas que não mudam nada no panorama.

* Respira fundo e conclui, insatisfeito por não poder liberar sua ânsia de matar mas firme em sua decisão por saber que era a correta: *

- Seguimos em frente.

* Permanece sombrio no banco do passageiro e então seu celular vibra anunciando uma nova mensagem. Lê seu conteúdo de imediato e pensa na Lei de Murphy, tudo sempre podia ficar ainda pior. Dispara sua resposta e aproveita para encaminhar uma mensagem ao Caveira. *
avatar
Luke Constantine

Mensagens : 284
Data de inscrição : 28/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Ruas da Zona Oeste

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum