Clareira Central

Novo Tópico   Este Tópico está bloqueado. Você não pode editar as mensagens ou responder.

Página 5 de 40 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 22 ... 40  Seguinte

Ir em baixo

Réquiem - Sentinela das Sombras - Sombra da Coruja - Skull Head - Legado do Trovão - Sussurros Solitários - Esmaga a Wyrm - Cólera de Balder - Sangra a Wyrm

Mensagem por Angelique T. Albrecht em Ter Fev 20, 2018 1:11 pm

Forma Atual: Hominídeo

Legado do Trovão resolve iniciar a conversa com a Impura e acaba respondendo seus questionamentos. Ele muda de Lupino para hominídeo, e se mostra um homem bonito, com um físico bem melhor que a maioria. Ela percebe um líquido na barba do Alfa, mas não tinha saber o que era realmente. Se era água, sangue ou qualquer outra gosma, ela sabe que tem algo ali, mas não tem noção do que.

-Falar sobre mim? O que deseja saber, legado do Trovão?

E abre um sorriso simpático. Seus olhos permaneciam na direção do desafio. Ela com certeza cantaria sobre ele. Quem começa atacando é o Fenris que já manda um direto na cara de Hadrian. Angelique chega a fechar um pouco os olhos, com medo de que o crânio do Peregrino fosse destroçado no processo. Mas por algum milagre, talvez da Coruja ou talvez de Gaia, Hadrian aguenta o primeiro golpe e tira um suspiro da Galliard e se alguém olhasse para ela, poderia vê-la de olhos esbugalhados de surpresa. Já no segundo golpe, o Ragabash vai ao chão, ainda acordado, o que para Angelique era uma proeza inigualável.

O desafio tinha terminado. Mesmo achando que iria ser mais rápido que aquilo, a Presas se impressionou com o Peregrino. Só esperava que ele sobrevivesse. Victor interrompe a luta e pede ajuda ao lupino mestre de rituais da matilha. Angelique guarda tudo que viu e ouviu na sua mente, para depois poder cantar sobre o fato. Agora esperava Legado do Trovão dizer o que queria saber da Impura.
avatar
Angelique T. Albrecht

Mensagens : 357
Data de inscrição : 25/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Grace (Uivo)

Mensagem por Grace Tavares Conney em Ter Fev 20, 2018 1:23 pm

O uivo de Cordas Trêmulas alcança a Clareira Central

- MATILHA ASAS DA ESPERANÇA, ABENÇOADA PELO UIRAPURU, ENTRANDO NO CAERN.
avatar
Grace Tavares Conney

Mensagens : 484
Data de inscrição : 26/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Legado do Trovão (Hominideo) - Olhos da Tempestade

Mensagem por Luke Constantine em Ter Fev 20, 2018 1:26 pm

* Luke aguardava por palavras de Angelique e a responde assim que as recebe: *

- Teremos uma missão essa noite, podemos começar com um resumo sobre seus pontos fortes e fracos pra que eu saiba como aproveitar o maximo de suas capacidades.

* E se põe a analisar o combate tão logo o mesmo se inicia. A despeito de todas as possibilidades, o Ragabash não cai no primeiro golpe do Ahroun Fenris. Aquilo si só já era uma pequena vitória mas, como se não bastasse, o Peregrino ainda conecta um golpe na cabeça de seu oponente antes de cair sangrando no chão. O desfecho era inevitavel, as chances de vitória de Royce eram quase nulas mas ainda assim ele lutara com tudo o que tinha. *

"Você provou valor aqui, Peregrino"

* Victor, na qualidade de Juiz, encerra a luta declarando o obvio vencedor e somente então Luke se aproxima, dizendo aos que se digladiaram a titulo de elogio: *

- Foi uma luta honrada.  

* Cumprimenta o vencedor com um menear de cabeça e então observa Sussurros-Solitários, corroborando o pedido de seu irmão tribal. Enquanto aguarda que a cura seja providenciada, dispensa um olhar de aprovação ao Peregrino que tinha um dos supercilios profundamente lacerado. *
avatar
Luke Constantine

Mensagens : 420
Data de inscrição : 28/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Sussurros Solitários em Ter Fev 20, 2018 1:57 pm

Forma atual: Lupino 

O Lobo ainda com uma expressão bem contrariado apenas balança com a cabeça em agradecimento ao apoio do Fenris. Continua assistindo ao desafio ainda que de vez em quando lance olhares bem mal encarados para o Andarilho do Asfalto, definitivamente o lupino não estava feliz com o irmão de matilha. 

Ao final do combate o lupino fica satisfeito com o desempenho do Ragabash. 

*Até que o macaco franzino foi bem, especialmente lutando contra um lupino ahroun dos Fenrir*


Ao final do combate o lobo atende ao pedido do Philodox de sua matilha, mas em vez de conjurar um espírito ele apenas segue até o Ragabash encostando nele o seu fucinho e reunindo sua energia espiritual usa o dom recém aprendido com o espírito do Unicórnio e cura todos os ferimentos do irmão de matilha e fala:

"- Você lutou bem lua nova." 

O Lobo depois então fica aguardando o sinal do Alfa para irem a Cerimônia pelos falecidos.
avatar
Sussurros Solitários

Mensagens : 584
Data de inscrição : 04/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Réquiem - Sentinela das Sombras - Sombra da Coruja - Skull Head - Legado do Trovão - Sussurros Solitários - Esmaga a Wyrm - Cólera de Balder - Sangra a Wyrm

Mensagem por Angelique T. Albrecht em Ter Fev 20, 2018 2:17 pm

Forma Atual: Hominídea

Angelique então começa a conversar com seu Alfa:

-Não sou um ás em lutas, mas consigo me defender relativamente bem. Sei dirigir. Manipulo armas brancas com algum sucesso e tenho conhecimentos em ocultismo de forma mediana. Também sei mexer em computadores de forma básica, bem como habilidade de investigação básicas.

A Impura tenta se lembrar de mais alguma coisa relevante e resolve falar um pouco mais:

-Nunca esqueço nenhum rosto, cena ou qualquer coisa que meus olhos tenham visto. Também não tenho cheiro, mas em contrapartida eu só vejo em tons de preto e branco e grades de cinza. Então se me disserem para seguir o carro vermelho, não saberei qual carro será. Terão que ser mais específicos nesses casos. Só me sinto saciada comendo carne, então eu costumo caçar minha própria comida, além de ser bem fraca ao álcool. Bebidas alcoólicas fazem eu mudar para Crinos, pode ser um trunfo em certas situações ou uma maldição. E os humanos se sentem atraídos de forma sobrenatural à minha pessoa.

Tinha mais a contar? Na verdade não sabia ao certo, deixaria os questionamentos posteriores ao Alfa. Tinha feito um relatório relativamente completo de suas habilidades, excluindo seus dons.

-Infelizmente só conheço a cerimônia pelos falecidos. Mas pretendo aprender muito com essa matilha, com esse Caern e com os garous daqui.

Luke podia perceber, pelos olhos de Angelique, que ela tinha interesse por conhecimento. Agora ela observava Sussurros Solitários curar Hadrian com seu focinho. O famoso dom Toque da Mãe, que era deveras útil em uma matilha. Desta vez ela fala para Hadrian:

-Parabéns Peregrino. Foi um desafio digno.

E agora para Esmaga a Wyrm:

-Você mostrou força, não deixando nada a desejar sobre sua tribo. Parabéns Esmaga a Wyrm.

E meneia a cabeça ao Fenris em tom de respeito. Não deixa de notar o uivo anunciando a chegada de outra matilha no Caern. E abençoada por um totem do qual ela nunca ouvira falar. Sua face estampava um sorriso de curiosidade diante daquela nova informação.
avatar
Angelique T. Albrecht

Mensagens : 357
Data de inscrição : 25/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Sombra-da-Coruja em Ter Fev 20, 2018 3:00 pm

Forma Atual - Hominídeo

O Peregrino estava completamente aturdido ao chão, sua respiração trazia pontadas de dor e acessos de tosse, o que por sua vez, traziam mais dor ainda, ele era vagamente consciente das palavras de Victor encerrando o combate, escutara um Uivo longo, porém não consegue definir bem as palavras, ele rangia os dentes enquanto tentava novamente se por de pé, e então, tão surpreendente quanto um milagre, a dor foi embora.

Um pequeno espasmo é notado por todos quando enquanto o peregrino se solta das amarras de dor que antes o prendiam, em verdade, ele apenas se assustou pois pensou que houvesse morrido, mas, eternamente contaria a primeira versão.

Hadrian se poe de joelhos, encarando sussurros-solitários nos olhos e agradecendo-o com um menear de cabeça.

Põe-se novamente sob os dois pés, e, resistindo a vontade de por a mão em seu olho para checar a cicatriz, vai até esmaga-a-wyrm e, olhando-o novamente nos olhos diz:


"-Não tenho nada contra tí e sempre pagarei honra com honra! Espero que a próxima vez que lutarmos, seja contra os servos da corruptora e que a glória jorre como sangue."

Com um menear de cabeça para o Lobo, põe fim aquela questão e volta-se a sua matilha.

Ele havia escutado alguns elogios, porém, não sabia como lidar com esse tipo de coisa, e, também apenas notara que ele acabara de lutar com sua matilha inteira como plateia, aquilo era novo para ele, eles não o deixariam deslizar para o vazio, e tampouco ele deixaria.

Dirige um olhar cúmplice à seu Alpha e diz a todos, ja retornando ao seu tom brincalhão:

"-Obrigado meus irmãos, por garantirem que seu Lua nova viva mais uma noite, eu pagarei minha dívida com cada um de vocês, mas, se não nos apressarmos para a cerimônia dos finados, passaremos as próximas noites curando mais desafetos ainda."
avatar
Sombra-da-Coruja

Mensagens : 308
Data de inscrição : 18/12/2017
Localização : Belem

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cólera-de-Balder | Esmaga-a-Wyrm | Sangra-a-Wyrm - Sombra-da-Coruja | Skullhead | Sentinela-das-Sombras | Réquiem | Legado-do-Trovão

Mensagem por NarraDiva em Ter Fev 20, 2018 4:01 pm

Rindo bastante, Cólera-de-Balder uiva em honra ao irmão de tribo vencedor, seguindo junto com Esmaga-a-Wyrm. Uivos de Crias de Fenris de diferentes pontos do Caern são escutados pelos Garous ali presentes. Cólera-de-Balder dá um poderoso soco no peito que quase derruba Esmaga-a-Wyrm, dizendo:

'- Porra! Tú tem que treinar muito mais... assim não vai me enfrentar na porra da final do torneio... vou ter que dar a porra de uma terceira cicatriz pro Fianna...'

Olha para Royce e, sorrindo fala:

'- Muito bom, Lua nova.'

Em seguida, vê Royce falando com Esmaga-a-Wyrm que diz:

'- Ragabash honrado. Esmaga-a-Wyrm respeitar Ragabash. Ser honra combater a Wyrm com Filho de Coruja.'

Cólera-de-Balder aproveita para chegar do lado do Alfa, dar dois tapas no ombro do mesmo e dizer:

'- Prepara a fuça eu não vou ser mole que nem o Esmaga-a-Wyrm não...'
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3220
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Legado do Trovão (Hominideo) - Olhos da Tempestade

Mensagem por Luke Constantine em Ter Fev 20, 2018 7:26 pm

* Luke observa o lupino se aproximar para curar o Peregrino Silencioso mas, ao contrario do esperado, ele não precisava de um espirito para intermediar o feito. Era bom saber que um dos Theurges da matilha possuiam agora acesso aos dons de cura, aquilo certamente seria util. Nesse meio tempo, Angelique lhe responde o que fora questionado e o Senhor das Sombras toma nota mental de todas as particularidades ditas. Como maiores pontos de observação, se interessa particularmente pela memória incomum da Presas de Prata mas também soube que deveria ficar atento à sua deficiencia visual.  Já tendo uma visão geral das habilidades da Galliard, comenta em um tom sucinto que a recém chegada descobriria com o tempo ser o habitual: *

- Há coisas que apenas o tempo dirá mas esse já foi um bom começo, Requiem. Após a cerimonia você será colocada a par de nossos objetivos.

* Não era dificil notar que o Alfa não era um Garou que gostava de gastar palavras demais, mas não havia hostilidade em seu tom. Royce começa a se levantar nesse momento e Luke aproveita para cumprimenta-lo após o olhar cumplice que lhe fora endereçado: *

- Você provou seu valor, mas precisa endurecer esse queixo.

* Esboça um de seus raros sorrisos ao Peregrino, que poderia notar que o Senhor das Sombras estava zoando amigavelmente. Esperava que o clima do fim do desafio abrandasse um pouco os animos da matilha, que momentos atrás estavam carregados. Estava prestes a tratar de partir com os seus irmãos para a cerimonia quando Siegfried soca o outro Fenris no peito, tira onda, e depois se aproxima para repetir o gesto. Luke olha para o seu irmão de augurio e retribui a provocação em tom despreocupado: *

- Melhor, prefiro não ter que derrubar um irmão no primeiro soco.

* Sorri de canto de boca e dá um tapa no ombro do Fenris antes de dizer aos seus: *

- Olhos da Tempestade, vamos pra cerimonia.

* E, dito isso, apenas se despede dos outros dois Fenris com um aceno de cabeça e inicia o percurso até o cemitério. *
avatar
Luke Constantine

Mensagens : 420
Data de inscrição : 28/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Júbilo-das-Górgonas (Crinos) - Todos no Caern

Mensagem por NarraDiva em Ter Fev 20, 2018 7:38 pm

O uivo de Júbilo-das-Górgonas é ouvido por todo Caern avisando que a Cerimônia irá começar em instantes e que todos devem tomar seus lugares.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3220
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cólera-de-Balder | Esmaga-a-Wyrm | Sangra-a-Wyrm - Sombra-da-Coruja | Skullhead | Sentinela-das-Sombras | Réquiem | Legado-do-Trovão

Mensagem por NarraDiva em Ter Fev 20, 2018 7:40 pm

O Fenris apenas gargalha do otimismo do Senhor das Sombras e segue seu caminho. Os outros Fenris também seguem seu rumo.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3220
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Spybot

Mensagem por NarraDiva em Ter Fev 20, 2018 7:41 pm

Spybot vê que Bit-Coins está seguindo para o Cemitério.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3220
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Victor Montenegro em Ter Fev 20, 2018 7:50 pm

Com o Peregrino curado, Victor lhe esboça um leve sorriso e um maneio de cabeça em aprovação. As ordens do alfa são dadas e Victor segue junto à matilha para o cemitério.
avatar
Victor Montenegro

Mensagens : 655
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 32
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Sussurros Solitários em Ter Fev 20, 2018 9:42 pm

Forma atual: Lupino

O lobo apenas segue com a matilha para o cemitério.
avatar
Sussurros Solitários

Mensagens : 584
Data de inscrição : 04/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Sombra-da-Coruja em Ter Fev 20, 2018 9:49 pm

Forma atual - hominideo

O peregrino segue com sua matilha até o cemitério.
avatar
Sombra-da-Coruja

Mensagens : 308
Data de inscrição : 18/12/2017
Localização : Belem

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Skullhead (Hominideo) - Matilha Olhos da Tempestade e Crias de Fenrir

Mensagem por Skullhead em Ter Fev 20, 2018 10:23 pm

Skullhead ouve a resposta do lobo e fica inerte. Alguém já havia feito aquele discurso antes, ele bem lembrava... a muito, muito tempo atrás... quando ele havia feito a sua primeira tatuagem. Não lembrava se havia sido seu avô ou um tio próximo, apenas se lembrava de algumas palavras muito parecidas; a palavra profanação ecoava na cabeça do Theurge, que ainda permanecia inerte, poucas vezes durante a fala do lupino. O lobo se distancia e vai para perto de Cólera-de-Balder antes mesmo do Andarilho sequer pensar em respondê-lo... não que o filho da Barata conseguisse unir palavras para falar alguma coisa. Ainda não havia visto o lupino com aquele grau de mau-humor, e ele já possuía um temperamento meio sombrio.

O Theurge permanecia preso em seus pensamento quando ele é trazido de volta pela Galliard, que parecia não perceber muito o que acontecia ali. Ela perguntava coisas para ele e o Andarilho precisa até de um tempo para raciocinar e processar a pergunta. Tempo suficiente para que Luke cumprimentasse a moça e lhe desse a informação que ela queria. A conversa entre os dois continua em meio ao desafio, que é curto, apesar de mostrar a força de vontade do Ragabash de se manter em pé. O Fenrir acerta um golpe bem dado, mas que não derruba o Peregrino, apesar de machucá-lo bastante. Hadrian o acerta minimamente, mas o Ahroun o finaliza no segundo golpe, presenteando-o com um talho considerável sobre o olho direito.

O desafio estava terminado.

*Podemos pelo menos respeitar os moribundos agora...*

Victor dá a ordem para o Uktena invocar um espírito para curar o Peregrino, entretanto o lupino demonstra que havia aprendido dons novos e ele mesmo cura o Ragabash. Cumprimentos são feitos. Skullhead permanece silencioso todo o momento. Assim que escutam o uivo da cerimonialista da Seita, a matilha segue para o cemitério e, assim como todos, o Andarilho o faz. Silencioso e pensativo.

OFFGAME: Segue no Cemitério - Lar dos Ancestrais
avatar
Skullhead

Mensagens : 510
Data de inscrição : 02/07/2017
Idade : 23
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Angelique T. Albrecht em Ter Fev 20, 2018 11:09 pm

Forma Atual: Hominídea

Angelique ouve as considerações de Legado do Trovão e assente positivamente com a cabeça, seguindo sua matilha para a cerimônia que se sucederia.

OFF: Segue no tópico do Cemitério
avatar
Angelique T. Albrecht

Mensagens : 357
Data de inscrição : 25/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Derek Spencer em Qua Fev 21, 2018 12:36 pm

Derek ouve o uivo de avisando que seus irmãos de matilha haviam chegado e vê que todos já tinham sido convocados para o Cemitério. Sem se alongar, o Ragabash segue para onde todos estavam indo, inclusive Bit-Coins.

Off: Cemitério
avatar
Derek Spencer

Mensagens : 296
Data de inscrição : 27/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kiba Valentine (Lupino) - Asas da Esperança / Narração / Todos na Cena

Mensagem por Kiba Valentine em Seg Mar 05, 2018 9:26 am

Não demora muito tempo até que a Asas da Esperança, ou ao menos parte dela, descesse a trilha que dava na Clareira Central. O Ahroun permanece sempre à frente dos seus e, com Grace não estava com eles, uiva anunciando sua busca:

- MATILHA ASAS DA ESPERANÇA PROCURA O MESTRE DE RITUAIS DA SEITA!

Feito isso, Kiba começa a farejar o ar a procura do cheiro de Fênix de Prata para seguir em sua direção. Imaginava que ao menos com o uivo o Theurge já pudesse se preparar para ser abordado.
avatar
Kiba Valentine

Mensagens : 529
Data de inscrição : 26/06/2017
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Fênix-de-Prata | Fúria-Justa-de-Esteno | Sangue-Sobre-a-Neve - Asa-Solitária | Spybot

Mensagem por NarraDiva em Seg Mar 05, 2018 10:11 am

Kiba já chega na clareira uivando e recebe um olhar de dúvida do Mestre de Rituais que estava ali, parado, bem de frente para a trilha de onde a matilha saía. Helenna comenta com Kiba:

'- Ele está ali.'


Aparência 3, Raça Pura 5, Fúria 5
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3220
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Ronaldo em Seg Mar 05, 2018 10:14 am

Ronaldo acompanha KIba logo atrás, estava em sua forma lupina aonde tinha corrido e permaneceu desta forma.
avatar
Ronaldo

Mensagens : 154
Data de inscrição : 18/12/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sangue-Sobre-a-Neve - Grito-de-Guerra

Mensagem por NarraDiva em Seg Mar 05, 2018 10:27 am

Surpresa com Ronaldo ter vindo atrás da matilha, Sangue-Sobre-a-Neve olha para o Fianna e fala:


'- Macaco burro! Alfa falar pra ficar na montanha para julgamento. Porque descer?'
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3220
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kiba Valentine (Lupino) - Asas da Esperança / Fênix de Prata

Mensagem por Kiba Valentine em Seg Mar 05, 2018 3:04 pm

Asa Solitária logo avista Fênix de Prata parado não muito longe de onde estavam e pensa que seu uivo havia sido precipitado. O comentário de Helenna só confirma o pensamento do Ahroun que agradece a irmã de augúrio com um aceno de cabeça.

Quando pensa em caminhar em direção ao Theurge eis que escuta o rosnado de Sangue Sobre a Neve logo atrás dele e avista Ronaldo junto deles. O Ahroun simplesmente não acreditava no que estava acontecendo. Ele olha para a Garra Vermelha, depois para o Fianna e com um rosnado rápido diz:

- Suba....

Não iria pedir novamente e deixa aquilo claro no olhar lançado sobre o Fianna. Ele então da as costas e volta a caminhar em direção a Fênix de Prata. Assim que chega perto do Theurge ele faz um rápido aceno de cabeça em sinal de respeito. Não morria de amores pelo Presa de Prata, mas sabia que só ele poderia ajudar naquele momento.

- Boa noite Fênix de Prata. A Asas da Esperança vem até você pedir sua ajuda para resolver um problema em nosso ponto de encontro.

Ele faz uma pausa para que ele pudesse processar a informação e logo complementa:

- Duas de nossas Garous estavam investigando o local e identificaram uma espécie de magia o ritual no lugar que as impedia de acessar uma parte da Umbra. Gostaria de pedir sua ajuda nesse assunto para identificar o que pode estar acontecendo.
avatar
Kiba Valentine

Mensagens : 529
Data de inscrição : 26/06/2017
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Ronaldo em Seg Mar 05, 2018 4:15 pm

Ronaldo chega e logo escuta as palavras de sangue-sobre-a-neve, sentiu um certo ódio por ter sido chamado de macaco, mas iria relevar.

O alfa mandou ele subir, Ronaldo estava meio desnorteado, adolescente que pensa em tudo e assim volta para a montanha.
avatar
Ronaldo

Mensagens : 154
Data de inscrição : 18/12/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por olhosdegaia em Seg Mar 05, 2018 4:22 pm

Forma - Lupino

O Lupino apenas segue ao lado de Kiba, notava certa irritação da parte de Helenna e de Sangue Sobre as Neve ao ser contestada, o Garou também queria muito voltar ao local e investigar pessoalmente, não sabia pedir ajudas sobre algo que nem mesmo tinha visto, e queria discutir antes com a outra Theurge, mas fica ao lado do Alfa quando ele começa seus questionamentos.
avatar
olhosdegaia

Mensagens : 245
Data de inscrição : 11/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Fênix-de-Prata | Fúria-Justa-de-Esteno | Sangue-Sobre-a-Neve - Asa-Solitária

Mensagem por NarraDiva em Seg Mar 05, 2018 5:37 pm

Fênix-de-Prata olha sério para Kiba quando ele faz o seu relato. Ele olha para as duas Garous envolvidas e pergunta, imediatamente:

'- Me contem o que viram com suas palavras...'

A Fúria Negra é a primeira a quem fala:

'- Eu não sei explicar direito. A gente estava andando na floresta porque Sangue-Sobre-a-Neve havia capturado um invasor há poucas horas e, em dado momento, percebemos que sempre que a gente avançava na mata, voltava ao mesmo ponto. Achamos isso estranho e tentamos olhar a Umbra e vimos, nela, uma área praticamente virgem. Seguimos a tentar caminhar, mas vimos que os pássaros saíam e sumiam no nada, não sendo possível seguir os caminhos deles.'

A Impura comenta:

'- Na Umbra, Sangue-Sobre-a-Neve sentir poder de ritual. Não identificar, ser parecido com Ravina Encoberta, mas mais poderoso. Sangue-Sobre-a-Neve tentar falar com pássaros, mas eles dizer que não querer falar com matilha. Sangue-Sobre-a-Neve sentir cheiro estranho, mas não conseguir entrar na área protegida. Haver magia em território de matilha. Wyld estar forte, mas magia impedir Sangue-Sobre-a-Neve de chegar em Wyld mais forte.'

Fênix-de-Prata faz uma pausa e comenta:

'- Eu acho que sei do que se trata... não há motivos para grandes preocupações... me permite ir com sua Garra Vermelha ao Ponto de Encontro para analisar o local in loco, Asa-Solitária? Depois do ataque dos vampiros na Umbra, a Wyld tem protegido com suas forças áreas que considera especiais para que a Weaver e a Wyrm não avancem. É um fenômeno que anda acontecendo nessa cidade, aconteceu no território da minha matilha, se for o mesmo fenômeno, não existirá razão para se preocuparem... é bom deixar a Wyld livre quando ela está agindo com tanta força...'
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3220
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 40 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 22 ... 40  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum