Clareira Central

Novo Tópico   Este Tópico está bloqueado. Você não pode editar as mensagens ou responder.

Página 38 de 40 Anterior  1 ... 20 ... 37, 38, 39, 40  Seguinte

Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Arauto-da-Morte em 14.06.18 14:33

Forma atual - Hominideo 

*Que merda aconteceu aqui antes.?.Meu saco.. outro juiz.. eu to mto fodido*

Hadrian queria resolver aquela situação o mais rápido possível, ainda tinha de falar com pantaneiro.

“-Relaxa, por mim tá resolvido -Fala com um sorriso meio deslocado - resolvido estando, Qual a urgência galera?


Última edição por Sombra-da-Coruja em 14.06.18 14:59, editado 1 vez(es)
avatar
Arauto-da-Morte

Mensagens : 370
Pontos : 370
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/12/2017
Localização : Belem

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Sussurros Solitários em 14.06.18 14:52

Forma atual: Lupino

O Senhor das Sombras se dirige ao Fianna seguindo a mesma linha de raciocínio e o lobo apenas assiste o desenrolar da conversa em silêncio. Estava cansado e sem paciência para lidar com os melindres dos macacos. 

O Beta argumenta contra a fraqueza do filho do Barata e o lobo, apesar de concordar, sente que o seu papel de Alfa é tentar unir a sua matilha e a ele responde:

"- Eu até concordo com você. Mas não podemos também virar as costas para algo que ele não consegue fazer sozinho. Os tempos são difíceis e precisamos nos unir, Skullhead já foi julgado por tudo. As coisas foram roubadas de nossa toca e nós vamos ajudar um irmão que precisa de nós."

O lobo fala em tom sério e olhando para toda a matilha. Eis que o Fianna mais uma vez abre sua boca e com a enorme língua que é característica aos Filhos do Cervo naquele Caern começa a falar mais uma série de bobagens e o lobo observa em silêncio olhando fundo nos seus olhos até que ele termina de falar e o lobo então lhe responde com uma voz que até transparece um pouco de seu cansaço:

"- Não Ossos-de-Carvalho, eu não pedi que ele interrompesse a todos ou saísse "peruando", *Seja lá o que isso signifique*, por aí... Eu apenas pedi que ele reunisse a matilha para não chamar atenção de todos com um uivo. Mas nem isso ele consegue fazer direito... Então antes de começar a reclamar Fianna, pare e pense, por que o próximo a precisar da ajuda da matilha pode ser você..." 

O Filho de Gaia então se manifesta com uma sensatez que deixa o lobo feliz e ele apenas responde: 


"- Obrigado meia-lua. Que sua sabedoria continue a iluminar essa matilha e esse assunto está resolvido então como o philodox falou."

O Lobo olha para o Fianna com desprezo por alguns segundos e continua se dirigindo a toda a matilha: 


"- A Situação é: Skullhead recebeu uma caixa de sua tribo e ela foi roubada durante o ataque da noite passada que destruiu a nossa toca. A tribo lhe deu um dia para recuperar os objetos e como a situação do nosso ômega só piora, nós precisamos resolver isso. A nossa prioridade é destruir a Mulher de Branco e de toda forma não podemos invadir a favela sem termos mais informações que só serão conseguidas durante o dia. Então pensei em irmos agora atrás da Mulher de Branco e destruí-la para que a próxima noite seja para resolver esse maldito roubo e que Skullhead deixe de ser um peso para essa matilha e resolva a sua vida. Alguém tem algo contra? Se tiver que fale agora. Se não vamos dividir o grupo e pensar no plano."

O Lobo observava a todos em silêncio e esperava a suas reações. Estava cansando da sensibilidade do Fianna e com ódio de todas as trapalhadas e problemas que o filho da Barata causava. 

*Macacos Burros.*


Última edição por Sussurros Solitários em 15.06.18 11:13, editado 1 vez(es)
avatar
Sussurros Solitários

Mensagens : 659
Pontos : 663
Reputação : 4
Data de inscrição : 04/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Arauto-da-Morte em 14.06.18 15:53

Forma atual - Hominideo 

O Peregrino vê que existia um conflito em sua matilha, via varios comportamentos que já havia notado antes em cada um de seus companheiros, seu impulso inicial é ceder a fúria, mas, lembrando-se das palavras de legado de Anúbis, ele se contém.

*Ma’at*

De maneira mais solene do que se portara até então, o Peregrino da um passo à frente, e, olhando para o Alfa, como se pedindo autorização, começa a falar. 

“-Irmãos, nasci em uma noite sem lua, e, talvez por isso tenha o peito tão inquieto, pois, meus olhos e ouvidos tendem a trabalhar demais, e, minha língua já foi incontrolável.”

Faz uma pequena pausa e fala em direção a Ian.

“-Fúria e frustração são companheiras de nossos dias tanto quanto a água, mas, infelizmente, não as vitórias, então meu irmão, lhe digo, vencemos hoje, assim como venceremos enquanto formos uma matilha, enquanto conseguirmos, mesmo sem palavras, decidir o que é mais importante, e, posso lhe afirmar em primeira mão, que, nossa fúria NUNCA é a mais importante.”

O Peregrino suspira..

“-Nosso irmão está em uma situação onde pode ter seu nome arrastado pela lama, que se não resolvida, dará uma vitória à Wyrm, e, tempo, infelizmente não temos. “

Nova pausa..

“-Já devo ter falado sobre Ma’at, mas, vou lhes lembrar, Ma’at é a ordem natural, as coisas como deviam ser, e é isso que precisamos, CADA UM DE NÓS, lembrar aqui. Eu contra meu irmão, eu e meu irmão contra meu primo, e, toda a família contra o mundo.”

Olhando a todos diz:

“-temos ainda o mundo como inimigos e insistimos em brigar entre nós, deixemos isso para quando a Wyrm não estiver tentando arrastar o nome de nossos irmãos na lama, quando não estiver tentando zombar de nossa família, quando nossos maior problema for nossa fúria e frustração...”


*Coruja, por favor, abençoe esses meus imbecís
avatar
Arauto-da-Morte

Mensagens : 370
Pontos : 370
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/12/2017
Localização : Belem

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voz-dos-Espíritos - Siggy

Mensagem por Voz-dos-Espíritos em 14.06.18 16:04

Olhando para o Impuro, Voz-dos-Espíritos afaga sua cabeça em sinal de agradecimento. Talvez essa tarefa não fosse tão difícil de ser completada, afinal.

Com um aceno, se despede de Siggy e do filhote, indo em direção ao local onde as carcaças dos vermes deveriam ser depositadas. Nota que Hagen ainda estava por ali, trabalhando, e resolve ir até ele se apresentar ao último membro da matilha de quem tinha conhecimento. Se outros membros faziam parte da Fortaleza de Gaia, ele ainda não os conhecera.

Se aproximando do Fenris, ele fala de maneira cordial.

"Hagen? Sou Aaron Voz-dos-Espíritos. Cliath Godi, Cria de Fenris. Pantaneiro mandou ajudar."

Com isso, joga o verme na pilha e se coloca a trabalhar do lado do outro Fenris.
avatar
Voz-dos-Espíritos

Mensagens : 39
Pontos : 39
Reputação : 0
Data de inscrição : 11/06/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Gabriel Villas Boas em 14.06.18 16:23

Gabriel menea a cabeça com as palavras do Alpha sobre ele, em sinal de agradecimento. Depois de ouvir melhor sobre os atuais problemas da matilha pelas explicações de Sussurros-Solitários e novamente sobre a questão da Mulher de Branco, Haydrian fala palavras que tocam o Filho de Gaia. Gabriel toca o ombro do Peregrino enquanto sorri e responde:

- Suas palavras enchem meu peito de alegria, Sombra da Coruja! Pois sinto que transborda sabedoria e que são genuínas em sentimento!

Gabriel se volta para todos.

- Precisamos sim, de forma rápida e eficaz, eliminar esse espectro. Não só porque temos que cumprir nosso papel gaiano, mas para demonstrar ao Caern que a Olhos da Tempestade é uma matilha funcional, harmoniosa e que honra a nação garou.

Gabriel, ainda sorrindo, se vira para Ian...

- Para realizarmos isso, devemos estar com os corações leves.


Se vira para Camilo e também sorrindo.

- Bem como devemos respeitar uns aos outros e participar da matilha da melhor forma que podemos, de peito aberto.

Já olhando para todos:

- É a oportunidade para desempenharmos a nossa missão como irmãos, unidos, lado a lado, e assim sairemos vitoriosos! Se partirmos em desarmonia, a missão é tendente a falhar. E ninguém da matilha quer falhar! A Olhos da Tempestade não pode falhar!

Gabriel se posiciona ao lado do Alpha e diz:

- Estou dentro, Sussurros-Solitários. Eu e meu bastão são seus.

OFF:
- Gabriel ativou o Dom da Persuasão. 6 sucessos.
- Aqueles que quiserem resistir ao convencimento de Verdade-Ancestral deve obter 6 sucessos ou mais em um teste de Força de Vontade.
avatar
Gabriel Villas Boas

Mensagens : 108
Pontos : 110
Reputação : 2
Data de inscrição : 25/05/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

CRINOS | FORTALEZA DE GAIA

Mensagem por Hagen Bernhardt em 14.06.18 16:40

Hagen estava taciturno fazendo suas tarefas de forma calma, empenhado em terminar logo para poder fazer outras coisas e buscar resoluções para outros deveres da matilha. Ao carregar mais vermes, vê que se aproximava o garou que conversara com Siggy e o mesmo vem simpático se apresentar, Hagen era um Fenrir cordial e assim estende a mão e aperta com firmeza.

' - Mais um irmão de tribo! Fenrir deve estar mandando irmãos para nos cobrarmos cada vez mais. - Diz Hagen de forma expansiva - Bem vindo irmão, sou Hagen, Pavor-de-Jörmungandr, Modi Cliath dos Fenris nascido em duas patas. Se aproxime, só te aviso que me comunico apenas em garou, sou da Noruega e não sei falar português.

Aaron podia notar que era um forte fenrir, raça pura alta e Hagen ainda tinha saído de uma linhagem de família real, mas isso para Hagen não importava muito, de qual buraco ele tinha saído, estava muito incomodado ainda pelas ações recentes e queria resolver a questão de poder se comunicar.

' - Com você somos 4 Fenris, aliás tenho duas irmãs Godis, me ensinaram um pouco de ocultismo, será uma honra aprender com você algumas coisas... Vamos, me ajude aqui com esses corpos, de onde vens irmão?'


"Bom ter mais um Fenrir, mas a responsabilidade aumenta, seremos um cobrando o outro... Ele fede..."


Última edição por Hagen Bernhardt em 14.06.18 17:10, editado 1 vez(es)
avatar
Hagen Bernhardt

Mensagens : 320
Pontos : 319
Reputação : -1
Data de inscrição : 23/04/2018
Idade : 33
Localização : Noruega, Høvringen

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Ossos-de-Carvalho em 14.06.18 17:02

O Fianna escutava as palavras do Filho-de-Gaia. Aquela paz de espírito e calma o irritava profundamente.

* Puta que pariu.. que vida de gala seca essa... O pior é que ele tá certo em partes *

" - Tá certo.. tá certo.. eu devia ter ouvido o problema primeiro antes de reclamar pra cacete.. vocês falam bonito demais, nem consigo argumentar... Desculpa ae... Por mim tá resolvido, depois eu levo uma foto do caveira pra minha Galliard espantar os mosquitos e fica tudo bem.."

Ian escuta a situação enquanto acaricia sua barba e comenta como se nada tivesse acontecido:

" - O espírito da mulher de branco pode ser afetado por ataques físicos normalmente? Se sim, da minha parte não tenho nada a acrescentar não."
avatar
Ossos-de-Carvalho

Mensagens : 183
Pontos : 188
Reputação : 5
Data de inscrição : 08/03/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Res: Garras-do-Trovão / Calmaria-de-Gaia

Mensagem por Toque-de-Beladona em 14.06.18 17:31

*A garou ouve com algum interesse, os relatos do também recém chegado. E sempre bom se interar rápido da realidade da cidade. Porém a noite estava avançando, era mais produtivo se apresentar a matilha e a sua tribo, descansar da longa viagem e aproveitar uma parte do dia para, aí sim, entender melhor o funcionamento da seita e da cidade. Nesse momento, com certeza, seria o caso de ouvir com mais detalhes o relato de Calmaria-de-Gaia. Era preciso ser objetiva. *

Ela olha educadamente pros dois garous a sua frente, estende a mão para Garras-do-Trovão e diz:

-  Obrigada pela recepção! Será uma honra servir nessa seita! Com sua licença, vamos nos retirar e buscar a matilha indicada e nos apresentar.

Em sequência se dirige a Calmaria-de-Gaia e fala:

- Vamos nos apresentar e lá conversamos melhor sobre suas informações. 

Esperando ser seguida, Toque-de-Beladona se encaminha a matilha que indicada,.ela estava ali mesmo naquela clareira. Assim que se aproxima deles,olha para todos e se apresenta:

- Boa noite a todos! Me chocou Toque-de-Beladona, Cliath e mulher, Ragabash da Fúrias Negras. Vim.do Velho Continente respondendo ao chamado de reforçar a Seita. Me apresento a esta matilha por.ordens de Garras-do-Trovão e espero contribuir e certas fileiras na luta contra wyrm com vcs irmãos! Que é alfa dessa matilha a que devo lealdade?

"Ela quer fazer amigos, eles serão úteis e será necessário que o.sejam de bom grado. Ao que parece não será tão dificil, é bom perceber q a matilha conta com muitas mulheres. Com certeza serão sensiveis aos seus objetivos, com sorte até mesmo encamparão  essa batalha ao seu lado. Parece que tudo.esta começando com o pé direito."
avatar
Toque-de-Beladona

Mensagens : 62
Pontos : 63
Reputação : 1
Data de inscrição : 12/06/2018
Localização : O objetivo é vc nunca ter certeza...

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Sussurros Solitários em 14.06.18 18:20

Forma atual: Lupino

O Uktena fica feliz e impressionado com as palavras do Filho da Coruja aquele é o espírito que ele queria para a matilha e o Filho de Gaia aproveita a deixa e com um envolvente discurso consegue colocar todos de volta na mesma sintonia e o lupino fala:

"- Muito obrigado Sombra-da-Coruja e Verdade-Ancestral! É isso que essa matilha precisa! Também não tenho mais nenhum problema. Ela pode ser atingida por nossas garras, presas e fetiches Ossos-de-Carvalho."

O lobo então, agora em tom mais tranquilo e quase amigável devido ao dom do Filho de Gaia, se dirige ao grupo:

"- Eu penso em nos dividirmos em dois grupos. Sombra-da-Coruja, Spybot, Skullhead e Siegfried vão capturar o corpor para que ele seja queimado e purificado. Eu, Sentinela-das-Sombras, Verdade-Ancestral e Ossos de Carvalho iremos atrás do Espectro para destruí-lo. Depois de conseguirem recuperar o corpo e forem para um local seguro precisamos resolver como podemos fazer as duas coisas ao mesmo tempo. Alguma idéia?"

O Lupino aguarda para ouvir as sugestões para a matilha.
avatar
Sussurros Solitários

Mensagens : 659
Pontos : 663
Reputação : 4
Data de inscrição : 04/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Victor Montenegro em 14.06.18 20:15

* Pelo Trovão, como são sentimentais. *

Victor assiste ao desenrolar da novela de sentimentos sem demonstrar qualquer grande emoção. O Ragabash e o Filho de Gaia usavam bem de suas palavras e tudo parecia contornado. Por esse motivo, o meia lua prefere não desperdiçar mais saliva.

O Lobo explica a base do plano ao que Victor simplesmente assente e diz:

'- Se Spybot me emprestar o umbrafone, Camillo pode acionar um alerta e eu saberei na hora que eles estiverem com o corpo.'
avatar
Victor Montenegro

Mensagens : 717
Pontos : 720
Reputação : 3
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 33
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Voz-dos-Espíritos em 14.06.18 20:18

Aaron percebe que Hagen é um Fenris tão amistoso quanto Siggy fora com ele, provavelmente reflexo de sua criação nobre. Pelo o que ouviu do Fenris, não era o único com problemas de comunicação com os locais. O que estaria fazendo um nobre Fenrir norueguês naquele lugar tão quente?

"Não falo português. Vim do Yukon, Canadá. Mãe lupina. Pai lobo cinzento."

A informação que o Filhote lhe passara poderia ser útil a Hagen e ele decide compartilhá-la.

"Aedo-Campeão ensina português. Filhote com Siggy disse."

Aquela era a primeira vez que Voz-dos-Espíritos ouvira falar de um Modi interessado nas artes dos Godi. Achou estranho no começo, mas se pudesse ajudar um irmão a enxergar melhor aquilo que não entendia, poderia criar algo duradouro para os Fenris. Ainda mais sendo Hagen um membro de família distinta entre os escolhidos por Fenrir.

"Será honra compartilhar."

Dito isso, Aaron continua a trabalhar ao lado de Hagen, entoando muito baixo uma antiga canção que aprendera no Caern do Yukon, tentando aplacar um pouco da saudade que sentia do antigo lar.
avatar
Voz-dos-Espíritos

Mensagens : 39
Pontos : 39
Reputação : 0
Data de inscrição : 11/06/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Ira-Desoladora-de-Fenris em 14.06.18 20:32

Pórunn continua com o trabalho de pilhagem dos corpos. Enquanto fazia seu dever, pode perceber que os membros de sua matilha também trabalhavam, só estavam separados. A Clareira era muito grande. Não dava para ter todos os membros da Fortaleza de Gaia a vista.
avatar
Ira-Desoladora-de-Fenris

Mensagens : 92
Pontos : 92
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/05/2018
Localização : Skarsvåg, Noruega

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Arauto-da-Morte em 14.06.18 20:51

Forma atual - Hominideo

*Gracas ao caralho do divino*

O Ragabash estava cansado de lidar com uma montanha russa de egos, e, ao que parecia, estes estavam encoleirados, pelo menos por enquanto. 

“-Lembro que falaram sobre estar em um cemitério, e, aprovo a ideia de que um lua cheia vá com o grupo que recuperará o corpo, pois o torneio e a invasão do Verme exauriram minha fúria completamente.”

Após pensar um pouco, o Ragabash continua..

“-Me lembrem rapidamente, já temos o número do Jazigo, ou o nome da humana que morreu? Esta hora o cemitério deve estar fechado, e precisaremos descobrir a cova que devemos cavar - após pensar um pouco, continua - Se conseguíssemos um carro negro longo, poderia ser de grande valia para um eventual embuste.”

O lua nova estava pensativo..

“-Por fim, peço autorização para, antes sairmos em missão, que eu possa ir até o alfa da Fortaleza de Gaia, para informar que o nome da comunidade que deve ser investigada é Batan, no Realengo, precisaremos dessa informação para que possamos cumprir o que foi prometido por skullhead e extirpar alguns sanguessugas do mundo.”
avatar
Arauto-da-Morte

Mensagens : 370
Pontos : 370
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/12/2017
Localização : Belem

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Hagen Bernhardt em 14.06.18 21:40

Hagen escuta que Aedo-Campeão poderia ensinar, pensa se só seria efetivo com lupinos ou com hominídeos também.

' - Quando pudermos vamos procurá-lo.'

Hagen se junta ao theurge e vai catando os corpos, para terminar logo e assim ficarem livres para outras tarefas.

"4 fenris em uma matilha, no Brasil.. me sinto em casa agora.."
avatar
Hagen Bernhardt

Mensagens : 320
Pontos : 319
Reputação : -1
Data de inscrição : 23/04/2018
Idade : 33
Localização : Noruega, Høvringen

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Victor Montenegro em 14.06.18 21:50

''- Raquel Ruschel o nome da garota, Spybot sabe o restante das informações. Quanto ao cemitério, salvo por contratempos com servos da Wyrm, o que sempre pode acontecer nessa cidade, não acho que vocês terão problemas em entrar ou sair a essa hora. E quanto a carro, bem... os antigos Ahroun dessa matilha conseguiram a proeza de destruir todos os nossos 4 carros nas duas noites passadas, então..." - Responde tranquilamente o Philodox enquanto aprecia o seu cigarro.
avatar
Victor Montenegro

Mensagens : 717
Pontos : 720
Reputação : 3
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 33
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Skullhead (Hominideo) - Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por Zé 'Papo-Reto' Roberto Jr em 14.06.18 23:14

Skullhead chega e assim que o novato abre a boca percebe que o ar estava tensionado. As palavras dele indicam que talvez ele tivesse sido um pouco abrupto no seu chamado... ele observava a situação meio sismado com aquilo tudo.

*Carai... essa galera é muito frutinha mesmo... Fianna afrescalhado da porra...*

Aparentemente, o Fianna estava fazendo cena... ok, ele não era uma flor educada de um campo de jasmines, mas o lua cheia parecia bastante sensível com aquilo tudo. Ele não via problemas em pedir desculpas, como o filho do Unicórnio sugeria... tudo para acalmar os ânimos daquela corja de reizinhos. Ele estava tentando salvar o próprio rabo, isso era notório!

O lobo também ralha com o Andarilho do Asfalto... havia um misto de amor e ódio dentro do peito do Theurge.

*Se eu não estivesse devendo o meu cu pra esse lobo fedorento, eu o mandaria pra puta que pariu... Ômega é a mãe dele!*

Ele estava na pior, era inegável, mas ser chamado de ralé mexia com os brios de qualquer um. Ele até pensa em falar algo, mas o Ragabash pede as palavras e é inevitável ele não ficar surpreso com as palavras do Peregrino. O cracudo raivoso era mais do que irado e aquelas palavras saindo de sua boca parecia uma verdadeira ilusão... o Filho de Gaia complementa e ele utiliza de toda sua oratória para acalmar os ânimos. O filho da puta sabia fazer aquilo como ninguém! Com isso, o Alfa segue com o plano. Iriam buscar o corpo e eliminar o espírito; o Andarilho ficaria com os luas novas... e Siegfried! O Ahroun com certeza pegaria no pé do lua crescente depois de tudo aquilo. Ele deveria se preparar.

*Não vai ser mel na chupeta não, essa putaria!*

O Peregrino faz alguns questionamentos, que Victor logo responde parcialmente. Spybot poderia dar mais respostas... enquanto o carro, realmente não podiam fazer muita coisa. Naquele instante, Skullhead sentia um misto de tristeza, perante sua situação, mas de ânimo, ao perceber que os irmãos de matilha se uniam em seu auxílio. Com certeza, estaria devendo seu cu a todos eles no final daquilo tudo.
avatar
Zé 'Papo-Reto' Roberto Jr

Mensagens : 543
Pontos : 549
Reputação : 6
Data de inscrição : 02/07/2017
Idade : 24
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Arauto-da-Morte em 15.06.18 0:58

Forma Atual - Hominídeo -> Glabro

*CACETE, 04 carros em 02 noites? Assim não sobra nem pra bandidagem*

"-Huuum.. beleza.. um taxi até um local não suspeito próximo e uma corridinha da madrugada devem fazer o trabalho.. talvez até um supermercado 24h, veja bem, quando disserem pra queimar eu quero que esta porra pegue fogo como se o próprio Hélios estivesse presente.." - Fala o peregrino entre pensamentos piromaníacos.


Após uma breve pausa, continua..

"-Pegamos o Corpo, nos escondemos em algum lugar por lá mesmo até vocês darem o "ok" pra acendermos a fogueira, afora isso, Sieg dá as cartas pra manter todo mundo vivo, correto?"

Ao final da frase, já assume a forma Glabro, algo que, ao invés de tornar o garou mais bestial, lhe confere um ar mais... mais... digamos.. saudável.. algo como um dependente químico após a reabilitação.. seus músculos se tornam mais proeminentes e ele deixa o visual franzino de lado, manter-se-ia naquela forma para o trabalho daquela noite.
avatar
Arauto-da-Morte

Mensagens : 370
Pontos : 370
Reputação : 0
Data de inscrição : 18/12/2017
Localização : Belem

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Antonio Xavier em 15.06.18 10:10

Sereno-trovão continua comprometido e concentrado no trabalho de limpar o Caern, mas percebe que um novo garou está ajudando com o trabalho e já havia conversado com Siggy e agora, estava com Hagen.

"Seria mais um componente da matilha?"

O Portador deixa os pensamentos de lado e segue para próximo de Flor-de-lótus e fala com ela:

"-Padmatavi, já disse e repito o quanto admiro sua técnica de batalha. Sei que tenho compromissos com minha formação theurge, mas gostaria de poder aprender com você o Kailindo também. Poderia me ensinar?"
avatar
Antonio Xavier

Mensagens : 243
Pontos : 245
Reputação : 0
Data de inscrição : 24/03/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Uivo-Voraz - Asa-Renegada

Mensagem por NarraDiva em 15.06.18 11:04

'- Eu tô achando engraçado que você vai pisar em ovos até aprender uma das melhores coisas em ser um Roedor de Ossos... a capacidade de simplesmente não se importar.' - diz ainda comendo o pedaço de Coruja.

Jacob conhecia Kiba e seu temperamento e sabia que seria um processo duro para o novo Roedor, mas sabia também que não aprender a não se importar tornava a vida de um Roedor de Ossos muito mais difícil, afinal, eram a única tribo cujo falar mal não implicava em retirar renome. 
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

04 - Swift-Claws-of-Sif | Voz-dos-Espíritos

Mensagem por NarraDiva em 15.06.18 11:08

O Filhote aponta numa direção onde um Galliard também ajudava com a limpeza da Clareira Central:

'- Aquele ser Aedo-Campeão, o Charach gay do Caern. Uktena que levar filhotes ser Invocador-do-Abismo.'


Aparência 4, Fúria 5, Raça Pura 3
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cólera-de-Balder - Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por NarraDiva em 15.06.18 11:12

O Fenris mantinha-se em silêncio. Não entendia de espíritos, achava todo discurso do Filho de Gaia tedioso e quase dorme quando Royce segue a mesma linha, considerava Skullhead um fardo a ser carregado e não morria de amores por Victor e sua língua grande. De braços cruzados, esperando as ordens se concretizarem, o Fenris apenas se mantém sério encarando cada um que falava.

*Fracos não são dignos de respeito e nem de ser parte da matilha.* - pensava o Fenris.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Flor-de-Lótus (Glabro) - Sereno-Trovão

Mensagem por NarraDiva em 15.06.18 11:15

A Portadora da Luz se espanta com a repetição de uma pergunta que já havia sido feita. Ergue uma sobrancelha com curiosidade do que podia significar aquela pergunta uma segunda vez, mas opta por entender que o Theurge considerava aquilo uma urgência maior. E isso era um erro. A Juíza que também empilhava os corpos comenta:

'- É claro que estou disposta a lhe ensinar. O treinamento de Kailindô é longo e requer muita disciplina. Podemos começá-lo assim que você terminar de aprender o Rito de Conjuração. Acredito que sua prioridade sejam suas urgências de Augúrio, estou correta?'

Ela passa um olhar pela Clareira e comenta:

'- Estou preocupada com o excesso de Crias de Fenris na nossa matilha, precisarei da sua ajuda para manter a Fúria e o desejo de guerra deles sob controle.'
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Convidado em 15.06.18 11:32

Siggy agradece ao filhote e se despede dele: -"Preciso falar com minha matilha. Foi um prazer, pequeno. Qualquer dia vou visitar vocês para ensinar alguns golpes, hein?"

A Galliard joga o verme que carregava na pilha e vai até sua mochila e a abrindo. Siggy limpa suas mãos no pêlo da coxa e tira de dentro de sua bolsa uma pasta fechada que esperava não estar muito suja. Feito isso, ela se vira para seguir até Pantaneiro.

Mas antes, para perto de Hagen e Aaron e aponta Aedo-Campeão: "Aquele é Aedo-Campão. Charac e gay." - Após falar isso, dá um breve rosnado de advertência. -"Sejam educados, pois se ele aceitar, estará tirando um fardo de nossa matilha."

Sem esperar pela resposta, finalmente vai até Pantaneiro.

-"Sei que estamos trabalhando, mas preciso resolver isso logo. Podemos falar com a Mija por um segundo?" - A portuguesa inclina um pouco a cabeça pro lado e completa: -"E podemos conversar a sós, durante o dia?"

Se Siggy queria crescer ali, ou, ao menos, não ser um fardo, precisaria resolver suas questões antes. E preferia conversar com o Alfa e explicar porque tinha sido ela, entre todos em seu Caern, a aceitar o chamado por reforços.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Black-Hat | Fúria-Justa-de-Esteno - Guardiões da Canção Ancestral

Mensagem por NarraDiva em 15.06.18 11:32

Helenna é a primeira a cumprimentar a irmã recém-chegada.

'- Seja bem-vinda, irmã, eu sou Helenna Arkhan, Fúria-Justa-de-Esteno. Mulher Forsten Ahroun da Bacantes.'

Black-Hat se apresenta em seguida:

'- E eu não sei o que é Bacante, mas eu sou Laurel Walsh, Black-Hat. Hominídea Forsten Ragabash dos Andarilhos do Asfalto.'

As duas são simpáticas com a recém-chegada.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Antonio Xavier em 15.06.18 11:36

Sereno-trovão fica satisfeito com a resposta afirmativa de Flor-de-lótus, já havia falado com ela antes sobre isso, mas a afobação da matilha não havia deixado que ele ouvisse com clareza a resposta. Com isso, ele responde:

"- Sem dúvidas, já marquei com o Uktena que ensina os filhotes minha aula."


O Portador faz uma pequena pausa para evidenciar seu desejo por humildade e fala:


"-  Também estou preocupado. Eu já iria falar com você sobre isso. Você já conhece Equilíbrio-da-vida? Será que ele me ajudaria com a flauta?"
avatar
Antonio Xavier

Mensagens : 243
Pontos : 245
Reputação : 0
Data de inscrição : 24/03/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 38 de 40 Anterior  1 ... 20 ... 37, 38, 39, 40  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum