Clareira Central

Novo Tópico   Responder ao tópico

Página 15 de 39 Anterior  1 ... 9 ... 14, 15, 16 ... 27 ... 39  Seguinte

Ir em baixo

Bruno Caselli (Glabro) - Fortaleza de Gaia

Mensagem por Bruno Caselli em 07.08.18 0:53

Bruno segue até a clareira central mais uma vez e, assim como Hagen, assim que passa pela mesa de “comes e bebes” para e escolhe uma maçã e uma pera que considerou “aceitável”, visto que àquela hora os alimentos e bebidas já estavam no fim.

O Andarilho segue comendo a maçã e assim que Gwen anuncia sua chegada ele cumprimenta o Alfa novamente com um aceno de cabeça. Ao terminar de mastigar e engolir o pedaço da fruta, Bruno informa:

- Boa noite novamente Sr MacAllister. Aproveito para informar que já coloquei meus parentes para investigar o caso do urso. Quanto ao desaparecimento do corpo de meu falecido irmão, peço humildemente que não conversemos sobre isso antes que eu colha algumas informações com minha Tribo. Se as profecias citadas por nosso Ahroun estiverem certas então falar sobre isso, aqui e agora, pode comprometer informações importantes, visto que o Olho Digital é quase onipresente. Peço esse voto de confiança não só ao senhor, mas à toda a matilha.

Bruno tenta ser o mais direto possível sem revelar grandes informações. Se as profecias já eram de conhecimento dos mais antigos daquele Caern, então falar sobre aquilo não seria novidade, mas para que o Andarilho pudesse explicar suas teorias ele poderia colocar tudo a perder.
avatar
Bruno Caselli

Mensagens : 156
Pontos : 159
Reputação : 1
Data de inscrição : 02/07/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ira-de-Fenris - Filhote 02

Mensagem por Ira-Desoladora-de-Fenris em 07.08.18 1:38

Pórunn escuta tudo o que o garoto havia dito. O Fenris, sem mais perguntas, se levanta. Já de pé, ele mentalmente avalia tudo que havia conseguido naquele dialogo. Parecia satisfeito com a ajuda do menino. Este, por sua vez, ainda estava de costas para o garou mais velho e continuava abastecendo a grande mesa. 


Sem saber como recompensar 02 por sua ajuda, Pórunn estica o braço, levando sua mão ao encontro da cabeça daquela criança. Sua intenção era clara: um afago de pai reconhecendo o trabalho esforçado de um filho. Tudo isso sucedido por um "muito bem, garoto". Porém, prestes a tocar os cabelos da criança o Lua-cheia para, depois, fecha sua mão e recolhe o braço. O gentil e caloroso agradecimento jamais aconteceu. 


Ira-Desoladora-de-Fenris, com o firme tom comum, apenas se despede sem delongas ou demonstração de satisfação:


'- Continue com seu trabalho, garoto. Nosso assunto está terminado...'


Ele dá as costas para o menino e de imediato visualiza alguns dos membros da sua matilha. Antes de seguir em frente ele olha de rabo de olho para o garoto, mas, nada diz. Então, finalmente parte rumo ao seus companheiros.


*Bom garoto* pensou consigo mesmo.
avatar
Ira-Desoladora-de-Fenris

Mensagens : 92
Pontos : 92
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/05/2018
Localização : Skarsvåg, Noruega

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Todos na Clareira Central

Mensagem por NarraDiva em 07.08.18 6:12

A Segunda Estrela Rubra brilha no céu e, por instinto, todos voltam seu olhar para ela. A dor de todos é imensa e é impossível não levar a mão à cabeça em desespero. A dor começava na cabeça e percorria todo o corpo dos Garous. Dos mais fortes aos mais fracos, todos sentem o poder do Segundo Anthelios que brilhava nos céus. A sensação era de imensa agonia e desespero... com o segundo Anthelios, uma grande tempestade começa a cair no Rio de Janeiro. As gotas da chuva eram vermelhas como sangue...

Like a Star @ heaven Todos ganham +1 de Fúria Permanente
Like a Star @ heaven Antes de postar, todos devem procurar a Narração para descobrir os defeitos (2) que seu personagem ganhou com o nascimento da segunda estrela rubra. 
Like a Star @ heaven Todos precisam fazer um teste de Força de Vontade com dificuldade 9 para não desmaiar. Quem desmaiar já está com a noite encerrada e só poderá acordar após a hora virar.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3623
Pontos : 3714
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Estrela-da-Manhã (H) - Asas-de-Cailleach | Pantaneiro

Mensagem por NarraDiva em 07.08.18 6:15

Estrela-da-Manhã faz um gesto para que Pantaneiro se aproxime. Ainda não estava feliz com o Ahroun mal educado que havia lhe feito a pior abordagem de todas antes da possível morte, mas sendo uma anciã, sabia que podia ser importante o que ele tinha a dizer e iria atendê-lo.

A Fianna se preparava para responder Amélia quando Anthelios surge no céu e a Fianna cai com as mãos na cabeça gritando de imensa dor. A Galliard parecia em desespero como muitos à sua volta.

Like a Star @ heaven Todos ganham +1 de Fúria Permanente
Like a Star @ heaven Antes de postar, todos devem procurar a Narração para descobrir os defeitos (2) que seu personagem ganhou com o nascimento da segunda estrela rubra. 
Like a Star @ heaven Todos precisam fazer um teste de Força de Vontade com dificuldade 9 para não desmaiar. Quem desmaiar já está com a noite encerrada e só poderá acordar após a hora virar.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3623
Pontos : 3714
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Réquiem

Mensagem por NarraDiva em 07.08.18 6:16

Réquiem não consegue se harmonizar com seus ancestrais. O surgimento do segundo Anthelios acaba com a concentração da Galliard.

Like a Star @ heaven Todos ganham +1 de Fúria Permanente
Like a Star @ heaven Antes de postar, todos devem procurar a Narração para descobrir os defeitos (2) que seu personagem ganhou com o nascimento da segunda estrela rubra. 
Like a Star @ heaven Todos precisam fazer um teste de Força de Vontade com dificuldade 9 para não desmaiar. Quem desmaiar já está com a noite encerrada e só poderá acordar após a hora virar.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3623
Pontos : 3714
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Flor-de-Lótus (G) - Sereno-Trovão

Mensagem por NarraDiva em 07.08.18 6:18

'- Eu também achei estranho...' - É tudo que Padmatavi consegue falar antes de cair desmaiada pelos efeitos do segundo Anthelios surgir nos céus.


Like a Star @ heaven Todos ganham +1 de Fúria Permanente
Like a Star @ heaven Antes de postar, todos devem procurar a Narração para descobrir os defeitos (2) que seu personagem ganhou com o nascimento da segunda estrela rubra. 
Like a Star @ heaven Todos precisam fazer um teste de Força de Vontade com dificuldade 9 para não desmaiar. Quem desmaiar já está com a noite encerrada e só poderá acordar após a hora virar.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3623
Pontos : 3714
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Equilíbrio-da-Vida | Sol-da-Esperança - Equilíbrio-da-Força

Mensagem por NarraDiva em 07.08.18 6:19

A dupla de portadores mal tem tempo para responder, ambos começam a gritar de dor e caem desmaiados com a nova estrela rubra nos céus.

Like a Star @ heaven Todos ganham +1 de Fúria Permanente
Like a Star @ heaven Antes de postar, todos devem procurar a Narração para descobrir os defeitos (2) que seu personagem ganhou com o nascimento da segunda estrela rubra. 
Like a Star @ heaven Todos precisam fazer um teste de Força de Vontade com dificuldade 9 para não desmaiar. Quem desmaiar já está com a noite encerrada e só poderá acordar após a hora virar.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3623
Pontos : 3714
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Aurora-Serena | Visão-do-Futuro | Pavor-de-Jormungandr | Pantaneiro

Mensagem por NarraDiva em 07.08.18 6:20

Todos sentem o peso da nova estrela rubra nos céus. A dor e a sensação de desespero era a maior que todos já sentiram.

Like a Star @ heaven Todos ganham +1 de Fúria Permanente
Like a Star @ heaven Antes de postar, todos devem procurar a Narração para descobrir os defeitos (2) que seu personagem ganhou com o nascimento da segunda estrela rubra. 
Like a Star @ heaven Todos precisam fazer um teste de Força de Vontade com dificuldade 9 para não desmaiar. Quem desmaiar já está com a noite encerrada e só poderá acordar após a hora virar.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3623
Pontos : 3714
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Ira-Desoladora-de-Fenris

Mensagem por NarraDiva em 07.08.18 6:21

Mal Pórunn termina de falar com o filhote, ele sente os efeitos da Estrela Rubra que surgia nos céus e precisa testar sua vontade para seguir de pé. A dor era absurdamente enorme.

Like a Star @ heaven Todos ganham +1 de Fúria Permanente
Like a Star @ heaven Antes de postar, todos devem procurar a Narração para descobrir os defeitos (2) que seu personagem ganhou com o nascimento da segunda estrela rubra. 
Like a Star @ heaven Todos precisam fazer um teste de Força de Vontade com dificuldade 9 para não desmaiar. Quem desmaiar já está com a noite encerrada e só poderá acordar após a hora virar.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3623
Pontos : 3714
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Antonio Xavier em 07.08.18 13:41

Antonio Xavier estava ouvindo a resposta de Flor-de-lótus, quando vê no céu a 2a estrela rubra. Uma forte ansiedade é sentida por todo seu corpo, no momento que uma dor dilacerante atravessa sua cabeça e se distribui por cada pequeno centímetro de seu corpo. O Theurge usa de toda sua força para se manter em pé, mas o sofrimento é tão grande que ele se ajoelha ao lado do corpo de Padmatavi, que estava desmaiada, fato que Antonio só havia percebido naquele momento.

Os pensamentos correm em rápidos flashes pela mente do Portador, que se concentra fortemente em permanecer acordado, ele olha com grande angústia para todos os lados da Clareira e vê o sofrimento dos outros garous.

Antonio Xavier fecha os olhos e enxerga um mundo rubro, como a estrela, pintado do sangue de sua nação, para todo lado que ele olha só vê sofrimento.

O Portador torna a abrir os olhos assustado, um grande desespero toma conta dele, antes sempre calmo e racional:

"O que faremos?!"


Última edição por Antonio Xavier em 08.08.18 0:55, editado 1 vez(es)
avatar
Antonio Xavier

Mensagens : 243
Pontos : 245
Reputação : 0
Data de inscrição : 24/03/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bruno Caselli (Glabro) - Fortaleza de Gaia

Mensagem por Bruno Caselli em 07.08.18 15:31

Bruno aguardava uma resposta de Pantaneiro quando algo estranho começa a acontecer. O Theurge retira os óculos e limpa os olhos com as costas das mãos. Estava suando muito e sua cabeça começava a doer intensamente.
 
O Andarilho do Asfalto instintivamente olha para o céu, como se buscasse uma razão para aquele mal-estar repentino. E lá estava uma enorme razão, vermelha escarlate, brilhando como a cólera da Wyrm sobre todos.
 
Bruno cerra os dentes com força, sentindo sua fúria aumentar enquanto rosna de dor e de raiva. Seu corpo parecia não querer responder a seus anseios e a chuva caia como lagrimas de sangue sobre toda a cidade do Rio de Janeiro.
 
“Por Gaia... Isso é o fim???”
 
É então que, como em resposta a sua pergunta, seu corpo volta ao seu controle. Bruno cai de joelhos no chão molhado. Sua cabeça ainda latejava como se tivesse batido com ela repetidas vezes.
 
O Theurge, com as mãos tremulas, coloca os olhos no lugar novamente. Ele estava cansado e confuso. A Wyrm estava batendo a porta, agora mais do que nunca, mas o que diabos havia acontecido?
 
Ele se coloca de pé com dificuldade e olha para seus irmãos ali presentes. Instintivamente ele ajuda Aurora Serena a se colocar de pé, mas seu olhar vagava entre todos os irmãos.
 
- Estão todos bem? Alguém... Alguém está ferido?
 
Ele sentia as energias curativas do urso se encaminharem para suas mãos, mas o Andarilho do Asfalto ainda maquinava em sua cabeça dolorida as razões para o despertar da segunda estrela.
avatar
Bruno Caselli

Mensagens : 156
Pontos : 159
Reputação : 1
Data de inscrição : 02/07/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Elaijah Maickoson em 07.08.18 17:59

Equilíbrio-da-Vida / Sol-da-Esperança
Crinos


Antes que pudesse obter qualquer resposta, o Ahroun instintivamente olha para o céu. Seu olhar fica vidrado na segunda Estrela-Rubra. Uma dor lancinante estoura na sua cabeça e em todo o seu ser. Ele cai de joelhos e em seguida se debate no chão com tamanha dor.
-Aaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhh.

*-Gaia, faça parar. Essa dor. Essa agonia.
Então a dor vai embora. O Ahroun abre os olhos e enxerga seus dois irmãos de tribo estão inconscientes no chao. Com um pouco de dificuldade me aproximo deles e mexo neles tentando acordá-los. Mas logo em seguida resolvo levamos para os dormitórios onde seria mais propício fazer isso. Coloco os dois nos meus ombros e começo a caminhar.

Antes de sair da Clareira Central olho a minha volta procurando os outros membros da minha matilha.
avatar
Elaijah Maickoson

Mensagens : 131
Pontos : 132
Reputação : 1
Data de inscrição : 21/03/2018
Idade : 30

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Gwen O'Dyna em 07.08.18 18:57

O sorriso de Aurora Serena se partiu em mil fragmentos quando a estrela letal rasgou a abóbada celeste e se ergueu, profana e sinistra sobre o mundo. A dor que tomou o corpo delicado da Fianna enviou espasmos por seus músculos que a fizeram soltar a garrafa de vinho, a qual bateu pesadamente contra o chão da clareira, rompendo-se em um rio violáceo. "O maldito Druida envenenou esse vinho", a garota se pegou pensando enquanto ia ao chão, caindo de joelhos sob a pressão que ameaçava partir sua cabeça em duas. Nesse instante, percebeu que a agonia se espalhava por toda parte, inundando a clareira como uma onda de Fúria e fazendo o sangue cantar para a Morte em suas veias Garou. "Não, não é uma ilusão de minha mente, causada pelo vinho. Que a Mãe tenha piedade de nós...", ela pensava, sentindo o suor frio espalhar-se em uma fina camada sobre o corpo.

Pensou na mãe e nos dois irmãos, do outro lado do Atlântico azul e misterioso. Pensou nos prados e nas montanhas de sua terra natal, nas ravinas e nas charnecas, e no cheiro da floresta ancestral onde os primeiros Fianna haviam uivado para Luna. Pensou em Mikal Njorthrbiartr e nos sorrisos raros e preciosos do Filhote de Fenrir. Pensou em Andrei Ivanov e desejou firmemente que a Sibéria permanecesse segura, com noites brancas se erguendo sobre a tundra silenciosa onde o Presas de Prata poderia viver para sempre. Porque ela sabia, em nível profundo e aterrorizante, que aquela nova mácula no céu trazia a morte em suas sombras rubras. Tremia, ajoelhada ao lado do vinho que escorria pela terra, quando a primeira gota da chuva vermelha como sangue tocou sua mão.

Quis gritar, mas um torpor estoico apoderou-se de sua garganta. Entorpecida, Aurora Serena viu Visão-do-Futuro ajuda-la a ficar de pé quase como se fosse algo que estivesse acontecendo a outra pessoa. "Pelo menos ele está bem", o pensamento a confortava enquanto olhava em volta lentamente, buscando perceber o estado geral dos companheiros e dos demais Garou da seita.

Entretanto, o torpor aumentou o suficiente para que um formigamento nas extremidades dos dedos das mãos chamasse sua atenção apenas quando era tarde demais. Estendeu a mão esquerda na direção dos companheiros e abriu a boca para dizer algo, mas...

... no intervalo breve de um piscar de olhos...

... a ruiva simplesmente não estava mais lá, sumindo inteiramente em um único golpe do destino.
avatar
Gwen O'Dyna

Mensagens : 48
Pontos : 48
Reputação : 0
Data de inscrição : 12/07/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

CRINOS | FORTALEZA DE GAIA

Mensagem por Hagen Bernhardt em 07.08.18 20:53

Hagen estava com seus companheiros de matilha em um bate papo amistoso e tranquilo, esperando o tempo passar para que a noite acabasse e viesse a descansar, o clima era agradável demais, ainda mais para quem vivia no coração gélido da Noruega, o vento trazia uma brisa aconchegante que era semelhante a uma paz, um estado e sensação que remetia a sua infância, de quando não tinha ciência de nada daquilo que ocorria, nada de guerras e lutas e só estranhava o porque de suas mães e irmãs serem tão ausentes.

Hagen fecha os olhos e relembra Alberich, correndo com ele mesmo, dois irmãos com a mesma aparência, unidos correndo sempre em suas aventuras pueris, brigando e lutando como dois guerreiros em suas brincadeiras infantis. A chuva cai no rosto de Hagen e o mesmo sorri, relembrando de quando ambos brincavam e corriam na chuva... até que uma sensação sombria chega na alma do fenrir, trespassando toda aquela sensação de paz e aterrorizando sua mente, corpo e alma. O terror era nítido e aquele segundo entre abrir os olhos e despertar de seu sonho acordado era extremamente lancinante, cruel e estarrecedor...

o Ahroun desperta de seu transe feliz e enxerga seus olhos rubros por uma chuva de sangue. Gotículas inundavam suas vestes e visão, fazendo com que tudo a sua frente fosse um vermelho macabro, lágrimas de sangue. Hagen olha para os céus e vê a segunda estrela vermelha, sua tez séria e firme se transforma em um desespero profundo, aonde pensa logo em sua mãe e irmãs. Sua cabeça dói demais e Hagen se abaixa de joelhos com aquele zunido letal misturado com gargalhadas e gritos aterrorizantes, oriundos das mais profundas e intensas amálgamas da dor e da corrupção.

Hagen sente sua fúria crescer, por não poder fazer nada naquele momento, a wyrm gargalha na sua frente e Hagen podia ver a silhueta dançando na chuva, uma espécie de baile frenético e louco, usurpando as faculdades mentais de todos e deixando qualquer um ali com um misto de medo, terror e raiva...

"POR GAIA! A PROFECIA, ESTAMOS PERTO DO FIM!!!"

Hagen eleva sua cabeça e automaticamente eleva seu corpo que estava quase inerte, se transformando em crinos, de uma forma nunca vista antes, dolorosa, sofrida, um ódio emanava de seu peito e Hagen podia sentir mais fúria em sua mente e coração.

OLha para o lado e busca sua matilha, via que Antonio e Bruno estavam bem, Gwen havia desaparecido. Hagen que já estava em sua forma de batalha, ressalta para seus companheiros.

' - Estamos próximos do fim...As mãos da Wyrm não podem nos derrotar! A corruptora não pode vencer!! Não podemos perder essa guerra! Temos que nos reerguer!"

Hagen estava furioso de ver a estrela nos céus e se coloca com seus irmãos, olhando a sua volta e procurando por Gwen, Hagen dá um grito na clareira.

- AURORA!!! APAREÇA!

Hagen olhava a sua volta, o semblante do Fenrir era de desespero misturado com medo e uma vontade imensa de lutar..

avatar
Hagen Bernhardt

Mensagens : 319
Pontos : 318
Reputação : -1
Data de inscrição : 23/04/2018
Idade : 33
Localização : Noruega, Høvringen

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pantaneiro ( hominideo ) - Todos da Fortaleza de Gaia

Mensagem por Yorick MacAlister em 08.08.18 0:24

Pantaneiro olhava e aguardava Estrela-da-Manhã conversar com dois desconhecidos. Uma bela Garou e outro que não chamou sua atenção e logo saiu. Antes que pudesse fazer uma notal mental de qualquer coisa, escuta o chamado de sua Galliard e sem se mover, olhou para ela e sinalizou positivamente agradecendo sua prestatividade. 

- Obrigado.


E então Bruno se aproxima. O Andarilho era direto com as informações. Tão direto quanto podia e aquilo era necessário. Gostou da atitude do Theurge.

"Ele é bom... e é ligeiro... isso é bom... "

A importância e o voto de confiança pedido por Bruno se fazia necessário antes mesmo de saber o porque daquilo exatamente, mas sabia que de acordo com a profecia, teria mais caroço no angu. Sem delongas, e sem se mexer da posição que estava, respondeu para o Andarilho.

- Obrigado, Xômano. Fico no aguardo das maior informação do paradeiro do Urso. Qualquer novidade, avisa eu. Quanto ao voto de confiança, tá dado. Repassa pra matilha que eu disse que é pra manter o assunto em sigilo até segunda ordem. Já aproveita e diga para todos esperarem por aqui pela clareira que vô tê informação importante pra passar pro cêis, beleza? Vô só falar um trêm aqui com Estrela-da-Manhã e já vou aí com o cêis.


Sinaliza para Bruno dando o recado para o Andarilho e volta sua atenção para Estrela-da-Manhã. Antes que pudesse visualizar a Galliard, algo lhe toma completamente a visão e Pantaneiro entra em choque. Seus olhos arregalados e desesperado, por um momento fica perdido procurando resposta.

- MAS O QUE...

Instintivamente leva a única mão na cabeça e ver a segunda estrela rubra nos céus lhe dava uma sensação de agonia profunda. Parecia que chão havia aberto aos seus pés. 

"Mãe, seja lá o que aconteceu, se isso aconteceu, proteja nóis. Se antes o apocalipse já tava no início do fim, agora nóis já tá na metade do fim... Puta que pariu... a vaca já atolou as quatro pata no brejo e nem trator tira..."

Pantaneiro sente sua fúria aumentar. Aquilo quase o tira do controle. Por pouco não desmaia chegando a ajoelhar no chão. E então uma chuva vermelha como o sangue começa a cair dos céus. Nervoso, perdido e totalmente desesperado com aquilo, Yorick dá dois potentes socos no chão com sua única mão deixando sua fúria em excesso esvair chegando em uma constatação óbvia.

- Nãoo! Nãoo, caralho! Isso não podia acontecer!


Abaixa a cabeça desolado.

"É sangue... acho que sangue... lágrimas de sangue... a nossa Mãe chora... Gaia chora! Algo deve ter acontecido! Algo deve ter saído do controle..."

E nesse momento a única coisa que vem a sua cabeça era o mais provável de se acontecer uma tragédia: Grace e a Impura Perfeita.

"Seja lá o que aconteceu, agora já é tarde demais..."

Nota que todos os Garous à sua volta entram em total desespero. A Seita estava em desespero. Tudo havia ido de mal a pior e as consequências eram seríssimas. Estrela-da-Manhã, com quem ia conversar, caí de joelhos no chão sentindo o baque daquela tragédia. Ainda faltava respostas, mas não faltava certeza. O Apocalipse estava à beira de todos. E com isso Pantaneiro se sentia diferente. Sentia-se com mais fome. Uma fome incontrolável. Sentia-se que havia mudado em suas transformações, assim como seu interior havia se fortalecido. Era algo a ver com sua força de vencer e também sobre controlar sua fúria. Era um misto de sensações e sentimentos que não conseguia descrever. Tudo aquilo no final das contas só aumentava sua vontade de comer.

Sua atenção é tomada pelas primeiras palavras de Antonio perguntando o que fariam. Depois pelas palavras do Andarilho perguntando se todos estavam bem. Em uma olhada rápida estavam, mas daí, depois dos gritos de Hagen sobre a Wyrm não vencer, o Fenris faz uma revelação óbvia e assustadora. Aurora-Serena, que simplesmente havia acabo de direcionar algumas palavras, não estava mais ali.

"Como assim?! Tava aqui agora na minha cara! Puta merda..."

A conversa com Estrela-da-Manhã teria que esperar um pouco. Deu alguns passos perto de seus irmãos de matilha e disse para todos em um tom firme.

- Se acalmem! É nesse momento de dor que nóis precisa ser forte e dar nosso melhor pra Wyrm não vencer nóis!. Aurora-Serena tava aqui agora falando comigo, ela num pode ter sumido do nada.


Olha para Bruno, depois para Antonio e completa rapidamente.

- Rápido, algum dos cêis dois espiem pela película o nosso plano espiritual. Se ela não tiver por aqui, algo de muito grave aconteceu com ela e isso não é nada bom!


Aguardava a manifestação de algum dos Theurges. Aquilo tudo era muito preocupante. Aurora sumir, a segunda estrela Rubra aparecer. Aqui elevava o nervosismo de Pantaneiro que estende sua mão e pega dois pão de uma vez só e começa a devorá-lo.

___________________________
OFF GAME:
Pantaneiro não desmaiou e gastou 02 de fúria dando socos no chão. 

avatar
Yorick MacAlister

Mensagens : 706
Pontos : 709
Reputação : 3
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Equilíbrio-da-Força

Mensagem por NarraDiva em 08.08.18 6:49

O Portador da Luz Interior vê todos de sua matilha sofrendo com a Estrela Rubra. O Peregrino Silencioso ainda estava de pé. Usher havia desmaiado. Os demais mantinham-se acordados e sofrendo.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3623
Pontos : 3714
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bruno Caselli (Glabro) - Fortaleza de Gaia

Mensagem por Bruno Caselli em 08.08.18 8:53

Bruno ainda segurava Aurora Serena quando, de repente, a mesma desaparece entre seus dedos. O Andarilho do Asfalto se preocupa que ela pudesse ter ido parar na Umbra. Se o plano físico estava daquele jeito o espiritual deveria estar uma loucura.
 
Pantaneiro aparentemente tem o mesmo pensamento que ele e logo pede que olhem a Umbra. O Theurge deixa sua energia sobrenatural fluir por seus olhos para tentar olhar para o outro lado.
 
Off: Solicito teste de gnose para olhar através da película.
avatar
Bruno Caselli

Mensagens : 156
Pontos : 159
Reputação : 1
Data de inscrição : 02/07/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Visão-do-Futuro

Mensagem por NarraDiva em 08.08.18 9:33

Bruno não vê a Fianna na película. Se ela tivesse ido para a Penumbra não seria a da Clareira Central. O Fianna observa que os espíritos todos agiam de forma completamente instável, alguns lutavam entre si. A loucura parecia vigorar no mundo espiritual nesse momento e tudo indicava que não era seguro permanecer nele.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3623
Pontos : 3714
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bruno Caselli (Glabro) - Fortaleza de Gaia

Mensagem por Bruno Caselli em 08.08.18 10:26

Bruno olhava e visivelmente se esforçava para ver algo que pudesse parecer ao menos a silhueta de Gwen, mas tudo que conseguia ver era caos. O Andarilho certamente nunca tinha visto algo parecido e ficou contente de que ninguém tivesse entrado na Umbra para procurar a Fianna. Nesse caso, certamente seriam dois resgates que precisariam ser feitos.
 
Bruno volta a concentrar sua mente ao plano físico e passa a mão pelos cabelos enquanto tentava pensar nas palavras para descrever o que viu.
 
- Está tudo um caos do outro lado.... Os espíritos estão atacando tudo que veem pela frente e parecem estar sofrendo muito. O Vento e a chuva parecer querer criar um furacão.... Não dá para ver nada além do caos, mas certamente Aurora Serena não está lá...
 
Bruno pensava que se tivesse o ritual da Pedra Caçadora poderia encontra-la, então vira para seus irmãos e fala em tom para que até mesmo os mais distantes pudessem ouvir:
 
- Algum de vocês conhece a Pedra Caçadora? Aurora Serena não está na Umbra, então talvez o caos da Wyld a tenha “transportado” para outro lugar.
 
Sua cabeça de Andarilho maquinava como nunca. A Weaver precisava por ordem ao caos, ou tudo estaria perdido. Agora, mais do que nunca, ele precisava conversar com seus irmãos de Tribo.
avatar
Bruno Caselli

Mensagens : 156
Pontos : 159
Reputação : 1
Data de inscrição : 02/07/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Réquiem - Fúria de Rá - Asas de Cailleach - Anda com Espíritos - Sangue Forte de Luna

Mensagem por Angelique T. Albrecht em 08.08.18 11:05

Forma Atual: Crinos

Réquiem tentava se harmonizar com seus Ancestrais, mas tinha alguma coisa errada. Eles não respondiam e a Impura sentia que algo não estava certo. Sua Fúria aumenta de forma estranha e ela abre os olhos, quase que imediatamente uma dor insuportável que parecia um prego sendo martelado em seu cérebro incessantemente é sentida pela Presas de Prata. A dor é tão forte que Angelique não consegue ficar em pé, leva suas mãos à cabeça, já pensando e arrancá-la para evitar sentir aquilo. Segundos depois a dor chegava em toda a extensão de seu corpo. O prego agora se dividia em milhares de pontas super afiadas e perfuravam cada célula de seu corpo, dando a sensação que Réquiem iria morrer a qualquer momento. Ela se contorce no chão por alguns minutos e quando tudo isso passa, ela se levanta com certa dificuldade e sua respiração era difícil.

Engole em seco e seus olhos continham a fúria que crescera em seu ser. Observa a Clareira Central e, ainda com dificuldade, se levanta, olha, em um primeiro momento, somente uma das estrelas rubras que logo é acompanhada por uma segunda estrela. Arregala os olhos, e diz para ninguém em específico:

-Não é possível….

E muitas coisas lhe vêm à mente. A profecia de Alma da Bruxa é a primeira coisa, com a queda da primeira matilha, mas isso seria suficiente para o aparecimento da segunda estrela rubra? Depois a morte de Cordas Trêmulas e consequentemente a morte do Impuro Perfeito. A queda da Weaver ou da Wyld, mas ela não podia acreditar em nenhuma dessas hipóteses e Cordas Trêmulas estava segura no Caern, pelo menos na última vez que ela a tinha visto. Algo mais tinha acontecido, a Wyrm estava mais um passo em direção à vitória contra Gaia.

Leva sua mão direita ao peito, ainda olhando a segunda estrela rubra e pensa em procurar Fênix de Prata imediatamente, mas haviam outras coisas mais importantes, sua matilha. Olha ao redor e percebe muitos garous desmaiados, identifica onde os irmãos de matilha estavam, aqueles que estavam na Clareira Central. Espólio Cyberpunk estava desmaiado e Réquiem segue para junto dele, pega-o e segue para os alojamentos, seguindo Equilíbrio da Força, não sem antes olhar para cada membro da Sangue Forte dando-lhes um sinal de que deviam segui-la.

OFF: Próximo post nos alojamentos
avatar
Angelique T. Albrecht

Mensagens : 404
Pontos : 406
Reputação : 2
Data de inscrição : 25/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

CRINOS | FORTALEZA DE GAIA

Mensagem por Hagen Bernhardt em 08.08.18 11:43

Hagen não tinha como ajudar naquele momento, sua mente estava em disparada com vários e vários pensamentos em que mostravam apenas uma loucura imensa em seu coração e mente. Aquele momento era difícil de se acreditar e de se aceitar, era um passo para o precipício e esse momento era doloroso demais, perturbador demais. Em todos os anos na luta contra a Wyrm, a Geração de Hagen estava marcada como aquela que se jogou da decadência moral da corruptora, Hagen pensava na Cliath que carregava o impuro perfeito e se perguntava porque diabos deixavam ela solta e não a trancafiaram, ela e sua criança maldita.

"Malditos!"


Hagen se aproxima, estava em crinos e prescrutava  a clareira, procurando a Fianna desaparecida, a noite estava muito estranha, e ver aquela estrela vermelha brilando no céu era um terror.
O Fenrir se aproxima mais de sua matilha e diz:

- Estou preparado e em prontidão.
avatar
Hagen Bernhardt

Mensagens : 319
Pontos : 318
Reputação : -1
Data de inscrição : 23/04/2018
Idade : 33
Localização : Noruega, Høvringen

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Antonio Xavier em 08.08.18 14:25

Antonio Xavier ainda estava "fora do ar" pela dor que havia sentido, mas, principalmente, pela visão terrível que havia presenciado como um verdadeiro pesadelo acordado. Ele sentia uma movimentação ao seu redor, passa as mãos levemente pelos cabelos e pelo rosto da Flor-de-lótus:

"Preciso levá-la para os dormitórios"

O Portador da luz ouve o grito de Hagen por Gwen, escuta a voz de Pantaneiro, mas não consegue distinguir claramente as palavras, a cabeça ainda latejava  e a sensação de sofrimento permanecia por todo seu corpo, como uma energia que precisasse ser liberada, mas o envolvia em um terrível abraço.

Passam-se alguns momentos, Antonio percebe que Bruno estava próximo e pode ouvir o questionamento sobre o Ritual da Pedra caçadora e a localização de Gwen. Sereno-trovão se levanta e fala rapidamente caminhando para a árvore onde Gwen esteve com Hagen:

"-Bruno, eu conheço o Ritual"

O Portador da Luz pega a mochila de Aurora-serena, mexe nos bolsos de sua roupa e retira uma grande folha de Canela e uma flor de Camomila com uma única pétala presa a uma pequena pedra, para servir como seta e direcioná-los para a posição da galliard. Ele para por um instante e diz:

"- Alguém leve Flor-de-lótus para o alojamento!"

Com tudo organizado, Antonio se concentra em Aurora-Serena e espera uma resposta que indique sua posição.



avatar
Antonio Xavier

Mensagens : 243
Pontos : 245
Reputação : 0
Data de inscrição : 24/03/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bruno Caselli (Glabro/Crinos) - Fortaleza de Gaia

Mensagem por Bruno Caselli em 08.08.18 14:38

O Andarilho receava que precisasse de mais força do que a força Glabro podia proporcionar e decide mudar para forma Crinos, porém, para sua surpresa, apenas o simples pensamento de “mudar para Crinos” já fez com que a metamorfose em seu corpo acontecesse.
 
“O que diabos foi isso?”
 
Ele olhava para própria pata enquanto se perguntava, mas o grito de Sereno Trovão dizendo que precisavam levar Flor de Lotus ao alojamento o traz novamente a realidade caótica que estavam vivendo.
 
- Eu posso fazer isso.
 
Diz, esperando apenas que Pantaneiro concordasse com a iniciativa dos dois Theurges para se preparar para seguir.
avatar
Bruno Caselli

Mensagens : 156
Pontos : 159
Reputação : 1
Data de inscrição : 02/07/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Hagen Bernhardt em 08.08.18 14:52

4Hagrn se aproxima do agora crinos Bruno e coloca a mão em seu ombro, diz direto e sério.

- Bruno, deixe que eu a levo, fique aqui para auxiliar Sereno-Trovão e se precisarem de um ahroun, temos Pantaneiro e Pórunn.
avatar
Hagen Bernhardt

Mensagens : 319
Pontos : 318
Reputação : -1
Data de inscrição : 23/04/2018
Idade : 33
Localização : Noruega, Høvringen

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bruno Caselli (Crinos) - Fortaleza de Gaia

Mensagem por Bruno Caselli em 08.08.18 14:59

Diante das palavras de Hagen, Bruno se detém e acata a decisão do Ahroun. Estavam em uma situação tensa e ele havia julgado que quanto mais Ahrouns no resgate da Galliard melhor, mas havia sabedoria na decisão do Fenris. Não sabiam ao certo onde iriam encontrar Gwen e caso a Galliard tivesse ido parar no meio da cidade a presença dele era mais importante.
 
- Certo. Tome cuidado senh.... Hagen. A Umbra está caótica e o que aconteceu com Aurora Serena pode ter sido só o início.
avatar
Bruno Caselli

Mensagens : 156
Pontos : 159
Reputação : 1
Data de inscrição : 02/07/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 15 de 39 Anterior  1 ... 9 ... 14, 15, 16 ... 27 ... 39  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum