Clareira Central

Novo Tópico   Responder ao tópico

Página 35 de 38 Anterior  1 ... 19 ... 34, 35, 36, 37, 38  Seguinte

Ir em baixo

ESPÍRITO TRANQUILO (Crinos) | GUARDIÕES DA CANÇÃO ANCESTRAL | NARRAÇÃO

Mensagem por Espírito Tranquilo em Seg Nov 05, 2018 6:23 pm

Seguia junto da matilha, a trilha não permitia que formassem um grupo e os fazia seguir em fila, o que não era muito bom, mas Luke tentava organizar todos como podia pensando na melhor ação possível.
 Quando o alfa da melhores explicações o albino pode entender que "caveira" se tratava de "Skullhead" por suas tatuagens e não outro garou.

 *Theurges da Olhos da Tempestade... Praticamente um papel todo desenhando... E eu um papel em branco...*

 Não conseguiu deixar de pensar aquilo apesar da tensão do momento. Intimamente desejava que fosse algum acidente, pois era demasiado chocante ter um ataque dentro do Caern, especialmente depois de tudo que ocorrerá e ouvira na assembléia.

 *Aquilo que controlou a antiga líder do Caern e o Boitatá está aqui ainda? E agindo... É isso? Gaia nos proteja e nos dê força... Chuva e água, sejam nossa aliadas nesse momento de proteger nossa morada...*

 Nota o embaçar da forma da Lauriel e as instruções de Luke, passa os olhos sobre Igor e Calmaria que ficaram perto de si. Comenta baixo a eles e esperava que alfa pudesse também ouvir.

 "- V-vou tentar ser menos alvo também..."

 Ativa o dom de impuro Ser Ignorado.

-----------
Off:  ativar dom "ser ignorado"
avatar
Espírito Tranquilo

Mensagens : 163
Data de inscrição : 24/04/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Ossos-de-Carvalho em Seg Nov 05, 2018 8:06 pm

CRINOS
Ossos-de-Carvalho estava em modo de atenção máxima. Escuta as orientações de Victor e as assimila. Acena com a cabeça e segue o resto em direção aos alojamentos.

Estava preparado para o pior, parecia que seu lar estava em perigo. Ativa sua armadura, uma armadura prateada com detalhes em vermelho enquanto evoca as forças de seus aliados do Povo Belo, lembrando de seu grande amigo Marreta.

Off: Ativou Fetiche Armadura, Ativou Dom Parentes.

Continua os Alojamentos


Última edição por Ossos-de-Carvalho em Qua Nov 07, 2018 7:51 am, editado 1 vez(es)
avatar
Ossos-de-Carvalho

Mensagens : 166
Data de inscrição : 08/03/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Sussurros Solitários em Ter Nov 06, 2018 7:52 am

Forma atual: Crinos

Enquanto a dor começa mais uma vez o Uktena urra de dor. Para Sentinela-das-Sombras ele apenas responde: 


"- Salvem o Caern. Toda a Wyrm dessa terra está vindo para cá agora. Eu preciso proteger algo importante. Fique com a matilha, eu volto assim que puder."



*Eu preciso confiar neles ou todos nós vamos morrer.*

Com um poderoso uivo o lupino pela primeira vez em sua vida entoa o Aviso da Chegada da Wyrm, um uivo tradicional que avisa a todos que a Wyrm atacará. 

Em seu uivo o lobo trasmite:


"- A Wyrm de toda essa terra está vindo. Protejam a coroa, protejam o Caern, chamem o Conselho agora!"


E logo após o uivo, sussurros solitários espera ser curado para levar Flor-de-Gaia para Umbra.


OFF Game: Absorvi 2 e levei 6 de dano agravado e ganhei 1 de fúria.
avatar
Sussurros Solitários

Mensagens : 621
Data de inscrição : 04/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Skullhead (Hominídeo > Crinos) - Lutinha filha da puta

Mensagem por Skullhead em Ter Nov 06, 2018 12:47 pm

Skullhead abre os olhos repentinamente e seu coração pulsava como se tivesse sido impulsionado por um desfibrilador. Ele sentia um incomodo, que logo é notado por ele. Estava debaixo da porra da árvore!


'- Ca...ce...te!'

Ele pragueja, tentando entender alguma coisa, mas apenas sentia dor e umidade... a chuva lhe encharcava o corpo todo, agora em Hominídeo. Ele escutava vagamente o que acontecia, a luta continuava... ele não sabia dizer se alguém havia chegado ao auxílio deles, mas parecia que o embate continuava firme e forte. O Garou, então, volta pra sua forma de batalha com a Fúria ardendo em seu peito. Ele tenta se movimentar ali embaixo, movendo um pouco daquela árvore, mas não o suficiente para sair. Ele olha para os lados, tentando captar a imagem de alguém, mas sua posição impedia qualquer vista do embate.
avatar
Skullhead

Mensagens : 540
Data de inscrição : 02/07/2017
Idade : 24
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Derek Spencer em Ter Nov 06, 2018 2:40 pm

Spybot (Hispo) - Narração


Naquela forma sobre 4 patas, o jovem Ragabash corre pela Clareira na direção que SkullHead estava, esperava encontrar com outros membros da matilha por lá, não sabia o que estava acontecendo, talvez sua preocupação com relação a acharem que eles fossem traidores tenha se concretizado, não sabia mas iria descobrir.
avatar
Derek Spencer

Mensagens : 310
Data de inscrição : 27/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Toque-de-Beladona - Fúria-Justa-de-Esteno | Sentinela-das-Sombras | Guardiões da Canção Ancestral

Mensagem por Toque-de-Beladona em Ter Nov 06, 2018 3:18 pm

Beladona assiste todos os machos se afastarem plácida, alguns poderiam considerar um certo tom de deboche. Quando Luke lembra das obrigações de matilha, a Fúria responde com respeito:


"- Não vamos nos atrasar, logo nos juntaremos a vocês!"

Ouve serenamente Vitor perguntar sobre o futuro daquela conversa, mas sabia que no fundo a preocupação era se aquela aliança e união de matilhas teria aliados ou adversários. Assim que a ragabash tirou ou olhos dos que se afastavam e viu os olhos de Helena esperando uma decisão dela, o caos pareceu se iniciar no Caern. Sussuros-Solitários cai no chão e sangue se esvai em vários lugares de seu rosto, um leve alvoroço começa novamente na Clareira. Luke e a matilha começam a se deslocar rumo a uma das trilhas e ouve um uivo anunciando um pedido de socorro na matilha de Victor.

*Definitivamente, essa conversa não vai terminar agora.* - pensa

Logo Helena intervem e indica que precisavam se unir a matilha. Antonela assente, faz um sinal com a cabeça para o philodox e segue a irmã. Ele também, claramente, tinha seus assuntos urgentes a resolver.

Beladona segue na retaguarda de Helena e logo muda para a forma de batalha e saca sua Adaga do Dente. Ao encontrar os outros membros de sua matilha a  ragabash não sabia que tipo de ser iriam enfrentar ou o que ocorria. Em seguida Luke começa a responder a pergunta da outra Fúria Negra. Absorve a orientação de seu alpha e se mantem na retaguarda do grupo, ativando seu fetiche. Sua dor no rosto não a deixava se esquecer que ainda estava ferida. e segue dizendo ao grupo:

"- Eu ainda estou bastante ferida daquela situação ridícula na Clareira. Acho que seria pertinente o albino me curar."

Ela aguardava o posicionamento do alpha ou do próprio theurge quando o uivo do Uktena da Olhos da Tempestade informando um grande ataque da Wyrm. A fisionomia da garou fica mais séria do que nunca.

*Pégasos, nós estamos fudidos! Nós dê força e nos proteja! Pq todas as desgraças parecem acontecer nesse lugar!* - é só o que passa na sua mente.

Ela segue sua matilha muda e e aguardando, assim que fosse curada tomaria suas últimas preparações pra batalha.
avatar
Toque-de-Beladona

Mensagens : 38
Data de inscrição : 12/06/2018
Localização : O objetivo é vc nunca ter certeza...

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Igor (C) > GCA

Mensagem por Igor Petrunov em Ter Nov 06, 2018 11:34 pm

Igor já estava pronto para a batalha, seguindo as ordens do alfa, quando viu Laurel, usando seus dons da lua nova, ocultando-se até mesmo da visão de sua própria matilha. Todos pareciam focados no pedido de ajuda recebido pelo umbrafone de Luke, mas Sagittarius ainda insistia no julgamento de Olhos de Gaia. Atendendo ao pedido do Andarilho, Legado-do-Trovão destacou Sangue-dos-Quatro-Ventos para acompanhá-lo e resolver a nova confusão onde o filho do Unicórnio estava metido.

"O que diabos esse lobo fez de novo?" - pensou o Presas, um tanto exasperado, até que ouviu a palavra 'assassinado', e imediatamente cravou os olhos no Filho de Gaia, coberto de incredulidade.

"Olhos de Gaia não poderia estar envolvido nisso. Ele não seria capaz... nem capaz. Já chega, esse lobo deve ser punido de uma vez por todas!" - concluiu o Presas, levando em conta a sucessão de trapalhadas que seu ex-Mestre de Rituais protagonizara desde a noite passada, quase levando à violação do caern.

Helenna logo se juntou ao grupo, junto com Antonella, e o theurge entrou na formação de combate, seguindo exatamente a orientação do ahroun em comando. Luke distribuiu mais algumas ordens, ajustando mais a formação com a chegada dos novos membros, mas o uivo que o theurge mais temia veio do meio da Clareira, da boca do Uktena. Era um Aviso de Chegada da Wyrm.

- Mal-di-ção! - deixou escapar entre dentes, com a fúria transformando sua voz num rosnado.


Última edição por Igor Petrunov em Ter Nov 06, 2018 11:47 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Igor Petrunov

Mensagens : 100
Data de inscrição : 04/04/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Gabriel Villas Boas em Ter Nov 06, 2018 11:47 pm

Gabriel, seguindo o seu Beta, depara-se com a cena: o até então desconhecido líder dos Portadores e suas cinco cópias, em coro, narrando uma história surreal. Vários membros até então também desconhecidos. Elaijah caído. Réquiem e Flagelo-da-Wyrm avançando em hispo para o ataque, junto da outra Portadora. O Caveira imprensado pelo tronco de uma árvore.

* Que. Porra. É. Essa?*

Ao mesmo tempo que constatavam a cena, o uivo do Spybot ecoa pelo Caern, fazendo que o Portador fizesse o impensável para um garou gaiano: um uivo aterrador invocando a wyrm em solo sagrado. A cena, junto aquela noite de tormenta, faziam o Filho de Gaia ter a certeza que as noites finais viriam a galope. Em um primeiro momento, Gabriel pensa em ajudar o Skullhead, mas logo percebe o grande lobo Cria de Fenris se aproximando. O confronto seria inevitável. 

Verdade-Ancestral, com seu bastão em posição de ataque, prepara-se para embate. O dom aprendido com urso naquela manhã viria bem a calhar. Pensa o Filho de Gaia que sair inteiro era mais que sua obrigação para cumprir o débito com os espíritos. O grande hispo percorre a distância que faltava para chegar ao corpo a corpo:


"- Dê-me força, Unicórnio Negro! Glorifique, Grande Hélios!"

Com uma série de giros com o bastão, Verdade-Ancestral inicia o ataque e usando a arma com uma lança. O golpe é direcionado na face do Cria de Fenris, que por muito pouco, consegue desviar. A abertura dá margem ao ataque do adversário, que vem com uma mordida. Ainda se valendo das técnicas de Iskakku, Gabriel movimenta o bastão afastando as presas do Flagelo-da-Wyrm.
avatar
Gabriel Villas Boas

Mensagens : 82
Data de inscrição : 25/05/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Degan (crinos) - Guardiões da Canção Ancestral, Saggitarius

Mensagem por Deganawida "Degan" Oneida em Qua Nov 07, 2018 3:14 am

Toda a fala do Theurge de sua matilha e surreal demais para acreditar.

Como assim está cansado? E o Uirapuru e tudo o que prometemos?!

O Lupino corre pela mata em seguida sendo perseguido pelo Philodox. Degan faz menção a se juntar a eles, quando escuta o chamado ecoar pelo Caern.

Tsc...


O Wendigo saca sua machadinha e logo parte para se juntar a Igor e o restante de sua Matilha, se fazendo notar.

Off: Solicito harmonização com os fetiches.
avatar
Deganawida "Degan" Oneida

Mensagens : 398
Data de inscrição : 01/07/2017
Idade : 43

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Guardiões da Canção-Ancestral | Espírito-Tranquilo

Mensagem por NarraDiva em Qua Nov 07, 2018 6:35 am

O Filho de Gaia ativa um de seus dons e, até por seus companheiros de matilha, passa a ser ignorado a partir desse momento.

Like a Star @ heaven Todos devem agir como se esquecessem que Allen existe e está com a matilha.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3485
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Ossos-de-Carvalho

Mensagem por NarraDiva em Qua Nov 07, 2018 6:38 am

Ian ativa seu dom Parentes e sua Armadura enquanto seguia em direção ao combate.


Última edição por NarraDiva em Qua Nov 07, 2018 7:50 am, editado 1 vez(es)
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3485
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Flor-de-Gaia (H) | Ira-de-Thor - Sussurros-Solitários | Todos na Clareira Central

Mensagem por NarraDiva em Qua Nov 07, 2018 6:51 am

Mais uma vez Flor-de-Gaia cura os danos de Sussurros-Solitários, mas dessa vez sem esconder o assombro com a revelação do Lupino. O que ele tinha a proteger? Ela não sabia, mas sabia que Uktenas eram famosos por morrer por seus segredos e tinha receio que aquelas fossem os últimos momentos de vida de Sussurros-Solitários. Uma sensação que o próprio Uktena também podia sentir. A Anciã diz:

'- O que está acontecendo, Sussurros-Solitários? Eu não vou ter Gnose para te curar mais do que umas três vezes...' - era visível que não era uma reclamação, o Theurge, no meio daquele Caos, podia ver a empatia sincera de Flor-de-Gaia preocupada com sua vida como ninguém antes havia demonstrado se preocupar antes.

Após o uivo do Lobo, no entanto, Ira-de-Thor brada à Clareira Central:

'- Matilhas, apresentem-se ao Inimigo da Wyrm! Hora de defender o Caern!'

Na ausência do Alto Conselho, o Inimigo da Wyrm assumia as rédeas e dava as primeiras ordens:

'- Invocador, traga o Boitatá para lutar ao nosso lado. Vamos dar a esse espírito de guerra o que ele tanto quer. Mão-do-Rei, encontre o Alto Conselho e os avise do ataque alertado pelo Uktena.'

O Fenris olha para Flor-de-Gaia e apenas troca um olhar com ela e, parecendo entender o que ela queria dizer com a súplica, diz:

'- Elo-com-Luna e Flor-de-Gaia, vejam o que acontece com o lobo Uktena.'

O Inimigo da Wyrm seguia dando ordens:

'- Arautos da Justiça, Bonde do Lixão, Caçadores de Malditos, Crepúsculo da Wyld e Legado de Gaia: protejam a todo custo a Coroa de Fogo.'

Logo em seguida diz:

'- Lobos Incansáveis, Renascidos pelo Fogo e Redentores... quero que verifiquem nossas defesas na Umbra e avisem à Clareira qualquer ataque que surja pelo mundo espiritual. Não lutem sozinhos, a missão de vocês é nos alertar de ataques pela Umbra para que nós nos desloquemos.'

E, olhando para os demais, fala:

'- As demais matilhas se preparem para a batalha e fiquem a postos. Defenderemos o coração do Caern junto com o Boitatá.'

Invocador começa o processo de conjuração. Algumas visões estavam prestes a se concretizar.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3485
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Toque-de-Beladona

Mensagem por NarraDiva em Qua Nov 07, 2018 6:53 am

A Fúria Negra assume a forma Crinos e ativa sua Adaga do Dente.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3485
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Sangue-dos-Quatro-Ventos

Mensagem por NarraDiva em Qua Nov 07, 2018 6:54 am

Sangue-dos-Quatro-Ventos assume sua forma de batalha e ativa seu fetiche.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3485
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Derek Spencer em Qua Nov 07, 2018 8:56 am

Spybot (Hispo - Crinos) - Narração

Derek ao passar pela Clareira assiste a todos tomando suas formas de batalha, parecia que tudo era maior do que ele havia imaginado. Sem se segurar, o jovem Garou assume sua forma Crinos e já saca sua Golden Gun buscando ativá-la para se engajar no combate que estava por vir.
avatar
Derek Spencer

Mensagens : 310
Data de inscrição : 27/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

VICTOR - CRINOS

Mensagem por Victor Montenegro em Qua Nov 07, 2018 9:13 am

Victor, estupefato, encara o Uktena.

* Como assim? Que ataque é esse? De onde ele tirou isso?*

O Philodox achava que talvez os danos sofridos estivessem embaralhando as idéias do Lobo, mas quando o Theurge uiva a plenos pulmões para todo o Caern o uivo de Aviso da Chegada da Wyrm, a estupefacção torna-se preocupação e contrariedade no semblante do Philodox.

* O que diabos está acontecendo aqui e o que merda é mais importante para um Alfa do que liderar a sua matilha quando um de seus membros está em perigo e o Caern diante de um ataque massivo da Wyrm?!*

Victor não discutiria ali, não após aquele uivo e não na frente da anciã, mas aquilo não seria deixado por menos. O meia lua encara sério o Lupino por não mais que um segundo e diz de forma reta ja se virando para seguir seu rumo.

'- Boa sorte no que precisa fazer, mas depois você me explicará muito bem essa história e o que exatamente é mais importante do que estar a frente de sua matilha em uma hora como essas, Sussurros-Solitarios.'

Victor então parte rumo aos alojamentos com sua Klaive em punho. Escuta o inimigo da Wyrm começar a dar ordens, e as obedeceria assim que se certificasse da segurança de sua matilha.

off: peço ativação do Fetiche
avatar
Victor Montenegro

Mensagens : 696
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 33
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Sussurros Solitários em Qua Nov 07, 2018 11:24 am

Forma atual: Crinos

O Uktena ouve as preparações pedidas pelo Inimigo da Wyrm. Uma parte dele fica feliz em poder ter liberdade para agir. Logo o philodox de sua matilha se aproxima e lhe fala de maneira dura ao que lupino apenas o encara nos olhos e acena a cabeça. Estava agindo pelo bem do Caern e da matilha, mas infelizmente não poderia estar com eles agora. 

Assim que Elo-com-Luna  se aproxima o Uktena toca nela e em Flor-de-Gaia levando as duas para Umbra. 

OFF GAME: Continua em Umbra
avatar
Sussurros Solitários

Mensagens : 621
Data de inscrição : 04/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Flagelo-da-Wyrm em Qua Nov 07, 2018 11:39 am

Hispo


A história é novamente recontada e Flagelo é compelido a seguir 


"Isso só pode ser um pesadelo..."


O Cria de Fenrir sentisse compelido a avançar em direção a Verdade Ancestral enquanto cumpre a história era capaz de ouvir Equilibrios-da-Vida emitir um uivo. O Lua Cheia sente um aperto no peito.


"Que Gaia me perdoe..."


Sua mandíbula felizmente era desviada do pescoço do Philodox com seu bastão mas o mesmo deixa exposto seu braço e o Lua Cheia consegue acertar uma mordida mas felizmente não causa estragos. A continuidade da batalha felizmente estava cansando Lineu.
avatar
Flagelo-da-Wyrm

Mensagens : 153
Data de inscrição : 12/03/2018
Idade : 38
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Legado do Trovão (Crinos) - Guardiões da Canção Ancestral

Mensagem por Luke Constantine em Qua Nov 07, 2018 12:54 pm

* Luke seguia avançando e via sua matilha se organizar conforme seus desígnios. O controle exercido lhe dava a possibilidade de organizar as coisas e minimizar qualquer falha, e naquele momento não poderiam falhar. Logo o som do uivo de Sussurros-Solitários ecoa pela clareira, suas notícias não poderiam ser piores. *
 
“Como diabos a Wyrm está vindo!? Que segredos esse lobo esconde pra saber algo assim?”
 
* Aquelas eram questões para depois, mas tudo indicava que estava correto em esperar pelo pior. Mais do que nunca soube que algo sério estava acontecendo e teriam que agir com eficiência e velocidade, tinham que estar prontos se a profanadora realmente viesse. Toque-de-Beladona então anuncia estar ferida, pedindo o auxílio de Espirito-Tranquilo e seus talentos de cura. Estava prestes a conceder o pedido quando, por algum motivo, esquece completamente que Allen os acompanhava. Incita Igor, que para ele era o único Garou presente que poderia fazer algo quanto a isso: *
 
- Filho-da-Alvorada, cure-a se souber como. Precisamos de todos em suas melhores condições.
 
* Em meio ao avanço olha para trás por não mais que um instante para se certificar de que toda a matilha seguia e então percebe a aproximação de Degan na retaguarda, sem Olhos-de-Gaia. Foca sua atenção novamente no caminho adiante pensando em porque diabos o Wendigo estava ali mas não tinha tempo para perder tratando esse assunto agora e sabia que o juiz não hesitaria em passar qualquer informação se elas fossem imprescindíveis. Com o tempo correndo contra e diante de todo o caos que era engendrado, faz uma prece silenciosa para Luna: *
 
“Luna, me conceda a força necessária para que esse corpo seja o instrumento da vitória de Gaia.”
 
* Deixa sua Gnose fluir e imediatamente sente suas preces serem vigorosamente atendidas. Uma espessa película prateada, de tom semelhante ao que Luna ostentava nos céus, se forma ao redor do Senhor das Sombras e podia ser vista pelos que o acompanhavam. Sentia a benção de Luna sobre si de maneira intensa e agora avançava com ímpeto renovado.
 

OFF: Legado-do-Trovão teve 7 sucessos na ativação da Armadura de Luna. 
avatar
Luke Constantine

Mensagens : 453
Data de inscrição : 28/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Sentinela-das-Sombras

Mensagem por NarraDiva em Qui Nov 08, 2018 5:50 pm

Victor ativa seu fetiche.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3485
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Olhos-da-Tempestade | Guardiões da Canção Ancestral | Anda-com-Espíritos

Mensagem por NarraDiva em Qui Nov 08, 2018 5:57 pm

Todo grupo que se encaminhava em direção aos alojamentos encontra, na trilha, Anda-com-Espíritos diante de um espírito da Noite. Noct surgia e diante da pergunta do Senhor das Sombras, o taciturno espírito responde:

'- Wyrm chamada como nunca antes e vir... todos ser verdadeiros... esse Caern não ser capaz de sobreviver...'

A mata cresce mais e impede agora que Nate veja o que acontece na zona de combate. Os demais que chegam encontram apenas Nate, o Espírito, a mata totalmente fechada com sons de combate mais à frente e muitas manchas de sangue por todos os lados. Helenna para assim que chegam à Nate e espera uma decisão do Alfa. Ainda não havia situação de combate iminente. Entre os rosnados escutados da região de combate, os membros da Olhos da Tempestade podiam reconhecer os de Siegfried e Gabriel.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3485
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Equilíbrio-da-Vida (C6) | Sol-da-Esperança (C) | Sombra-da-Noite (´C) | Cólera-de-Balder (C) | Sem-Nome (H) - Réquiem | Skullhead | Verdade-Ancestral | Arauto-da-Morte |

Mensagem por NarraDiva em Qui Nov 08, 2018 6:05 pm

O Athro dos Portadores da Luz Interior se mantinha a uma distância segura do combate e começa a entoar um mantra... todos os 5 de mãos livres repetiam um mesmo gesto e criaturas meio de terra e meio de larva começavam a surgir do chão, quando, de repente, todos eles, ao mesmo tempo, param de falar. Do alto de uma árvore, em Glabro, Sombra-da-Noite comenta:

'- Seria bem mais inteligente o verdadeiro não segurar quem você quer sequestrar, Lua Gibosa. Assim você facilita meu trabalho...'

E, com ironia, completa:

'- Esqueci, você não podem e responder né?'

Nesse exato momento, duas das cópias começam a escalar a árvore atrás do Senhor das Sombras que, por sua vez, simplesmente some diante dos olhos de todos. Pelo flanco, Sem-Nome, em Hispo dá um bote no verdadeiro Galliard. O Adren dos Roedores de Ossos derruba o Portador da Luz Interior no chão e, como consequência, o corpo de Equilíbrio-da-Força rola para a beirada de um enorme barranco.

O Galliard não perde tempo e com suas garras ataca por duas vezes o Roedor de Ossos, rasgando suas entranhas e o deixando gravemente ferido. Sem-Nome, no entanto, não se intimida e cercado por três Portadores da Luz Interior tinha dignidade diante da morte iminente.

Cólera-de-Balder avançava em Fúria contra Sol-da-Esperança, mas a Portadora da Luz Interior tinha uma tática de combate extremamente irritante. No primeiro golpe do Fenris ela se transformou em Lupina e esquivou com a manobra de combate; em seguida assumiu a Forma Crinos e acertou um chute na cara do Ahroun dos Fenris que absorveu todo dano da Garou. Quando o Fenris contra-atacou, mais uma vez ela mudou para Lupino e quando ia repetir o gesto de Crinar e dar o chute, recebe uma mordida como contra-ataque que quase arranca a perna da Lua Cheia, a deixando com dificuldade nos movimentos. A Ahorun imediatamente muda para Hispo para ainda ter alguma chance naquele combate. O Fenris, por sua vez, avança com suas garras, mas mais uma vez, a Lua Cheia faz uma mudança de forma e com a mão em Crinos espalmada acerta a Garganta de Siegfried, o fazendo engasgar e o deixando com muita dificuldade de respirar.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3485
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

VICTOR - CRINOS ( Treta no matinho)

Mensagem por Victor Montenegro em Qui Nov 08, 2018 9:10 pm

Escutando os barulhos de luta e os rosnados de membros da sua matilha, Victor ignora completamente a presença de Nate, Noct e dos demais partindo mata a dentro.

* Que eu não tenha chegado tarde demais...*
avatar
Victor Montenegro

Mensagens : 696
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 33
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Réquiem - Arauto da Morte - Treta no matinho

Mensagem por Angelique T. Albrecht em Qui Nov 08, 2018 9:23 pm

Forma Atual: Hispo

Infelizmente o que ocorre não segue o que a Galliard pensava. Queria estar fora da influência de Equilíbrio da Vida devido ao envolvimento dos outros irmãos de Caern que se apresentaram, mas ela ainda seguia piamente o que ele, o Portador da Luz, tinha contado. Não queria atacar Sombra da Coruja, mas seu corpo era impelido a isso como se fosse uma marionete nas mãos de um titereiro. Aquilo a irritava bastante, mas nada poderia fazer contra aquela força implacável do Portador da Luz Interior. Percebia as movimentações dos outros garous, mas virar seu rosto na direção do local era impossível, sua atenção era totalmente de Sombra da Coruja.

Em Hispo, Angelique tenta falar algumas coisas, mas nenhuma voz saía de sua boca. Dominique gritava em sua cabeça para que ela conseguisse sair daquele controle, mas sem sucesso algum. O Chamado da Wyrm traria todas as coisas corrompidas para destruir o Caern e ela estava lutando contra um ex irmão de matilha e atual irmão de Caern. Eram muitas coisas desonrosas para ela poder carregar, enquanto ela começa a pensar que seria melhor que o Peregrino a matasse de uma vez por todas e lavasse sua honra com seu próprio sangue.

A Impura usa sua fúria para agir e ataca Sombra da Coruja com suas garras. Achando que ele iria desviar, na verdade acreditando do fundo de suas entranhas que ele conseguiria facilmente desviar e quem sabe sair de seu campo de ataque, ela se surpreende que o Peregrino apara seu golpe, decepando instantaneamente o braço de Angelique no processo. O braço da Presa de Prata gira no ar lançando sangue em todos ao redor e pintando aquela cena com um dos mais belos vermelhos que qualquer um ali pudesse ter visto. Os pelos brancos como a neve da Galliard ficam chapiscados do vermelho de seu próprio sangue. Ela consegue ouvir o baque surdo de seu braço caindo ao chão, um pouco atrás de si, mas não consegue olhá-lo de forma alguma, ela tinha que dar tudo de si para acabar com todos os Ragabashs que insistiam em tentar atacar Equilíbrio da Vida.

______________
OFF: Ganhou cicatriz de batalha: Braço Perdido (Direito)
avatar
Angelique T. Albrecht

Mensagens : 400
Data de inscrição : 25/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Arauto-da-Morte em Qui Nov 08, 2018 9:46 pm

Forma atual - Crinos

O Ragabash era movido pela vingança e pela incensares, Angelique, a princesa de prata, a princesa que conseguiu engolir sua realeza, se interpunha em seu caminho.

*voce já esteve sobre a sombra da coruja irmã..*

Por um momento, ele cogitara como sairia daquilo, mas Sem-nome, o aliado improvável, era gravemente ferido atrás de Angelique.

*Insensatez*

O ataque de Angelique vem e a insensatez responde.. sua lâmina trespassa o braço da mesma com uma precisão que o Ragabash jamais tivera..

Angelique cai, aparentemente morta, mas a fúria a trás de volta..

*mas eu não serei o Arauto de sua morte*


Hadrian, vendo Angelique em um estado deplorável, aleijada sem uma das patas, mal tem tempo de sentir o remorso por ferir uma garou que já fora sua irmã, ele prometera ser a guarda de sem nome, e, apenas a insensatez o levará a investir é forçar o aliado aquela situação.

*voce não cairá só filho da puta..*


Ele se projeta em direção a sem nome, mas, as presas de Angelique, que acreditava estar completamente inerte e fora de combate, o acertam nas costa.

*como diabos ela consegue se mexer?

Algo parecia dar a presa de prata uma insensibilidade violenta à própria condição.

Ignorando todo o bom senso, com q velocidade do erro, Royce se põe ao lado de sem-nome com sua Klaive em mãos.

“-Tá achando que vai morrer antes da gente matar esses filhos da puta seu rato filho da puta?”


*Insensatez*


O sorriso do Crinos era sinistro, era hora de ser o Arauto-da-morte.

OFF: um de dano tomado da mordida, um de fúria ganho.
avatar
Arauto-da-Morte

Mensagens : 339
Data de inscrição : 18/12/2017
Localização : Belem

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Clareira Central

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 35 de 38 Anterior  1 ... 19 ... 34, 35, 36, 37, 38  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum