A Umbra Rasa (Penumbra)

Novo Tópico   Responder ao tópico

Página 3 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ir em baixo

Re: A Umbra Rasa (Penumbra)

Mensagem por Sussurros Solitários em Qui Out 11, 2018 12:12 pm

Forma atual: Crinos

O Uktena termina seu ritual como de costume mas logo pode notar que existe algo diferente do resultado esperado. Ele é capaz de sentir o poder do espírito e uma sensação de euforia percorre o seu corpo com um arrepio de ponta a ponta. O lobo fica espantado quando percebe a belíssima forma de Luna, o espírito da própria lua se manifestar diante dele.

Instintivamente o lobo se ajoelha diante da magnitude do espírito e a sem pensar ele uiva em homenagem ao espírito como seus irmãos de raça fazem desde os primórdios, honrando assim o pacto entre seu povo e aquela entidade.

Sussurros-Solitários não ousa encarar o espírito diretamente e baixando seus olhos, fala respeitosamente:

"- Minha senhora, em que posso servi-la?"

*Mas o que está acontecendo aqui? Como isso é possível?*
avatar
Sussurros Solitários

Mensagens : 621
Data de inscrição : 04/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bruno Caselli (Crinos) - Fortaleza de Gaia / Urso

Mensagem por Bruno Caselli em Qui Out 11, 2018 6:54 pm

Antônio também tinha necessidade de aprendizados e o Theurge não via problemas em ajudar a todos. Gastariam um bom tempo ali, mas certamente seria mais do que suficiente até que Sussurros Solitários aparecesse.

Seu ritual parece ter dado certo, mas o Urso parecia não ter vindo com muita felicidade. O Andarilho logo faz uma reverencia para o Totem da matilha e diz na língua dos espíritos fazendo uso de sua persuasão:

- Saudações grande urso. Venho humildemente informar que avançamos nas buscas por aqueles que ferem sua forma de carne e ossos. Iremos fazer uma investida muito em breve, mas para sermos vitoriosos nossos irmãos precisam de seu auxilio para ficarem mais fortes.

Ele olha na direção do resto de sua matilha e depois volta-se novamente para o grande espirito para dizer:

- Sereno Trovão gostaria de aprender por definitivo o uso do Toque da Mãe e dom de Sentir a Wyrm, enquanto Pavor de Jormungandr deseja aprender o Vigor do Urso e a Resistência a dor e por fim Pantaneiro gostaria de aprender a Resistência a Dor.

Dito isso, Bruno apenas espera uma reação do espírito.

Off:
Solicito a ativação do dom Persuasão.
avatar
Bruno Caselli

Mensagens : 125
Data de inscrição : 02/07/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Umbra Rasa (Penumbra)

Mensagem por Antonio Xavier em Qui Out 11, 2018 8:08 pm

Antonio Xavier se coloca em posição de respeito, enquanto ouve a conversa de Bruno com o Urso: o Portador da luz acena a cabeça de forma positiva após a fala do theurge, concordando com a abordagem do Andarilho.

Enquanto isso, espera a resposta do grande Urso.
avatar
Antonio Xavier

Mensagens : 223
Data de inscrição : 24/03/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Arauto-da-Morte

Mensagem por NarraDiva em Qui Out 11, 2018 9:20 pm

Hadrian recupera um pouco da sua Gnose em sua meditação, mas como um efeito colateral de sua nova ligação com a morte e os mortos, sente que alguma alma havia sido levada daquele Caern naquele exato instante que seus olhos se abrem rompendo com sua meditação.

Like a Star @ heaven Arauto-da-Morte recuperou 2 pontos temporários de Gnose.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3485
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Luna | Alma-da-Bruxa - Sussurros-Solitários

Mensagem por NarraDiva em Qui Out 11, 2018 9:23 pm

Luna era um espírito de enorme poder, era a segunda vez em pouco tempo que um espírito de poder imenso era conjurado por Sussurros-Solitários. O espírito caminha passando entre Sussurros-Solitários e Alma-da-Bruxa forçando que os dois mudassem sua posição para continuar a observando. Luna diz:

'- Povo Garou já cultuar mais Luna... alguns me trair e se unir a hélios... eu sinto o cheiro da mais antiga traição nessa Seita... e vim aqui buscar o seu Chiminage para sentir esse cheiro de perto.'

Seu tom era firme e seu olhar buscava algo que não era nem o Lupino e nem Alma-da-Bruxa.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3485
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Urso - Matilha Fortaleza de Gaia

Mensagem por NarraDiva em Qui Out 11, 2018 9:26 pm

Bruno ativa o dom Persuasão após apresentar as demandas ao totem da matilha. O totem tinha uma ligação forte com a matilha mesmo com pouco tempo de bênção, mas o Urso tinha que falar com a matilha:

'- Urso ensinar todos os dons se matilha assumir compromisso de não abandonar Urso. Urso não ouvir o que Theurges reunir em lugar protegido, mas ouvir matilha conversar em Caern...'

Sereno-Trovão começa a sentir um súbito mal-estar.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3485
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bruno Caselli (Crinos) - Fortaleza de Gaia / Urso

Mensagem por Bruno Caselli em Qui Out 11, 2018 9:58 pm

A resposta do Urso pega Bruno de surpresa e provavelmente toda a matilha. O Theurge olha para seu irmão de augúrio com um semblante de preocupação, visto que ele era o mestre de rituais da matilha, e em seguida olha para Pantaneiro e fala no idioma Garou:

- O totem diz que ensinará os dons, mas somente se não o abandonar.

Bruno faz uma pausa, olha para Antônio, depois para Pantaneiro e questiona:

- Falo pela matilha? Ou algum de vocês quer assumir o diálogo?
avatar
Bruno Caselli

Mensagens : 125
Data de inscrição : 02/07/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Umbra Rasa (Penumbra)

Mensagem por Antonio Xavier em Qui Out 11, 2018 11:04 pm

Sereno-trovão ouve as palavras do Urso e fecha os olhos, uma forte dor de cabeça o acomete e por alguns momentos alguns flashes se desenham em sua mente: uma forte luz rubra aparece, a estrela brilha fortemente enquanto uma chuva escarlate cai e mistura-se com um fogo em movimento circular que vai em direção ao Portador que se assusta e abre o olho espantado.

Bruno está olhando para Pantaneiro e Antonio a espera de uma resposta, mas o theurge não sabe do que se trata, não havia ouvido nada.
avatar
Antonio Xavier

Mensagens : 223
Data de inscrição : 24/03/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Umbra Rasa (Penumbra)

Mensagem por Yorick MacAlister em Sex Out 12, 2018 3:07 pm

Pantaneiro mantinha-se em posição de reverência até que o Urso se comunica com Bruno e o Andarilho era bem direto na requisição do Totem da matilha.

"É óbvio, o que ele esperaria de uma matilha que não quer abandoná-lo mas terá que fazer que a Seita obrigue? Garantias são importantes e agora mais uma sinuca de bico..."

Bruno completa sobre quem tomaria as rédeas do diálogo e então diz:

- Bruno, diz que para o nosso Urso que ter ele como nosso Totem é o nosso maior orgulho e o maior apoio dessa matilha. Somos mais fortes com ele. Nóis se sente bem com ele. Com ele sentimo que temo a força que uma matilha precisa para seguir adiante e que sem ele tudo ficará muito difícil e que não é nosso desejo ter que deixa-lo e lutaremos para que isso não aconteça jamais. Diz pra ele que essa matilha pretende crescer e evoluir, mais que isso só vai acontecer se ele estiver com nóis. Diz o quanto somos leais a ele, deixe isso claro e diga tamém que no que depender de nóis, nóis não vamo abanadoná-lo. Faremo o que puder pra nóis se manter protegido sob a benção do Urso, o qual temo muito orgulho em termos.

Pantaneiro sinaliza para o Andarilho e então em posição de reverência, se aproxima um pouco mais do Totem dando um sorriso e depois abaixando a cabeça ao passo que concentrava sua gnose em sua mão e depois doava para o Totem como sinal de agradecimento por tudo. Se a matilha acataria o mesmo, não sabia, mas era tudo que Pantaneiro tinha a oferecer em troca da posição que o Urso o tinha colocado.

- Bruno, diga isso e assuma esse diálogo. Faça o que precisar pra termos o Urso ao nosso lado até termos uma decisão da Seita. Vai me mantendo informado nesse diálogo se a coisa descambar, por favor.

Afasta-se gentilmente um pouco e volta-se para seu lugar de início.

_______________________
Off Game:
Pantaneiro doa 01 de Gnose Temporária para o Urso.
avatar
Yorick MacAlister

Mensagens : 673
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bruno Caselli (Crinos) - Fortaleza de Gaia /Urso

Mensagem por Bruno Caselli em Sab Out 13, 2018 1:00 am

Bruno ouve a resposta de Pantaneiro e basicamente o Fianna tinha uma linha de pensamento bem parecida com o que o Andarilho pretendia usar. Ele concorda com um aceno de cabeça e vê o gesto ao Totem, mas inicialmente prefere não fazer nada além de falar.

- Grande urso, nosso Alfa diz por toda a matilha que ter você como nosso totem é um grande orgulho. Nossa força é maior graças a você. A força que uma matilha precisa para se reerguer. Nós lutaremos para manter sua benção. No que depender de nós, jamais o abandonaremos.

Ele então faz nova reverencia e diz:

- Buscaremos o líder da Seita, o Mestre de Rituais e quem for preciso para que isso não aconteça. Pedimos que confie em nós grande urso. A Fortaleza de Gaia é e sempre será leal a ti.
avatar
Bruno Caselli

Mensagens : 125
Data de inscrição : 02/07/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Urso - Matilha Fortaleza de Gaia

Mensagem por NarraDiva em Sab Out 13, 2018 10:05 am

O Urso recusa a doação de Gnose de Pantaneiro e volta a falar:


'- Urso querer compromisso. Urso ouvir vocês falar em Clareira. Urso não querer ser abandonado. Urso não ser comprado por Gnose.'
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3485
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bruno Caselli (Crinos) - Fortaleza de Gaia / Urso

Mensagem por Bruno Caselli em Sab Out 13, 2018 12:20 pm

A atitude de Pantaneiro não era bem vista pelo espirito, então Bruno coloca sua pata no antebraço do Alfa e diz na língua Garou:

- Ele não quer sua energia espiritual... Quer um compromisso da matilha.

Dito isso, Bruno volta a olhar para o Totem e diz na língua dos espíritos:

- Grande urso. Eu posso firmar o compromisso com o senhor. Lutaremos para manter sua benção. Não é nossa intenção nem nunca será abandonar você. Somos uma matilha de Cliaths e Fosterns e a seita ainda tem forte influência sobre nosso futuro, mas não quer dizer que não faremos tudo que estiver ao nosso alcance para manter sua benção. Isso é algo que podemos prometer.

A julgar pelas reações anteriores do totem, Bruno imaginava que aquilo não bastaria, mas criar um compromisso que pudesse ser rebatido pelos anciões da Seita só iria deixar o totem ainda mais nervoso.

- Falaremos com o Líder da Seita, como já havia dito, ou com quem for preciso para não deixar que nos forcem a seguir um totem que não buscamos seguir. É você que nós queremos, por favor, acredite em nós.

- O gesto de nosso Alfa não foi uma tentativa de ofende-lo. Tenho certeza que, de todos aqui, ele seria o último a pensar em algo assim.
avatar
Bruno Caselli

Mensagens : 125
Data de inscrição : 02/07/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Forma: Lupino

Mensagem por Hagen Bernhardt em Sab Out 13, 2018 3:20 pm

Hagen dá um passo para frente, ergue a cabeça e estufa o peito, se coloca em Lupino, que era uma forma mais primitiva, em respeito ao totem, de uma maneira que se ligasse ao seu lado animal.

"Eu sou o responsável, eu devo assumir minha parcela de culpa."

Hagen se antecipa e para ao lado de Bruno, fitando o espírito totem nos olhos de maneira respeitosa, começa a falar olhando para o totem e assim para o Theurge.

- O responsável pelo que acontece sou eu, e por isso, Visão-do-Futuro, peço que comunique ao urso que me coloco inteiramente à sua disposição. Sempre estarei ligado ao Espírito e me comprometo a fazer quantos chiminages forem necessários. Dou minha palavra aqui que se acontecer de por ventura o Urso partir ou a matilha precisar deixar Urso, eu, Pavor-de-Jörmungandr,  irei acompanha-lo seja aonde for, nunca o abandonando mesmo que isso custe a minha vida, mesmo que tenha que partir, seja para o exílio, seja em qualquer lugar, minha vida em troca da lealdade...

Hagen uiva para os céus, firmando um compromisso e se coloca de uma maneira que sua vida fosse entregue ao espírito, em suas orações, o fenrir lembra de sua mãe que possuía o mesmo totem e por se sentir culpado por esse problema, nada mais justo que ele assumisse uma responsabilidade perante ao totem, mesmo que custasse sua vida.






OFF: Solicito a narração, a doação de 15 pontos de Xp e 1 ponto de Gnose.
avatar
Hagen Bernhardt

Mensagens : 292
Data de inscrição : 23/04/2018
Idade : 33
Localização : Noruega, Høvringen

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Umbra Rasa (Penumbra)

Mensagem por Antonio Xavier em Sab Out 13, 2018 3:52 pm

O Urso nega a gnose e a fala de Pantaneiro, aquilo tudo preocupa Antonio Xavier, que ainda sente um forte mal-estar e não consegue se concentrar plenamente no presente: ele não sabe com certeza o que o acomete, apenas algumas intuições confusas parecem com respostas rasas.

Hagen se pronuncia e o Portador concorda com a atitude do companheiro. Já havia se pronunciado antes sobre a importância em assumirmos as consequências de nossas ações para só assim podermos mudar o nosso futuro, nosso Carma.

Antonio espera e busca se concentrar no que acontece naquele momento, torcendo para que o Urso aceitasse as proposições da matilha.
avatar
Antonio Xavier

Mensagens : 223
Data de inscrição : 24/03/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pantaneiro (glabro) - Fortaleza de Gaia

Mensagem por Yorick MacAlister em Sab Out 13, 2018 7:23 pm

O Urso nega a Gnose que doava e ao escutar a tradução de Bruno apenas recolhe para si sua energia espiritual.

"Droga... é óbvio que ele quer um compromisso de matilha..."

Nota que Bruno se esforçava na língua dos espíritos para convencer o Totem de sua importância para a matilha. Pelo tanto que falava, deduzia o óbvio. Aquilo era plausível e se toca mais uma vez da necessidade de aprender a se comunicar na língua dos espíritos. Até que Hagen se manifesta. O Fenris oferecia algo ousado. Tão ousado quanto seu erro anterior que havia causado tudo aquilo. A oferta de Hagen mostrava o que Pantaneiro gostou de ter visto: colocava sua vida a prova pelo bem da matilha assumindo as responsabilidades de seus erros. No entanto, não via como o Urso trocaria toda força da matilha por um único indivíduo. Aquilo era preocupante, poderia dar certo ou não.

Não havia forma de evoluir aquela conversa sem que desse alguma garantia, garantia essa que não tinha e se mentisse, as consequências poderiam ser piores.

Sinaliza para o Theurge enquanto aguarda ver qual seria a resposta do Urso. Torcia para que o Urso aceitasse a boa vontade de Hagen, caso não, não poderia correr o risco de piorar as coisas.
avatar
Yorick MacAlister

Mensagens : 673
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Umbra Rasa (Penumbra)

Mensagem por Sussurros Solitários em Dom Out 14, 2018 12:59 pm

Forma atual: Crinos

O Uktena escuta as palavras da Celestino e tenta pensar em quem poderia ser esse traidor de Luna. Seu desejo naquele momento era servir aos espíritos e ao Caern. Com todo o respeito que pode e sem encarar Luna diretamente, o lupino fala:

“- Minha Senhora esse é o chiminage que devo a Yarac, um de teus filhos que me ensinou um dom. Precisamos de tua sabedoria nesse momento tão perigoso. Quero ser teu instrumento nessas noites finais. Estou aqui para oferecer um chiminage meu em todas a assembleias e oferendas de gnose na lua cheia! Gostaria de pedir também tua proteção para as pontes da lua que se abrem nesse Caern, peço que teus filhos as protejam e protejam também esse caern. Vou trazer nosso povo de volta para o seu culto! E me coloco aqui como teu servo!”

O lupino se mantém de joelhos apenas erguendo a prata quando fala do chiminage. Era uma honra enorme falar com Luna pessoalmente e o lupino faria qualquer coisa que o espírito pedisse.
avatar
Sussurros Solitários

Mensagens : 621
Data de inscrição : 04/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Umbra Rasa (Penumbra)

Mensagem por Arauto-da-Morte em Dom Out 14, 2018 3:08 pm

Forma atual - Crinos

Sua meditação exigia de Hadrian um esforço absurdo de concentração, tantas coisas rodopiavam sem controle em sua mente, atraindo seu foco tal e qual a presa que dá as costas ao predador.

*Rrrrrrrrr* - ele escutava seu Lobo rosnando em sua mente, lutando contra aquela calmaria auto-imposta, em um momento onde seu corpo gritava de dor e seu peito ardia em fúria.

*A fúria é o caminho da Wyrm...* - Royce repetia como um mantra as palavras da bruxa como forma de manter sua concentração..

Ao silenciar o Lobo e desfazer a tensão em seu corpo, ele sente seu espírito Harmonizando-se com os arredores, mas, neste instante, em forma de brisa e calafrio, a mensagem é clara, e os olhos do Peregrini se abrem.

*TRAICAO, QUEM?!!!!*

O ele havia tropeçado em algo ali dentro, ele sabia, e tinha de descobrir mais,  sabia que antes tinha de concertar seu corpo, ele não seria de nenhuma utilidade mancando por aí como um aleijado, especialmente com as mortes que aconteciam ali dentro, do “pouso seguro” que aquele Caern deveria ser...

O lua nova olha ao redor, instintivamente procurando e farejando um espírito da morte, com os quais se achava peculiarmente confortável com, caso não os encontrasse.. seriam os vivos que procuraria..
avatar
Arauto-da-Morte

Mensagens : 339
Data de inscrição : 18/12/2017
Localização : Belem

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Urso - Matilha Fortaleza de Gaia

Mensagem por NarraDiva em Dom Out 14, 2018 8:41 pm

'- Se você ser responsável, você dever resolver.' - diz o Totem olhando para Hagen com uma expressão séria. O Urso olha para todos e diz, em tom firme:

'- Eu ensinar dons a todos vocês, não cobrar nada, mas esperar que vocês resolver isso e manter eu como totem de matilha. Urso estender mão pra matilha quando ninguém mais querer. Urso não querer perder matilha.'


O mal estar de Antonio prossegue e, por um instante, ele tem a impressão de ouvir um urro de dor de tigre. Nada dura mais que uma fração de segundo e apenas Antonio tem essa impressão.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3485
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Luna | Alma-da-Bruxa - Sussurros-Solitários

Mensagem por NarraDiva em Dom Out 14, 2018 8:47 pm

'- Você querer muitas coisas, eu sentir isso, Sussurros-Solitários, mas aceito o Chiminage de Yarac e garantir proteção nas pontes da Lua...' - Luna olha para Alma-da-Bruxa e, em seguida para Sussurros-Solitários e fala:

'- Eu estar de olho em seita... se seita não efetuar culto, proteção de Pontes da Lua cessar.'
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3485
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Arauto-da-Morte

Mensagem por NarraDiva em Dom Out 14, 2018 8:48 pm

A morte havia acabado de levar mais uma alma, Hadrian, portanto, não encontra os espíritos da morte que procura.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3485
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Umbra Rasa (Penumbra)

Mensagem por Elaijah Maickoson em Dom Out 14, 2018 10:17 pm

Umbra Rasa (Penumbra)
Crinos


O Lua Cheia mal chega na Umbra já em sua forma de batalha e já vai procurando com os olhos e ouvidos o Totem de Padmatavi. O Ahroun coloca sua mão no chão e usa seu dom Pé de Árvore para tentar ver e sentir todos que estavam por ali.
avatar
Elaijah Maickoson

Mensagens : 114
Data de inscrição : 21/03/2018
Idade : 30

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Umbra Rasa (Penumbra)

Mensagem por Antonio Xavier em Dom Out 14, 2018 10:20 pm

Antonio Xavier permanece com o mal-estar e ouve um urro de dor de um tigre, mesmo que por uma fração de segundos. Um rápido flash vem a sua mente sobre a reunião entre ele, Flor-de-lótus e Equilíbrio-da-força.

Uma forte dor de cabeça o acomete, ele olha para os companheiros de matilha e para o Urso: a dor é visível em sua expressão.

"- Pantaneiro, acho que Flor-de-lótus está com problemas."

Antonio olha para o Urso e diz:

"- Sábio Urso, preciso de ajuda. Uma companheira da matilha está em perigo!
avatar
Antonio Xavier

Mensagens : 223
Data de inscrição : 24/03/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Umbra Rasa (Penumbra)

Mensagem por Hagen Bernhardt em Seg Out 15, 2018 12:24 am

Hagen meneia com a cabeça que teria que resolver problema e aceita as palavras do urso.
dando dois passos se coloca para trás e se mantém em lupino.
avatar
Hagen Bernhardt

Mensagens : 292
Data de inscrição : 23/04/2018
Idade : 33
Localização : Noruega, Høvringen

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bruno Caselli (Crinos) - Fortaleza de Gaia / Urso

Mensagem por Bruno Caselli em Seg Out 15, 2018 8:33 am

Bruno ouve o decorrer do diálogo e quando achava que tudo finalmente iria ficar bem o anuncio de Antônio deixa a matilha toda em alerta. Padmantavi poderia estar com problemas segundo uma provável visão que seu irmão de augúrio havia tido.

O Theurge fica pensativo enquanto aguarda uma resposta de Pantaneiro ou o Urso. Seus novos poderes não poderiam ajuda-lo naquele momento então lhe restava esperar.
avatar
Bruno Caselli

Mensagens : 125
Data de inscrição : 02/07/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Equilíbrio-da-Força

Mensagem por NarraDiva em Seg Out 15, 2018 8:36 am

Ali, na umbra dos Alojamentos, não existia a presença nem de totens e nem de Garous, apenas alguns espíritos da tempestade vagavam pela região.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3485
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Umbra Rasa (Penumbra)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum