Grutas e Cavernas

Novo Tópico   Responder ao tópico

Página 14 de 18 Anterior  1 ... 8 ... 13, 14, 15, 16, 17, 18  Seguinte

Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Convidado em Dom Jun 24, 2018 12:31 am

FORMA-HOMINÍDEO

Rob acha muito peculiar o comportamento do lobo Olho da Tormenta. Então tentava elucidar um pouco o que queria dizer.

-Sabe Olho da Tormenta, entenda que uma matilha de lobos podem juntos derrubar uma presa maior se atacarem de forma correta e coordenada - falava de forma simples e direta

Nate fala um pouco da história de Naurú.

*Um espirito ancestral poderoso da ninhada da Tartaruga interessante. Esse Theurge usa bem as palavras, falta um pouco de emoção mas é direto*

-Cumprirei com devoção e honra os Dogmas daquele que me abençoa. É uma honra fortalecer novamente um Totem tão importante da ninhada da Tartaruga - fica impressionado com a história de seu novo Totem

-Então é bom ver que você está bem Espólio Cyberpunk! Vila Isabel é território de quem? - fala para seu irmão

-Os envolvidos do evento são Pavor, espirito tranquilo e Siggy - disse em resposta a sua Alpha


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Espólio-Cyberpunk | Sangue-Sobre-a-Neve (L) - Matilha Sangue Forte de Luna

Mensagem por NarraDiva em Dom Jun 24, 2018 3:33 pm

Espólio-Cyberpunk ouve os primeiros comentários de Rob, mas ainda não tinha intimidade na seita ao ponto de ter decorado qual matilha era de qual território:

'- Não sei, mas descubro isso assim que sairmos da reunião.'

Logo em seguida ouve o comentário sobre Siggy e fala:

'- Siggy está morta e não fará falta. A morte levou sua alma e mexendo em suas cosias descobriu-se que ela fazia parte de algum tipo de seita fascista e que tinha alvos a matar nessa seita, você incluso nesses alvos, Rob.'
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por sussuros-da-weaver em Dom Jun 24, 2018 5:05 pm

Quando João ia se ausentar para o funeral de seu irmão de tribo, uivos de perigo o alertaram sobre o perigo no cemitério e logo veio a ordem de não-interferência, o que deixa João um pouco aflito , e tambem preocupado com a decisão da alfa de mandar a garra vermelha interferir,mas o silêncio mostrou-se um aliado fiel, e não era agora que o lua nova iria abandona-lo.

A medida que a reunião se desenrola , João observa pragmaticamente as personalidades dos garous que agora eram seus irmãos de matilha. O Fianna tenta dar um jeito de aparecer novamente sugerindo taticas de batalhas que deixariam o Fenrir de fora da linha de frente, o que é rebatido didaticamente pelo portador da luz, o lobo sempre com pensamentos simples ignora as sugestões que possam fortalecer o combate em detrimento de sua natureza simples, e a Alfaque sempre tentava ser um ponto de equilibrio entre as forças daquela matilha, argumentava e formulava planos de acordo com as obrigações da matilha. E respondendo aos questionamentos da alfa, João fala:


"-Réquiem, eu posso comprar uma area da wyld para realização dessas obrigações da gente quanto matilha. A primeira coisa que me veio a cabeça quando nos foi imposto a obrigação com Nauru foi criar uma ONG de proteção ao lobo-guará , e adquirir uma area de wyld para colocar a espécie para se reproduzir, e doar um dinheiro pra essa ONG abatendo dos impostos que meu pai paga. E tambem começar a produzir uma campanha de preservação do lobo-guará para ser veiculada na Emissora do meu pai. Porem quanto a nossa base de operações eu gostaria que fosse em um lugar onde eu pudesse alocar recursos e prepara-lo para nossa defesa, com todos os recursos tecnológicos e de segurança possiveis."

E João tambem responde a Rob:

"-Rob, eu posso ver o que posso fazer pra ajudar a localizar esses vampiros dos quais você falou, eu também estou incubido de localizar,e se tudo der certo trazer de volta, dois Presas de prata que são especialistas nessa area e devido aos acontecimentos da noite passada estão foragidos do caern, então eu não consigo ver como não associar essas duas Missões,visto que aonde tiver os vampiros provavelmente esses garous tambem vão estar na cola deles."

Então philodox e a loba retornam do cemitério confirmando o que João ja tinha visto naquele Caern, tinha alguma coisa de muito errada por la.
avatar
sussuros-da-weaver

Mensagens : 47
Pontos : 47
Reputação : 0
Data de inscrição : 23/03/2018
Localização : Rio de janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Réquiem - Espólio Cyberpunk - Sangue Sobre a Neve - Uivo Flamejante - Sussurros da Weaver - Anda Com Espíritos - Sangue Forte de Luna

Mensagem por Angelique T. Albrecht em Seg Jun 25, 2018 12:23 am

Forma Atual: Crinos

Havia um ar pesado no retorno dos dois Forsterns para a matilha. E Réquiem aguardava apreensiva a resposta do Andarilho, quando ela ouve a voz de Sangue Sobre a Neve. Usher completa a resposta e Angelique não sabe, pelo menos por um segundo, o que pensar a respeito.

-Alguém? Isso tem que ser investigado logo, antes que os rastros esfriem.

Fala para sua matilha, mas sua mente só tinha um garou aparecendo. O único que não estava participando da Assembleia por ter sido punido por Temido Como Vulcões. Mas prefere não falar absolutamente nada. Já estavam acontecendo coisas estranhas demais naquele Caern para ela jogar a sombra da dúvida sobre mais um garou que tinha sido anunciado através da profecia como um aliado de Sussurros de Solitários. E ela concordava plenamente com Espólio Cyberpunk.

Estava bem satisfeita com a conversa que estava tendo com a matilha. Era fácil ver quem realmente estava interessado em aumentar o nível da Sangue Forte de Luna.

-Anda Com Espíritos...se a reunião com Fênix de Prata chocar com a reunião da sua tribo, podemos nos encontrar com o Mestre de Rituais da Seita depois. Me mantenha informada caso tenha que mudar o horário.

Uma coisa que ela sabia muito bem era que reuniões de tribo eram tão ou mais importantes que reuniões de matilha. Não que o encontro com Fênix de Prata não fosse importante, mas teria como mudar este último.

-Não tenho certeza se as duas caçadas podem ser feitas somente uma vez. Não quero irritar o Juiz da Seita e muito menos o nosso grande totem. Prefiro que façamos duas caçadas por vias das dúvidas.

Ia fazendo adendos a cada questão que era levantada, mas já via o término daquela reunião para breve.

-Então plantaremos essas árvores. Não acredito que seja tão difícil assim encontrar sementes de Pau Brasil aqui no Rio de Janeiro.

Se acomoda de novo no chão ouvindo que Uivo Flamejante, sem muita empatia, já lança um questionamento para o Philodox que estava um pouco abatido pelas coisas que tinham acontecido. A ânsia do Fianna em querer colocar as rodas do destino para andar mais depressa do que deveria poderia lhe causar problemas. Mas nada como o tempo para poder ensiná-lo ou matá-lo. Mas sobre a tal Siggy, fala a Rob:

-Uivo Flamejante. Não acredito que seja bom você trabalhar com esses garous que comentou. Se um deles era um inimigo que o tinha como alvo, o que nos garante que os outros também não o querem em uma emboscada? Faremos essa investigação nós mesmos e repito mais uma vez, não agiremos no território de outra matilha sem permissão. Assim que descobrirmos a qual matilha Vila Isabel pertence, entraremos em contato com o Alfa dessa matilha.

A ideia de Sussurros da Weaver era fantástica.

-Mais uma ideia que fará a diferença para nosso totem. Apoio essa ideia e pode colocá-la em prática, Sussurros da Weaver. Nessa área, poderemos também pagar o chiminage do espírito árvore invocado por Anda Com Espíritos.

Ela pensa um pouco sobre o Ponto de Encontro e emenda:

-Pensei no nosso Ponto de Encontro com bastante Wyld para que Sangue Sobre a Neve e Olho da Tormenta se sintam mais em casa e para que possamos aumentar o nível de Wyld na área. Mas com essa Ong, acredito que já podemos deixar nossos dois irmãos de matilha mais a vontade.

Todos estavam trabalhando e assim que João termina de falar, Réquiem continua o assunto da Ong:

-Caso alguém tenha parentes, seria bom que eles tocassem a ONG e talvez fosse um ponto de encontro alternativo para nossa matilha. As matilhas da Zona Oeste estão com ótimas ideias de interligarem os Pontos de Encontros através de Pontes da Lua. Caso alguma matilha precise de ajuda, é só atravessar e pedir ajuda.

Já coloca Usher e a Garra Vermelha a par do que tinha sido discutido anteriormente.

-Sangue Sobre a Neve, encontraremos Fênix de Prata às  horas. Ele quer conversar com os Galliards e Theurges sobre a situação da Umbra na cidade. Além disso, Sussurros Solitários quer falar com Sangue Sobre a Neve e Anda Com Espíritos no lago Verde na Entrada Oeste às dezesseis horas.

Abriu um sorriso em Crinos para a Garra Vermelha e desta vez falava ao juiz Andarilho do Asfalto:

-Espólio Cyberpunk, precisamos descobrir alguns humanos que destroem a Wyld para fazermos a constrição com o Grifo. Também peço ajuda para identificarmos a matilha responsável pela Vila Isabel, isso já foi dito por Uivo Flamejante. Ele tem uma pista sobre um vampiro e vamos tentar descobrir alguma coisa. Suas habilidades de investigação serão muito úteis para nós.

E desta vez olhou para os dois Theurges:

-Sangue Sobre a Neve e Anda Com Espíritos, acredito que esteja na hora de um de vocês dois invocarem nosso totem para abençoar Uivo Flamejante. Quem fará as honras?

Mas Réquiem queria muito que a Garra Vermelha fizesse a invocação dessa vez. Já a vira combatendo e ela tinha se mostrado muito eficiente, mas não a vira invocando um espírito ainda. Anda com Espíritos por sua vez fizera invocações dignas até agora, mas não o viu lutar.
avatar
Angelique T. Albrecht

Mensagens : 404
Pontos : 406
Reputação : 2
Data de inscrição : 25/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Elaijah Maickoson em Seg Jun 25, 2018 1:54 am

Sangue-Forte-de-Luna
Crinos


Elaijah continua ouvindo todos os pontos dados pelos seus irmãos de matilha. Quando a alfa faz o pedido sobre o ponto de encontro da matilha, o Ahroun agente com a cabeça.
-Eu já tenho em mente praticamente um ponto de encontro perfeito, onde todos irão conseguir se sentir confortáveis independente de sua raça, augúrio e tribo.

Quando Espólio-Cyberpunk e Sangue-Sobre-a-Neve voltam e fazem seu relatório do que aconteceu, o Ahroun pensa.*Precisamos logo nos reunir e nos fortalecer, os acontecimentos só mostram que o tempo virou nosso maior inimigo.

Equilíbrio-da-Força gosta do interesse que o Rafabash tem em questão do ponto de encontro.
- Sussurro-da-Weaver eu gostaria de me reunir com você para discutirmos o local que se tornará nosso ponto de encontro. E aproveitando suas habilidades com computação montar a planta no computador.

O Ahroun ouve sobre os vampiros e fica incomodado.
-Precisamos ver isso o mais rápido possível. Gostaria de saber se eu poderia me encontrar com os outros vigias da Zona Oeste para saber como está o andamento da Wyrm por lá para poder montar uma tática em conjunto onde a corruptora não fuja para os outros territórios. Ainda mais que eles já estão ambientados.

O assunto só a benção e falado é a invocação do Totem é pedida.
-Acho interessante aproveitar que estamos juntos aqui para aprendermos a falar com os espíritos, já que tínhamos combinado que toda a matilha teria esse dom. Então depois qua Uivo-Flamejante for abençoado os Theurges poderiam invocar um espírito para nós ensinar isso.
avatar
Elaijah Maickoson

Mensagens : 131
Pontos : 132
Reputação : 1
Data de inscrição : 21/03/2018
Idade : 30

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Convidado em Seg Jun 25, 2018 5:11 pm

FORMA-HOMINIDEO

Todos estavam reunidos para tentar fortalecer aquela nova matilha e laços. 

*Preciso fazer um registro desse dia, afinal não é todo dia que nasce uma Matilha abençoada por um Totem antigo*

-Mas preciso sair do hotel com eles para ficar registrado, a missão em si podemos fazer sozinhos. Eu acredito que terei que confiar em Espirito Tranquilo já que o destino dele está atrelado ao meu segundo a profecia - respondia a questão para a Alpha. 

-Siggy ikthya! - ao falar o nome da Garou e um jargão arcaico para designar "da Wyrm" cospe no chão - Bem que eu havia desconfiado dela ao levantar um brinde a Wyrm! A se ela tentasse vir, teria orgulho de estripa-la e cortar o nome dessa cadela de todos seus ancestrais. Que sua carne queime com seu espirito e por mil anos seja atormentada pela sua traição 
- pragueja com um profundo desprezo 

-É uma excelente ideia Sussurros da Weaver. Podemos alocar nossos parentes para essa ong no intuito de termos completo controle das ações e começarmos a fazer uma rede pra nosso beneficio.   - faz uma pausa  -Sobre esses dois Garous, pelo que eu entendi um deles está em Ostracismo e o outro têm uma caçada nas costas em andamento. Como você pretende traze-los de volta já que sua ideia de inocência foi rejeitada pelo líder do Caern e aumentou a ira do Totem da Seita? -comenta com João para ver o que o Ragabash tinha em mente.


Rob aguarda as manifestações dos Theurges para invocar os espíritos

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Espólio-Cyberpunk | Sangue-Sobre-a-Neve (L) - Matilha Sangue Forte de Luna

Mensagem por NarraDiva em Ter Jun 26, 2018 11:09 am

Réquiem parece preocupada com o sumiço do corpo do Andarilho e isso gera alguma empatia em Usher, que imediatamente responde para sua alfa:

'- Minha tribo e a Fortaleza de Gaia irão conduzir as investigações.'

Deixa claro para a Alfa que já investigavam o caso. Usher balança a cabeça concordando com as orientações da líder e Sangue-Sobre-a-Neve responde sobre a conjuração:

'- Senhor das Sombras ser mestre de rituais.'

A resposta estava dada. A pergunta final de Rob, no entanto, chama atenção de Usher que a acha extremamente pertinente e também deixava o juiz curioso com a resposta.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Matilha Sangue-Forte-de-Luna

Mensagem por Anda-Com-Espiritos em Ter Jun 26, 2018 11:36 pm

Forma: Hominideo

Quando Espolio Cyberpunk e Sangue sobre a neve regressam as noticias nao eram boas. Aquilo não era algo normal!!!
Ao final Nate nao podia concordar mais com o andarilho.
"-Concordo com voce irmão. Alguma coisa muito forte perturba esse caern." 

Rob entao diz que se sente honrado e seguirá com os dogmas de Nauru.  Nate meneia a cabeça positivamente para ele.

Sussurros da weaver da uma ótima ideia de como poderiam proteger os lobos guara.
*Poderiamos aproveitar e colocar nossos parentes para trabalhar na ONG. Assim ela nao seria apenas um local de preservação da especie mas também um ponto de apoio para nós. Caso precisassemos* Pensou em falar mas sua alfa logo comentou o seu pensamento.

E entao uma revelação de uma traidora. A Morte levara Siggy que tinha alvos na seita
*É como pensei, nao podemos confiar piamente nos outros. Mais um motivo para eu procurar um ritual especifico para isso.*

"-Quanto às sementes ainda nao tive tempo de olhar aqui no parque. Mas no centro da cidade vi algumas arvores quando passei no onibus."

"- Pois bem farei o ritual para invocar nosso totem" 

Pega sua conhecida adaga de dentro de sua mochila. Olhando para ela agora em sua forma humana a adaga mais parecia uma pequena espada. Usando uma das mãos ele segura e com a outra abraça a lamina e faz um corte em sua mão, pega em sua mochila uma pequena bolsa onde enfia a mão e tira de la um pequeno punhado de pó com um leve brilho ao toque do sol. Enquanto ele solta a areia no ar com uma das mãos ele pega a outra com o sangue e risca no chao algumas escrituras.

"Assim como as areias do tempo
que leva embora o vento
Carrega tambem o meu chamado
para aquele que antes esquecido agora enaltado
Ouve Nauru de teu filho o chamado!!!!"

Enquanto fala a areia vai esvoaçando no vento e fixando nas runas com o sangue fazendo elas brilharem. Ao fim ele pega a adaga e faz um corte diagonal no vento. As runas se desmancham em areia que entra no corte. 

Entao aguarda a chegada.

"- Grande totem da guerra, te invoco para honrar-te com mais um garou que abraça tua causa. Teu dogma ele ja conhece e ja abraça tua causa. Horar teu nome e tua missao! Abençoa este filho de gaia que a ti humilde vem em busca!"
avatar
Anda-Com-Espiritos

Mensagens : 128
Pontos : 129
Reputação : 1
Data de inscrição : 22/03/2018
Idade : 35
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Naurú | Sangue-Sobre-a-Neve | Espólio-Cyberpunk - Matilha Sangue Forte de Luna

Mensagem por NarraDiva em Qua Jun 27, 2018 1:08 pm

Naurú surge, em pouco tempo, diante da matilha. O totem parecia bem mais bem humorado do que da última vez e se dirige, falando na língua dos espíritos, ao Mestre de Rituais:

'- Anda-com-Espíritos me chamar... o que Sangue Forte de Luna precisar de Naurú?'
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Anda-Com-Espiritos em Qua Jun 27, 2018 1:57 pm

"-Trago a ti outro filho. Este é ROB o Uivo flamejante, nascido sob a lua gibosa nas duas patas. Cliath dos Fiannas. Conhecedor de teu dogma. Veio para fortalecer a sangue forte de luna e pede tua bênção." 
Fala para o totem com uma grande reverencia.
avatar
Anda-Com-Espiritos

Mensagens : 128
Pontos : 129
Reputação : 1
Data de inscrição : 22/03/2018
Idade : 35
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Convidado em Qua Jun 27, 2018 9:36 pm

FORMA-HOMINÍDEO

Anda com espíritos faz uma bela invocação, e logo o lobo esguiu e ágil em duas patas aparece com sua lança. Seu porte era lendário, seu pelo vermelho rajado de preto dava ainda mais um ar feroz. O espírito que abençoa a matilha estava ali materializado para abençoar Uivo Flamejante.

-É uma Honra ser um filho de Naurú. Enquanto meu coração bater e eu respirar irei sempre cumprir seus votos até que me aches digno ou eu morra. - disse ao ver que Anda com Espírito acabará acabara de falar algo que não entendia.

-Anda com espíritos Naurú pode nos ensinar a falar á língua dos Espíritos? - fala para o mestre de rituais.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Naurú | Espólio-Cyberpunk (Crinos) | Sangue-Sobre-a-Neve (Crinos) | Glorioso-Punho-de-Odin | Flagelo-da-Wyrm (como NPC temporário) - Matilha Sangue Forte de Luna

Mensagem por NarraDiva em Qui Jun 28, 2018 1:17 am

Naurú olha para Rob e diz:

'- Naurú aceitar Uivo-Flamejante como Filho e esperar que Uivo-Flamejante honrar dogma de Naurú.'

O Fianna sente a bênção que recebe e o totem se desmaterializa diante de seus olhos antes que Anda-Com-Espíritos pudesse fazer qualquer tipo de pergunta. Assim que o totem se retira, os Garous vêem a figura de Glorioso-Punho-de-Odin vindo até as grutas. Ele olha para a matilha e diz:

'- Sangue Forte de Luna, perdão interrompê-los, mas preciso levar Flagelo-da-Wyrm comigo. São questões familiares. Não esperem seu retorno e nomeiem alguém para as funções as quais ele está nomeado.'

Flagelo-da-Wyrm olha para seus irmãos e apenas fala:

'- Sei do que se trata e preciso ir. Não aguardem meu retorno mas se Gaia e Fenris quiserem, retornarei o quanto antes.'

Não se despede, junto de Glorioso-Punho-de-Odin se retira das grutas.

Like a Star @ heaven A Narração retirou o personagem Flagelo-da-Wyrm da crônica por aparente abandono de personagem, as portas seguem abertas ao jogador.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Elaijah Maickoson em Qui Jun 28, 2018 7:01 pm

Sangue-Forte-de-Luna
Crinos


Equilíbrio-da-Força espera a chegada do Totem essencial que Anda-com-Espíritos termina o ritual. Naurú se materializa parecendo estar de bom humor, porém a aparição dele é muito veloz e logo assim que termina de abençoar Uivo-Flamejante o Totem desaparece.

Antes que alguém pudesse fazer alguém questionamento, Glorioso-Punho-de-Odin aparece requisitando a presença de Flagelo-da-Wyrm. Tão rápido quando o desaparecimento do Totem o atual futuro ex Beta da sua matilha.

Equilíbrio-da-Força da força apenas olha na direção de sua Alfa.
avatar
Elaijah Maickoson

Mensagens : 131
Pontos : 132
Reputação : 1
Data de inscrição : 21/03/2018
Idade : 30

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Espólio-Cyberpunk | Sangue-Sobre-a-Neve (L) - Matilha Sangue Forte de Luna

Mensagem por NarraDiva em Qui Jun 28, 2018 7:22 pm

Se aproveitando da atenção atraída pela saída de Flagelo-da-Wyrm, Reflexo-da-Lua simplesmente desaparece sem deixar rastros. A cena se repetia. Espólio-Cyberpunk parecia incrédulo enquanto a Impura apenas comenta:

'- Fúria Negra fugir de novo.'
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Matilha Sangue-Forte-de-Luna

Mensagem por Anda-Com-Espiritos em Qui Jun 28, 2018 8:04 pm

Forma:Humano

Nauru chega mas parecia com pressa. Assim que Rob faz sua declaração de devoção a nauru ele o abençoa e parte sem mais demoras. 
*O que será que esta se passando na umbra? Primeiro a morte aparece clamando vidas depois Nauru parte com tamanha pressa.*

"-Nauru lhe recebeu e abençoa. Mas partiu logo como voce pode ver" 

Logo em seguida Flagelo eh chamado para uma quest individual. Ele nao parece muito surpreso e mais uma vez a matilha se via abandonada por outro garou. Ele parecia que nao voltaria, ou pelo menos não tao cedo. Ele se vai sem ao menos se despedir.

Parece até ironia ou um cd arranhado mas Reflexo da luna támbem aproveitara a saida de Flagelo da Wyrm para sumir. 
*Prefiro q ela suma de vez logo antes de fazer uma merda grande com a matilha*

"-Isso nos deixa novamente uma matilha menor. Mas prefiro poucos garous confiaveis a uma tribo inteira de furoes."

Nate pega suas roupas na sua sacola e as coloca. Achava que nao mais precisaria crinar por aquela noite. Aguardava uma posição da Alfa quanto ao novo beta
avatar
Anda-Com-Espiritos

Mensagens : 128
Pontos : 129
Reputação : 1
Data de inscrição : 22/03/2018
Idade : 35
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Elaijah Maickoson em Qui Jun 28, 2018 9:12 pm

Sangue-Forte-de-Luna
Crinos


Elaijah fica ainda mais incrédulo quando ouve sobre o desaparecimento de Reflexo-da-Lua. O Ahroun procurar com os olhos e constará o fato.
-Acho que independente do motivo, nenhum de nós irá querer Reflexo-da-Lua em nossa matilha.
avatar
Elaijah Maickoson

Mensagens : 131
Pontos : 132
Reputação : 1
Data de inscrição : 21/03/2018
Idade : 30

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Convidado em Qui Jun 28, 2018 10:42 pm

FORMA-HOMINIDEO 

Rob sente a benção de ser tocado por um Totem. Mas não teve tempo nem de curtir o momento e Glorioso Punho de Odim aparece requisitando Flagelo da Wyrm. 

*Que merda é essa?*

Então Espólio de Cyberpunk fala sobre reflexo da Lua.

-Por Luna essa covarde já desapareceu novamente? Acho que ela falhou duplamente como Garou. Que o Pégaso a tenha como escória e que nunca mais possa achar alguma tribo como sua, pois sua covardia é uma mancha que será difícil de se apagar! Melhor sem ela, já que não se mostrou ser digna em nada.


*A unica verdade que tenho certeza aqui é que preciso de uma bebida urgente*


-Depois dessa, alguém aceita uma bebida para digerir melhor os fatos? tenta amenizar um pouco a saída dos dois Garous, queira ou não a matilha perde guerreiros.


Rob só queria passar essa noite para poder colocar a matilha nos trilhos. Via muito potencial nos que ficaram, mesmo não os conhecendo sentia que não tinha sido um mero acaso a ida dele para Naurú. 

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Espólio-Cyberpunk | Sangue-Sobre-a-Neve (L) - Matilha Sangue Forte de Luna

Mensagem por NarraDiva em Qui Jun 28, 2018 11:02 pm

Espólio-Cyberpunk balança a cabeça afirmativamente diante das palavras de Nate, reforçando-as:

'- O Senhor das Sombras está correto. Quem foi, foi. Valorizemos quem fica e organizemos a matilha. Temos trabalho pela frente, devíamos seguir a programação que pensou nossa alfa sem interrupções.'

Seu tom era firme e aguardava a reação dos demais.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Réquiem - Sangue Forte de Luna

Mensagem por Angelique T. Albrecht em Sex Jun 29, 2018 12:37 am

Forma Atual: Crinos

Réquiem aguardava a invocação do totem, recusada por Sangue Sobre a Neve. Isso a fazia pensar em várias soluções para tornar a Garra Vermelha mais ativa na matilha e com responsabilidades. Em resposta a Espólio Cyberpunk sobre a investigação, ela diz:

-Caso queira acionar qualquer membro da Sangue Forte de Luna para ajudar na investigação, tem minha permissão.

O totem então é invocado por Anda Com Espírito. Imediatamente Réquiem fica apoiada em um joelho, por respeito ao grande espírito da ninhada da tartaruga. Não entende nada do que o totem dizia. mas tão rápido como surgiu, Naurú desaparece. Réquiem se levanta e um garou surge. O beta da Sangue Forte de Luna precisava se ausentar. Ela não era de despedidas, nunca o fora, e então apenas assente com a cabeça sobre a saída do Cria de Fenris. Esperava que ele retornasse em breve e já avaliava um beta no lugar do Cria. Olha para cada membro da Sangue Forte de Luna quando seus olhos não percebem mais Reflexo da Lua.

A Fúria Negra era muito silenciosa, mas não usava suas habilidades em prol da matilha e pela segunda vez desaparece, abandonando Naurú e sua matilha. Comentários são feitos sobre o caso e Réquiem gosta das palavras dos seus irmãos de matilha. Ela apenas corrobora:

-Não era dessa forma que eu queria terminar essa reunião. Não em um momento como esse, mas temos objetivos a cumprir e todos estão dispensados.

Prefere não comentar a saída da Fúria Negra. Olha para Sangue Sobre a Neve e diz:

-Sangue Sobre a Neve, mais cedo você se ofereceu para nos ensinar a falar com os espíritos. Poderia fazer isso agora? Como você é mais ligada à Wyld, acho interessante que um espírito da Wyld nos ensinasse.

Olhava para todos da sua matilha:

-Se Sangue Sobre a Neve puder nos ajudar com isso, quem quiser aprender falar com os espíritos, peço que fique para resolvermos esse assunto.

Não obrigaria nenhum irmão de matilha a aprender algo que não quisesse, mas achava interessante aprender aquela habilidade.
avatar
Angelique T. Albrecht

Mensagens : 404
Pontos : 406
Reputação : 2
Data de inscrição : 25/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por olho da tormenta em Sex Jun 29, 2018 3:14 am

Ele respondia a Rob quando o mesmo falava que lobos podiam derrubar presas maiores com uma estratégia. Exatamente: LOBOS!

- Lobo derrubar presa maior... matilha unida... matilha de lobos! Não matilha... macacos. Não precisar... pau de fogo! Pau de fogo... muito barulho... machucar pouco. Garras machucar mais. Dentes machucar mais! Macaco inventar pau de fogo porque macaco... indefeso. Presa. Lobo não ser indefeso. Entender... não explicar... de novo.

O totem é invocado e Olho da Tormenta abaixa a cabeça e cheira o chão em respeito a Nauru. Ela então concede benção a Rob. Quando o ritual acaba, Olho da Tormenta fala.

- Agora Uivo Flamejante filho de Nauru... irmão. Parar... falar muito... lutar mais!

Então, Flagelo da Wyrm é levado e Olho da Tormenta não se despede... pois lobos não dizem tchau. Porém, durante a confusão, Reflexo da Lua aproveita a oportunidade para sumir. Os outros parecem deixar para lá e mostrar apenas indignação. Porém, Olho da Tormenta não é assim.

- Isso ser matilha! Não ser... grupo de amigos! Traição se paga com sangue! Reflexo da Lua desrespeitar Totem, Seita e Matilha! Traidora... se Sangue Forte deixar... não ser sangue forte... ser sangue fraco! Reflexo da Lua dever morrer... por crime! Achar ela... ser fácil...

Ele se transforma em hominídeo e mostra a mesma faca que usou para punir Reflexo da Lua.

- Esta ser Adaga do juiz! Ter espírito caçador! Ela ser capaz de achar qualquer criminoso... Litania. Basta ter... objeto pessoal!

Então, ele tira do bolso a garra de Reflexo da Lua.

- Se não queria viver por suas garras... então morrer por suas garras! Olho da Tormenta dizer que ter como achar... traidora! Matilha ter dever de punir! Mostrar que quem fere Litania... quem fere matilha... ferido será!

Então, oferecem para aprender a língua dos Espíritos. Olho da Tormenta recusa.

- Se espíritos quisessem... Olho da Tormenta falar língua... Espíritos ter ensinado antes. Olho da Tormenta juiz... julgar. Falar com espíritos... Theurge. Não querer missão de lua crescente. Querer missão de meia-lua. Missão de meia-lua... punir traidora!

Aguardava a resposta dos outros.
avatar
olho da tormenta

Mensagens : 31
Pontos : 31
Reputação : 0
Data de inscrição : 21/05/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Espólio-Cyberpunk - Sangue-Sobre-a-Neve (L) - Matilha Sangue Forte de Luna

Mensagem por NarraDiva em Sex Jun 29, 2018 10:39 am

Sangue-Sobre-a-Neve ouve as palavras de sua alfa e, mesmo sem muito ânimo, a Impura se demonstra apta a desempenhar a tarefa saindo de sua posição de inércia, mas ouvir as palavras do Lupino da matilha, a quem se dirige:

'- Macacos ser burro, lobos não dever ser burro. Falar com espíritos importante pra Lobo ficar mais forte e ajudar matilha.'

Espólio-Cyberpunk aproveita a deixa e comenta:

'- A Impura tem razão, Olho-da-Tormenta. Não é missão de Theurge, é ser independente. Sem aprender a falar com espíritos até para que aprenda um simples dom precisará de um Theurge ao seu lado. É evitar que se torne um fardo a tua matilha por razões menores.'

O Juiz olha para a Alfa e pondera:

'- Eu gostaria de comunicar a situação de Reflexo-da-Lua às Fúrias Negras antes de qualquer caçada intempestiva, nobre alfa. Peço que deixe essa situação aos meus cuidados.'

Não gostava da maneira como o Senhor das Sombras abordara o caso e preferia resolver de uma maneira mais diplomática.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Réquiem - Sangue Forte de Luna

Mensagem por Angelique T. Albrecht em Sex Jun 29, 2018 1:26 pm

Forma Atual: Crinos

-Olho da Tormenta, pode ser que você tenha algo a ensinar para aqueles que aparecerem no treinamento. Se não tiver compromissos, seria interessante que aparecesse.

Gostaria bastante de poder participar daquele treinamento, mas tinha uma reunião com a liderança da seita e com os Alfas da Zona Oeste às dez da manhã.

E pensa sobre a proposta da morte de Reflexo da Lua dada por Olho da Tormenta. Em seu íntimo ela queria fazer parte daquela caçada. Iria arrancar mais do que as garras da Fúria Negra e não seria nada agradável de se ver. Quem lhe tira esse pensamento violento é Espólio Cyberpunk. As palavras dele parecem fazer a Galliard voltar à realidade da qual vivia.

-A traição de Reflexo da Lua não foi só contra a nossa matilha. Foi contra sua tribo e toda a seita. Prefiro que a tribo da garou resolva esse caso. Mais uma vez temos que respeitar a hierarquia nesse caso. Na minha concepção a tribo tem a responsabilidade pela traidora.

Sentia a dificuldade de ser Alfa de uma matilha tão diversa.

-Espólio Cyberpunk faça como disse. Se quiser que eu o acompanhe, posso fazê-lo depois de aprender a falar com os Espíritos. Acredito que uma mulher possa facilitar a interação com as Fúrias Negras.

E talvez fosse uma ótima oportunidade para estreitar relações com a tribo. Olha para Sangue Sobre a Neve, aguardando que ela invocasse algum espírito para ensinar o dom para falar com os espíritos.
avatar
Angelique T. Albrecht

Mensagens : 404
Pontos : 406
Reputação : 2
Data de inscrição : 25/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Convidado em Sex Jun 29, 2018 2:56 pm

FORMA-HOMINIDEO

Rob não entendia qual o motivo de os lobos chamarem qualquer hominídeo de macaco, para ele esse é um jargão pejorativo, talvez na sua terra mas ele não estava mais na Escócia e sim n o Brasil e os termos e Jargões podem ter outros significados.  

*Irei exercer meu aprendizado e não falarei nada a respeito disso*


-Eu gostaria de aprender a falar com espíritos - fala a Réquiem


-Sangue Sobre a Neve queria me conectar e ter um contato mais profundo com meus ancestrais, como devo proceder? - perguntava para a Theurge tentando estreitar seus laços com a loba.
 
Uivo esperaria Sangue sobre a Neve invocar um espirito para aprender a comunicação espiritual.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por olho da tormenta em Sex Jun 29, 2018 10:09 pm

{vou postar do cel, então não rola colorir. Falas estarão c "*" antes e depois}

A intervenção de Espólio Cyberpunk irrita profundamente o lupino.

*Nao ser julgamento de Espolio que Reflexo desrespeitar... ser meu! Traição! Zombaria! Coisa que só macaco ter... audácia! Olho da Tormenta querer sangue de Reflexo! Olho da Tormenta ter isso cedo... ou tarde.*

Era notória a raiva do Senhor das Sombras. Então, o instinto tribal falou alto. Ele aconselhou Réquiem como só um Senhor das Sombras aconselharia.

*Alfa, mostrar força... matilha precisar entender... traição não ser coisa... impune. Não dever... passar responsabilidade... filhas do Pegaso! Responsabilidade ser de matilha!

Olhou para o resto da matilha.

*Voces que... concordar... estar a enfraquecer matilha. Traição no mesmo dia... de perdão! Fúria ser fraca em vocês... pouco respeito... por... Litania. Sangue Forte... não estar... saber significado... matilha.*

Estava notoriamente injuriado.

*Vergonha! Fugir de responsabilidade não ser coisa... Garou. Mesmo crime de Reflexo... muitos aqui estar a cometer! Gaia não ver com bons olhos!*
avatar
olho da tormenta

Mensagens : 31
Pontos : 31
Reputação : 0
Data de inscrição : 21/05/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Espólio-Cyberpunk | Sangue-Sobre-a-Neve (L) - Matilha Sangue Forte de Luna

Mensagem por NarraDiva em Sab Jun 30, 2018 1:14 am

O Andarilho faz um gesto com a mão para que ninguém se intrometa e espera que o Senhor das Sombras fale até o fim. O Andarilho do Asfalto espera que ele acabe e com muita serenidade, diz:

'- Agora você vai ficar calado, vai me ouvir e vai se submeter ao de posto elevado senão será julgado com o rigor das Leis de Gaia.'

O Philodox olhando fixamente para o juiz, prossegue:

'- Você manipula a situação como qualquer hominídeo, Senhor das Sombras. Manipula que seu julgamento foi desrespeitado pois não tem uma prova sequer que ela voltou a viver como lobo e porque em momento algum você a proibiu de deixar essa matilha, até porque não caberia a ti fazer isso. Lobos vivem em matilha. Lobos usam suas presas. E ela não terá nenhuma das duas opções. Você manipula os fatos porque tem sede de vingança ao sentir seu orgulho ferido e isso é uma perigosa porta de entrada para a Wyrm. Essa sede de vingança não é um atributo válido para um Philodox. Você mesmo disse que Lebres fogem quando a condenou a viver como lebre então controle sua sede de vingança. Se você ferir ou matar qualquer Garou sem uma determinação, apenas porque quer para, como disse, mais cedo ou mais tarde atingir seus objetivos, será um traidor e terá seu sangue caçado por essa matilha. Sua alfa já tomou a decisão. Eu, o Philodox de posto mais alto dessa matilha, sugeri à líder uma solução que foi aceita então respeite e controle seus instintos.'

Com tom sério e fiem o Andarilho aguardava reações. Sangue-Sobre-a-Neve, por sua vez, ignora a discussão e resolve lamber suas patas.

Like a Star @ heaven Primeira coisa: vi que teve gente desa matilha me procurando no whatsapp mas nem respondi. Estou mega atarefado de trabalho e só fiz essa ronda especial e, apenas para essa matilha, em virtude do peso do post em questão para que não os travasse.

Like a Star @ heaven Segunda coisa: Player do Olho-da-Tormenta NUNCA use asteriscos para sua fala. Pelas regras da crônica, asteriscos são para pensamentos. Travessões indicam fala. A mudança de cor das falas - e apenas das falas - é um recurso estético apreciado e recomendado pela narração, mas não obrigatório.

Like a Star @ heaven Terceira coisa: É prática da casa nunca ficar prendendo personagens ou histórias com quem abandonou o jogo. Quem abandonou não merece que nenhuma matilha perca seu tempo girando em torno de si. Sigam em frente.

Like a Star @ heaven Quarta Coisa: Espólio-Cyberpunk usou persuasão e obteve 5 sucessos em seu teste de lábia para convencer Olho-da-Tormenta de que ele estava agindo motivado por sentimentos que não eram nobres. Para não ser convencido pelo Philodox, Olho-da-Tormenta precisa de 5 ou mais sucessos em um teste de Força de Vontade. A narração não permite uso de Força de Vontade em testes de Força de Vontade.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 14 de 18 Anterior  1 ... 8 ... 13, 14, 15, 16, 17, 18  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum