Grutas e Cavernas

Novo Tópico   Responder ao tópico

Página 3 de 11 Anterior  1, 2, 3, 4 ... 9, 10, 11  Seguinte

Ir em baixo

Cólera-de-Balder - Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por NarraDiva em Seg Mar 05, 2018 5:20 pm

Victor solta a bomba e Siegfrid arqueia as sobrancelhas surpreso. O Fenris ouve todos os argumentos e, seu já comum gesto de balançar a cabeça negativamente volta a se fazer presente na reunião. No auge dos relatos de Victor, Siegfried dá um soco que chega a fazer com que a pedra socada ceda e fique com a marca de sua mão, envolta em sangue pelo soco do Fenris cuja Fúria ultrapassava os limites máximos dos garou comuns: afinal, ele era um filho do Touro:

'- Calma aí Juiz...'

O Fenris olha para Luke sério e fala:

'- Eu não vô me meter nas merdas que o Alfa falou ou não em qualquer reunião, mas cacete, um Impuro não gostar do nosso Alfa é problema pra quem? Nem mesmo que fosse Hominídeo, Lupino, até mesmo se fosse a porra do líder do Caern... ninguém tem o direito, além da gente, de dizer quem deve ou não liderar nossa matilha.'

O Fenris falava, mas a verdade é que a liderança da Seita tinha sim poder para mudar o Alfa se decidisse por isso. O Ahroun termina seu raciocínio ao estilo de sua tribo:

'- Então tem uma aliança e o Impuro que não vai com a cara do nosso Alfa não deixa a gente entrar? Simples, eu vou lá, enfio a porrada nesse merda, tomamos o território dele pra gente e tá tudo resolvido. Não vamos trocar de Alfa porque alguém de fora quer, vamos quebrar a cara de quem abrir a boca pra falar dessa matilha e mostrar que somos os mais fortes! O mesmo a gente pode fazê com quem pegou a missão que perdemos, eu posso ir lá, enfio a porrada na matilha que nos roubou a missão, tomamos as missões e o território deles pra gente. Simples e fácil. Sem frescuras.'
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 2575
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Sussurros Solitários em Seg Mar 05, 2018 5:39 pm

Forma atual: Lupino

As palavras do Philodox vem como uma navalha. Era impossível acreditar em tudo que ele havia falado, não havia presenciado tal julgamento, talvez fosse quando estivesse em sua viagem ao Abismo...

*Eu não entendo esses macacos. O que diabos aconteceu nessa manhã?*

Depois vem o Fenris com seus argumentos e até o lobo teve dificuldade em acompanhar sua lógica. Mas assim é o Lua-Cheia, acredita que tudo pode ser resolvido na violência e que ele é o maior guerreiro que existe e tu mais que o Lobo já havia ouvido. 

*Não adianta discutir com  o macaco lua cheia...*


O Lobo apenas senta em silêncio e aguarda a palavra do Alfa. Era importante entender o que realmente havia acontecido.
avatar
Sussurros Solitários

Mensagens : 496
Data de inscrição : 04/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Sombra-da-Coruja em Seg Mar 05, 2018 7:55 pm

Forma atual - Lupino

O franzino faminto fianna retorna e, finalmente, a matilha estava completa, o Peregrino apenas vira a cabeça para o recem chegado para dar ciência de sua presença e retorna a atenção à reunião.

O Lobo então pede que a mais nova Galliard faça um resumo para Will, aquilo seria bom, Hadrian começava a voltar com seus antigos hábitos e, aquele momento seria bom para analisar o discurso da Galliard.

O Ragabash havia assumido sua forma lupina para poder esconder melhor suas emoções, e, aparentemente não pudera escolher momento melhor, pois, onde antes havia raiva, agora havia assombro.

O Juiz corta o pedido do Lobo trazendo um novo assunto, e, para seu assombro, um novo julgamento. Ele relata objetivamente que o Alpha havia falhado por 3 vezes em apenas uma manhã em seu papel, e, ressalta que sobe ele havia uma sentença que fora quebrada.

Hadrian nada sabia daquilo, a não ser a parte do Frensi que testemunhará pela manhã, mas, ligando As peças do que testemunhou assim que chegara nesta nova matilha, de fato, havia uma previa disputa pela liderança da mesma que estava a ser mediada por Mariza Fux.

O Peregrino pensa em imitar o típico balançar de cabeça de Siegfried, mas, lembrando-se das palavras deste, se lembra que não devia demonstar nada, mas, estava desapontado consigo mesmo, como ele pode esperar que confiando cegamente nesta matilha tão cheia de abismos ele iria promover a uniao? Logo ele?

O Peregrino mantém-se inexpressivo, apenas olhando curiosamente as expressões de todos os presentes para tentar catalogar as reações da matilha àquelas declarações, obviamente que as de Cólera-de-Balder não necessitavam de maiores poderes de observação.
avatar
Sombra-da-Coruja

Mensagens : 211
Data de inscrição : 18/12/2017
Localização : Belem

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Réquiem - Olhos da Tempestade

Mensagem por Angelique T. Albrecht em Seg Mar 05, 2018 8:29 pm

Forma Atual: Lupina

A história de Cólera de Balder sobre o tempo ser um dos primeiros reinos a enlouquecer preocupa Angelique e tem uma ligação ímpar com as visões daqueles garous. A  história se grava na mente da Galliard como se estivesse cicatrizado com ferro quente, para nunca mais esquecer. Também sente a alfinetada nada sutil em Hadrian. Camillo também faz um comentário relacionado ao tempo e a Impura não deixa de pensar que teria que aprender mais sobre a história garou e até aprofundá-la para tentar captar alguma coisa dessas visões e dessas histórias, talvez uma conexão mais forte sobre elas.

Não responde para Sussurros sobre a ajuda que ele queria especificamente, mas ela concordava com ele sobre encontrar estupradores e pessoas que queimavam as matas. Estava adorando aquela constrição e poderia fazer ela o resto de sua vida sem problema algum. E então surge outro garou. Ela imagine que seria o tal Will que tinha ido cuidar de assuntos pessoais relacionados à sua família. Angelique ergue a cabeça na direção do garou recém chegado e se sente meio triste por ele ter cortado a discussão de Siegfried e Hadrian, apesar que este último tinha deixado passar o que o Cria tinha dito por último. Se perguntava se o frenesi do Cria ainda era possível.

Sussuros faz as vezes da apresentação da Galliard ao Galliard, Mestre de Cerimônias da matilha e ela o cumprimento com um menear de cabeça sutil e se prepara para contar o que tinha sido comentado na reunião, quando Sentinela das Sombras a interrompe, informando que isso poderia ser feito depois. Tanto por ela, quanto pelo Juiz da matilha. Não viu problemas quanto a essa atitude. Baixa novamente sua cabeça sobre as patas, só ouvindo o que era dito.

Mas a merda que Victor joga na matilha é bem interessante. Luke, como Alfa, tinha que participar das reuniões de líderes de matilha. Era como ignorar reuniões de tribo. E não tinha sido uma segunda vez. Fora os outros problemas advindos da liderança da matilha. Se Angelique estivesse em hominídeo, queria estar com um balde de pipoca e refrigerante aproveitando a cena que estava digna de um filme.

Cólera de Balder é o primeiro a vomitar cocô pela boca com seu preconceito fenris de sempre. A fúria nele era enorme e Angelique pensa duas vezes antes de bocejar para mostrar ao bonitão que nem ligava para as merdas que ele dizia sobre os Impuros. Mas o pensamento neandertal de Siegfried é bem interessante. Hilário no mínimo. Querer bater na cara de algum garou, não importa qual, não era uma das melhores estratégias. Um pensamento vêm na mente de Angelique:

*Honra não é seguir nossas vontades, mas fazer o certo.*

Até comentaria isso, mas tinha apreço por sua vida e queria muito ouvir as explicações do Alfa.
avatar
Angelique T. Albrecht

Mensagens : 300
Data de inscrição : 25/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Legado do Trovão (Hominídeo) - Olhos da Tempestade

Mensagem por Luke Constantine em Ter Mar 06, 2018 12:13 am

* Luke achou que a matilha reagiria melhor ao seu discurso sobre a união, mas isso não ocorre e seus irmãos se limitam a lhe responder o que estava sendo perguntado. Angelique, por sua vez, é a unica a tentar lembra-los de que precisavam ficar juntos e por isso a agradece mentalmente. Estava para responder as demandas de Victor, da própria Angelique e do lobo quando Will finalmente chega ao local onde a matilha se reunia. Aquilo gera um certo alivio no Senhor das Sombras, que achava que os ânimos poderiam melhorar com a presença do bem humorado Fianna.. ledo engano. Não demora até que Sentinela-das-Sombras tome a palavra e conforme ele vai destilando seu veneno o semblante do até então líder vai ficando carregado. Luke cerra os punhos com força, seus olhos encaravam Victor furiosamente conforme ia entendendo o que estava se passando. *

"O nome mudou mas o Garou é o mesmo filho da puta de sempre."

* Se levanta e, do alto de seus mais de dois metros, encara o lixo que tinha diante de si. Julgara que a morte de Pacificador tinha mudado os rumos daquela matilha mas estava enganado, o Philodox havia apenas esperado a próxima oportunidade que tivesse para depô-lo. Nem 24 horas atrás Victor lhe parabenizava por ser vitorioso na disputa pela liderança da matilha, e agora a peçonha escorria pelo canto daquela mesma boca. Não tinha mais como se enganar, aquilo tinha sido feito de caso pensado e o discurso não podia ser mais claro: qualquer motivo, por idiota que fosse, era o bastante para os propósitos do Juíz. Afinal de contas, que porra importava se tinha feito um desafeto por discordar do mesmo? Era o Alfa de uma matilha, não um mendigo para ter que bajular ningurm por migalhas. E que crime muitíssimo grave  era esse de ter esse mesmo desafeto lhe zombando em uma reunião onde preferiu não responder em respeito à nova liderança de sua Tribo? Suas palavras podiam ter sido mal colocadas e lhes tirado das mãos o caso da colmeia sim, mas que podia dizer quanto à isso o Garou que virava as costas quando julgava oportuno e agora lhes justificava pedindo compreensão? No fim das contas, estava mais do que claro que só havia um único objetivo ali, e esse objetivo não tinha nada a ver com explicações ou sobre a verdade. *

"A traição sai dessa boca com a mesma frequência que a fumaça dos cigarros que esse merda deixa pra trás"

* Olha para os demais membros da matilha tentando aliviar a fúria que crescia em seu peito, mas estavam todos inertes ouvindo aquela merda em silencio. Depois de um motim na noite passada, estavam todos em maldito silencio. Siegfried, o único entre eles que não esperava buscar por qualquer apoio era justamente o único que se adianta para contestar, à seu jeito brutal, uma das alegações de Victor. Os demais, no entanto, permaneciam silentes e aquilo era o bastante para saber que não tinha mais o que fazer ali. Olha para Siegfried, seus olhos vermelhos de Fúria, e lhe mostra uma mão espalmada lhe dizendo que podia parar por ali. Diz em tom direto: *

- Obrigado Sieg mas não se desgaste com isso, é perda de tempo. Ele não quer explicações, se quisesse teria perguntado antes de me colocar na condição de réu e de proferir qualquer sentença. Não é a primeira vez que Sentinela-das-Sombras demonstra possuir sua própria agenda.

* E quem estivesse presente na ocasião em que Victor virou as costas numa cerimonia formal ou quando abandonou seus irmãos em missão saberia do que se tratava. Encara de novo para o Philodox e declara sem hesitar: *

- Aceito a sentença. Eu, Legado-do-Trovão, declaro que estou sumariamente destituído da liderança dessa matilha.

* E mesmo furioso, Luke emanava a mais elevada raça pura e usava as palavras com dignidade. Respira fundo, pensando em quanto dera por aquela matilha e como sempre tivera aquele filho da puta lhe fazendo oposição. O bote havia surtido efeitos e Victor tinha o que queria, provavelmente todos aqueles que eram coniventes também, e teve mais certeza do que nunca de que não desejava correr lado a lado com a traição. Prossegue após um instante: *

- Quero ainda deixar claro que, depois de tudo o que aconteceu na noite passada e de obter a liderança de forma justa, eu não contesto a sentença mas é possível sentir o aroma de traição no hálito de quem a profere. Deste modo, declaro também que a partir deste instante eu não integro mais as fileiras da Olhos-da-Tempestade e não correrei com Garous que não posso chamar de irmãos.

* Encara Victor uma ultima vez num misto de ódio e repulsa antes de correr os olhos pelos demais. Um a um, vai olhando para aqueles Garous como se os visse pela primeira vez, e soube que somente alguns pouco se importariam com sua saída. Não espera qualquer resposta ou despedida, apenas segue seu caminho exalando fúria e raça pura, parando apenas para dizer ao Fenris enquanto saia: *

- Ainda faremos uma puta luta em honra ao Boitatá.

* Dá um tapa no ombro do único que falara em seu favor e segue seu caminho, a Olhos-da-Tempestade e seus jogos agora eram passado. *
avatar
Luke Constantine

Mensagens : 367
Data de inscrição : 28/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Victor Montenegro em Ter Mar 06, 2018 12:44 am

*Você continua sem entender nada, Legado-do-Trovão... é uma pena.*

Victor escuta com expressão impassível as palavras amarguradas do Ahroun e o observa partir sem esboçar qualquer maior reação. Quando o antigo Alfa se retira das Grutas o Philodox quebra o silêncio dizendo em tom sereno:

- Não há sentido em continuar a debater os assuntos enquanto um novo Alfa não for apontado. Vamos.
Me acompanhem. Falaremos com Sopro-da-Justiça-de-Merlin para que ele passe e julgue o desafio pela liderança da matilha.
Todos aqueles que desejem o posto de Alfa têm o direito de se candidatar.


Dito isso, caminha ate a saída, acende um cigarro, espera os seus irmãos se movimentarem e segue para a Clareira Central
avatar
Victor Montenegro

Mensagens : 598
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 32
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cólera-de-Balder - Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por NarraDiva em Ter Mar 06, 2018 7:37 am

O Fenris se surpreende com a decisão de Luke e, mais ainda, com a frieza com a qual Victor trata da situação. Luke fala apenas com Siegfried quando decide ir embora, o Fenris, à beira de um Frenesi, se controla para não ceder à sua besta interior ali mesmo e apenas procura Sussurros-Solitários com o olhar de indignação, comentando com o Lobo:

'- Tá tudo errado...'

Esse era o sentimento do Fenris para com a matilha que havia acabado de chegar. Era o segundo membro da matilha que ele via partindo por conta de problemas internos. Aquilo jamais aconteceria entre Fenris, eles duelavam e resolviam seus problemas com desafios honrados, mas honra não era o forte de ninguém ali pelo que Siegfried percebia... o Fenris estava decidindo que iria tomar uma atitude.

Sem rodeios, Siegfried segue logo após Victor. Caminhava apressado e não tinha expressão de muitos amigos no rosto.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 2575
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Sussurros Solitários em Ter Mar 06, 2018 8:57 am

Forma atual: Lupino

O Lobo escuta as palavras do Alfa com a mais pura expressão de choque, ele simplesmente aceita tudo que é dito por Sentinela-das-Sombras sem discutir, o chama de traidor e abandona a sua matilha. 

*Então ela acha que Sentinela-das-Sombras é um traidor da pior estirpe e simplesmente nos abandona com ele? Ainda bem que ele saiu agora e não frente a um inimigo da Wyrm.* era possível ver a decepção nos olhos do Lupino quando o Ahroun cruza seu olhar com o mesmo. Sem maiores explicações ele simplesmente se foi. 

Ao comentário do Fenris o lobo apenas responde olhando em seu olhos com firmeza:


"- Sim irmão. Está tudo errado, mas nós vamos corrigir isso."


O Lobo então se dirige a toda a matilha enquanto estes estão saindo e fala para que todos possam ouvir: 


"- Se alguma coisa das acusações fosse mentira ou distorcida, ele teria falado. Abandonar a matilha nesse momento me leva a pensar que ele só estava interessado em ser Alfa pelo poder e status que isso traz. Eu vou disputar a liderança da matilha pois não vejo outro caminho. Mas antes gostaria de fazer uma pergunta: - Quem aqui está disposto a ficar nesta matilha e resolver todos os problemas e alguém tem algo contra a minha liderança?"


O Lupino fala em alto e bom tom para todos e vai seguindo junto matilha esperando sua resposta.
avatar
Sussurros Solitários

Mensagens : 496
Data de inscrição : 04/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cólera-de-Balder - Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por NarraDiva em Ter Mar 06, 2018 9:08 am

O Fenris ouve as palavras do Lupino e diz: 

‘- Cólera-de-Balder disputar a liderança mas abrir mão de Lobo for escolhido pela matilha.’
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 2575
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Victor Montenegro em Ter Mar 06, 2018 9:11 am

'- Não sairei dessa matilha a menos que seja retirado e, aos que tenham a coragem de ficar e lutar, tenho certeza que resolveremos nossos problemas e daremos a volta por cima. Quanto à sua liderança, caso vença o desafio, terá a minha lealdade e o meu apoio e espero o mesmo de você caso eu vença.' - responde sério durante o caminho até a clareira.
avatar
Victor Montenegro

Mensagens : 598
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 32
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Sombra-da-Coruja em Ter Mar 06, 2018 10:15 am

Forma Atual - Lupino

Hadrian escuta as palavras de Legado-do-trovão com um semblante pesado, as palavras eram cheias de rancor e ódio e, o Ragabash sabiam que aquele era o primeiro passo da corruptora ao coração dos filhos de Gaia.

*Coruja, que estas palavras sejam apenas a fúria falando.*

Luke parece projetar seu ódio à toda a matilha, com exceção de Sieg, que dera a brilhante ideia de surrar tudo e a todos.

*Se o alpha não tem discernimento para avaliar cada um individualmente, de fato, não tem discernimento para liderar*

O Peregrino deixa o Senhor das Sombras sair carregando consigo todo seu rancor, ele limita-se a observar, assim como observa a reação de todos.

Victor, demonstrando uma Frieza característica de sua tribo, coloca a questão da liderança no topo da pauta mais rápido que imediatamente, e, para sua surpresa, nota um semblante decidido em Siegfried.

*Cacete, como seria o futuro com ELE como alpha?*

O Lobo então, de sua forma particular, ressalta o comportamento do antigo Alpha, anuncia-se como desafiante e relembra a todos ao compromisso que assumiram para com a matilha, questionando ainda se alguém discorda de sua liderança.

O Ragabash podia concordar que, não se defende o líder sem provas ou sem a admiração de seus liderados, Hadrian sabia muito bem que muitos seguiriam um líder adorado mesmo que fosse falho, bem como seguiriam um líder correto mesmo que não fosse popular, mas o silêncio, o silêncio era a o escudo dos envergonhados.

Cólera-de-balder para sua caminhada e, solenemente apoia a liderança do lobo, desistindo de competir, como temia o pregrino, pela liderança em detrimento de Sussurros-Solitários.

Hadrian estava prestes a emitir sua opinião, quando as palavras de Sentinela-das-Sombras o interrompem.

*Enfim, talvez a pequena sombra queira alçar voos maiores*

Naquele momento, declarar predileção à qualquer lado seria contraprodutivo aos olhos do Ragabash, ainda que soubesse quer teria apoiado ao lobo, um nascido lobo, disposto a entregar à Wyld para salvar um irmão de matilha tão diferente de sí mesmo era uma prova irrefutável que este sabia, ainda que de maneira inata, o que era a essência da liderança.

Ele inspira lentamente e limita-se a dizer:

"- Eu, Sombra-da-coruja comprometo-me a trabalhar para corrigir os erros do passado, tanto meus quanto desta matilha, e, não desejo entrar em nenhuma disputa para a liderança desta matilha."
avatar
Sombra-da-Coruja

Mensagens : 211
Data de inscrição : 18/12/2017
Localização : Belem

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cólera-de-Balder - Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por NarraDiva em Ter Mar 06, 2018 10:27 am

Siegfried parece se chocar quando Victor diz que disputará a liderança. Aquele dia era um dia bem confuso para a cabeça do Ahroun que coça a nuca enquanto tenta, no seu máximo esforço, falar do jeito daquelas tribos fracas:

'- Victor... não faz isso... eu não quero ser líder, mas eu vou ter que disputar pra você não ganhar se você tentar. E eu não vou deixar você ganhar se eu entrar na disputa. Pode qualquer um aqui ganhar, ou melhor, pode o Lobo, o Fianna ou a recém-chegada ganharem, mas você, o lavador de cuecas e o Ragabash não! Olha tudo que a gente ouviu aqui. Eu já ouvi histórias de você desrespeitar assembleia, manchando o nome da matilha na frente do Caern todo, acabou de assumir que abandonou dois irmãos de matilha, por mais imbecis e inúteis que fossem, o que é muito errado... como você quer ser alfa se mancha o nome da matilha em público e deixa irmãos para trás? Prova que o que o que o Luke falou da tua sede de poder é mentira, coloca essa matilha em primeiro lugar e deixa alguém que pode unir ela ser Alfa. Eu não vou conseguir confiar e reconhecer você como meu alfa. Nem com todo esforço do mundo. '

Siegfried fala em tom sério e firme, sem jamais desviar o olhar dos olhos de Victor. Ao contrário das outras vezes, dessa vez o Fenris não tenta intimidar pela força e usa toda sua força de vontade para tentar usar o caminho do diálogo para ver se as tribos mais fracas entendiam desse jeito.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 2575
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por William McLeod em Ter Mar 06, 2018 11:09 am

William, que tinha acabado de chegar, fica pasmo com o desenrolar de tudo. As acusações de Victor, o xilique de Luke, a sabedoria de Siegfried....tudo. E o fato de que iriam ter outra porra de torneio pela liderança, menos de 24h depois do ultimo. Will suspira, desencostando só agora da parede e indo até mais próximo da matilha, já que todo mundo tinha se locomovido em direção à saída e fala, com alto tom:

- Todo mundo enlouqueceu de vez? Caramba...eu saio por algumas horas e, porra...olha isso! Olha pra gente! Enfiados em uma caverna com o rabo entre as pernas, rosnando uns para os outros com medo do que outras matilhas pensam da gente, como se não fossemos capazes de mostrar que somos muito mais do que nossos erros. Nós aceitamos que são as nossas falhas e não as nossas glórias que falarão por nós e isso é uma vergonha. Vergonha para cada um de nós.

O Fianna parecia irritado, mas segue.

- Entre ontem e hoje, quantos irmãos nós perdemos? E quantos deles perdemos por causa de ego? 3 de 4? Nosso alpha acabou de ir embora, o segundo Garou e o segundo guerreiro foda em duas noites, porque a gente deixou o medo falar mais alto do que nossa humildade, nosso sentimento de propósito. Luke  cometeu os erros dele, mas até onde eu saiba quem não tem teto de vidro que atire a primeira pedra... E se não for atirar, a partir desse momento  é bom que tenha a decência e a maturidade de lidar com os erros de seus irmãos unidos, tentando resolver e não apenas apontar. A gente é matilha ou não é, porra?

Não, não erra irritado, era inflamado.

- Quer saber? A gente não vai descer lá pra fazer desafio de porra nenhuma. Eu vou ser o novo alfa da matilha.

A idéia vem de súbito e ele simplesmente exterioriza para seus irmãos, como se fosse a coisa mais óbvia e não totalmente insana que era.

- Victor, você não é confiável. Os últimos dois Garou que deixaram a matilha deixaram por sua causa e você já abandonou as pessoas e tal... Lobo, nada contra você... eu te respeito pra cacete e acho você incrível, mas você não parecia querer liderar ontem quando abdicou pro Luke e você é um lobo num mundo de homens, o que pode ser confuso e bem triste pra você, além de irritante e frustrante. E eu, por algum motivo, as pessoas gostam de mim. O próprio líder da seita veio falar comigo hoje e tal e disse que me achava digno de nota... Eu posso segurar a bronca e  conquistar a confiança que a gente perdeu, tipo...tipo o Frodo indo queimar o anel em Mordor, tão ligado? 
avatar
William McLeod

Mensagens : 85
Data de inscrição : 17/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Sombra-da-Coruja em Ter Mar 06, 2018 11:43 am

Forma Atual - Lupino

O Ragabash escuta o discurso do Fenrir que, surpreendentemente, pela primeira vez, desde que o conhecera, não estava imbuído do escárnio e ignorância usuais, aquilo pega o Peregrino de maneira tão desprevenida que o mesmo não esboça nenhuma reação a nova demonstração de desgosto de Siegrfried.

Os animos novamente se exaltam quando o franzino Fianna ergue sua voz e ressalta que os egos haviam causado tantas perdas quanto a Wyrm, continua seu discurso com uma lógica que Hadrian podia apoiar, ainda que não inteiramente, porém, quando para para tomar ar, o Galliard brada que não existirá competição, que ele tomaria a liderança da matilha sem qualquer tipo de disputa.

*Esse maluco é mais doido que eu pensei*

Hadrian agradece que os lupinos tem uma musculatura facial menor que a dos humanos, pois não sabe se seria capaz de controlar o sorriso que vinha naturalmente a seu rosto, tomar uma liderança por um decreto sem apoio era a fantasia de uma criança.

Will continua tentando embasar melhor seu pleito, e, mais uma vez, o Ragabash via lógica no discurso, porém, já havia cometido sua quota de concessões aquela noite e ele não deixaria nada escapar de sua boca que não tivesse sido devidamente medido, pesado e considerado suficientemente útil para ser dito.

Ele esperava...
avatar
Sombra-da-Coruja

Mensagens : 211
Data de inscrição : 18/12/2017
Localização : Belem

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Sussurros Solitários em Ter Mar 06, 2018 12:01 pm

Forma atual: Lupino

O Uktena observa as respostas que vem seguindo. Cólera-de-Balder declara a sua lealdade e o Lobo troca um olhar cúmplice com seu amigo enquanto fala:

"- Obrigado irmão." 


Depois vem Sentinela-das-Sombras falando que iria sim participar do desafio e prometendo lealdade caso seja vencido. 

*É muito difícil confiar neste Garou. Não conversei a sós com ele e tudo que o escuto são coisas ruins a seu respeito. Ele mesmo admitiu que abandonou os irmãos de matilha, entendo a frustração dele, mais ainda assim não justificam seus atos.*

O Ragabash opta por não participar dos desafios e o Fenris lista uma série de motivos pelos quais ele não acha que Victor seria um bom Alfa e o lobo concorda com todos. 

Eis que então vem o Fianna maluco com seus discursos motivadores. O Lobo gostava muito do Fianna e não conseguia entender o por que. Ele era daquelas pessoas que tem um magnestismo pessoal muito forte e o lobo enxerga nele um excelente potencial para Alfa, mas ele é jovem, impulsivo e louco, tornando assim uma escolha um tanto quanto temerária. E quando o Theurge escuta os argumentos contra a sua liderança, ele os considera sem sentido e responde:


"- Ontem eu estava motivado pelo seu discurso de união e acredita que o antigo alfa era digno. Hoje me foi provado que não e eu realmente acho que posso liderar essa matilha para além dos erros. Também fui considerado digno de nota pelo líder do Caern e já estou trabalhando com o Mestre de Rituais desta seita. Quanto a ser um lobo em um mundo de homes, essa parte eu já aceitei. Posso não entender tudo sobre os macacos, mas somos uma matilha, da mesma maneira que contam comigo em questões sobre a Umbra e os espíritos, eu sei que posso contar com cada um de vocês e com suas habilidades, incluindo o seu conhecimento sobre esse mundo de macacos. E eu continuo na disputa pela liderança, estou aqui desde o fundamento dessa matilha, conjurei o Elefante pela primeira vez e até hoje não falhei com nenhum de vocês."
avatar
Sussurros Solitários

Mensagens : 496
Data de inscrição : 04/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Requiem - Olhos da Tempestade

Mensagem por Angelique T. Albrecht em Ter Mar 06, 2018 12:30 pm

Forma Atual: Lupina

As palavras do Alfa surgem com um sutil punho errado e agora a Galliard via que seria possível um frenesi do Alfa, o que ia ser mais divertido do que se Cria de Balder entrasse em frenesi. Assim que Legado do Trovão se levanta, a Impura já imaginava um frenesi que poderia arrancar um braço de Sentinela das Sombras para que ele fizesse par com Skull Head e ganhasse o desprezo de Sussurros Solitários, assim como era com o theurge Filho da Barata.

A Galliard não intercede a favor e nem contra o Alfa da Olhos da Tempestade. Não imaginava que dois Senhores das Sombras iriam se confrontar assim, na frente de todos os garou a matilha. Imaginava que havia alguma união dentro da tribo, mas a fama dos filhos do Avô Trovão os precedia de uma forma bem estranha. O que é mais estranho ainda era que Legado do Trovão aceitava ser destituído como Alfa da matilha. Nem explicaria tudo o que era dito por Sentinela das Sombras? Era um engodo entre os dois para apenas mudar de mão o cargo de Alfa? A saída de Luke da Olhos da Tempestade não a impressiona de modo algum.

Quando Luke encara Angelique, que estava em lupino, ela meneia a cabeça em tom positivo ao ex Alfa. Não tivera nenhuma oportunidade de ter uma relação com o Senhor das Sombras e de realmente conhecê-lo, isso se fosse possível conhecer de verdade um Filho do Avô Trovão. Mas não desejava que a saída de Legado do Trovão ocorresse daquela forma.

Como juiz da matilha, Victor já dá algumas diretrizes sobre o que fazer para poder terem um Alfa e continuarem com a reunião. Angelique não se move de pronto e apenas aguarda um instante para verificar o que aconteceria depois da saída de Luke.

*E como está tudo errado. Pelo Falcão...nos dê sabedoria para lidar com essas situações.*

Segundo a pergunta de Sussurros Solitários, Angelique aguarda as respostas de todos os garous e se impressiona que o Cria aceitava que ela fosse a Alfa. E as palavras duras do Cria de Fenris eram cheias de sabedoria. Aquele Ahroun cheio de fúria não parecia saber só esmagar coisas e pessoas. Mas Will tinha uma sabedoria que faltava e muito para todos daquela matilha, apesar de ser Fianna e do último comentário sobre Frodo ir queimar o anel, nesse caso, ela se lembra de Pantaneiro sendo estuprado pelo cara que a matilha tinha que ter matado na noite anterior.

Depois de quase todos terem falado, ainda esperavam as palavras de Skull Head, Angelique diz:

-Eu cheguei agora e para mim é impossível sair desta matilha. Quero ajudar a resolver os problemas que temos e os que teremos. Na verdade, não tenho nada contra aquele que vencer o desafio pela liderança. Na verdade, também vou disputar a liderança.

Cada qual tinha uma resposta e Angelique analisa todas, e agradecia ter escolhido ficar em lupino. Suas feições em hominídeo a denunciariam e isso seria um problema.
avatar
Angelique T. Albrecht

Mensagens : 300
Data de inscrição : 25/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Victor Montenegro em Ter Mar 06, 2018 12:40 pm

O Philodox se prepara para responder Siegfried, mas é interrompido pelo rompante do Fianna. Victor olha para aquela cena e não tem como não deixar escapar um sorriso. Ele balança a cabeça diante daquela discrepância de emoções existentes entre o Lobo e o Galliard e da súbita "delicadeza" de Siegfried e diz:

- Não se preocupe, Siegfried. Eu nem mesmo posso concorrer. Pelos meus atos na pequena assembléia eu prometi me abster de concorrer ao cargo de alfa enquanto nao recuperasse minha honra. No calor do momento falei o que não devia. - o Philodox bate no ombro do Ahroun e sorri de forma polida, não parecendo se incomodar com o que o Fenris disse sobre ele.

Vira-se então para o Libo, Will e para Angelique que acabava de se manifestar e fala:

-Vocês três participarão do desafio pela liderança então? Se sim dêem um passo a frente e eu mesmo regerei este desafio. Não ha necessidade de envolver outros garous dessa seita.
avatar
Victor Montenegro

Mensagens : 598
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 32
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Skullhead (Hominídeo) - Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por Skullhead em Ter Mar 06, 2018 12:44 pm

O silêncio toma conta enquanto esperavam que o Alpha falasse alguma coisa, mas é o Cria de Fenrir que toma a situação e... bem, era um Ahroun dos Crias, né? Siegfried queria enfiar a mão na cara de todo mundo, achando que isso iria dar um pouco de respeito a matilha naquele momento. Ele realmente se achava o Garou mais forte do universo? Skullhead começava a acreditar que existia uma patologia comum nos cérebros da Tribo, era a única explicação para Siegfried realmente acreditar que ele era imbatível ao ponto de somente ele resolver todos os problemas da matilha apenas com a força de seus punhos.

O Alpha interrompe o sadismo do irmão de augúrio e toma a palavra, não para se defender das acusações de Victor, mas para desistir de vez da matilha. Ele não só aceita as acusações e se já considera deposto do cargo, como também anuncia que estava fora da matilha. O Alpha parecia zangado com todos ali... mas o que ele queria que todos fizessem? Esperavam uma posição dele, mas, ao invés disso, ele se comporta como um cão medroso, colocando o rabo entre as pernas e se retirando dali. Parecia uma criança mimada quando perdia sua bola preferida; aparentemente, da liderança, Luke queria apenas os louros.

Skullhead mexia as mãos frenticamente, sem saber o que fazer com elas... poderia socar algo, como Siegfried fizera, talvez esganar a porra do Philodox que sempre aparecia com a porra de um cacete de uma surpresa que desmoronava tudo mais uma vez! E, como sempre, o Senhor das Sombras era frio, como se tivesse planejado tudo aquilo, anunciando que deveriam fazer um novo desafio. Nesse instante, o Theurge só consegue repeti para si mesmo:

'- Puta que pariu, manolo...'

O lobo se coloca à disposição da matilha. Siegfried também se propõe a participar do desafio, cedendo caso a matilha ovacionasse o Uktena como seu novo Alpha. Sentinela-das-Sombras também se coloca, o que faz o Andarilho olhar de imediato para ele. Victor realmente achava que uma liderança dele levaria a matilha para um rumo certo? Skullhead queria gargalhar naquele momento, mas as palavras de Siegfried lhe roubam o ar.

*Ele está conseguindo pensar mais uma vez com o cérebro no lugar dos pulsos!*

O Cria de Fenrir consegue reunir um pouco de seu discernimento e fala boas verdades na cara do Juiz. Era impossível confiar nele, não depois de todo o que foi feito. O Andarilho, apesar de relevar o abandono em virtude de uma convivência neutra pelo menos, não poderia se ver sendo liderando por alguém como Sentinela-das-Sombras. Havia ali muita impulsividade; eles precisavam de alguém mais direto, que pudesse guiar a todos. O único Garou que parecia cumprir esse papel, apesar de lhe odiar profundamente, era o Uktena.

*É a nossa única salvação...*

Estava certo disso, mesmo depois do discurso do Fianna. Will se inflamava com suas palavras bem colocadas, suas opiniões heróicas e pouco fundamentadas na realidade do mundo em que viviam. Ele se desandava mais ainda quando tentava propor a insanidade de se instituir o Alpha da matilha a força. Ele tinha tomado os remédios controlados do dia, por acaso?

*Esse Fianna bateu a cabeça na porra de uma pedra grande pra caralho, vei!*

O lobo se defende das acusações do Fianna de maneira exemplar. Depois daquilo, o Theurge precisava falar, mas antes a novata se propõe a participar também dos desafios. Aquilo era tão estranho quanto a inscrição de Sentinela-das-Sombras para a liderança... ok, talvez nem tanto, mas era impossível não imaginar que seria difícil para a novata comandar corações já tão amargurados. O Senhor das Sombras, inclusive, retoma suas palavras e retira sua candidatura, já que ele mesmo estava impedido. Skullhead olha, percebe que faltava apenas ele a falar, e diz:

'- Eu não vou me meter nesses desafios, não me vejo com a moral pra meter o bedelho nessa porra aí... mas eu preciso dize que eu não consigo ver outro nome melhor do que o lobo... O lero-lero do Fianna aí não me convence... Eu até poderia acreditar nesse papo na noite passada, mas depois do que esse lobo fez por mim e de como ele conseguiu passar por cima de tudo que acredita para manter a situação sob controle... Caralho, não tem como pensar que ele não seja a cabeça mais sensata dentro desta caverna!'

Ele olha para o lobo e fala pra ele:

'- Tu pode tá puto comigo ainda, Sussurros... eu não lhe julgo por isso; foi por causa da minha fraqueza que você precisou ceder a seus princípios... mas saiba que se venceres o desafio, eu vou tá do teu lado pra gente resolver a porra dos nossos problemas e elevar a estima dos filhos de nosso Totem.'

Ele fala sem expressões. Não havia sentimentalismos, apenas a certeza que aquilo era o certo. Ele espera que os competidores se aproximem e que o Senhor das Sombras diga o desafio.
avatar
Skullhead

Mensagens : 444
Data de inscrição : 02/07/2017
Idade : 23
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Requiem - Olhos da Tempestade

Mensagem por Angelique T. Albrecht em Ter Mar 06, 2018 2:46 pm

Depois das palavras de Victor, Angelique dá um passo à frente. Concorreria com o Theurge e com o Fianna e não tinha a menor ideia das habilidades dos dois. Will pior ainda, já que com o lupino ela sabia que ele era avesso à weaver, como todos de sua raça que ela conheceu até hoje. Ela então para o lobo e depois para o Fianna, esperando que eles dessem o pontapé inicial na disputa pela liderança da matilha.

Antes que o Fianna e Lupino finalmente se coloquem para a disputa, Skull Head então fala que não participaria do desafio e manda seu apoio para Sussurros Solitários. A Impura nada responde quanto a isso, apenas aguardava seus irmãos de matilha que iriam participar da disputa pela liderança.
avatar
Angelique T. Albrecht

Mensagens : 300
Data de inscrição : 25/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Sussurros Solitários em Ter Mar 06, 2018 2:58 pm

Forma atual: Lupino

O Lobo apenas assente com a cabeça e toma a sua posição esperando o desafio dado pelo Philodox.
avatar
Sussurros Solitários

Mensagens : 496
Data de inscrição : 04/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por William McLeod em Ter Mar 06, 2018 3:15 pm

William abre um sorriso sincero para o lupino e vai até ele, dando-lhe um abraço de lado e falando:

- então vamos lá, caralho, disputar essa porra e fazer história lobitcho! Não quis te desmerecer não... Vai ser uma honra disputar com você e, pra ser sincero, acho que o Skull tem razão. Você tem mais juízo do que eu e vai dar um alfa com a cabeça no lugar...mas eu acho que tenho mais coração. Vambora?

E não é que ele excluísse a Presa, mas ele ainda nem registrará a existência dela.
avatar
William McLeod

Mensagens : 85
Data de inscrição : 17/09/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Sombra-da-Coruja em Ter Mar 06, 2018 3:24 pm

Forma Atual - Lupino

*CARALHO QUE ESSES PRESA DE PRATA SÃO MALUCOS MESMO.*

Hadrian se espanta quando Requiém se candidata a líder daquela matilha, a falta de empatia que aquela Garou demonstrava desde o instante em que se conheceram era algo que ele deveria levar em consideração no futuro.

Logo após, Victor parece se lembrar de algum compromisso que o impedia de concorrer a liderança da matilha e se abstém da disputa, porém, os outros concorrentes se mantinham.

Skullhead também se pronuncia, e, após ressaltar os feitos do lobo na umbra naquela manha, revela não ter intenção de concorrer e também demonstra sua clara predileção ao lobo.

*Existe uma clara predileção aqui, que bom que também é a minha*

Confirmando ainda mais seu pensamento, vê Will, que disputaria a liderança avançar até o lobo e, quebrando o clima de tensão abraça o lobo e solta uma brincadeira com o mesmo, admitindo que até este concordava que talvez o lobo seria a melhor escolha.

*Pode ser um maluco, mas é um maluco que essa matilha certamente precisa*


Porém, não pode deixar de notar que este ignorara completamente a existência de angelique.

Enquanto aguardava Victor anunciar o desafio, observa a expressão e reação daquela presa de prata tão peculiar.
avatar
Sombra-da-Coruja

Mensagens : 211
Data de inscrição : 18/12/2017
Localização : Belem

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cólera-de-Balder - Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por NarraDiva em Ter Mar 06, 2018 9:55 pm

William é o primeiro a falar depois de Siegfried. O Fianna sabia usar as palavras e até mesmo o Fenris tinha que admitir que ele era bom nisso. Sua cabeça concordava com algumas palavras do Fianna até a hora em que ele mostra colhões e praticamente toma a liderança pra si. Mesmo sem ter sucesso na ação, o Galliard ganha pontos com o Fenris que diz:


'- Gostei Fianna... mostrou que tem bolas mesmo querendo de queimar o anel.'


Sussurros-Solitários então evita o golpe Fianna. O Fenris concorda com a cabeça com cada palavra dita pelo Lupino e ainda reforça:


'- A Lobos Incansáveis só tem lobos e tem nome melhor e mais feitos que a Olhos da Tempestade.'


Angelique é a terceira a se manifestar na disputa, e a última da lista de Alfas possíveis de ser aceitos por Siegfried. Como ninguém mais se candidata, o Fenris satisfeito não mantém intenções de disputar pela liderança. Depois de Skullhead lançar apoio ao Lobo, o Fenris cruza os braços e se posiciona de um ângulo para enxergar melhor Victor apresentar os desafios para os três concorrentes ao posto vago de Alfa da Olhos da Tempestade.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 2575
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Victor Montenegro em Ter Mar 06, 2018 9:59 pm

Victor olha para os 3 participantes, dá um ultimo trago do seu cigarro, apaga, e, assumindo uma postura mais solene, diz: -Muito bem. Três desafiantes se apresentam, mas muitos são os problemas dessa matilha. - O Philodox encara um a um com estranha profundidade e segue: 


-Me furto aqui de perguntar "O que cada um de vocês estaria disposto a dar por essa matilha ou por essa liderança?." pois sei que por senso de dever ou por bravata todos responderiam que entregariam a própria vida sem pestanejar, pois esse é o destino de um membro e este é o dever de um alfa... - O tom de Sentinela-das-Sombras, em contraste às palavras ha pouco ditas, não denotam qualquer jocosidade ou deboche. Ele fala com pura convicção e continua a delinear o desafio:


-Ao invés de questionar-lhes sobre esta inútil questão, resolvo por por-lhes à prova diante do que de fato se apresenta. - mais uma vez, encara os três e diz sem qualquer embargo ou incomodo na voz:


- Somos uma matilha mal falada, por vários desonrada e com muito a resolver. Assim sendo, o desafio que ora é lançado aos três testa as suas verdadeiras capacidades e intenções... - Victor passa o olhar por todos enquanto diz:

Para que todos saibam, estas são algumas das questões que assombram a Olhos da Tempestade:

- Desafeto com as Furias Negras
- Visões do futuro que mostram a queda do Boitatá e a possivel relação com o julgamento de Estrela-da-Manhã
- Infestação de Vampiros do Sabá na Zona oeste
- Precisar resgatar um filhote de elefante doente do zoológico
- Descobrir e exterminar os traficantes de marfim 
- Destruir o Espectro da Mulher de Branco
- Matar o traficante de mulheres e descobri informações para desmantelar essa rede de tráfico
- A necessidade de um novo ponto de encontro
- A recomposição da imagem da matilha e de seus membros
- O ingresso da matilha na aliança da Zona Oeste


... -O Meia Lua faz uma pausa para que todos absorvam e percebam a real situação e segue dizendo:

-Como podem ver, não são poucos os desafios a serem enfrentados...

O jovens Fostern olha por um momento para fora da gruta e fala de forma sóbria:

-Pois bem. Por esta raźão, o desafio lançado é o seguinte: Vocês terão 1h para conseguir com os membros desse caern, com os seus contatos, irmaos, espiritos ou qualquer outro meio; instrumentos ou auxilio para a solução desses entraves. Pode ser um conselho de real e prática utilidade, uma arma espeçífica, um amuleto, fetiche, informação ou mesmo uma promessa de que virão ao nosso auxílio quando chamados, não importa. Desde que façam real diferença e auxiliem, de fato, a matilha na resolução dos seus problemas será contabilizado. O garou que, sem sair do Caern, for capaz de conseguir a maior quantidade de auxílios ou benesses para a matilha sem comprometer uma contraprestação da Matilha, será o vencedor. - Victor olha uma ultima vez para cada um dos competidores e diz solenemente:

- O desafio está lançado. Comecem.
avatar
Victor Montenegro

Mensagens : 598
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 32
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Sussurros Solitários em Ter Mar 06, 2018 11:22 pm

Forma atual: Lupino

O Lobo escuta atentamente as instruções do Philodox e balança a cabeça em concordância enquanto pensa: 

*É uma ótima ideia. Não me oponho a adiantarmos algumas coisas, eu já comecei a trabalha nisso tudo durante o dia.*


O Lobo então dirige-se a Cólera-de-Balder e fala:


"- Irmão, você pode me ajudar? Conseguir ajuda com alguém de sua tribo em meu nome? Eu confio em você e farei o que você disser que preciso fazer para que isso aconteça. Eu vou conseguir mais coisas. Conto com você!"


O Lobo sai então em disparada pela trilha até a Clareira Central.
avatar
Sussurros Solitários

Mensagens : 496
Data de inscrição : 04/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 11 Anterior  1, 2, 3, 4 ... 9, 10, 11  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum