Clareira Central

Página 4 de 40 Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 22 ... 40  Seguinte

Ir em baixo

Clareira Central - Página 4 Empty Skull-Head (Hominídeo) - Matilha Olhos da Tempestade | Pantaneiro

Mensagem por Diogo'Papo-Reto' Moncorvo em 16.08.17 14:11

Eles chegam na clareira reunidos. Skull-Head tira da bolsa um beck, acendendo-o enquanto observava o lobo ir até a pilha de comidas e trazer uma carcaça inteira de comida. O Theurge baforava a fumaça, rindo da situação. O maior quinhão era do Alpha, segundo a lei dos lobos, ou seja, Luke teria que abocanhar a sua parte.

O Andarilho ainda estava cheio, então permanece fumando a ponta e decide oferecê-la ao grupo. Ele oferece para o Pantaneiro, num sinal claro de trégua. O cara era um cuzão, mas ainda era um cuzão de sua matilha:

"- Dá um pega aí, xomano. Bora aproveitar o final da madruga!"
Diogo'Papo-Reto' Moncorvo
Diogo'Papo-Reto' Moncorvo

Mensagens : 687
Data de inscrição : 02/07/2017
Idade : 25
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 4 Empty Tomás - Tarek

Mensagem por Convidado em 16.08.17 14:29

Tomás é capaz de perceber quando Tarek se aproxima e remove o Headphone para ouvir o colega de matilha, mas não deixa de encarar o prato, enquanto o Peregrino começa a falar Tomás responde com um. - Eu estou satisfeito em comer apenas esta quantidade de comida.-"

Antes que Brilho-dos-Sonhos pudesse prosseguir com o assunto, uma Ponte da Lua é aberta e uma quantidade imensa de garous saem dela, mesmo que o Andarilho do Asfalto nunca tivesse visto uma ponte pessoalmente, sabia do que se tratava e achava a quantidade de garous que saia dela muito maior do que esperava. 

Haviam garous belos e outros nem tão chamativos, haviam alguns que indicavam nobreza e orgulho e outros não tão aparentemente orgulhosos ou nobres, havia ali também uma que parecia se destacar pela postura e beleza excessiva, ela se apresenta individualmente e esta a procura de Kiba, apesar de haverem outros garous que se destacavam visualmente, Tomás observa um rapaz moreno com traços diferentes dos habituais para o próprio Brilho-dos-Sonhos, (Renan Mattos) e sem saber bem o motivo, o acha atraente. "- Sinceramente, eu nem acredito que a Impura Perfeita ainda é um segredo, todos já sabem da quebra da Litania, todos já sabem que nossa matilha esta com problemas mais graves que apenas a gravidez de um impuro e agora esta tropa chegando... Tem que ser muito imbecil para sequer não cogitar esta possibilidade. -" Tomás então toma um gole do suco e corta mais um pedaço de carne e a ingere. "- Acho que eles tem alguma boa ideia do que esta acontecendo... Você... quer ir lá falar com algum deles? -"

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 4 Empty NARRAÇÃO - TODOS NA CLAREIRA CENTRAL

Mensagem por NarraDiva em 16.08.17 14:37

Após a saída dramática, o retorno não é no centro das atenções. Poucos são os que prestam atenção no retorno da Olhos da Tempestade. Haviam novos Garous chegando, uma clareira muito cheia, comida e bebida abundante. Três filhotes impuros, os três nascidos sob a Lua Gibosa, pegam tambores e começam a fazer um batuque ritmado ali na clareira central. Alguns Garous começam a dançar próximos a fogueira.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 36
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 4 Empty Pacificador | Guardião-Ancestral - Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por NarraDiva em 16.08.17 14:39

Pacificador seguia próximo à Guardião-Ancestral. O juiz tinha reagido muito bem ao discurso do Ragabash e observava os rumos da matilha naquele momento. O Presas de Prata seguia quieto e calado.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 36
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 4 Empty Âmago-de-Gunnr - Brilho-dos-Sonhos | Sussurro-da-Noite

Mensagem por NarraDiva em 16.08.17 14:40

Sarah se aproxima e para a uma distância curta de Thiago e Tomás. Ficava parada em posição de observação com os olhos fixos em Thiago 100 por cento do tempo. A Fenris levava suas missões bem a sério.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 36
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 4 Empty Fúria-Justa-de-Esteno | Mãe-da-Fúria - Asa-Solitária | Cordas-Trêmulas

Mensagem por NarraDiva em 16.08.17 14:43

Mãe-da-Fúria resolve deixar a matilha conversar e diz:

'- Vou comer mais alguma coisa e deixarei vocês conversando em particular.'

Se despede e segue para perto da comida. Helenna então olha para Kiba e Grace:

'- Mas então, quem é o restante da matilha? E quais são os nossos planos. Eu preciso ter uma noção de onde estou chegando para também desempenhar melhor a minha função de guardiã de Cordas-Trêmulas, além de colaborar com a matilha, evidentemente.'
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 36
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 4 Empty Deganawida - Rugido-das-Almas-Guerreiras

Mensagem por Deganawida "Degan" Oneida em 16.08.17 14:44

Deganawida escuta as palavras de seu irmão de tribo. O Galliard parecia orgulhoso de fazer parte de uma matilha inteiramente composta por nascidos nas 4 patas. Em seguida, Rugido lhe lança uma pergunta sobre os estrangeiros com quem compartilhava a matilha.

Tsc...

" - Os estrangeiros são difíceis de lidar. Tivemos problemas em nossa primeira noite e tive de participar de um julgamento... Mas o caminho do Wendigo não é um caminho fácil. O Aro Sagrado nos ensina a compartilhar e ensinar os modos de Gaia como podemos, mesmo que eles sejam indisciplinados. Não podemos parar o Apocalipse sozinhos. Mesmo que o Grande Wendigo seja forte e terrível para a Serpente de Chifres."

A fala de Degan é simples mas passa bem o modo como vinha encarando a missão do Aro Sagrado. Ele odiava as violações da Litania, detestava estar longe de seu povo e especialmente o calor daquela cidade, mas ele tinha uma missão para com Gaia, a Wyld e seu povo e não desistiria dela. Mesmo que essa missão envolvesse participar daquela matilha de estrangeiros...

" - Meu coração se alegra em saber que há uma matilha de nascidos lobos nesta cidade. Fico feliz por você Rugido..."

O Philodox fica intrigado com a região onde a matilha de lobos agia. Eles também lutavam com um vampiro que mexia com sombras... Ou melhor, que não possuía nem sombra e nem reflexo. Além deles, havia vampiros serpentes... Será que seu irmão poderia saber de alguma coisa? A região das matilhas também era semelhante...

" - Irmão, eu acho que nossos inimigos devem ter relações. Um dos vampiros que buscamos é chamado de "Bispo Ian Lincoln". Ele não tem sombra nem reflexo. Você ouviu falar desse nome? Além desse Bispo, há um grupo de vampiros serpentes, que ficam com pele escamosa e língua esquisita como de uma cobra. Já viu alguma coisa assim?"

 Deganawida aguarda a resposta de seu irmão Galliard. Dependendo do teor, talvez seria interessante avisar Asa-Solitária antes de planejarem a invasão naquele hospício que o Peregrino havia falado...
Deganawida
Deganawida "Degan" Oneida

Mensagens : 496
Data de inscrição : 01/07/2017
Idade : 44

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 4 Empty Rugido-das-Almas-Guerreiras - Sangue-dos-Quatro-Ventos

Mensagem por NarraDiva em 16.08.17 16:14

Quando Degan fala em Bispo, o Galliard rosna raivoso. A simples menção ao Bispo da Zona Oeste havia irritado o Wendigo que diz:

'- Sanguessuga maldito... ele mandar nos outros sanguessugas que espalhar Wyrm no território. Ser muito poderoso, matar minha alcatéia. Jurar vingança, mas sanguessuga covarde se esconder. Maldito não ter honra. Dever ser destruído.'
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 36
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 4 Empty Pantaneiro - Olhos da Tempestade / Skull-Head

Mensagem por Convidado em 16.08.17 16:20

Pantaneiro vai escutando atentamente em seu canto as palavras que colocava fim aquela situação. A ordem para voltar a Clareira central é dada e Pantaneiro segue junto com a matilha. Ao chegarem o lobo sente atraído pela comida e mais do que depressa pega um pedaço de carne fresca e joga para o Alpha seguindo as leis da litania.

"Se tivesse assada, seria melhor..."

Não saberia como Luke reagiria, mas a situação era engraçada e por mais que fosse engraçada, não daria ao luxo de rir. Ainda estava um pouco chateado.

Eis que então sua atenção é quebrada com Skull-Head lhe oferecendo um baseado para terminar a noite.

"Porque ele ta fazendo isso?..."

Depois de tudo que falou pro Theurge, ele ainda demonstrava compaixão com aquela atitude lhe oferecendo o cachimbo da paz. Era melhor mesmo que aquele desentendimento saísse na urina e convivessem bem. Havia exagerado e só agora percebia aquilo, apesar de que tinha lá suas razões.

Estendeu a mão pegando o baseado dando um sorriso ainda contido para o Andarilho enquanto acenava positivamente concordando sobre aproveitar o final da madrugada e disse:

- Foi mal ai pelas coisas que falei, xomano. Tive uma noite de merda e acabei descontano no cê, que não merecia isso.

Deu uma puxada forte sentindo bater a suavidade na mente e dando aquela relaxada no stress que tava.

"Preciso de uns desse pra quando eu não tiver minhas catuaba da vida..."

Deu mais uma tragada bruta deixando a vibe bater e passou o beck de volta para Skull-Head dizendo:

- Cê eu te der uma grana, cê num compra uns 200 desse trêm ai pra nóis estocar, não? Pelo menos esses é mais difícil de roubarem, porque minhas cachaça eu deixei aqui 2 minuto e já era. Mais tamém vacilei, porque ninguém tá podeno beber, é óbvio que iam roubar.

Riu um pouco para Skull-Head tentando esquecer a briga que tiveram e criar um novo rumo de amizade.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 4 Empty Legado do Trovão - Olhos da Tempestade

Mensagem por Luke Constantine em 16.08.17 18:11

* Luke escolhe um lugar na festa e observa seus irmãos se reunirem ao seu redor. Ouvia a batida dos tambores e observava a festividade, haviam muitos rostos ali e certamente muitos eram novos, assim como eles próprios. Fica pensando em silencio por um tempo sobre as matilhas que haviam chegado a mando do rei da nação.. não era difícil de imaginar o motivo. *
 
“Impuro perfeito.. essa história mal começou e os problemas já apareceram.”
 
* Pensava em como a matilha havia brilhado ao longo da noite apenas para se deixar consumir em ódio no momento em que apenas deveriam receber a paz que mereciam, e tudo por causa dessa maldita história de impuro perfeito. Isso precisava mudar, a Olhos da Tempestade iria consertar seus caminhos ou cairiam todos. Seus devaneios são interrompidos quando o Lupino simplesmente joga aos seus pés uma peça de carne grande o suficiente para alimentar toda uma matilha de roedores de ossos. Sabia o que aquilo significava, sabia que os nascidos sobre quatro patas não iniciavam o banquete enquanto o líder não começasse a se satisfazer. O Alfa olha para o lobo, olha para a carne crua, olha para o lobo de novo e não se faz de rogado. Rasga um naco generoso de carne crua com as mãos e o leva imediatamente à boca, cortando um bocado com os dentes e mastigando enquanto o suco da carne escorria por sua barba densa. Comenta com naturalidade enquanto comia: *
 
- Vocês deviam tentar, mantem o Garou forte. Quanto mais crua melhor. 

* Estava faminto, fazia quase 10 horas que não comia nada decente. Podia parecer estranho para os outros hominídeos, mas Luke mostrava estar realmente apreciando o momento e a carne era uma dádiva muito bem-vinda. Vai comendo enquanto assiste Skull Head oferecer o baseado recém acendido para o Fianna que momentos antes tentara crescer pra cima dele. O gesto demonstrava a maturidade que havia lhes solicitado e o Alfa assiste a cena com aprovação. Após alguns instantes de glutonia, começa a tratar o que realmente importa, dizendo entre uma mordida e outra: *
 
- O que o lobo descobriu é preocupante. Vai ser bem foda dar cabo nesse Espectro enquanto não tivermos o corpo que a Theurge usou. Da forma como eu vejo a gente tem duas chances aqui.. ou a gente lida primeiro com a Viúva Negra e tira dela a parte ritual que vai nos levar até o corpo, o que deve ser o caminho mais direto, ou a gente chega no corpo por meio mais, mundanos..
 
* Se abaixa no meio da frase, rasga mais carne com as mãos e novamente tira um naco com os dentes. Mastiga algumas várias vezes antes de continuar: *
 
- Os caras que morreram primeiro trabalhavam no mesmo lugar e parece que eram uns filhos da puta. Não duvido muito que em algum momento eles devem ter passado do ponto e acabado matando uma mulher em alguma “festinha coletiva”. Se isso aconteceu, eles devem estar linkados com a mulher de branco e foi por isso que morreram primeiro. Podemo investigar isso, o Derek viu o Espectro, dá pra fazer uma busca de mortos ou desaparecidos no perfil dela.. se a gente descobrir quem é, a gente dá um jeito de achar um objeto pessoal e depois é só deixar a pedra caçadora fazer o trabalho sujo..
 
* Eram especulações mas o Alfa achava a possibilidade bastante crível. Falava sobre isso num tom de naturalidade, sem se preocupar se suas mãos e barba sujas de suco de carne geravam qualquer estranheza. *
Luke Constantine
Luke Constantine

Mensagens : 556
Data de inscrição : 28/06/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 4 Empty Kiba Valentine (Lupino) - Helenna / Grace

Mensagem por Kiba Valentine em 16.08.17 18:17

Kiba escuta Mãe da Fúria se despedindo e acena para ela com a cabeça, seguindo seu olhar em seguida para Helenna que perguntava sobre a matilha.

- Estão espalhados pela Clareira.... Você vai conhece-los logo.... Quanto aos nossos planos. Temos um buraco de malditos para invadir a pedido do Totem da matilha e alguns vampiros para caçar. Essa situação dos sanguessugas é bem mais complicada do que consigo descrever.

- Basicamente um dos nossos foi sequestrado enquanto investigávamos uma série de assassinatos em Campo Grande. Ele foi torturado pelo maldito e acabou sendo amaldiçoado por ele. Estamos tentando descobrir o que fazer, mas por enquanto ele está sendo vigiado por espíritos e pela juíza da nossa matilha.

- Esse vampiro parece que “deu” informações pro nosso amigo dizendo que havia um outro vampiro importante escondido na cidade. Nos passou o endereço do local e eu pedi pra nossa Theurge dar uma investigada.

- Existem outros vampiros também que parecem ser os líderes dessa cidade. Os espíritos dizem que são o Rei das Sombras e o Rei da Noite e um vai suceder o outro, mas quanto a esses aí não temos mais informações.


Kiba faz uma pausa e sacode a cabeça, tentando aliviar a dor na garganta devido a voz do chacal e depois olha para Helenna e Grace, esperando para ver se alguma delas diria algo.
Kiba Valentine
Kiba Valentine

Mensagens : 529
Data de inscrição : 26/06/2017
Idade : 22

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 4 Empty Re: Clareira Central

Mensagem por Convidado em 16.08.17 18:33

Grace lança um olhar interrogativo para Kiba ao ver a expressão dele, mas depois de um pouco de raciocínio consegue entender o que ele havia esquecido.

Senta-se ao lado dele, ainda com seu copo de suco e seu lanche que oferece a ele antes de começar a ouvir sobre a conversa com o Fenris, franzindo os olhos perplexa.

- Legal?! Isso é algo bem inesperado, mas algo muito bom. Temido como Vulcões deve ter visto a sinceridade de suas palavras e a honestidade de sua honra - dá um sorriso encorajador para ele - vamos a demostrar de novo, e recuperá-la.

Com o pedido de Helenna, Grace se levanta novamente, olhando-a com simpatia e começa a falar da Matilha, em uma apresentação completa de Galliard.
- Além de nós três, a Matilha Asas da Esperança é formada pelo Beta Sangue dos Quatro Ventos, Philodox dos Wendigo, pela também Philodox  mago de Gunnr, Forsten dos Crias de Fenris, e pela Theurge Olhos do Caos, Forsten dos Senhores das Sombras. Há dois Ragabashs, 99 Centavos, dos Roedores de Ossos e Brilho dos Sonhos, dos Andarilhos do Asfalto, além do meu irmão de augúrio, Sussurros da Noite, dos Peregrinos Silenciosos. Vamos apresentá-la a todos eles. Nossa prioridade nesse momento é derrotar esse Maldito que vive num buraco perto desse Caern, depois, voltaremos a lidar com os vampiros. Estamos enfrentando noites difíceis, mas imagino que tenha vindo preparada para elas

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 4 Empty Deganawida (lupino) - Rugido-das-Almas-Guerreiras

Mensagem por Deganawida "Degan" Oneida em 16.08.17 19:20

Esse vampiro deve ser mesmo poderoso... Desgraçado. Precisaremos de cuidado dobrado para acabar com ele já que a matilha de lupinos também tenta há algum tempo e não conseguiu. Tsc. As minhas suspeitas de que o lugar de Sussurro é uma armadilha só aumentam.

" - Vou falar com meu alfa e vamos tentar unir forças irmão. Ele também é nosso inimigo. Sua alcatéia será vingada, pela glória do Grande Wendigo!"

As palavras de Degan são sinceras: era bom saber que compartilhavam um inimigo na área. Com a reunião de líderes de Matilha, ele tenta pensar em um modo de fazer Asa-Solitária encontrar o alfa dos Lupinos. Algum plano de ataque em comum poderia funcionar se eles estudassem e tivessem mais informações com quem já combate na região.

Isso lembra Degan da maior arma que teriam: a Dança do Sol. Espíritos de Katanka-Sonnak ficariam mais do que felizes em transformar os malditos sanguessugas em uma pilha de cinzas.

" - Rugido, faremos a Dança do Sol? Katanka-Sonnak vai ficar feliz em nos ajudar. Há outros rituais que gostaria de aprender com você durante o dia. Podemos treinar juntos."

Ele deixa o assunto dos Uktena para um pouco mais tarde. 

Um pouco afastado, Deganawida observa os novos convidados chegarem aos poucos e três indivíduos assumirem a percussão. Alguns Garou dançam... Apesar de não ser a mesma coisa, o Canadá é a Reserva 41 surgem na mente do Wendigo e ele precisa se concentrar no que estava fazendo. O sentimento brasileiro da saudade chegava ao Philodox.
Deganawida
Deganawida "Degan" Oneida

Mensagens : 496
Data de inscrição : 01/07/2017
Idade : 44

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 4 Empty Re: Clareira Central

Mensagem por Kiba Valentine em 16.08.17 19:38

Kiba vê Grace sentando ao seu lado e já se prepara para deitar, mas a Fianna lhe oferece um pouco de suco. O Ahroun estava realmente com sede, mas iria acabar babando todo o corpo da Galliard. Ele sorri quando ela fala sobre ele ter reconhecido sua honra e inconscientemente balança a cauda.

Logo que a Fianna começa a apresentar a matilha, Kiba deita no chão e fica escutando elas conversarem.
Kiba Valentine
Kiba Valentine

Mensagens : 529
Data de inscrição : 26/06/2017
Idade : 22

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 4 Empty Re: Clareira Central

Mensagem por Victor Montenegro em 16.08.17 20:14

Victor chega à Clareira Central com seus companheiros e esta está repleta de novas caras recém chegadas. *Notícia ruim viaja rápido.* Vê o Lobo trazer um grande pedaço de carne crua e jogar aos pés do Alfa, que arranca um naco e come sem grande cerimônia enquanto discorre sobre a situação da Mulher de Branco.

Não fosse a dor pulsante que sentia, Victor estaria com seu típico sorriso e cara de quarta-feira observando a situação, mas sua boca doia e seu nariz (ou o que sobrou dele) latejava, entao a expressão do Philodox não era lá das melhores. Ainda assim, ao fim das palavras de Luke, acrescenta:

"-As vidimbas esdabam condectadas borguê abusaram de barias beninans que boram na benção da viúba dêgra. Eu e Anlef gonceguimos a aliannça de umba das viúbas. Gom o ridual da Bedra, bodemos usar o andél e ele dos levanrá adé a Esbiral."

Assoa com um pouco de dificuldade o sangue do nariz *Puta que pariu, to parecendo um pato falando* e continua:

"-Sbybot pode endrar do zisdemba da bolícia e buscar por algumba mbulher morta gon a desgrição do ebectro e gue o corpo bostrasse sinais de abuso. Ze ele conseguir engontrar, bodemos desgobrir onde ela voi enderrada."

Termina de falar alternando o olhar entre Luke e Spybot.
Victor Montenegro
Victor Montenegro

Mensagens : 906
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 4 Empty Re: Clareira Central

Mensagem por Derek Spencer em 16.08.17 20:21

Spybot - Olhos da Tempestade / Skull / Pantaneiro

Seguia junto com seus irmãos de matilha para a Clareira Central do Caern, via que o clima na matilha estava mais leve, tudo parecia bem mais tranquilo do qua alguns minutos atrás e estava feliz com o avanço para a paz.

Ao chegar no local da festa, Skull já puxa um baseado e começa a fumar, passa pra Pantaneiro que logo comenta que deveriam comprar uns 200 daquele, o Ragabash ri e diz:

-"Aí você quer que sejamos levados em cana né? Tráfico pesado de drogas!"

Termina  de falar e nota que Victor tentava dizer algo, então fica prestando atenção no Philodox e logo em seguida comenta:

-"Acho que ele tá tentando dizer algo hein!"
Derek Spencer
Derek Spencer

Mensagens : 313
Data de inscrição : 27/06/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 4 Empty Skull-Head (Hominídeo) - Matilha Olhos da Tempestade | Pataneiro | Justiça-do-Predador

Mensagem por Diogo'Papo-Reto' Moncorvo em 16.08.17 23:08

O Fianna aceitava o agrado em forma de baseado. Ele vem com algumas palavras de ressentimento, ao passo que Skull-Head apenas comenta, já com um aspecto mais tranquilo:

"- Suave, irmão!"

Ele ainda duvidava das capacidades sociais do Ahroun, que parecia totalmente desprovido de senso. Mas se tinha uma coisa que o Theurge havia aprendido, era que, em casos como esse, era só arranjar um saco de batata para ele esmurrar que ele não atrapalharia os planos da matilha.

Ele finaliza pedindo para Camilo comprar mais daquilo, uma quantidade bem exorbitante. Ele não precisa responder pois Derek faz o trabalho de mostrar que aquela ideia era insana demais! Enquanto isso, o Andarilho observava o Alpha abocanhar a carne crua e oferecer para o resto da matilha. Skull-Head indica o cigarro, mostrando que já estava ocupado com seu "alimento". Luke fala um pouco sobre a missão, diante das novas informações do lupino. O Theurge aproveita para procurar Bit-Coins com o olhar, precisariam se redimir com o líder tribal.

A atenção do lua crescente se volta mais uma vez pra matilha quando Victor faz o grande esforço de falar.

"- É o que?"

Ele não entende nada. A coisa tava muito feia e parecia doer muito. Skull-Head, então, estende o baseado para o Senhor das Sombras dessa vez.

"- Tu já é meio caipora, né, Philodox? Dá umas puxadas aí que talvez ajuda a tornar esse 'dialeto' legível."
Diogo'Papo-Reto' Moncorvo
Diogo'Papo-Reto' Moncorvo

Mensagens : 687
Data de inscrição : 02/07/2017
Idade : 25
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 4 Empty Pantaneiro - Olhos da Tempestade / Luke / Victor

Mensagem por Convidado em 16.08.17 23:43

Logo após seu comentário Spybot ri e diz que aquilo dava cana pra todo mundo por ser tráfico pesado de drogas. Pantaneiro também ri e completa:

- Rapaiz, cê os homi pará nóis, nóis diz que é pra consumo próprio. É só dividir uns 30 ou 40 pra cada e tá tudo certo...

Falava meio na ironia, mas se alguém topasse, compraria os 200 becks sem nenhum problema. Do jeito que estavam indo e do jeito que Skull-Head estava fazendo todo mundo fumar, 200 iria ser pouco. 

Eis que então Luke pega um pedaço de carne e morde se mostrando o bixão. Honestamente, preferia aquela carne assada, mas no lugar dele ele precisava mostrar pro lobo que aquilo era bom, mas no fundo sabia que não era. Era muito mais gostoso assada e acompanhada de uma cervejinha. Não demorou para o Senhor das Sombras explanar o ocorrido e os problemas da missão. Tentava desenhar um plano para saberem onde começariam e é quando Victor toma a palavra.

"Puta que pariu... que que ele tá falando..."

Não podia negar. Era engraçado notar Victor tudo quebrado tentando falar do plano e ao mesmo tempo triste, porque tava foda de entender o que o Juíz tava falando. Pantaneiro riu e disse para Luke:

- Dá próxima vez, Luke, cê podia dá o soco no estômago dele, porque daí pelo menos ele consegue falar normal depois.

Riu para ambos mostrando que estava brincando e depois focou-se no que era importante: o plano.

- Bom, eu acho que nóis tinha que ir atrás dessa Viúva Negra. Tinha que colher toda informação possível dessa vila que ela mora onde só tem muié, tentar descobrir o máximo que a gente puder conseguir, porque com certeza ela deve ter defesas lá e agora que sabe que nóis tá atrás, vai tá bem reforçada. E quem sabe se nóis pega ela viva, nóis não consegue fazer ela abrir o bico?

Completou tirando um pouco o chapéu da cabeça e depois colocando-o de novo.

- Ou então eu posso ser a isca fingindo que sou um bêbado desses que bate em mulher procurando minha "mulher" nessa vila - fez o sinal de aspas com o dedo- Eu entro gritando, xingando, procurando por ela até que essa Viúva apareça, aí seus entra e nóis vê o que que dá. É só uma sugestão, porque por mim o caminho que o cêis quiser seguir, tenho certeza que nóis vai dá conta.

Voltou sua atenção para Victor e disse finalizando:

- Ow, xômano, já ia esquecendo, meu celular tá com o cê, devolve aí.

Estendia a mão esperando que entregasse o celular.

"Esses muleque novo gosta desse tal de telesexo... vai que esse punheteiro acaba tudo com meus crédito aí eu to fudido..."


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 4 Empty Tarek - Tomás - Sarah - Grace - Kiba - Helenna

Mensagem por Convidado em 17.08.17 5:14

Thiago olha Brilho do Sonhos falar que estava satisfeito com aquele só aquele pedaço de carne.
 "-Ok... Então..." 
 Comendo ali mais rápido olhando os outros que chegavam. E ouvia Tomás comentar sobre já achar que todos sabiam da impura.
 "- Olha, a galera aí chegando deve saber... Mas acho que nem todo mundo daqui de dentro sabe. Se não acho que iamos ter menos aplausos ali na apresentação... Ai, complicado isso..."
 Observa Tomas olhar na direção do grupo e questionar se ele queria falar com alguém lá.
 "- Eu... com vários! Você não ouviu falar que o Bonde do Lixão está aí? Não lembra não, é a matilha anterior do Kiba, os caras devem ter boas histórias dele pra contar..."  ri um pouco imaginando que poderia descobrir "- Mas parece que você aí também está interessado ali falar com alguém não? Está olhando muito ali num ponto... Dá pra notar... Vai falar que o Thiago aqui não é suficiente pra você?"
 Começava a dar a cantada no companheiro de matilha, se inclinar pra perto dele, quando nota o olhar sério da Sarah para ele, que estava parada há alguns metros dali.
 *Sério isso? Ela podia pelo menos sentar junto para conversar... Não precisa parecer a carcereira ou a inspetora de alunos.*
 Parou a cantada antes que a Sarah o olhasse mais feio ainda, terminando de comer rápido ali, limpando a boca na mão e então a mãos no jeans já surrado e rasgado graças a travesti vampiro.
 "- Então, vamos lá falar com eles? Tava pensando em ir atrás da garou que chamou pelo Kiba, vi ela indo naquela direção, deve ser bom nos apresentarmos a ela também... Fazer a social correta e necessária. Ela deve ser a tal segurança da Grace..."
 *E é linda pra caramba ela também... Por Gaia... Esse Caern é uma alegria para os olhos... O que me lembra... Não vi ainda o Veloz como o Vento, deve estar como lupino... Desperdício, homenídeo dele é tão mais interessante... * 
 Se levanta ali, toma o resto do suco que tinha num gole só enquanto espera Tomas se levantar para vir junto, faz um gesto para Sarah, um misto de comprimento e chamado para ela vir junto com eles. Ele não via a necessidade de ficar ali olhando meio de longe. E aquilo o incomodava também, na verdade ficar sempre sendo vigiado, cerceado e 'cuidado' o incomodava. 
 *Malditos sejam os vampiros...*
 Começa a caminhar na direção que vira a Garou seguir, atravessando a clareira agora cheia, não sentia mais fome, mas pensava que bem que podia comer algo mais logo logo, e passa a ouvir um batuque a ser tocado. Abre um sorrisinho ali.
 *Agora assim festa! Comida, bebida e música.*
 Vai andando mas agora fazendo uns passinhos de dança discreto entre o caminhar, junto de um rebolar e mexer o quadril conforme andava ao ritmo da música, curtindo um pouquinho o momento descontraído da festa até avistar Kiba, Grace e garou que havia chamado pelo líder da Asas da Esperança. Se aproximando deles bem no momento que Grace apresentava quem eram.
 "-Chegamos no momento certo pelo visto. É um prazer conhecê-la senhorita... Como já foi falado, está é Âmago de Gunnr, eu sou o Sussurro da Noite, e este aqui é o Brilho dos Sonhos..."
 Fala apontando cada um e terminando apresentação de Grace, por fim, abrindo um sorriso galante a garou recém chegada e logo tendo sua expressão mudada para a de 'bobo apaixonado', falando em tom mais baixo, completando a frase.
 "-... Mas será sua beleza que irá brilhar nos meu sonhos..."

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 4 Empty Re: Clareira Central

Mensagem por Sussurros Solitários em 17.08.17 8:16

O Lobo fica feliz em ver que o Alfa começa a comer e em seguida também ataca vorazmente a carcaça apenas levantando a cabeça ocasionalmente para escutar as falas de seus irmãos de matilha.
*Justiça-do-predador está falando estranho sem os dentes.* pensa o lobo enquanto tenta entender o que o irmão quis dizer.

"- Se encontrar o espectro não deixem o sangue das vítimas toca vocês, é assim que ela corrompe!" fala o lobo enquanto mastiga um sangrento pedaço de carne sempre atento se alguém tenta se aproximar ou roubar algum pedaço de comida dele como fariam em uma matilha de lobos de verdade.

"- Assim que acabar a festa vou para Umbra com Invocador-do-Abismo! Volto antes do por dos sol." fala o lobo sem tirar a cara da carcaça que devora.
Sussurros Solitários
Sussurros Solitários

Mensagens : 847
Data de inscrição : 04/07/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 4 Empty Re: Clareira Central

Mensagem por Victor Montenegro em 17.08.17 9:42

*Oww caralho. Esse povo tem preguiça de pensar, só pode* Victor aceita o beck de skullhead, pegando-o com a mão que não estava coberta de sangue, limpa um pouco a boca no braço da jaqueta e dá um trago tentando não sujar muito a ponta de sangue. O Philodox segura a fumaça por um tempo. *Pantaneiro tá falando, toda chapação é bem vinda.* Ele então devolve a ponta para o Caveira, o celular para pantaneiro e fala, agora em Garou:

"-As vítimas estão conectadas porque muitas das meninas abusadas por eles moram na pensão da da viúva negra. De fato, pode ter acontecido de uma das festinhas ter saído do controle e alguém ter morrido, mas também podem ser os restos mortais de uma outra mulher qualquer."

"-As Fúrias contaram a Alef que as Viúvas Negras eram uma facção caída Européia e ficaram surpresas de haver uma aqui. Então acho que é seguro assumir que, quem quer que ela seja, ela não está na cidade ha tanto tempo e, a não ser que esse ritual permaneça ativo independente do tempo ou da distancia do corpo físico do spectro, acredito também que seja seguro assumir que se trata de uma mulher carioca."

"-Como ela não deve estar aqui ha tanto tempo, a forma mais provável dela ter conseguido uma parte do corpo de uma mulher que era abusada era, ou conhecendo a vítima ou se a morte foi noticiada de alguma forma nos últimos tempos expondo que haviam sinais de agressão ou abuso."

"-Se Spybot conseguir invadir o sistema da polícia, ele poderia buscar por alguma mulher morta nos últimos 6 meses ou 1 ano com a descrição do Spectro que ele viu e que o corpo mostrasse sinais de abuso. Se ele conseguir encontrar, podemos descobrir onde ela foi enterrada."

"-Se isso não der certo, eu e Alef conseguimos a aliança de uma das Viúvas. Com o ritual da Pedra, podemos usar o anel e ele dos levará até a Espiral. Encontramos a espiral, matamos ou purificamos ela, o que se mostrar possível, pegamos a parte do corpo do Espectro que está com ela e então resolvemos a questão da mulher de branco."


Havia ignorado as palavras de pantaneiro até ali, mas já havia notado que o menino era sentimental então resolve dirigir-lhe a palavra:

"-Isso não funcionaria, Yorick, ela provavelmente apenas lhe expulsaria da pensão e mandaria o spectro lhe esquartejar na noite seguinte, ou você ainda não percebeu o modus operandi dela?"

Vira-se novamente para Luke e Spybot:

"-E nós temos que descobrir logo onde mora a esposa do Reitor... se é que ela ainda é viva."




Victor Montenegro
Victor Montenegro

Mensagens : 906
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 4 Empty Re: Clareira Central

Mensagem por Convidado em 17.08.17 9:56

- Ela não conseguiria isso tão fácil, Victor. Isso eu te garanto.

Pantaneiro ri um pouvo diante do comentário do Philodox.
"Medrosinho... é só entra e desce o pé em todo mundo e foda-se..."
Completou:

- Mais do jeito que o cêis quiserem, eu topo.


Aguardava como Alpha iria querer resolver o caso, mas tinham vários caminhos a começar e todos eles seria trabalhoso.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 4 Empty Skull-Head (Hominídeo) - Matilha Olhos da Tempestade | Justiça-do-Predador

Mensagem por Diogo'Papo-Reto' Moncorvo em 17.08.17 10:10

Skull-Head recebe a bituca com inevitáveis respingos de sangue. Não se importa. Ele traga mais uma vez, segurando a fumaça enquanto ouvia o plano mirabolante do Fianna. Se já não tivesse percebido quem era Pantaneiro, acreditaria que teria ouvido as coisas erradas. Ele realmente queria entrar no local com aquele plano? Felizmente, Victor ainda tinha um pouco de juízo na cabeça e traçava algo que poderia dar mais certo do que apenas entrar "fingindo que sou um bêbado desses que bate em mulher procurando minha "mulher" nessa vila". Usar meios "mais humanos" agradava o Andarilho; Victor sugere Spybot como responsável por isso. Skull-Head tinha conhecimentos consideráveis para esse tipo de trabalho, mas acreditava que um cara com o nome de "Spybot" poderia ter muito mais meios para tal.

A ideia da aliança era boa, mas o Theurge faz apenas um adendo, que acreditava que todo mundo já devia estar ciente:

"- A gente precisa bolar um bom plano de batalha, como fizemos com o Esguio lá. Nós precisamos pegar essa vadia de surpresa e incapacitar ela o mais rápido possível. Não sabemos que outras habilidades essa porra tem e ela provavelmente pode tentar chamar o Espectro para ajudar. Aí fudeu de vez."

Quanto a mulher do Reitor, o Andarilho apenas comenta:

"- Não deve ser difícil ter essa informação. Esse povo gosta de morar em canto bom e o terminal da prefeitura deve ter esses dados sobre proprietários de cada bairro. Eu posso tentar averiguar isso pela manhã."
Diogo'Papo-Reto' Moncorvo
Diogo'Papo-Reto' Moncorvo

Mensagens : 687
Data de inscrição : 02/07/2017
Idade : 25
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 4 Empty Re: Clareira Central

Mensagem por Victor Montenegro em 17.08.17 11:24

Escuta as ponderações do caveira, assente com a cabeça e complementa:

"-Sim tudo tem que ser bem sincronizado. E eu pensei em uma coisa aqui. Pode ser arriscado matar a Eva sem antes resolver a questão do Spectro. A gente nao sabe exatamente como funciona esse ritual, se matarmos a ritualista e o espírito sair do seu controle, podenos ficar com um spectro de vingança assassino a solta. E isso vai ser foda."

Victor Montenegro
Victor Montenegro

Mensagens : 906
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 34
Localização : Rio

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 4 Empty Pacificador | Guardião-Ancestral - Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por NarraDiva em 17.08.17 11:55

O ato de Luke comer a carne crua chama atenção dos membros da matilha e Alef e Lukas não fogem à regra. O Juiz estava mais aliviado ao ver que tudo voltava à sua normalidade e remete um elogio à Yorick e à Camilo por superarem suas divergências:

'- É esse espírito de superação de divergências que faz uma matilha forte e bem sucedida, parabéns aos dois.'

Diz em tom sincero dando um tapinha nas cotas do Fianna. O Senhor das Sombras que liderava à matilha, não contente em comer a carne crua ainda oferece à matilha. Alef, com a elegância e requinte que sua família lhe deu, apenas responde educadamente:

'- Obrigado, mas aprecio mais ao ponto.'

O debate sobre as ideias começa a surgir. Victor tem dificuldades para falar e seus irmãos parecem não conseguir entender. Alef e Lukas já tinham entendido mas acaba que o juiz tem que usar outros recursos para passar uma simples mensagem. As ideias do Alfa já tinham sido dadas. Victor, Camilo e Yorick também comentam e Lukas diz em seguida:

'- Nós não sabemos quais serão as defesa da Fúria Negra e não devemos estimular, mesmo que de forma teatral, nenhuma violência contra a mulher, Yorick. Não sabemos que tipo de espíritos ela controla, não sabemos se ela tem aliadas aqui, não sabemos absolutamente nada. Então, acredito que devemos ir ao encontro dessa Viúva Negra e quem mais com ela com força quase total.'

O Filho de Gaia volta sua atenção para o líder e fala:

'- Eu sugiro que toda a matilha, à exceção dos Andarilhos do Asfalto, participem da incursão já no começo da próxima noite e que os Andarilhos, os dois, façam o mapeamento proposto por Victor de modo que possamos sair do ataque à base da Viúva Negra direto para dar um fim no espírito.'

Alef apenas revira os olhos quando Pantaneiro tenta se gabar de que seria difícil a mulher lhe dar um fim, mas nada diz. Estava contemplado pelas palavras de seus irmãos.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 36
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 4 Empty Re: Clareira Central

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 40 Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 22 ... 40  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum