As Ruas da Zona Oeste

Página 17 de 23 Anterior  1 ... 10 ... 16, 17, 18 ... 23  Seguinte

Ir em baixo

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Empty Amon Seif (glabro) Fortaleza de Gaia

Mensagem por Convidado em 03.02.19 16:40

Finalmente estavam dentro. A adrenalina da ação fazia o coração do Peregrino acelerar. Ele adorava aquela sensação, vivia por ela. Com seu velho sorriso de canto estampado no rosto, ele faz um sinal de positivo para a Roedora de Ossos.

Mantendo o perfil baixo, move-se furtivamente por trás de colunas inacabadas, maquinários de construção e veículos pesados, sempre espreitando nas sombras, até chegar à porta da guarita. Ali estavam os dois guardas, exatamente como Luna havia informado. Amon queria manter as coisas o mais quietas possível e pondera sobre como agir por um breve instante.

"Talvez seja melhor derrubar os dois com um golpe no trapézio. Eles não vão ter tempo de abrir o bico."

Ele se aproxima silenciosamente por trás de um dos guardas e aplica o golpe. A pegada é certeira, mas o guarda não cai de primeira. O segundo guarda se vira surpreso pelo o que viu e tenta correr até o cassetete. O Garou aplica uma rasteira nele e o derruba. Apesar do impacto, ele ainda está acordado, assim como o outro.

"Merda! Por que vocês não caem de vez!?"

Amon espera que as coisas se saiam melhores para a Ragabash.




OFF:
Gastos: 2 pontos de fúria
Furtividade: 5 sucessos
Ataque guarda 1: 4 sucessos
Ataque guarda 2: 4 sucessos

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Empty Re: As Ruas da Zona Oeste

Mensagem por Gabriel Villas Boas em 03.02.19 18:14

Após as explicações do lua nova, Gabriel reflete sobre as mesmas questões postas pelo Juiz da matilha. Não conhecia Mãe-África, apenas deduz a sua importância dentre os Roedores pelos que os outros já haviam comentado. Ainda assim...

*Ainda assim trazer alguém de volta dos mortos? Isso não é natural. Corrompe-se a vida*

Ainda encarando Royce, Gabriel escuta a resposta de Victor, até que bem diante dos seus olhos, o Peregrino desaparece. O Filho de Gaia não esboça nenhum som, ao contrário dos seus irmãos. De olhos arregalados, ele tenta analisar o que acabou de acontecer. Seria apenas coincidência? Hadrian desaparecer logo depois após a sua missão na umbra negra?

*Merda, Royce...*
Gabriel Villas Boas
Gabriel Villas Boas

Mensagens : 264
Data de inscrição : 25/05/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Empty Forma Glabro - Matilha Fortaleza de Gaia

Mensagem por Convidado em 03.02.19 18:54

Uller acompanha Padmatavi, a beta da matilha, conforme ela faz um gesto, mas olha com um certo desprezo para o trio próximo a van, encabeçado pelo alfa Pantaneiro. Ele não gostava de segredos. Não gostava de fofocas. E pra ser bem honesto, não gostava muito de Andarilhos do Asfalto também. Sentia uma certa desconfiança dos métodos da tribo e às vezes se pareciam mais com criaturas da Weaver do que da Wyld. "Segredos". Todo Garou em sua matilha era seu irmão, mas nem por isso ele tinha de gostar de todo mundo. Pelo menos não de saída.

Continuava atento, prestando atenção em volta em busca de inimigos a procura do elemento surpresa. Sentia falta de lutar, mas nem por isso comprometeria a matilha por imprudência. No entanto não pode conter um leve riso de canto de boca ao pensar na Ragbash dentro da obra e principalmente em Amon.

- Deixe para um Peregrino Silencioso se gabar da sua habilidade de correr... - murmurou praticamente para si mesmo.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Empty Pantaneiro (glabro) - FDG

Mensagem por Convidado em 03.02.19 21:18

Pantaneiro nota que alguns já desciam da Van enquanto Amon e Luna partia para a primeira parte do Plano. Estava concentrado e preparado quando nota que Bruno puxa Hagen pelo ombro e vai até si dizendo que havia espíritos estranhos na Umbra.

"Estranhos? Como assim?"

O Fianna se pergunta como seria isso, poderia ser estranho para um Ahroun, mas não deveria ser para um Theurge e como era, aquilo era preocupante demais. Estranha o motivo que Bruno não havia comunicado a Beta da matilha, talvez fosse por queque est meditando. Entendia ele avisar a si que era Alpha, mas se tinha chamado Hagen, por obrigação teria que chamar também Padmatavi e toda matilha, afinal era a beta e Adren mais pica que conhecia e deveria saber do que o Andarilho estava falando. Imediatamente vira-se para Padmatavi que estava saindo da Van e diz sem se importar com a privacidade estabelecida por Bruno.

- Padmatavi, chega aqui, por gentileza. O cêis tamém.

Aguarda a juíza se aproximar, assim como os demais e completa.

- Nosso Theurge tem informaçõex importantex sobre o que viu na Umbra e o cê como nossa beta e tamém de posto mais alto tem por obrigação de saber porque acredito que pode saber do que se trata e ajudar nóix. Bruno disse que tem váriox espíritos estranhox na Umbra que ele desconhece. Alguns perto demaix do nosso carro. Existe até a possibilidade de tá vigiando nóix e acabar sendo emboscadox. Preciso que todox fiquem em alerta.

Olha com certa preocupação para a Portadora e finaliza.

- O que sugero que nóix façamox?

Fazia aquele gesto principalmente para que Bruno pudesse ver que Padmatavi era uma Garou essencial naquela matilha e sua experiência com certeza ajudaria a Fortaleza de Gaia naquelas situações, e também para que não se sentisse excluída da matilha, afinal, todos sabiam da capacidade da Philodox. Não haviam segredos entre todos ali, e pros recém chegados, era uma oportunidade de mostrar que se importava com a matilha. Nota logo depois Bjorn revelar sua preocupação com câmeras naquele local. Achava bem improvável aquilo, mas por dúvida resolveu procurar com o olho. Dizia tudo em Garou.
_________________________________
OFF GAME:
Solicito da narração o teste necessário pra ver se encontro câmeras no local.


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Empty Bruno Caselli (Glabro) - Fortaleza de Gaia

Mensagem por Bruno Caselli em 03.02.19 21:46

Bruno não gosta a principio do gesto de Pantaneiro, mas como ele reúne todos e coloca tudo que havia dito em evidencia o Theurge emenda logo após o Ahroun.

- Não sabemos se o suposto vampiro tem algum controle sobre espíritos. Tudo que sei é que nunca os vi, mas eles parecem interessados em nós. Não sei também se eles entendem o idioma Garou, mas já que estamos todos reunidos e falando abertamente sobre esse assunto, sugiro que não demoremos a tomar uma atitude, ou nosso inimigo pode ser informado do que está acontecendo na porta do esconderijo dele.

Ele olha novamente para Pantaneiro e diz:

- Acho que perderemos muito tempo indo a Umbra caso eles realmente tenham alguma ligação com nosso alvo e acabemos tendo que lutar.

Após terminar de se expressar, Bruno espera a reação dos demais.
Bruno Caselli
Bruno Caselli

Mensagens : 306
Data de inscrição : 02/07/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Empty Re: As Ruas da Zona Oeste

Mensagem por Convidado em 04.02.19 2:02

Hagen escutava a todos de maneira atenciosa, o ahroun estava ávido pelo combate e gostaria que houvesse algum em breve, até porque, queria expurgar quem estava adentrando em seu território.

Escuta a ponderação de Pantaneiro e chamar a beta, era algo que Hagen preferia não ter opinião, não sabia como funcionava meditações e por fim, sua falta de sabedoria o tornava ali alguém que pensaria menos. Por fim, sabia que os novos ainda não eram confiáveis para saber certas informações, mas quem ali era? Hagen pensava, a matilha mal teve uma noite para se definir o grau de confiança.

"O que seriam espíritos estranhos para um theurge?"

Hagen olha para Pantaneiro e vê o alfa checando o perímetro.

- Não selia melhor ficarmos quietos dentlo do veículo desligado?

Diz Hagen olhando para Pantaneiro e Bruno, observando ao seu redor e buscando algo diferente.


OFF: Solicito um teste apropriado para averiguar se estamos sendo observados.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Empty Flor-de-Lótus (G) - Matilha Fortaleza de Gaia

Mensagem por NarraDiva em 04.02.19 6:40

Padmatavi se aproxima e chama os outros a se aproximar. Assim que o assunto é colocado, a Portadora da Luz Interior olha para Bruno ainda mais incomodada com a atitude anterior do Andarilho do Asfalto, comentando ao mesmo tempo que se concentrava para olhar a Penumbra:

'- Só a lógica das Fúrias Negras pode explicar sua ação de deixar a Adren do augúrio que mais entende disso depois do seu sem saber essa informação, Visão-do-Futuro.'

Ela não escondia seu descontentamento e deixava claro isso. E, para sorte de todos, Padmatavi era versada em diversas culturas e após espiar, comenta:

'- São espíritos da cultura eslava. Se o inimigo tem algum controle sobre eles, temos que evitar que ajam no plano físico e rompam o véu. Temos um pacto a cumprir.'

A Philodox dirige-se a Pantaneiro e comenta:

'- Eu sugiro o envio de uma missão para abordar os espíritos antes que cheguem em nós. E sugiro que ela seja composta por mim, por Pantaneiro e pelos Fenris, menos Bjorn. Deixaremos Bjorn e Visão-do-Futuro esperando Luna para seguir com a missão enquanto resolvemos isso. Reagrupamos aqui mesmo antes de abordar o alvo inicial. O que acham?'
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Empty (Comunicação Telepática) Mija-na-Wyrm (G) - Batuque-de-Thor

Mensagem por NarraDiva em 04.02.19 6:42

A Ragabash, que lutava contra dois humanos no mundo físico, segue falando com Bjorn, agora visivelmente preocupada:

'- Não! Tem que ficar todo mundo dentro do carro! Os espíritos estranhos vão detectar vocês! É burrice descer do carro, o que diabos vocês estão pensando? Querem ser notados?'

Seu tom era de profunda irritação com a informação recebida.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Empty Bruno Caselli (Glabro) - Fortaleza de Gaia

Mensagem por Bruno Caselli em 04.02.19 8:33

Bruno ouve a primeira replica de Padmantavi e fica literalmente sem palavas diante de tamanho absurdo.

Depois que a Philodox termina de falar o Theurge diz logo em seguida:

- Sinceramente eu não esperava ouvir um julgamento tão precipitado de alguém que seria o equilíbrio da matilha, Flor de Lótus. Você estava meditando e não iria cortar sua concentração sem saber do que se tratava, mas focando no assunto que é realmente importante, eu discordo de nossa Philodox. Eu não conheço os espíritos, fato, mas pela movimentação que sugere também concorda que um combate é provável.

- Vamos gastar nossa força de ataque antes mesmo de começar a missão? Se conhece os espíritos, sugiro que nos fale um pouco mais sobre eles antes que se tome uma decisão de como lidar com eles.


O Theurge estava sério, pois principalmente não queria ver sua matilha lutando a troco de nada. Se houvesse uma forma de lidar com aqueles estranhos espíritos sem uma luta ele descobriria como.


Última edição por Bruno Caselli em 04.02.19 10:37, editado 1 vez(es)
Bruno Caselli
Bruno Caselli

Mensagens : 306
Data de inscrição : 02/07/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Empty Re: As Ruas da Zona Oeste

Mensagem por Bjorn, o batuque de Thor em 04.02.19 9:40

*Que merda tá acontecendo aqui?*

-Realmente não sei o motivo que todos desceram. - o Cria estava sério - Mas como já foi feito não adianta discutirmos aqui e agora. Se não for feito nada Luna disse que esses espíritos estranhos podem nos revelar.  Além que tem esse pacto. Concordo com Flor de Lotus, não podemos esperar mais se formos agir tem que ser agora!  - fala para todos mas ainda assim em tom baixo

-Acho sensato um membro dos que irão para a umbra entrar na conexão telepática também. - comenta 

_________________________________________________________________________
COMUNICAÇÃO TELEPÁTICA:

Ouve a Luna e cada vez mais que passava com ela via que ela era a razão dentro da matilha. 

*Se ela sabia dos espíritos por quê não nos alertou sobre? Será que ela sabia que poderia dividir a matilha e por isso optou pela forma mais rapida e prática?* 

-É não entendi muito bem também. Flor de Lotus está sugerindo um ataque aos espíritos antes que eles possam avisar ou se materializar no mundo físico quebrando assim o pacto com a Weaver. - olha para Mija na Wyrm e tenta ver suas reações a respeito do ataque e complementa -Se Pantaneiro aceitar esse ataque acho que virá mais alguém pra cá, assim mantemos as três equipes com comunicação. 

Bjor tomava outro gole enquanto esperava ver os comentário sempre acertados de Luna.
Bjorn, o batuque de Thor
Bjorn, o batuque de Thor

Mensagens : 155
Data de inscrição : 03/12/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Empty Glabro - FDG

Mensagem por Convidado em 04.02.19 11:25

"Fúrias negras?"

Hagen não entendia a colocação de Padmatavi, que estava levantando algo justificando com a lógica da tribo das fêmeas.

"A juíza deve estar naqueles dias vermelhos,  tá putaça..."

Hagen não se manifesta sobre isso ao ver que Bruno a responde, achava que era algo que deveria encerrar, um assunto mais importante tomava conta da situação, os espíritos que rondavam, eslavos. A Sugestão da divisão, na cabeça do Fenrir, deixava claro que seria uma ofensiva, mas o Ahroun ainda não entendia bem quando Padmatavi e Antônio mesmo diziam pouco, as vezes era preciso desenhar mais e deixar mais claro para a compreensão do Fenrir, para que não houvessem dúvidas.

- Juíza, sua sugestão é um ataque? Ir pala a umbla com os guelleilos e deixar o Theurge, pala mim palece uma estratégia ofensiva, gostalia de mais informações sobre espílitos eslavos, pala nos prepalarmos pala a batalha...

Hagen olha para Uller e Kalf, sabia que Pantaneiro era um cara que iria enfrentar o inimigo de peito aberto. O Modi queria informações para saber quem enfrentariam, aquele problema não seria fácil de ser resolvido, Hagen sentia que os recém chegados vieram em uma boa hora e provável que teriam uma morte gloriosa no campo de batalha..

"Malditos Draugrs..."


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Empty Re: As Ruas da Zona Oeste

Mensagem por Convidado em 04.02.19 12:12

Em tão pouco tempo nessa matilha, e sem nem ter conseguido provar seu valor, Kalf prefere observar calado, pois ainda não se mostrou digno de esboçar opiniões que mereçam ser ouvidas , ainda mais pelo fato de realmente não estar familiarizado com os integrantes da matilha e suas respectivas histórias.

" Falar de assuntos que no momento eu não entendo , para quem eu mal conheço? É melhor ficar calado e deixar que na hora certa , meu machado falara por mim."

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Empty Re: As Ruas da Zona Oeste

Mensagem por Victor Montenegro em 04.02.19 13:42

'- Isso não foi uma travessia normal, mas tentarei ver a umbra por desencargo de consciência.'

* Pelo Trovão, que maldição é essa nessa cidade? Não se tem um minuto de paz.*

Concentrando a sua energia espiritual nos olhos, Sentinela-das-Sombras tenta ver através da película.
Victor Montenegro
Victor Montenegro

Mensagens : 906
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 33
Localização : Rio

Voltar ao Topo Ir em baixo

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Empty FLor-de-Lótus (G) - Matilha Fortaleza de Gaia

Mensagem por NarraDiva em 04.02.19 20:55

'- Achou que eu estava meditando? Achou muito errado, e, se fosse o caso, era um motivo muito válido para me interromper. O que comprova sua inaptidão para julgamentos. Inclusive o julgamento se deve ou não ser julgado e o julgamento de minhas ações. Não tente crescer pra cima de mim, Visão-do-Futuro. Se poupe. Me poupe. Nos poupe. Vamos seguir em frente que tudo que tinha para ser dito já foi e temos um problema enorme para focar.' - diz em tom rígido, a Juíza havia mais uma vez se irritado com posturas inadequadas naquela matilha. Estava ainda mais convicta de suas suspeitas. E mais ainda de sua decisão.


Ela olha para todos e diz:


'- Senhores, tenham um mínimo de discernimento e raciocínio lógico. Eu não tenho tempo hábil para dar uma aula básica sobre a cultura eslava, mas como toda cultura, eles tem suas representações míticas para as manifestações de Gaia. Essa matilha conjurou um espírito da Weaver de forças colossais que afetou a todos, levou consigo uma lenda e nos impôs um duro chiminage. Essa matilha não pode ser a responsável pela quebra desse Chiminage.'


Olha séria para Pantaneiro e continua falando, agora dirigindo-se ao Fianna:

'- Se eles fizerem algum efeito ou se materializarem, o véu terá se rompido e o pacto terá sido quebrado. E nós seremos os responsáveis. Se Visão-do-Futuro for levado para a Penumbra, todo trabalho de Mija-na-Wyrm e Lança-de-Hórus pode ter sido em vão. A decisão é sua Alfa, minhas considerações foram todas feitas. Erraremos ou acertaremos como uma matilha. Sem segredos quando todas as vidas podem estar em risco.'
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Empty (Comunicação Telepárica) Mija-na-Wyrm - Batuque-de-Thor

Mensagem por NarraDiva em 04.02.19 20:59

'- Ah, que maravilha, nossa Portadora da Luz acha que é uma Fenris.' - para, dá um gole e diz - 'Sem Ofensas.' - e prossegue:


'- Atacar espíritos que ainda não nos atacaram é estúpido! Tem tudo para dar muito errado... muito mesmo...'


Luna estava visivelmente preocupada.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Empty Guarda 1 | Guarda 2 x Lança-de-Hórus

Mensagem por NarraDiva em 04.02.19 21:00

Os dois Guardas estavam ainda em luta com o Peregrino, que tinha a iniciativa de combate. Um tentava se levantar da rasteira, o outro havia se soltado diante do golpe que o Fenris tentou dar no outro inimigo.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Empty Narração -Sentinela-das-Sombras

Mensagem por NarraDiva em 04.02.19 21:01

A Penumbra estava muito rígida, Victor não consegue enxergar do outro lado.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Empty Pantaneiro ( Glabro) - FDG

Mensagem por Convidado em 04.02.19 23:42

Após suas palavras, Bruno rapidamente levanta a necessidade de fazerem algo logo e de quebra ressalta que ir a Umbra não era viável uma vez que poderiam lutar e perderiam muito tempo. Hagen, no auge da sua inteligência, sugere voltarem pro carro pra ficarem quietos com o veículo desligado. Pantaneiro nesse momento direciona um olhar furioso para o Ahroun.

"Já vi nego covarde, mais esse tá de parabéns... nem parece o Fenris que lutou bravamente na casa de chá... credo..."


É então que Padmatavi mostra o descontentamento pela atitude de Bruno. Havia previsto aquilo, no entanto, o que importava era as informações passadas. Espíritos da cultura Eslava. Tinham que evitar que agissem no plano físico e rompessem o véu. A sugestão da juíza era dividirem a matilha. Pantaneiro não queria aquilo e nesse momento sua cabeça dá um nó.

"Caralho de asa... esse véu não pode ser quebrado, se não to no cu do saci..."


Enquanto pensava em uma resolução de tudo aquilo, Bruno é ácido em sua resposta para a Juíza e repudia a ida para Umbra, até porque um combate era provável. No meio de tudo isso Bjorn levanta algo de extrema importância, era necessário estabelecer uma conexão telepática com alguém que fosse para a Umbra. Óbvio que a comunicação ajudaria e seria necessário para saber o que aconteceria no mundo físico e também no mundo espiritual. O pior de tudo é que já sabia como aquela discussão de Bruno e Padmatavi terminaria, em mais discussão.

"O Gaia, com tanto problema, discutir agora não vai resolver porra nenhuma..."


Espera pacientemente o calor daquele momento abaixar e então toma a palavra encerrando tudo aquilo.

- Ok, chegou.


Olha para todos colocando ordem naquela discussão tola que tava caminhando pro lado errado. Com tudo que era dito Pantaneiro já tinha uma posição a tomar. 

- Num vou ser o responsável por nenhum véu rompido e nem vô deixar que isso aconteça com a nossa matilha. É um fardo grande maix pra nóix carregar nessas circunstânciax. Padmatavi é Adren, de maior posto aqui e tamém de maior experiência. Devemo respeitar o que ela tá falando porque ela sabe o que tá falando e nesse momento nóix não tem muita opçõex. Devo confiar na sua sabedoria e fazer nosso melhor pra que tudo saia bem. Não era minha intenção separar a matilha, maix agora não vejo outro caminho. Essex espíritox eslavox, elex podem dar ax informação que nóix precisa pra saber o que ta acontecendo aqui. Padmatavi falou de fazer uma abordagem, isso implica em um diálogo e um diálogo que talvez pode beneficiar nóix, por isso se acalmem. Toda essa exaltação é desnecessária por hora, confiem maix unx nox outrox. Nossax vidax dependem disso.


Completa. 

- Bjorn, faz a comunicação telepática comigo. Bjorn, Bruno esperem o sinal e ao comando de Luna sigam para onde estão ela e Amon. Não façam nenhuma estupidez e nem enfrentem o inimigo sozinho se acharem que não dão conta. Cêix estarão desfalcadox. Minha intenção é chegar a tempo pra isso. O restante, Hagen, Kalf, Uller, Padmatavi e eu vamo pra Umbra controlar essa situação lá.


Olha para a Juíza e completa.

- Na umbra, cê cuida dessa situação, é de maior informação sobre essex espíritox eslavox. Caso a coisa fique preta, entraremo em ação. Ficaremo atráx do cê pra não demonstrar hostilidade. Faça o que for necessário pra controlar a situação da melhor maneira e se der pra livrar nóix desse problema sob um preço pequeno e trazer essex espíritox pro nosso lado, está liberada à aceitar.


Finaliza.

- Ox que forem pra Umbra, toquem unx nox outrox. Apóx Bjorn fazer a comunicação, Padmatavi leva nóix pra Umbra. Se a coisa pretejar, peçam pra Luna me avisar. O restante cêix sabem o que fazer.


Sinaliza positivamente para Bjorn, para Padmatavi, depois para Bruno, em quem gostava do tipo de trabalho que executava. Aquele tipo de discussão entra a Beta e ele não era promissora e nem digna de importância para ser levada para frente. Aquilo enfraquecia a matilha e não queria mais aquele tipo de coisa. Se fosse preciso conversaria a sós com cada um depois. Não estava ali para agradar a todos. Queria eficiência e que as coisas dessem certa. Arriscar era preciso. Teorizar demais dava em merda. Menos nesse caso era mais. Simplificar e ser ágil com cautela era a maior virtude daquilo tudo.

"Essa missão era pra ser simples e agora to com a pica de um negão da áfrica enfiada até o talo no meu tóba... êêêê disgraça..."

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Empty Re: As Ruas da Zona Oeste

Mensagem por Bjorn, o batuque de Thor em 05.02.19 1:56

Então Pantaneiro assume a liderança e resolve a questão ali. Só havia mais uma perrgunta que deixa uma pulga atrás da orelha do Cria.

-Será feito Pantaneiro. Mas acredito que  não seja coincidência espíritos eslavos estarem no brasil, eles vieram de muito longe e estarem logo aqui? No minimo suspeito. 

Então novamente se concentra e na mente do pantaneiro como se fosse em um sonho ele é puxado por uma força cósmica e colorida. Bjorn abre os olhos e apenas comenta

-Que Thor esteja com vocês - então volta para a Van aguardando algum sinal
__________________________________________________________________________
COMUNICAÇÃO TELEPÁTICA

Bjorn sorri com o comentário de Luna sobre Fenris

-Talvez ela não tenha escolha, já que metade da matilha é Fenris - ri da situação que presenciou em Midgard - Olha Luna não é porquê somos Fenris que somos burros, sim é verdade que gostamos de combate e nos exibir, mas nem sempre lutar é a melhor forma de combater a Wyrm onde ela se proliferar. Nós Crias, filhos do grande Fenrris tentamos ser os melhores no que nos propomos. E isso sempre é um caminho árduo e cheio de provações, nós não pegamos leve ou passamos a mão sob a cabeça de nossos filhotes. - fala em um tom totalmente amistoso - E antes que você ache, isso não é uma critica eu não culpo você. Mas a maioria dos nossos Modi são excelentes lutadores e acham que tudo pode ser resolvido na porrada. 


Então toma mais um gole e avisa a sua ragabash sobre a decisão tomada em Midgard.

-Mija na Wyrm vou trazer Pantaneiro para cá. Parece que eles vão abordar os espíritos mesmo. Eu vou ficar aguardando algum sinal da van com Bruno. - faz uma breve pausa -E o que espíritos Eslavos estão fazendo aqui? Será que têm alguma ligação com o nosso inimigo? 

E como em um passe de magica uma parte de sua mente se materializa no salão de Bjorn. Pantaneiro vê o salão tipico Viking, Bjorn está sentado em uma das mesas perto do ascendedor tomando um gole de cerveja e Luna estava ao seu lado com cara de preocupada. O Skald levanta sua taça e chama um brinde para Pantaneiro 

-Skal! 

______________________________________________________________________________
OFF: Gasto de 1 FDV para ativar Comunicação Telepática. 


Teleporte Bitfrost
As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Nmyb10

Salão Viking

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Inspir11
Bjorn, o batuque de Thor
Bjorn, o batuque de Thor

Mensagens : 155
Data de inscrição : 03/12/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Empty Bruno Caselli (Glabro) - Fortaleza de Gaia

Mensagem por Bruno Caselli em 05.02.19 8:17

"Ridículo..."

É o primeiro pensamento, e isso estava estampado em sua cara ao ouvir as primeiras palavras de Padmantavi. Não entendia porque ela agia assim, principalmente depois de tudo que passaram para salva-la.

"Eu ainda me impressiono com essa habilidade que algumas mulheres tem de ouvir seletivamente somente o que lhes convêm. Certamente é algo que eu preciso corrigir quando for a consciência da Weaver."

Bruno agradece a Gaia por ter gastado sua fúria anteriormente, pois se preocupava se ela não estaria crescendo nesse exato momento diante da postura nem um pouco racional da Juiza, mas se ela não fosse irritante o suficiente, a forma como ela manipula Pantaneiro e ele cai tão facilmente nisso era.

Desapontado com a atitude de seu Alfa, Bruno se cala e cruza os braços, esperando que sua vez de agir chegasse.
Bruno Caselli
Bruno Caselli

Mensagens : 306
Data de inscrição : 02/07/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Empty Forma Glabro - Matilha Fortaleza de Gaia

Mensagem por Convidado em 05.02.19 9:21

Uma breve discussão se inciara entre Padmatavi e Bruno. Normalmente essa era a hora em que Uller viria a intervir, mas Padmatavi além de ser a Garou de posto mais elevado era uma Philodox também e a juíza da matilha. Mesmo assim pensou que aquele desgaste era desnecessário. Entre os Crias de Fenris ele teria deixado eles simplesmente botarem pra fora e voarem no pescoço um do outro durante um breve momento até se concentrarem de novo na missão. "Que criaturas estranhas esses Garou de tribos fracas..."


A missão, no entanto, tomara um rumo muito importante. Especialmente importante para quem levava a Litania a sério como ele. Não romperás o véu!

- Ninguém vai romper o véu hoje, ok? A gente vai cuidar dessa situação pra melhor ou pra pior. Espírito eslavo, americano, chinês...eu não to nem aí, se pelo menos um deles tentar cruzar pro mundo físico, eu vou arrebentar ele. Na verdade, eu não sei porque a gente não abre com isso. Mas não sou eu quem dou as cartas por aqui - e olha para o Pantaneiro - mas lembre-se que tem hora de falar e hora de agir. E na hora de agir não vai ter hesitação.


Uller fica perto de onde estava Padmatavi, pronto para atravessar a película e pular para a Umbra. "Não demonstrar hostilidade...", pensou com um leve escárnio, mas guardou o pensamento para si mesmo.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Empty Pantaneiro (glabro) - FDG

Mensagem por Convidado em 05.02.19 10:13

Bjorn responde positivamente ao passo que levanta uma dúvida. Acreditava que Padmatavi tivesse feito nota daquilo e usaria ao favor da matilha. Apenas sinaliza para o Galliard e antes que fizesse a comunicação telepática escuta Uller reforçando suas palavras. Mostrava auto-confiança e sede de combate, sede de sangue e sede de luta.

"Se ele lutar tão bem quanto deseja um combate contra um inimigo desconhecido sem temer a morte, tô tranquilo... Achei um Fenris peitudo sem freio..."

Diz então para Uller também sinalizando positivamente diante de suas palavras.

- Porque seria imprudente a gente já chegar descendo a porrada em um bando de espíritos que a gente desconhece o seu poder, sua força e seux motivox de saírem de tão longe e estarem aqui vigiando nóix. Se for preciso saíremo na porrada, nenhum guerreiro de Gaia deve hesitar na hora de agir em combate, maix também não deve ser burro tomando decisõex erradax que lhe custe a vida, por isso se acalme, aja com cautela e vamo vê no que vai dar.

Após isso olha para Bjorn e se concentra. Nota vários feixes de luz passar pela sua mente até se sentir conectado com o Fenris e a Roedora. Estava em um salão e logo ao chegar, Bjorn grita "skol" fazendo um brinde. De imediato responde:

- Quero! Prefiro Brahma, maix se num tem, pode ser skol memo. To precisando tomar uma!

Sorri cumprimentando Luna e também Bjorn. Esse segundo diálogo acontecia dentro de sua mente na comunicação telepática estabelecida por Bjorn.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Empty Flor-de-Lótus (G) - Matilha Fortaleza de Gaia

Mensagem por NarraDiva em 05.02.19 10:25

'- Fique tranquilo, Bruno. Essa será a última vez que ela correrá com você e sua matilha.' - diz uma voz desconhecida na mente do Theurge.


Padmatavi fala com todos:


'- Encostem em mim que nos levarei para o mundo espiritual.'


Quando todos encostam, ela parte com eles, rompendo a película.

Like a Star @ heaven Cena continua em Penumbra.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Empty (Comunicação Telepática) Mija-na-Wyrm - Pantaneiro | Batuque-de-Thor

Mensagem por NarraDiva em 05.02.19 10:28

Luna percebe a chegada de Pantaneiro e já dá com as duas mãos no peito do Fianna empurrando-o para trás:

'- Você comeu criança quando era merda ou merda quando era criança? Pra que vocês saíram do caralho do carro? Acabaram com qualquer chance de não sermos detectados...'

Luna estava bem irritada. O Hidromel havia sido abandonado para trás.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Empty Re: As Ruas da Zona Oeste

Mensagem por Bjorn, o batuque de Thor em 05.02.19 12:30

Bjorn fica na parte de trás da van segurando seu amuleto que sempre o trouxera sorte e gloria. Poucos tinham um fetiche de tribo tão poderoso quanto a marca do Fenrris e era uma honra portar um. 

*Foi me dado por ser um fenrris mais prudente e calmo que os outros, nasci em uma lua gibosa crescente. Minha missão é inspirar com grandeza*

Ficava ali pensando em tudo que estava acontecendo na missão e como tentava ser o mais eficiente o possível dentro de seu augúrio.  

_______________________________________________________________________
COMUNICAÇÃO TELEPÁTICA

A chegada de Pantaneiro faz Luna sair de si e soltar de forma acida uma reprimenda no Alpha, isso era comum da Ragabash. Tudo que o Skald não queria era confusão entre seus irmãos e tenta logo colocar panos quentes.

-Na verdade Pantaneiro só tem meia culpa nisso, ele nunca imaginaria que ali teria muitos garous com ejaculação precoce. Mas confio no discernimento e sabedoria de nossa Philodox, afinal ela é uma Adren. - Bjorn não era bom com piadas mas arrisca uma para quebrar o clima chato - Merdas a parte essa já foi feita, só nos resta agora confiar em nosso alpha e Adren para limpa-la. 

Bjorn olha para Yorick e fala em um tom amistoso

-Eu sei que tem roupa suja para ser lavada, mas quando se está na merda só piora tentar limpa-la com mais merda não acham? 
Bjorn, o batuque de Thor
Bjorn, o batuque de Thor

Mensagens : 155
Data de inscrição : 03/12/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

As Ruas da Zona Oeste - Página 17 Empty Re: As Ruas da Zona Oeste

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 17 de 23 Anterior  1 ... 10 ... 16, 17, 18 ... 23  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum