Entrada Norte - Tijuca

Página 5 de 15 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 10 ... 15  Seguinte

Ir em baixo

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 Empty Narração - Todos no Caern

Mensagem por NarraDiva em 15.08.18 6:12

O uivo de Helenna chega aos ouvidos de todos no Caern:


'- FÚRIA-JUSTA-DE-ESTENO, BLACK-HAT, LEGADO-DO-TROVÃO E SANGUE-DOS-QUATRO-VENTOS ENTRANDO NO CAERN E SEGUINDO PARA CLAREIRA CENTRAL!'
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 36
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 Empty ESPÍRITO TRANQUILO (homenídeo) | GUARDIÕES-DA-CANÇÃO-ANCESTRAL | NARRAÇÃO

Mensagem por Evan Ballmer em 15.08.18 10:53

A fala do Peregrino em relação de não entender o motivo de o chamar de "impuro" apenas fez com que Allen, desse um pequeno riso constrangido, junto de um balançar de cabeça discreto de negação e a face toma um leve tom ruborizado por aumento de fluxo sanguíneo.
 E acaba por não falar nada e se mantendo em silêncio o caminho todo, olhando pela janela vendo a cidade passar rápido. Ouvindo a Fianna que explicava da sua forma um pouco confusa, talvez ainda estivesse sobre efeito do trauma da perda, os ocorridos ao Ahroun. Mais do que palavras ele nota o tom dolorido dela em fala.
 O carro avariado para no mesmo local que estava antes e as portas destravam. Era hora de ver o que aquela estrela rubra traria. Grace tenta novamente falar, sobre o que a esperava.


 "- T-todos falhamos... N-não como matilha... M-mas como nação, povo, raça..."

 *Precisamos unir povos, tribos, nossa divisão é nossa desgraça... E... O que ela quis dizer com ''Inspiração do Sol'? Ela está bem confusa e precisa de ajuda... Não sei o que fazer além de compreender e dar tempo e espaço... Presas não se curam com bandagens ou gnose...*
 
 Comenta baixa mais para si do que para os outros ali, refletindo sobre a questão. Sai do carro e dà a volta encontrando o Presa de Prata lhe oferecendo apoio para sair do carro e seguir até a clareira central.


 "- V-vem... M-matilha ajuda irmão que precisa caminhar..."

 Ouve então a Fianna os anunciar e logo em seguida ouve o anúncio do uivo de Helenna.


 "- V-vamos... Precisamos reagrupar matilha..."

--------
OFF:  segue para a Clareira Central
Evan Ballmer
Evan Ballmer

Mensagens : 263
Data de inscrição : 24/04/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 Empty Re: Entrada Norte - Tijuca

Mensagem por Convidado em 15.08.18 11:11

Miguel desce do carro. Não tinha notado o estado deplorável do outro Theurge. Sempre esbanjando pompa e um ar superior, o Presas de Prata conseguiu atrair para si, apesar de uma raça pura estonteante, um ar negligente do Peregrino. Se ele parecia tão bom e intocável, não precisava de observações afinal. No entanto, vê-lo ferido, fez o Ahroun questionar se fora ele quem ferira o irmão de Matilha. Considerando que ele Crinou no carro e logo atrás de Igor, era provável que as cicatrizes no Presas fossem do Peregrino.

Pensando nisso, o Ahroun se aproximou do Presas, pelo lado oposto em que estava o Filho de Gaia.

-Eu ajudo também. Minha perna já está zerada... me deixem ser um apoio para a matilha ao menos uma vez essa noite.

Sua oferta era sincera, triste e direta. Ele carregaria o Presas se isso fosse necessário.

-A propósito... se eu tiver algo com seus ferimentos... foi mal... de verdade.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 Empty RESPs: Guardiões da Canção Ancestral

Mensagem por Toque-de-Beladona em 15.08.18 11:22

Beladona estava com raiva, assim que os companheiros de matilha entraram no carro ela tinha vontade de xingar, gritar, reclamar. O problema é que ela mal conseguia olhar pra eles de tanta raiva, sentia a sensação que calada seria mais fácil controlar sua fúria. Além de saber que não adiantaria muito. Ao olhar para todos percebeu que os olhos de Grace estavam vermelhos, não tinha olhado diretamente pra ela até então. Isso só reforçava sua desconfiança de que algo estava estranho, era difícil de acreditar que aquele fim de noite fosse só incompetência, certamente aquilo era um engenhoso plano da wyrm transfigurado em burrice de novatos, só restava descobrir quem era o agente da wyrm a coordenar esse plano e quem são os que foram burros o suficiente para serem peões, Antonela odiava a si mesma por ter se deixado manipular e não ter impedido o pior. *Esses olhos... se antes eu não confiava nela no comando, hoje eu nem quero ela dormindo ao meu lado! Seria muita crueldade imaginar q Grace esteja envolvida ativamente?*

Ela novamente decide ignorar todos naquele carro e esperar chegar ao Caern, foi maquinando o que faria quando chegasse lá pra esclarecer esse caos. Em meio aos seus pensamentos sentiu uma estranha dor em sua barriga, uma sensação de fome avassaladora como não sentia desde seus piores dias na Europa. Não conseguia entender por que daquela fome em momento tão impróprio, porém, de repente seus pensamentos se desviaram e só giravam entorno da sua necessidade de comida e sua urgência em consegui-la assim que chegassem ao Caern. Ela já estava mal humorada, aquela fome só piorava tudo. Ai mesmo que ela se calou e fechou os olhos.

Logo chegaram ao Caern Grace resolveu fazer sua auto crítica, algo um misto de solicitação de piedade com drama, sem citar que ela falava tão estranhamente que Beladona mal conseguia compreender. Respondeu direto e sem muita delicadeza:

"- Grace, o sofrimento da perda de um filho é imensurável e você tem o direito a ele, mas se quer algum tipo de atenuante a sua incompetência para o comando, irresponsabilidade na batalha e descuido com o passo do apocalipse que carregava em seu ventre, não espere de mim. Não serei eu a fazer carinho em sua cabeça, dizer que não foi culpa sua, fazer discursos motivacionais ou afins. Só espero que essa situação deixe claro a todos sua inaptidão para o comando, afinal eu só  segui seu comando nesse retorno ao Caern por que ainda respeito as lei de nossa nação e não pretendo ser tragada para o ralo em ações burras e impulsivas como você. Não desejo e nem concordo que sua punição seja a morte, a publicização de suas falhas, sua dor serão duras punições já serão punições. Não me parece que ser incompetente, irresponsável, arrogante, burra e achar que os cuidados sobre sua vida e gravidez eram sobre você,  e não sobre atrasar o Apocalipse até que a Nação estivesse pronta, sejam exatamente atentados a Litânia para serem passíveis a punições graves. Na verdade eles só provam que você foi profundamente egocêntrica e não se comportou em momento nenhum dessa missão como uma líder ou como uma mãe, e sim como uma garota mimada tentando se provar. Conseguiu provar somente que todos que te menosprezavam estavam certos, afinal não usou seu cérebro e sim sua emoções. Por todas as histórias que ouvi na vinda pra cá, sua tribo tem se afundado e parece que você tem sido de grande ajuda a isso. - Ufa, ela se sentia mais leve, apesar de não ter dito nem metade das verdades que queria dizer a todos ali, estava mais leve, merda seu estomago roncava - Bom, era o que eu tinha pra dizer por agora, se me derem licença eu vou seguir a Clareira Central, quero encontrar o Alpha e solucionar umas necessidades pessoais. Espero resolvermos nossas diferenças na reunião de matilha de forma sadia, mas já sabem um pouco do que penso!"

Nem mesmo aguardou resposta, não importava, saiu andando. Se eles fossem atrás bem, se ficassem remoendo suas dores e amores era problema deles, ela estava um pouco farta da ausência de senso prático de seus irmão de matilha e também precisava desesperadamente comer.
Toque-de-Beladona
Toque-de-Beladona

Mensagens : 98
Data de inscrição : 12/06/2018
Localização : O objetivo é vc nunca ter certeza...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 Empty Igor > Espírito Tranquilo, Calmaria de Gaia, Toque de Beladona e Cordas Trêmulas

Mensagem por Alek em 15.08.18 15:53

Igor acomodou-se no carro, ao lado da porta e fechou os olhos, apoiando a cabeça no vidro. Enquanto o carro cortava caminho por entre as ruas da cidade em alta velocidade, o Presas nem se deu conta do que sua matilha falava dentro do carro e repassava, num estado semiconsciente, tudo que vivera desde de sua chegada à seita da Coroa de Fogo.

“Parece que essa noite durou uma semana…” - pensou.

O Aston Martin de Laurel finalmente adentrara o território do caern, fazendo o Presas dar um suspiro de alívio. Assim que estacionaram, Igor abriu a porta e desceu do carro com cuidado, para não agravar seus ferimentos. Logo em seguida, Espírito-Tranquilo se ofereceu para ajudá-lo, ao que o filho do Falcão respondeu com um sorriso grato.


- Você é uma boa pessoa, Allen. Nunca deixe que tirem isso de você. Mas eu estou bem, é sério.
- disse, com um sorriso, olhando para o Filho de Gaia num agradável tom de irmão mais velho. Então, passou a encarar o caminho à frente. - Eu só preciso que essa noite acabe logo. - concluiu, com um tom bem mais sério.

Então o uivo de Helenna os alcançou, mas Igor notou que dentre os anunciados, faltava Olhos de Gaia.


- Vocês ouviram isso? Eles chegaram também, mas a Helenna não anunciou o Olhos de Gaia…
- a frase se encerrou de forma reticente e o theurge temeu a conclusão do raciocínio. Não duvidada que o time de Luke tivesse enfrentado algo tão perigoso quanto eles.

Em seguida, Calmaria também se ofereceu para ajudar e o Presas mais uma vez, de forma polida, reforçou que podia seguir sozinho. Depois daquela noite infernal, o último dos seus desejos era se tornar um peso para a matilha carregar.


-  Eu agradeço a todos vocês pelo cuidado, de verdade.
- disse, aproximando-se do ahroun e tocando-lhe o ombro - Essa foi uma merda de noite onde tudo que não poderia dar errado acabou dando, mas vai ficar tudo bem, meu irmão. - concluiu, com um sorriso confiante.

Quando pareciam que todos estariam em paz novamente, Beladona conseguiu resgatar o clima de animosidade com sua característica falta de tato. Ela não se contentava com meias palavras, nunca. Cada intervenção da Fúria Negra era um espetáculo de verborragia, e ela fazia sempre questão de desenhar e explicar com detalhes tudo que sua mente torta e insubordinada maquinava.

As palavras que Antonella cuspira contra Grace conseguiram irritar até mesmo o Presas. Ela não tinha o direito de tratar nenhum deles naqueles termos, principalmente sua líder, fragilizada pelo trauma de ter voltado da morte e perdido sua filha. Antes que ela pudesse sair, Igor se colocou em seu caminho, encarando-a de maneira firme.


- Eu não sei em que merda de lugar você nasceu, pelo que você passou ou com que tipo de gente você aprendeu a tratar seus irmãos de matilha desse jeito babaca, Antonella. Mas isso não vai existir no nosso meio. E isso não vai mais se repetir.
- então, por um instante, os olhos do Presas adquiram novamente o brilho dourado, como se a Fúria dos seus ancestrais se acendesse - Nunca mais. Você deve desculpas a alguém aqui.

O tom de Filho-da-Alvorada era grave e nenhum dos presentes tinha dúvida que ele estava falando sério. Tendo terminado de falar, deixou que Toque-de-Beladona seguisse seu caminho.

Voltou-se, então, para o resto da matilha e disse, no mesmo tom calmo de antes.


- Eles vão estar esperando a gente, vamos andando. Grace?



——

OFF: Toque-de-Beladona precisa de 5 sucessos num teste de Força de Vontade (dif 6) para não se sentir intimidada pelas palavras de repreensão de Filho-da-Alvorada.
Alek
Alek

Mensagens : 238
Data de inscrição : 04/04/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 Empty Re: Entrada Norte - Tijuca

Mensagem por Toque-de-Beladona em 15.08.18 16:58

Beladona percebe Igor se interpondo em seu caminho e seus olhos ficando amarelos, ele claramente tenta ser hostil e dá ordens que ela se desculpe. Antes ela só queria dar sua opinião e seguir, mas considera tão infantil e ridícula a atitude do Theurge que agora ele quer humilhar e desafiar aquele garou. Olha o olha com desprezo e deboche enquanto dá uma rápida gargalhada e diz:


"- Você é patético! É assim que você pretende virar Rei da Nação? Hahahahah Risível! Você nunca será Rei passando a mão na cabeça de quem foi responsável pelo segundo passo rumo ao apocalipse. Fique tranquilo, essas ragabash que vos fala fará com que, não só a minha tribo, mas toda a seita saiba da irresponsabilidade dela e de sua convivência e defesa. Sobre o pedido de desculpas a resposta é: NÃO! Aliás acho q na verdade ela que deveria pedir desculpas a toda a Nação, e você por consequência, já que apoiou toda a decisão." - e o fita com olhar desafiador, afinal quem era aquele mimado para lhe dar ordens.
Toque-de-Beladona
Toque-de-Beladona

Mensagens : 98
Data de inscrição : 12/06/2018
Localização : O objetivo é vc nunca ter certeza...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 Empty Re: Entrada Norte - Tijuca

Mensagem por Alek em 15.08.18 17:38

Antonella era resiliente como uma barata e nem mesmo as palavras de Igor a dissuadiram de continuar seu intento de desestabilizar a matilha. O tom de desafio e ironia na resposta da Fúria fizeram a veia da têmpora do Presas saltarem. A vontade de de fazê-la obedecer, mesmo que se fosse necessário usar força física para tal, retesava seus músculos e fazia-o cerrar os punhos.

Igor olhou pra trás e viu sua matilha atrás de si. Respirou fundo e voltou a encarar Beladona. Uma decisão errada e ele perderia tudo que construiu com eles até aqui, e todas as palavras de unidade e confiança escorreriam pelo ralo.

Filho-da-Alvorada sorriu diante das provocações de Beladona. Mas não era um sorriso amigável, como todos ali já estavam acostumados. Era Fúria e desafio. Ele se aproximou da filha do Pégaso e disse, pra que apenas ela ouvisse.

- Você quer apostar em quem consegue a cabeça de quem numa bandeja primeiro, TonTon? - o nome da ragabash fora proferido com uma dose especial de desdém. -  Eu adoro jogar, e eu sou capaz de apostar que você também gosta.

O Presas, então, se afastou e olhou pra matilha uma última vez. Sem dizer nenhuma palavra, mudou para sua forma lupina e correu pelo caminho que o levaria até a Clareira Central.

——
OFF: Continua no tópico Clareira Central
Alek
Alek

Mensagens : 238
Data de inscrição : 04/04/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 Empty Grace - Todos

Mensagem por Convidado em 15.08.18 17:50

Grace escuta as palavras de Espírito Tranquilo e por um instante reflete sobre elas. A desunião dos Garous era sem dúvida a grande causa dos problemas que viviam. 
Mas a morte de sua filha, isso havia sido culpa dela. 

Igor chama atenção para o uivo de Helenna, que não incluía Olhos de Gaia. O coração de Grace se apertou em pensar que o pior poderia ter acontecido ao lupino. 
"Não... meu bom amigo. Não..."

Achava que havia vertido todas as lágrimas possíveis aquela noite, mas mais uma desliza de seu rosto. Então Antonella resolve se aproximar com palavras que não tinham nenhum propósito exceto ofendê-la. Grace apenas a ignora, mas Igor decide confrontá-la, com uma seriedade tão profunda que ela não se lembrava de ter visto antes. Isso se torna uma medição de força entre os dois, na qual Grace até pensou em intervir, mais em consideração ao Presas de Prata do que a si mesma, mas ele vai embora, e ela também tinha que ir.

- Á Clareira Cental, todos - diz firmemente tomando o caminho.

OFF: Segue na Clareira Central

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 Empty Re: Entrada Norte - Tijuca

Mensagem por Toque-de-Beladona em 15.08.18 17:58

gor caminha em sua direção visivelmente desestabilizado e sussurrou em seu ouvido tentando ser ameaçador, não chegava nem perto afinal a vida da Fúria foi criel o suficiente pra um príncipe mimado ter vez. Ela responde tambdt no ouvido dele:

"- Eu adoro apelidos, um desafio é uma caçada. Além de ser especialista em lutar por minha vida. Você não e o primeiro que deseja minha cabeça numa bandeja, e nem o primeiro que ficará na vontade. A morte seria um bálsamo a sua vergonha, príncipe fracassado! Eu vou me assegurar que voce estará vivo para responder por cada uma de suas vergonhas!" - ela segurou mas o Theurge foge em sua forma lupino, seria um prazer pra ela expor os fracassos dele.

Durante a fuga ela eleva um pouco a voz e diz:

"- Nao precisa se envergonhar, peça desculpas em voz alta, eles vão entender! HahahahabaHaha. Frouxo, não aguenta 2 minutos de verdades ditas na cara! Como eu disse antes, vejo voces na clareira central." - e sai. Seu estômago estava a ponto de colar nas costas, ela seria capaz de morder o braço de alguém e mastigar  a qualquer minuto

_______________
Off: Segue na Clareira Central
Toque-de-Beladona
Toque-de-Beladona

Mensagens : 98
Data de inscrição : 12/06/2018
Localização : O objetivo é vc nunca ter certeza...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 Empty ESPÍRITO TRANQUILO (homenídeo) | GUARDIÕES-DA-CANÇÃO-ANCESTRAL | NARRAÇÃO

Mensagem por Evan Ballmer em 15.08.18 20:27

Ao oferecer ajuda, recebe uma resposta de Igor que o deixa um pouco desconcertado, o fazendo até dar uns passos para trás. Não era o tipo de garou que recebi elogios e ainda mais de Presa de Prata. Pelo menos Calmaria também oferece ajuda, e aquilo poderia ser bom para estreitar relações entre aqueles dois.  Igor tambem nega, tentando ali se mostrar autosuficiente. Esperado por alguém da tribo dele agir assim.
 Mas o irmão de augúrio pontua algo que a situação tinha feito o albino não notar. Olhos de Gaia não tinha sido anunciado por Helenna.
 A preocupação toma o Filho de Gaia, mas tenta firmemente se agarrar a ideia de que o Lupino estava bem e vivo. Tinha que ter aquilo alguma explicação.
 Então a sua frente uma discussão se forma. Beladona que estava quieta desabafa e esbraveja. Coisas que Allen não considerava errada, mas que pela ótica dele eram diferentes. Mas ele só falaria como entendia ali, se fosse necessário ou se pedissem. Sabia que provavelmente ignorariam sua opinião por ser cliath, impuro e Filho de Gaia, já que muitos torciam o nariz por ideiais mais apaziguadores. 
 Suspira e devagar retira o sobretudo preto pesado, está do bem suado por baixo dele. O calor do Rio era forte e parece que só aumentaria com o raiar do sol, e se perdia em seus pensamentos.


 * Ela nunca disso que não se responsabilizaria... E... É isso que vai nos levar ao apocalipse... Jogar contra o outro... E não unir... Só ouvir a fúria... Será a destruição nossa para nós mesmos...*

 A Fianna nada responde, mas Igor resolve responder. E uma discussão se forma. Quase que automaticamente num sussurro, palavras fogem da boca do theurge,baixas que talvez nenhum deles ouvisse.

 "- Chega... Chega de briga ..."

 Um tanto quanto decepcionado, observa Igor se aproximar de Beladona, ambos terem uma conversa ao pé do ouvido com expressões faciais nada cordeais, e então Igor toma a foram lupina e corre para o centro do Caern.

*Pelo menos isso indica que ele está bem...*

 A ragabash esbraveja em alto tom e segue também para a clareira bufando. Enquanto Grace anuncia de forma firme que devia seguir para a clareira também.
 Allen balança a cabeça de forma negativa frente a situação vista ali entre os dois garous, dá um breve olhar para o Peregrino. E segue para a clareira com a expressão mais neutra que podia ter e a características cabeça levemente abaixada. 
 Não estava nem um pouco contente com aquilo.

--------
OFF: segue clareira central!
Evan Ballmer
Evan Ballmer

Mensagens : 263
Data de inscrição : 24/04/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 Empty FIM DE NOITE

Mensagem por NarraDiva em 15.08.18 21:43

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 BlissfulUnacceptableAfghanhound-size_restricted
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 36
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 Empty Re: Entrada Norte - Tijuca

Mensagem por Luke Constantine em 02.10.18 16:47

* Legado-do-Trovão segue caminhando com quem o acompanhasse até encontrar um local mais tranquilo para que pudessem conversar a contento. *
Luke Constantine
Luke Constantine

Mensagens : 556
Data de inscrição : 28/06/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 Empty Re: Entrada Norte - Tijuca

Mensagem por Alek em 03.10.18 10:37

Igor acompanhou Luke até a entrada norte do caern. 
Alek
Alek

Mensagens : 238
Data de inscrição : 04/04/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 Empty Narração - Legado-do-Trovão | Filho-da-Alvorada

Mensagem por NarraDiva em 03.10.18 11:13

Os relâmpagos e trovões tornavam-se mais intensos, a chuva era fortíssima.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 36
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 Empty ESPÍRITO TRANQUILO (homenídeo) | LEGADO-DO-TROVÃO | FILHO-DA-ALVORADA | NARRAÇÃO

Mensagem por Evan Ballmer em 03.10.18 13:03

Caminha com os garous da matilha naquela chuva que só ficava mais forte. Seu sobretudo preto ensopado so ficava mais pesado. 


 *Droga... Mas melhor isso do que aquele calor e sol forte... Mas o que se passa aqui? Senhores da sombra tem algo com isso ou e só o clima mesmo daqui*

Ouvia as palavras de Igor que tentava o consolar de alguma forma. E com calma responde.


"- N-não tenho preocupação quanto a consequências de meus atos... E-eu fico as  escolhas que achei certas... M-me preocupa mais as repercussões sobre vocês... matilha... Mesmo caso do Helios.  "


 Andava junto pensando onde Luke queria ir com eles.
Evan Ballmer
Evan Ballmer

Mensagens : 263
Data de inscrição : 24/04/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 Empty Legado do Trovão (Hominideo -> Crinos) - Espirito-Tranquilo / Filho da Alvorada

Mensagem por Luke Constantine em 03.10.18 16:48

* Luke vê que seus irmãos de matilha o seguem e se limita a escutar as palavras que eram proferidas. Igor havia acalentado Espirito-Tranquilo e, embora pessoalmente duvidasse que o Juiz da Seita fosse tratar o tema como uma mera formalidade, o impuro parecia bastante ciente da escolha que havia feito e das consequências, dando-os uma rara demonstração de segurança. Deixa seu tom grave ecoar para sobrepujar a chuva: *
 
- Você tomou a decisão de manter essa informação oculta antes de se vincular ao nosso totem e ainda assim, mesmo nos termos questionáveis em que essa caçada foi imposta, é provável que essa ação respingue em nosso nome. Lidaremos com isso, somos uma matilha e corremos juntos. Lembre-se apenas que há tempos para seguir o que achamos certo para nós e tempos para fazer o que é certo para nossa matilha, por mais difícil que seja. Você já usou a primeira opção, quando a hora chegar certifique-se de fazer valer a segunda.
 
* Fixa os olhos em Espirito-Tranquilo para certificar-se de que a mensagem estava sendo compreendida e então para de caminhar. Observa o entorno e julga que estavam num local bom o bastante. Agora a chuva caia ainda mais pesada, os trovões ecoavam com maior intensidade, era como se o patrono de sua tribo gritasse. Olha para os céus, deixa as gotas pesadas atingirem sua face e reflete: *
 
“Avô Trovão parece ter algo a dizer.. preciso me encontrar com os de minha tribo.”
 
* Comenta com os Theurges: *
 
- Tenho assuntos a tratar em breve, então serei sucinto. Caso ainda não tenham sido cientificados, adquiri renome suficiente para me tornar Forsten e fui bem sucedido na passagem de posto. Gostaria que vocês me auxiliassem a negociar o chiminage dos dons que pretendo adquirir. Desejo o poder da Armadura de Luna e o conhecimento da fala dos espíritos. Iremos para a umbra caso estejam dispostos.

* Então aguarda que os Lua Crescente promovessem a travessia e deixa sua fúria queimar no peito para transformar-se em um grande Crinos de pelos muito negros que, mesmo encharcados pela chuva torrencial, refletiam a luz do luar. *
Luke Constantine
Luke Constantine

Mensagens : 556
Data de inscrição : 28/06/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 Empty Igor > Luke e Allen

Mensagem por Alek em 03.10.18 18:18

Igor sorriu diante da resposta de Espírito-Tranquilo. Nas palavras do impuro, via uma confiança que não vira antes. Estava impressionado e, ao mesmo tempo, satisfeito com a postura do Filho de Gaia.


Luke tomou a palavra em seguida e suas palavras deixaram o lua crescente quase tão surpreso quanto as de Allen.

- Luke tem razão. Somos uma matilha e vamos lidar com isso como uma matilha. Dediquei uma parte do meu dia para aprender a realizar a Contrição, para que fizéssemos o que combinamos e você pudesse reparar sua conduta diante de Hélios e dos Solari. Vamos pagar nossas dívidas, cumprir nossas punições e fazer melhor que na noite anterior. Temos um Apocalipse pela frente para vencer.

Quando o alfa falou sobre os Lunos, Igor arqueou as sobrancelhas e premiu os lábios.

- Hmmm... Lunos? Acho que você não vai querer me ter por perto se vai negociar com um Luno, Luke. Não por enquanto. - sorriu, como se lembrasse de uma piada antiga e não tão engraçada. - Espírito-Tranquilo é mais do que capaz de fazer isso, espero vocês do lado de cá.
Alek
Alek

Mensagens : 238
Data de inscrição : 04/04/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 Empty ESPÍRITO TRANQUILO (homenídeo) | LEGADO-DO-TROVÃO | FILHO-DA-ALVORADA | NARRAÇÃO

Mensagem por Evan Ballmer em 04.10.18 11:23

O albino apenas escuta a resposta do alfa. Sem muito reagir, apenas olhando de volta a ele mas sem o encarar. Não dos dos nea palavra. Só abaixa a cabeça de forma resignada.
 Igor emenda o discurso sobre agir em matilha, e aquilo deixava Allen com uma sensação conflitante. A primeira era alegria e conforto da preocupação  agir como matilha todos junto. Mas ao se lembrar sobre visões contadas a ele na reunião de tribo e a reação de Olhos-de-Gaia, vinha a sensação ruim sobre aquilo de agir em matilha.


 *Sempre agi e agirei em favor da matilha, seja a núclear que estou, seja a seita ou a nação que são as grandes matilhas de um garou... Com tanto que não seja decidido pela morte de inocentes... Nos momentos de loucura e decisões cruéis, por mais que se incomodem, estar contra a liderança é estar a favor da matilha e do correto... Sobrevivência e manutenção da vida é dever sagrado dado por Gaia... Eu não irei compactuar com mortes descenecessárias e de inocentes nunca...*

 Apenas abre um pequeno sorriso a Igor, quando este comenta do aprendizado para resolver a constrição com Helios. 

 "-O-Obrigado irmão..."

 Logo escuta o alfa falar de seus intentos com dons, e a reação de Igor. Ele se lembra do comentario do Presa de Prata no concílio sobre sua relação conflituosa com Luna e filhos, por causa de benção e posição com Helios , e balança de leve a cabeça de leve.


 "- Dois dons... Caso Filho-da-Alvorada deseje, possível nos acompanhar em partes, buscaremos um espírito que ensine o dom de Comunicação com Espiritos ao alfa... E, e... Depois v-você se afasta, e faço a negociação com o Lino... Caso queira por em prática e aprendizado seus novos conhecimentos... Seria bom e respeitoso alfa já saber falar com espírito para de comunicar com Luno... E se o alfa quiser assim, e ter que fazer chiminage a dois espíritos diferentes... Ou, c-caso também, Filho-da-Alvorada tenha coisas a fazer... Posso seguir com alfa... E ver se Luno pode ensinar os dois dons a ele... Pode ser talvez um pouco mais rápido... O-o que preferem?"

 Fala refletindo sobre o assunto, e formas de resolver aquilo, que pudessem ser interessante a ambos. Mas sem decidir ali. As duas opções de.voas a matilha, dependendo das prioridade.
 Observa o alfa mudar de forma, se tornando aquele Crinos enorme e negro, exalando raça pura. E então gastando fúria, faz o mesmo. Mas ele era sem cor, um branco meio amarelado, sem ter.o brilho prata dos pelos de um Presa de Prata, e com o focinho, olhos, e garras num tom.palido e rosado. E era menor que Luke, assim como em homenídeo, e com.porte físico bem menor.
 
 "- Se estiverem prontos... Segurem em m-mim e vamos"

 Rompe a película e faz a travessia com quem estivesse ali apto a ir com ele.

---------------------
OFF: gasta 1de fúria para mudar de forma, crinos
Segue para topico da Penumbra
Evan Ballmer
Evan Ballmer

Mensagens : 263
Data de inscrição : 24/04/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 Empty Igor > Allen e Luke

Mensagem por Alek em 04.10.18 16:58

Igor ouviu as opções apresentadas por Espírito-Tranquilo e tomou sua decisão.


- Também tenho algumas coisas que posso adiantar aqui. Vai lá, ajuda o Luke com o Luno, vou aproveitar esse tempo pra fazer uma outra coisa. Vou ficar por perto.


O Presas viu o albino atravessar junto com Luke, afastou-se um pouco do local e resolveu usar seu tempo para, também, aperfeiçoar suas habilidades.


Avaliou uma distância que não atrapalharia o ritual do Filho de Gaia e, assim como seus irmãos de matilha, atravessou.


----
Próximo post: Penumbra
Alek
Alek

Mensagens : 238
Data de inscrição : 04/04/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 Empty Re: Entrada Norte - Tijuca

Mensagem por Luke Constantine em 05.10.18 20:02

* Luke fica satisfeito ao ver a forma como Igor parecia entender o momento que a matilha passava e nota também que ele parecia ter algo pendente com os lunos. Não sabia o que era, mas não era o momento de descobrir. Quanto a isso, apenas comenta: *

- Confio que você vai resolver isso o quanto antes. 

* Então comenta aos dois Theurges: *

- Vamos nos reerguer dos escombros em que nos encontramos, ainda há tempo para a vitória e não busco por nada menos. Todo o conhecimento que puderem reunir é válido, toda a vantagem que tivermos ao nosso dispor deve ser usada. Um de vocês dois será o novo mestre de rituais dessa matilha, preciso que ambos se desenvolvam ao máximo. 

* Então Espirito-Tranquilo levanta pontos espirituais, Igor toma sua decisão, e estavam prontos para partir. Luke se despede momentaneamente do Presas-de-Prata com um aceno firme de cabeça e então segura o ombro do albino com uma de suas grandes patas em crinos, pronto para a travessia.

OFF: Continua na Umbra. 
Luke Constantine
Luke Constantine

Mensagens : 556
Data de inscrição : 28/06/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 Empty Legado do Trovão (Crinos -> Hominídeo) - Espírito-Tranquilo

Mensagem por Luke Constantine em 10.10.18 16:25

* De volta ao plano físico Luke inala os odores noturnos e deixa que seu corpo retorne para a forma racial. A chuva ainda caía pesada, molhando seu corpo e atiçando sua curiosidade para a mensagem que Avô Trovão estava passando. Despede-se de Espirito-Tranquilo com um aceno de cabeça silencioso e segue apressadamente para encontrar os de sua tribo. *


OFF: Continua na Clareira Central.
Luke Constantine
Luke Constantine

Mensagens : 556
Data de inscrição : 28/06/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 Empty ESPÍRITO TRANQUILO (Crinos) | LEGADO-DO-TROVÃO | FILHO-DA-ALVORADA | NARRAÇÃO

Mensagem por Evan Ballmer em 10.10.18 18:32

Atravessa para o mundo físico junto de Luke. o observa rapidamente tomar a forma homenídea, dar-lhe um aceno e seguir apressado para a clareia. Realmente parecia urgente o compromisso que tinha, ao menos o albino o tinha ajudado naquele momento.
 Respira fundo, com calma sozinho na chuva, e toma também a forma humanoide. Aquela chuva apesar de apaziguar o calor, era um pouco incomoda. Mas era melhor aquilo. 
 Sozinho e parado ali mesmo onde estava. Começa a pensar, sentindo um pouco de dificuldade em se decidir, para onde ir e o que fazer naquele momentos até a reunião de matilha.
Evan Ballmer
Evan Ballmer

Mensagens : 263
Data de inscrição : 24/04/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 Empty Igor > Allen

Mensagem por Alek em 10.10.18 21:29

Igor saiu da Umbra na forma de um enorme crinos branco, cujo pelo refletia prateado sob a luz de Luna, mesmo debaixo da chuva torrencial. Avistou Espírito-Tranquilo, mas o albino estava sozinho.

À medida que se aproximava do irmão de augúrio, o Presas ia voltando à sua forma natural, sobre duas pernas.

- Deu tudo certo com o Luke? - inquiriu Allen. 

Então, prosseguiu.

- Enquanto vocês se resolviam por lá, decidi aprender alguma coisa também enquanto esperava. - Filho-da-Alvorada falava num tom casual, enquanto volta e meia olhava para o alto conferindo a chuva e observava a lua minguante que derramava sua luz prateada sobre a floresta.

No entanto, logo assumiu um tom mais sério e encarou o Filho de Gaia.

- Temos que cuidar, também, da sua Contrição, Allen. Se o que o Solari disse pra você, que toda a matilha sofreria pela sua falta, é um problema que acaba se tornando urgente. 
Alek
Alek

Mensagens : 238
Data de inscrição : 04/04/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 Empty ESPÍRITO TRANQUILO (homenídeo) | FILHO-DA-ALVORADA | NARRAÇÃO

Mensagem por Evan Ballmer em 10.10.18 22:26

Perdido sobre em como decidir o que fazer não nota a aproximação de Igor, até este se pronunciar.

 "-Ah... Sim... Está... Luke aprendeu a falar com espíritos e armadura de luna... Seguiu as pressas para uma reunião..."

 Ouve ele falar que foi aprender algumas coisas e depois tomando um tom sério o encarando retoma o assunto sobre a constrição com Solaris.
 Suspira pesado.


 "- Sim... D-desculpa, eu nem os conhecia e já trouxe problema... E, obrigado Filho-da-Alvorada... Estarei pronto assim que quiser..."

 *Se estiver vivo para isso...*

 Abaixa a cabeça ao Presa de Prata num sinal de respeito e resignação.
Evan Ballmer
Evan Ballmer

Mensagens : 263
Data de inscrição : 24/04/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 Empty Igor > Allen

Mensagem por Alek em 11.10.18 14:29

O albino, novamente, pedia desculpas pelo problema que causara com os Solari, ao que Igor respondeu com um suspiro profundo.

- Allen, eu sei que não foi intencional. Confesso que fiquei irritado quando você contou o que aconteceu, desrespeitar daquela maneira os solari me fez ter vontade de pegar você pelo colarinho e arrastar até o Reino Etéreo para se desculpar pessoalmente com Hélios. - Igor tinha uma expressão séria, mas sorriu ao concluir o raciocínio. - Desculpa, isso é um pouco pessoal pra mim.


Mas, rapidamente, o sorriso quente e agradável do Presas, logo deu lugar a um semblante contemplativo.

- No fim, todos acabamos errando, uma hora ou outra. A forma como você lida com esses erros é o que te faz diferente dos outros. Você vai querer ser aquele que vive pedindo desculpas? - encerrou dando um sorriso encorajador ao albino.

Novamente, olhou para o céu e deixou que a luz de Luna iluminasse seus olhos azuis, conferindo-lhes um brilho quase sobrenatural, e lembrou-se da sua própria tarefa de recuperar o favor da Senhora da Noite. Suspirou e voltou a encarar o filho do Unicórnio.


- Vou até a Clareira, ver o que está acontecendo. Você ouviu aquele uivo da Réquiem?
Alek
Alek

Mensagens : 238
Data de inscrição : 04/04/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Norte - Tijuca - Página 5 Empty Re: Entrada Norte - Tijuca

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 15 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 10 ... 15  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum