[Realengo] Edifício 13 de Maio

Novo Tópico   Responder ao tópico

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ir em baixo

Pantaneiro - Olhos da tempestade / Skull-Head

Mensagem por Yorick MacAlister em Dom Set 17, 2017 7:05 pm

Camilo decide objetivar um pouco as coisas. Passa uma referência do lobo deixando todos prontos para partir e também fala sobre a dificuldades das armas e sobre não poder usa-las devido ao registro.

" Caralho... se eu não puder usar essa porra eu to na merda..."

Mas então Lucas tira as palavras da sua boca. Teria que usar algo já que não poderia se transformar ou simplesmente ia ser vulnerável a tal ponto de ser inútil. Acena para o Filho de Gaia em sinal de gratidão pela sincronia do pensamento e escuta a resposta de Skull-Head.

Raspar a identificação era algo pra retardar maiores problemas caso algo desse merda. O certo mesmo era apagar os registros da polícia, mas pelo visto isso não seria possível nessa noite. Quando Camilo pede uma arma pra ver, Pantaneiro lhe entrega o .38. Observa o movimento feito para raspar a númeração, pega o objeto. Saca da sua .40 que estava em sua cintura por dentro da calça enquanto diz:

- Pacificador tem razão, Skull-Head. E o cê também. Isso é pra eu poder me defender de alguma forma essa noite, mesmo que seja de forma provisória. Não vou sair atirando por aí igual louco e de forma desnecessária, à não ser que precise, ai é diferente. Sei dos riscos.

Completou.

- Pode ficar com esse .38, xômano. Comprei pra nóis memo. É seu já. Inclusive eu ia te pedir que você que manja dessas paradas melhor que eu, logo que tiver uma oportunidade apagar esses registros dessas armas no sistema da polícia, pra eliminar qualquer forma de rastreio dessas armas deixando elas "frias", porque ai nóis pode ficar mais tranquilo depois. Será que é possível?

Perguntava para Skull-Head enquanto ia raspando a numeração da .40. Uma mão lavava a outra e as duas lavava a bunda. Tanto Skull-Head já se beneficiaria por estar ganhando uma arma, quanto também poderia usa-lá tranquilamente caso apagasse os registros. O que também era de extrema importância para Pantaneiro.
____________________
.38 de Skull-Head.

Pistola com 12 tiros .40 de Pantaneiro.

avatar
Yorick MacAlister

Mensagens : 653
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Skull-Head (Hominídeo) - Matilha Olhos da Tempestade | Pantaneiro e Legado-do-Trovão

Mensagem por Skullhead em Dom Set 17, 2017 7:14 pm

Ele, analisando a .38 novinha em suas mãos como um menino brincando com um carrinho novo, apenas responde:

'- É claro, grandão. Os teus registros devem ser enviados amanhã para o órgão público e colocados no sistema. É algo mais difícil de se fazer, mas nada que um Andarilho não consiga.'

Ele se volta para Luke e apenas diz:

'- Acho que podemos vazar agora, Luke.' 
avatar
Skullhead

Mensagens : 524
Data de inscrição : 02/07/2017
Idade : 23
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pantaneiro - Olhos da tempestade

Mensagem por Yorick MacAlister em Dom Set 17, 2017 7:54 pm

- Isso que eu chamo de atitude. Muito bem, caveira!

Pantaneiro havia ficado satisfeito com o que escutava de Camilo. O apelido de caveira não era difícil deduzir que era por causa de sua tatuagem facial. Nota que Skull-Head já havia dado a dica para Luke partir, completou:

- Pera aí.

Foi até a dispensa, pegou uma garrafa de álcool, isqueiro, uma corda, uma silver-tape e um fardo de catuaba selvagem. Voltou para onde todos estavam colocando o isqueiro no bolso e justificando:

- Agora sim podemos ir. To pronto. O álcool e o isqueiro é pra queimar o corpo dos malditos que nóis matar. É o preço que a Theurge me pediu em troca da invocação do espírito que pedi hoje a tarde no Caern para aprender um novo Dom. Peço a colaboração de todos para isso. A corda e a silver-tape é se precisarmos amarrar alguém ou alguma coisa. E a catuaba a mais importante, pra nóis beber depois da missão.

Colocou o fardo no chão, tirou uma, abriu e já deu um longo gole. Ofereceu a todos:

- Mais como vai demorar já vou destampar uma logo. Alguém aceita?

Voltou sua atenção pro Skull-Head e finalizou:

- E os beck, xômano? Comprou mais?
avatar
Yorick MacAlister

Mensagens : 653
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Guardião-Ancestral | Pacificador - Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por NarraDiva em Dom Set 17, 2017 8:22 pm

Pacificador comenta com sua voz calma e seu sorriso sempre carismático no rosto:

'- Na verdade, Irmão Camilo, você saberia fazer o ritual de dedicação a um talismã? Acho importante para que as armas não se percam caso vocês entrem na umbra. Seria um problema se algumas delas fosse extraviada, não é mesmo?'
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3319
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pantaneiro - Olhos da Tempestade / Skull-Head / Pacificador

Mensagem por Yorick MacAlister em Dom Set 17, 2017 8:29 pm

"Eu amo esse cara... E se Skull-Head conseguir fazer isso.. também vou amar ele..."

Pantaneiro regala os olhos se perguntando como não havia pensado nisso antes. Deixar as armas dedicadas poderiam fazer com que não se perdessem, principalmente na umbra. O Ahroun valorizava cada vez mais Pacificador por sua perspicácia e sabedoria. O Filho de Gaia estava sempre um passo a frente e isso fazia com que o Fianna gostasse cada vez mais dele, por isso o elogiou:

- Pacificador, sempre sábio e perspicaz! Isso realmente seria uma mão na roda se conseguisse, Caveira! Se for algo rápido, talvez podemos fazer agora...


Pantaneiro sugeria fazer aquilo de imediato. Parecia o tempo livre que tinham para poder executar aquilo e depois só Gaia saberia o quanto ficariam corridos.
avatar
Yorick MacAlister

Mensagens : 653
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Skull-Head (Hominídeo) - Matilha Olhos da Tempestade | Pacificador

Mensagem por Skullhead em Dom Set 17, 2017 8:36 pm

Ele não acreditava que o Fianna ainda queria pensar em beber num momento como aquele. Quanto aos becks, o Andarilho apenas balança a cabeça negativamente. Lukas tinha algumas sugestões, que eram até válidas, mas infelizmente não poderiam ser feitas por Camilo.

'- É uma ideia do caralho, Lukas, mas infelizmente eu não conheço o ritual. Victor?'

Ele olha para o outro Philodox, esperando que talvez ele pudesse conhecê-lo. Ele, na verdade, estava agoniado já; esse tipo de coisa deveria ter sido resolvida pela manhã e não quando já estavam atrasados. O Filho de Gaia testava a paciência do Theurge, mas Camilo tentaria não ceder.

*Vamos lá, cara! Você não precisa atirar nas fuças de toda pessoa que te enche o saco!*
avatar
Skullhead

Mensagens : 524
Data de inscrição : 02/07/2017
Idade : 23
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Guardião-Ancestral | Pacificador - Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por NarraDiva em Dom Set 17, 2017 8:53 pm

O Philodox comenta:

'- Que pena... é que como eu sou o único, até onde sei, que possui o Toque da Mãe, acho que deveria guardar minha Gnose para o uso em caso de necessidade de cura. Na noite passada gastei quase toda minha reserva com cura de ferimentos. Senão eu mesmo faria.'

O Juiz olha para o Galliard e comenta:

'- Eu sei que sua ligação espiritual não é muito ampla, mas você poderia fazer isso pelo menos na arma de Pantaneiro, Alef? Eu lhe ensinei o ritual hoje à tarde, certamente será uma chance de você colocar em prática seu aprendizado.'

O Galliard apenas troca olhares com Victor enquanto processava a ideia de que teria que gastar sua preciosa Gnose para dedicar a arma de Pantaneiro.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3319
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pantaneiro - Olhos da tempestade

Mensagem por Yorick MacAlister em Seg Set 18, 2017 12:40 am

Pantaneiro segurava sua catuaba na mão quando veio a primeira informação que deixava-o triste: havia acabado a maconha do caveira. E depois a segunda que doeu mais um pouco: ele não sabia a porra do ritual.

"Por Gaia... como ele não sabe!!!... fodeu... vou ter que deixar essa arma guardada se não vou perder ela..."

Fez uma cara de lamento e deu um gole profundo em sua catuaba. A ideia de ir desarmado assustava um pouco o Fianna. No momento, em uma luta a distância era algo que poderia salvar sua vida. Eis que então Pacificador toma a palavra. Ao conclui-las, Pantaneiro tinha a certeza absoluta que se Lucas fosse uma mulher, já tinha dado um beijo e pedido em casamento.

Não sabia como juíz tinha tanto apreço e preocupação pelo seu bem estar, talvez fosse consideração, mas em todo caso, era profundamente agradecido por isso. Faria isso em palavras na primeira oportunidade. O fato de pedir para Alef dedicar sua arma, sem dúvida era um ato de amor. Pacificador sabia do ódio instalado no Presas de Pratas de Pantaneiro e ainda assim arriscava-se pelo Fianna em um pedido audacioso.

"Eu amo esse cara... amo muito!"

Era o sentimento de Pantaneiro. Dava pra notar pela expressão de Alef que não queria fazer, mas faria se fosse necessário ou se fosse pedido por um dos Senhores das Sombras.

"Por ele tenho certeza que não... a raiva dele de mim não vai deixar... mas se Luke ou Victor pedir, quem sabe..."

Olha para Lucas fazendo um breve aceno com seu chapéu agradecendo o Filho de Gaia mais uma vez pelo companheirismo e apoio. Depois volta sua atenção e toda expectativa para Alef e Victor, com quem trocava olhares. Estava a mercê da sorte.
avatar
Yorick MacAlister

Mensagens : 653
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Realengo] Edifício 13 de Maio

Mensagem por Victor Montenegro em Seg Set 18, 2017 10:31 am

Victor percebe os olhares de Alef e de Pantaneiro em sua direção. Pantaneiro tinha motivos para requerer o ritual e Alef obvias reservas em desprender sua gnose para o benefício do Fianna. O Senhor das Sombras olha para os 2 e para o Filho de Gaia e pondera:
[color=#990099]
- Eu consigo entender que o ritual da dedicação possa ser útil para que a arma nao fique jogada no mundo físico quando atravessarmos para a umbra, mas essa é a única utilidade que vejo. Nao acredito que a ligação espiritual de Yorick seja sequer capaz de sustentar a dedicação da arma e de um pente além das suas roupas. Na primeira vez que atravessar para umbra ficará com um revolver sem munição. Alem disso nos nao sabemos quão difícil será a nossa noite e acredito que tanto a sua gnose, pacificador, quanto a de Alef possam ser melhor empregadas. [\color]

Vira-se para Pantaneiro e diz:

- Quanto à sua arma, Yorick, na parte da missao da qual estamos responsáveis, ela nao será necessária e no combate contra o espectro sera inutil. Leve a arma, mas ela ficará no carro a maior parte do tempo. E quando você sair do carro com a arma e tenha que passar para umbra, por algum motivo, lembre-se de retornar ao mundo físico e recuperar a pistola depois. Vai ser um pouco mais trabalhoso, mas nada demais.

* Além disso, se eu falar pro Alef dedicar essa pistola e ele acabar precisando da gnose que gastou com o Pantaneiro no decorrer da noite,
eu nao gosto nem de pensar no que aconteceria...
avatar
Victor Montenegro

Mensagens : 668
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 32
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Legado do Trovão - Olhos da Tempestade

Mensagem por Luke Constantine em Seg Set 18, 2017 12:57 pm

* Luke vê que Derek finalmente se junta aos demais e, como acontecera com todos os outros, Pantaneiro tinha um Pantakit para ele também. Cumprimenta o Ragabash e se limita a observar seus presentes enquanto a conversa se desenrola, tentando extrair algo de útil deles. Estava sendo maçante ter que acompanhar a rasgação de seda e toda a cena dos presentes, mas aprovava a boa intenção daquilo embora não fizesse questão de participar ativamente. Volta a prestar atenção quando a conversa se dirige para as armas que o Fianna havia arrumado, seria mesmo uma bosta ter que usar armamento registrado. Soluções provisórias surgem por parte de Skull Head mas o pessoal queria ir além e dedicar as armas antes de partirem. *
 
“Isso devia ser feito na reunião e não agora que não temos tempo..”
 
* Alef não parecia muito feliz em ter que gastar sua preciosa Gnose para ajudar Yorick e Victor se adianta para argumentar que aquilo não era essencial. Fosse como fosse, não pretendia perder tempo com aquilo agora que já tinham compromisso firmado. Aproveita o momento para pôr fim ao impasse, dizendo para Yorick: *
 
- Estamos em cima da hora e, apesar de ser uma merda deixar ponta solta, duvido muito que a polícia dessa cidade tenha meios ou tempo pra ficar investigando balística com todos os problemas que já tem. Faça uso consciente dessas armas de fogo e o pior dos problemas vai ser evitado. Na pior das hipóteses e com estratégia suficiente, atacando só quando for oportuno, você pode contar com seus fetiches pra situações de Umbra e sair inteiro. Estratégia e pensar antes de agir fazem parte da sua punição, afinal.
 
* Esperava que aquilo sossegasse o facho do Fianna e prossegue: *
 
- Assim que tivermos tempo podemos sim dar um jeito de regularizar a questão das armas, mas por agora a gente tem que seguir caminho. O lobo deve estar no Caern e as Fúrias devem estar esperando, vamo lá.
 
* Deixa os presentes de Yorick bonitinhos na caixa para guarda-los depois e então segue para a Kombi dizendo para ele no caminho: *
 
- Panta, pode dirigir. Vamo ver como ronca o brinquedo novo.
 
* Caso ninguém tivesse mais nada a dizer, entraria no veículo e esperaria que os demais também entrassem para partirem ao Caern. *
avatar
Luke Constantine

Mensagens : 435
Data de inscrição : 28/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Realengo] Edifício 13 de Maio

Mensagem por Victor Montenegro em Seg Set 18, 2017 1:10 pm

- Luke, eu vou com Alef e o Skull no carro dos Andarilhos, blz?. Vamos precisar de 2 pra missão e nao tem sentido voltar aqui depois do caern so pra pegar mais um. Quando a gente sair pra missão vocês ficam com a kombi e eu e o panta ficamos com o carro.

Vira-se pra Alef e pro caveira e completa:

- Vamo nessa?. - Fala já colocando a mochila nas costas e pronto para partir.
avatar
Victor Montenegro

Mensagens : 668
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 32
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Legado do Trovão - Olhos da Tempestade

Mensagem por Luke Constantine em Seg Set 18, 2017 1:27 pm

* Luke apenas concorda com a solicitação, sem ver nada de errado com ela: *

- Sem problema algum.

* Apenas aguardava que seus irmãos se juntassem nos respectivos veículos. *
avatar
Luke Constantine

Mensagens : 435
Data de inscrição : 28/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Realengo] Edifício 13 de Maio

Mensagem por Victor Montenegro em Seg Set 18, 2017 1:32 pm

Victor senta no banco do passageiro e aguarda Alef e Skull para seguirem para o Caern.
avatar
Victor Montenegro

Mensagens : 668
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 32
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pantaneiro - Olhos da tempestade

Mensagem por Yorick MacAlister em Seg Set 18, 2017 2:13 pm

Victor faz várias ponderações, dentre elas sua capacidade de dedicação espiritual, o melhor aproveitamento da gnose, que era desnecessária contra um spectro como se tiver certeza absoluta que só lutariam com ele e por final estava claro a posição do Philodox. Disse então:

- Bom, se ela não é necessária como cêis ta dizendo, vamos em frente com a missão.


Fez isso colocando a .40 novamente em sua cintura.

" Só espero realmente que eu e mais ninguém precise dela, porque se precisar, vou lembrar bem disso..."

Luke toma parte da conversa e faz várias ponderações dignas de nota. Entre elas o registro da arma, que Skull-Head apagaria depois, também da forma de uso e da necessidade da polícia procurar por algo banal sendo Rio de Janeiro a capital do crime. Acenou positivamente com a cabeça para o Alpha concordando com sua posição e sem mais nada a acrescentar, completou iniciando a caminhada ate a kombi:

- Ok. Bora então. Quem sabe nóis não capota essa Kombi tamém, neh Alpha?

Olha para Luke e dá um sorrisinho irônico fazendo o Alpha se lembrar da desgraçeira feita na noite passada. Presta atenção na divisão sugerida por Victor e faz sua parte.

Vai até a Kombi, toma o lugar do motorista, liga a mesma, dá uma pisada funda no acelerador pra limpar a garganta do motor e aguarda todos entrarem. Quando todos se acomodassem, partiria para o Caern.
avatar
Yorick MacAlister

Mensagens : 653
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Realengo] Edifício 13 de Maio

Mensagem por Derek Spencer em Seg Set 18, 2017 2:50 pm

Spybot - Olhos da Tempestade

Sem mais delongas, Derek deixa seu presente em algum lugar que pudesse pegar quando voltasse e já parte para o carro, tinham que ir ao Caern encontrar o Lupino.
avatar
Derek Spencer

Mensagens : 298
Data de inscrição : 27/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Skull-Head (Hominídeo) - Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por Skullhead em Seg Set 18, 2017 3:16 pm

O Alpha finalmente se pronuncia e as coisas se resolvem mais rapidamente. Camilo segue com Victor e Alef até o carro para finalmente seguirem o caminho do Caern. Levava consigo sua mochila, os presentes haviam sido deixados na sala do apartamento.
avatar
Skullhead

Mensagens : 524
Data de inscrição : 02/07/2017
Idade : 23
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Legado do Trovão - Olhos da Tempestade

Mensagem por Luke Constantine em Seg Set 18, 2017 3:25 pm

* Luke vê que todos já haviam seguido aos respectivos veículos e senta-se no banco do passageiro da Kombosa black flag. Esboça um meio sorriso após a piada feita por Yorick e, com ironia, não deixa barato: *

- Pra você poder arrancar o motor da Kombi depois?!

* Com o braço pra fora da janela, da dois tapas curtos na lateral da porta fazendo um barulho de ferro como um bom tiozão caminhoneiro dos fretes e dá a ordem ao Pantaneiro: *

- Bora, toca pro Caern.
avatar
Luke Constantine

Mensagens : 435
Data de inscrição : 28/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pantaneiro - Olhos da tempestade

Mensagem por Yorick MacAlister em Seg Set 18, 2017 5:32 pm

Pantaneiro ri o suficiente pra abrir os dentes para o Alpha depois da piada. Enquanto engata a primeira, diz:
- Essa eu paguei com meu dinheiro, vou cuidar bem dela. Hahaha...
Completou.
- Bora!
Feito isso seguiu pelas ruas do Rio de Janeiro em direção ao Caern após verificar que todos já estavam dentro da Kombi.
_______________
OFF Game:
avatar
Yorick MacAlister

Mensagens : 653
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Guardião-Ancestral - Legado-do-Trovão | Skullhead

Mensagem por NarraDiva em Seg Set 18, 2017 6:40 pm

Alef entra no carro e parte.

Cena segue nas Ruas da Zona Oeste.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3319
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

FIM DA 2ª NOITE

Mensagem por NarraDiva em Seg Jan 01, 2018 10:13 pm

avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3319
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Realengo] Edifício 13 de Maio

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum