Grutas e Cavernas

Novo Tópico   Responder ao tópico

Página 13 de 18 Anterior  1 ... 8 ... 12, 13, 14 ... 18  Seguinte

Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Elaijah Maickoson em 19.06.18 15:53

Sangue-Forte-de-Luna
Crinos:


Algumas considerações sobre a punição são tomadas, mas nada que influenciasse o Ahroun.

Se escuta o uivo sobre a cerimônia feita ao Andarilho do Asfalto, mas antes de pensar em se pronunciar, a sua alfa define o que seria melhor se feito.

O Ahroun presta muita atenção ao que cada membro da sua matilha fala sobre suas habilidades, para criar estratégias de batalha e para tornar uma fortaleza o território de sua matilha.

Eis que chega a sua vez:-Bom. Sou um grande guerreiro mestre tanto em Kailindô técnica de minha tribo. Sempre me saio bem em manobras onde quase todos saíram com bastante ferimentos. Possuo um raciocínio muito rápido. E tenho um elo excelente com meus ancestrais.

Elaijah vai falando olhando para cada Garou e se lembra de algo quando seu olhar passa por Uivo-Flamejante.
-Acabei de notar que se eu não me engano no irmão Uivo-Flamejante, ainda não foi abençoado por Naurú, pois se eu não me engano nosso totem voltou para a Umbra antes do Galliard chegar na nossa matilha. A Alfa e Anda-com-Espíritos poderiam ver e já marcar um horário para a benção, pois não sei se agora seria o melhor horário, pois nosso totem acabou de utilizar suas forças no último combate.
avatar
Elaijah Maickoson

Mensagens : 131
Pontos : 132
Reputação : 1
Data de inscrição : 21/03/2018
Idade : 30

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por sussuros-da-weaver em 19.06.18 17:44

Ouvindo as questões levantadas por Nate,João responde:
"-Em batalha eu não posso fazer muito,sou bastante resistente,e sou um bom atirador, mas não sou um grande guerreiro, mas com preparo e antecipação,posso preparar situação de grande destruição,como bombas ,foguetes ,armadilhas, e domino bem as maquinas da Weaver."
avatar
sussuros-da-weaver

Mensagens : 47
Pontos : 47
Reputação : 0
Data de inscrição : 23/03/2018
Localização : Rio de janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sangue-Sobre-a-Neve (L) - Matilha Sangue Forte de Luna

Mensagem por NarraDiva em 19.06.18 20:24

Meio entediada, Sangue-Sobre-a-Neve ouvia as auto-declarações dos membros da matilha. Sua única reação mais satisfatória se faz quando o juiz fala que os humanos eram presa. Aquilo era algo que ela também concordava.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por olho da tormenta em 19.06.18 20:58

Se havia algo que lupinos normalmente não gostavam eram de coisas da Weaver. Eram as coisas da Weaver que destruíam Gaia com a maior frequência e que perturbavam a ordem natural das coisas. Quando João diz que dominava bem as coisas da Weaver, o lupino funga uma... duas... três vezes, como se tivesse limpando as narinas ou aquele espirro canídeo.

- Weaver... Nada bom vir de Weaver...

E deixou que os outros continuassem.
avatar
olho da tormenta

Mensagens : 31
Pontos : 31
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/05/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Réquiem - Sangue Forte de Luna

Mensagem por Angelique T. Albrecht em 19.06.18 21:17

Fora Atual: Crinos

Ouve o que a Garra Vermelha diz, mas não retruca. Espólio Cyberpunk fala sobre suas habilidades e Réquiem gosta do que escuta. O juiz teria muita utilidade nas missões designadas à matilha. Se despede do juiz com um levantar da mão direita. Tinha percebido que ele sentira muito a perda do irmão de tribo e quase se descontrolou com Sangue Sobre a Neve. A Garra Vermelha é mais sucinta em suas palavras, mas não menos importante que o juiz. A Wyld era muito importante e precisavam aumentar o alcance dela em todos os lugares. Olhou para Equilíbrio da Força, já imaginando um Ponto de Encontro com Wyld poderosa e não tão próxima da cidade.

Sussurros da Weaver surpreende bastante. Família era uma coisa que Réquiem sempre sonhou, mas nunca teve. Ajudaria o Andarilho no que fosse necessário para manter a família humana dele em segredo. Anda com Espíritos parecia se virar bem em batalha, mas tinha que ver isso com seus próprios olhos. Talvez em um treinamento com Flagelo da Wyrm. As falas continuam com Uivo Flamejante e Réquiem, em Crinos, mantinha o olhar em cada garou enquanto falava. Não demonstrava nenhum sentimento ou se movimentava enquanto observava o irmão de matilha que estava falando. Olho da Tormenta não tinha memória de seu passado, o que poderia trazer problemas para a matilha, mas se mostrou um ótimo combatente durante o ataque daquele enorme verme. Iria se preocupar com possíveis problemas depois.

Eliajah fala bem pouco e levanta e uma questão que já estava no radar da Galliard. Ela nada responde, mas faz um gesto de que o que ele tinha dito seria concluído. João adiciona algumas coisas às suas habilidades e Réquiem abre um sorriso que mostrava seus dentes. Faltavam Reflexo da Lua e Flagelo da Wyrm, mas ela resolve falar antes deles.

-Alguns falaram menos, outros mais. Mas eu pretendia ter mais informações a respeito de cada um. Pode ser que estejam guardando informações importantes sobre si mesmos para um momento oportuno ou que prefiram não dizer tudo sobre si. Não os condeno. Acabamos de nos conhecer e este tipo de informação necessita de confiança. Quando se sentirem mais à vontade, caso queiram, podem me procurar para adicionarem o que for em suas fichas que guardo aqui.

Nesse momento Réquiem pega a garra onde seria o dedo indicador e toca sua cabeça três vezes. O comentário de Olho da Tormenta adicionava outra informação a ele próprio, apesar de saber que lupinos odiavam qualquer coisa vinda da Weaver. Não era informação realmente nova.

-Digo isso porque tenho uma memória fotográfica. Eu nunca esqueço nada. Posso demorar alguns minutos para lembrar de algo, mas lembro de tudo que vejo ou ouço. Tenho uma percepção alta, consigo me virar em uma luta, tenho habilidades medianas em armas brancas e sou ligada ao nosso lobo interior profundamente, a benção com Naurú deixou isso bem mais forte. Minhas habilidades em ocultismo são altas. Não exalo nenhum cheiro, o que vai ser bem difícil se tentarem me rastrear e só vejo em preto e branco. Minha visão em preto e branco dificulta bastante algumas orientações das quais qualquer um de vocês possa me dar, então se atentem a isso. Creio que isso seja suficiente sobre minha pessoa.

E olhou na direção de Flagelo da Wyrm e depois para Reflexo da Lua. Os dois que restavam.

-Ah...ia me esquecendo. A maioria humanos me acham extremamente atraente por alguma razão da qual eu não consigo entender.
avatar
Angelique T. Albrecht

Mensagens : 404
Pontos : 406
Reputação : 2
Data de inscrição : 25/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Convidado em 19.06.18 22:33

E mais uma vez o uivo de Siggy era ouvido pelo Caern e, dessa vez, o som tinha um quê de desespero e bizarrice: "A MORTE ESTÁ ATACANDO NO CEMITÉRIO!!!"

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Emilie Malley em 20.06.18 8:55

Emilie ainda estava de joelhos, buscando concentrar sua força em amenizar aquela dor, seus dedos latejavam sem cessar e ela sabia que aquilo perduraria por um bom tempo.

"Merda"

Embora estivesse mais focada na dor que sentia, ouvia com clareza o que todos diziam e tambem o anuncio do sepultamento, enquanto se levantava ouviu o que sua Alpha dizia sobre arrancar suas unhas toda vez que crescesse e voltou os olhos para ela. Até o momento tinha uma boa impressão de Réquiem, mas aquele olhar não parecia de uma criatura com o juízo no lugar, aquilo despertou uma forte desconfiança na Ragabash.

"Melhor ficar atenta, acho que nossa Alpha não é exatamente aquilo que achava"

Cada membro da matilha falava sobre seus pontos fortes e fracos, Emilie duvidava muito que tudo estava sendo colocado sobre a mesa, seria até mesmo tolo se abrir completamente a desconhecidos, até porque, nunca se sabe o que o outro esconde.

Emilie ia se pronunciar quando um uivo de fszer a espinha congelar pode ser ouvido, calando a boca da Furia Negra antes mesmo de algo ser dito.

"Outra vez? Que merda!"
avatar
Emilie Malley

Mensagens : 27
Pontos : 27
Reputação : 0
Data de inscrição : 23/03/2018
Idade : 23

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sangue-Sobre-a-Neve (L) - Matilha Sangue Forte de Luna

Mensagem por NarraDiva em 20.06.18 10:40

Sangue-Sobre-a-Neve fica alerta e resmunga:

'- Morte não atacar. Morte ser da Wyld. O que macacos burros estar fazer?'

Estava à espera de uma ordem da Alfa e, olhando para ela, lembra:

'- Macaco Juiz da Weaver ir a Cemitério. Irmão macaco em perigo.'

Logo após os comentários da Theurge o uivo de Garras do Trovão chega às grutas. Um uivo que avisa que o Mestre de Rituais está a caminho do cemitério e que todos devem permanecer em alerta mas seguir com seus afazeres normais.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Convidado em 20.06.18 11:01

FORMA-HOMINIDEO
Uivo sabia que o intuito era conhecer melhor os membros da matilha, mas sabia que isso viria com o tempo não com as palavras, mesmo sabendo das importância delas.

Então mais um uivo é ouvido, só que dessa vez era quase um pedido de socorro

*Que merda que tá acontecendo aqui*

E quase que instântaoeamente Rob lembra da profecia e que Fortaleza de Gaia seria uma das primeiras matilhas a cair.

*Isso não pode acontecer*

Então Sangue sobre a Neve informa que os espíritos da morte são da Wyld e lembra de que Espólio de Cyberpunk foi no cemitério

-Alpha se me permite Gostaria de ir ajudar  e ver se Cyberpunk está em perigo, sei que ele sabe se virar e é um Forsten, mas não gosto da idéia de um irmão de matilha podendo correr perigo e eu sem fazer nada - disse de forma sincera,apesar do que poderia ter aparentado ele não tinha rancor e nem ego enaltecido para brigar com um irmão de matilha ele sabia que deveria aprender e isso ele  iria fazer. Apesar de que ainda pretende dar um porre no Juiz.

Então mais um Uivo é escutado e esse era de Garras do Trovão, avisando que o mestre de rituais do Caern estava indo ajudar.

*Eu sei que parece ter a situação sobre controle, mas seria bom o nosso juiz saber que zelamos por todos*

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por olho da tormenta em 20.06.18 13:46

Havia algo de estranho na voz da Alfa quando ela sugeriu que se arrancassem as garras de Reflexo da Lua toda vez que elas crescessem. Por mais que a líder não soltasse nenhum tipo de cheiro, a tremulação em sua voz e algumas expressões faciais acabavam por ser notórias. (SUCESSO NO TESTE DE EMPATIA ROLADO PELO NARRADOR).

Então, o juiz intercedeu pela Fúria Negra.

- Não... Reflexo da Lua pagar por crime... Não dever sentir dor... não mais. Se punição não... boa... juiz ter culpa... não julgada.

Continua olhando para os Theurge.

- Haver garras para chiminage... Reflexo da Lua e Olho de Tormenta ter Gnose para chiminage... Dever pedir espírito sábio de cura... ajuda em cumprir punição. Lição não poder ser aprendida... duas vezes.

Olhou uma última vez para a Alfa e falou em tom sério.

- Philodox julgar... Olho da Tormenta julgar. Reflexo da Lua livre... dívida com Gaia.

E dessa vez olhou para todos os membros.

- Se alguém desafia julgamento... Olho da Tormenta dizer... dar passo a frente... e Gaia decidir quem estar certo. Se ninguém desafia... assunto encerrado. Theurges ver o que fazer... matilha ter assuntos importantes.
avatar
olho da tormenta

Mensagens : 31
Pontos : 31
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/05/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Matilha Sangue-Forte-de-Luna

Mensagem por Anda-Com-Espiritos em 20.06.18 18:05

Forma: Crinos
Ainda sentado com suas patas a frente Nate observava os companheiros continuarem os relatos.
Rob da prosseguimento: 
*Ele parece ser uma especie de paladino dos jogos de rpg que joguei antigamente, alguem que inspira os outros a fazerem as coisas melhores e um grande bife! Nunca imaginei que estaria fazendo essa analigia na vida real mas fico grato por ter essa experiencia!*

Olho da tormenta entao se manifesta cuspindo um monte de frases algumas delas uteis, outras desnecessarias. Mas Nate ja percebia que aquele era o jeito dele. Ao que ele entendera ele era um bom lutador, como se precisasse de mais exemplos, ele havia destroçado 3 wormes em um instante, conhecia a wyrm e as suas fraquesas e, como era de se esperar, odiava cidades e desprezava os humanos. 

"De fato ele nao foi abençoado ainda" - Responde ao comentário de Eliajah

Requiem eh quem toma a palavra em seguida, ela fala pontos muito importantes que poderiam de fato atrapalhar a matilha como o fato de sua visão ser em preto e branco. Nate nunca havia lhe dado com aquilo e ja pensava que poderia cometer algum erro por causa disso. Ele lembra tambem que era muito ligado ao lobo interior e seu conhecimento do ocultismo e acha valido acrescentar.

"-Tambem tenho bastante ligação com o lobo interior e conhecimento em ocultismo. Obrigado por lembrar alfa"

Então cortando o clima mais pacato de conversa um uivo passa rasgando a calmaria. 
*O que raios estará acontecendo agora?*


*Como é que o lider quer que a gente continue os afazeres depois de um uivo desses?*

Rob ja se prontifica a ir ver o que estava acontecendo.

Nate esperava uma posição da alfa!
avatar
Anda-Com-Espiritos

Mensagens : 128
Pontos : 129
Reputação : 1
Data de inscrição : 21/03/2018
Idade : 35
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Réquiem - Sangue Forte de Luna

Mensagem por Angelique T. Albrecht em 20.06.18 19:35

Forma Atual: Crinos

Um uivo chega às Grutas e anunciava a morte. Réquiem ergue as orelhas e se dá conta que Espólio Cyberpunk tinha ido para lá. Se preocupa, apesar de saber que o Juiz sabia se virar bem. Sangue Sobre a Neve fala sobre os macacos burros e ela consente com a Theurge. Mesmo com o uivo de Garras do Trovão, Uivo Flamejante queria seguir para proteger o Andarilho do Asfalto. Ela olha para Sangue Sobre a Neve e diz:

-Sangue Sobre a Neve, já que possui grande afinidade com a Wyld, siga para ajudar Espólio Cyberpunk e quem precisar. Confio em você. Se precisar de ajuda uive que iremos o mais rápido que pudermos.

Se vira para o Fianna:

-Entendo sua preocupação Uivo Flamejante, mas devemos seguir o que o líder da seita solicitou. O Mestre de Rituais  da seita está a caminho e espíritos são especialidades dos Theurges. Se Sangue Sobre a Neve precisar de ajuda, ela vai nos chamar.

E ela acreditava bastante que se o próprio Espólio Cyberpunk precisasse de ajuda, ele já teria chamado a matilha. Réquiem estava obedecendo a ordem direta de um garou de posto superior. Não totalmente, já que mandava a Garra Vermelha. Além disso, o Fianna ainda não tinha a benção do totem.

E veio as palavras do lupino. Infelizmente ele não queria arrancar sempre as garras de Reflexo da Lua, o que era inconveniente para ela. Não tinha nada contra o julgamento do Senhor da Sombra. Assente em positivo para Nate enquanto ele acrescenta algumas informações.

-Reflexo da Lua e Flagelo da Wyrm...estou esperando que falem sobre suas habilidades. Fiquem a vontade.

E abre um sorriso aos dois.
avatar
Angelique T. Albrecht

Mensagens : 404
Pontos : 406
Reputação : 2
Data de inscrição : 25/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Emilie Malley em 20.06.18 20:58

Emilie observou toda a movimentação, era a Alpha que deveria tomar qualquer decisão, o Fianna se prontificou em ir ver o que estava acontecendo e ajudar nosso irmão, reforçando em Emilie a ideia do quanto ele era prestativo, pelo com ele ela não havia se enganado com a primeira impressão....até o momento.

Emilie estava disposta a se submeter a ideia insana e cruel de Réquiem mas Olho da Tormenta se posicionou com firmeza indo contra a idéia da Alpha. Emilie nada disse, ela era o avesso do Fianna da matilha, evitava abrir a boca o maximo possível, era mais observadora. Olho da Tormenta acaba de arrancar suas garras, ela poderia estar com odio dele mas a postura do juíz fazia com que a Ragabash desenvolvesse um respeito especial por ele. Ele foi capaz de dizer sentir orgulho dela logo após a sessão de tortura, deixando claro que seu unico interesse era que a Furia Negra fosse digna de servir a Gaia com honra e coragem. Ao ver o mesmo se levantar para ir contra a ideia da Alpha sádica, o agradeceu mentalmente e na sua cabeça passou um unico pensamento

"Talvez não me coloque na frente de Réquiem para protege-la, mas eu faria isso pelo lupino marrento com certeza"

Emilie era uma criatura muito geniosa e tão cedo não se esqueceria daquele olhar de Requiem, a respeitaria como Alpha porque era obrigação mas confiar, no momento parecia difícil.

Réquiem deliberou qual seria a postura da matilha mandando apenas Sangue sobre a neve para ajudar o membro da matilha que poderia estar em perigo. Depois da ordem dava indagou a Emilie e a Flagelo da wyrm.
Emilie olhou firmemente para ela, séria e sem muita impatia no olhar.

_Meu maior ponto fraco no momento é bem evidente em contra partida sou uma Ragabash com boa lábia, tenho facilidade para conseguir informações e usar meu cerebro a meu favor. Sou péssima com lutas...sem garras ainda mais, mas posso ser útil com minha persuasão...não sei se pode ser util mas trabalhei durante um ano como striper e costumava conseguir favores com isso

Permaneceu com os olhos fixos em Réquiem quase sem piscar enquanto falava sem em nenhum momento mudar a entonação de sua voz.
avatar
Emilie Malley

Mensagens : 27
Pontos : 27
Reputação : 0
Data de inscrição : 23/03/2018
Idade : 23

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sangue-Sobre-a-Neve (L) - Matilha Sangue Forte de Luna

Mensagem por NarraDiva em 20.06.18 23:50

Sangue-Sobre-a-Neve se retira para ir ao cemitério.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Convidado em 21.06.18 12:53

FORMA-HOMINIDEO

Rob acata as ordens de Réquiem e fica mais tranquilo em saber que Sangue Sobre a Neve vai verificar a situação no cemitério.

-Anda com espíritos se possivel gostaria que me ajudasse, se tivermos algum tempo ficaria grato se invocasse espíritos para eu aprender alguns dons para ajudar a matilha.  - disse para Anda com Espíritos.

-Seria interessante se o restante viesse treinar comigo algumas táticas, principalmente os que irão combater de perto. Acho que Réquiem pode proteger a retaguarda e os que não são tão combativos. Pelo que ouvi e vi tenho uma sugestão, quando iniciarmos um combate podemos nos dividir em três unidades. A primeira seria composta por 3 Garous, Eu, Olho da Tormenta e Equilíbrio da Força sempre seriamos os primeiros a entrar no combate e os Últimos a sair, Seremos a ponta da Lança de Naurú. Em seguida na segunda divisão teríamos Réquiem, Flagelo da Wyrm e Anda com Espíritos, essa divisão fica o controle do combate onde Nate pode ficar tocando o tambor e invocando Espíritos, Onde ficará o Estandarte. Essa é a Cabeça do Naurú Flagelo como Beta protegerá a Alpha e Nate podendo reforçar qualquer das Divisões. E a nossa terceira divisão seria nossa artilharia pesada ficaria mais afastada longe dos inimigos dando cobertura para as duas Divisões essa seria composta por Espólio de Cyberpunk, Reflexo da Lua, Sangue Sobre a Neve e Sussurros da Weaver, essa é os Olhos de Naurú sempre olhando pelas outras duas divisões. Essa é apenas uma sugestão, e é obvio que no calor do combate as coisas mudam e cabe a nós a sabedoria para agir. - disse tentando ajudar a sua matilha, na cabeça dele nunca é tão simples como ele havia dito e muitas vezes não se encontrariam sempre juntos.  


-Preciso ser abençoado o quanto antes por Naurú para me conectar com a matilha e podermos levar o treinamento de tática de matilha a frente. - Rob sabia que a conexão espiritual era essencial para que eles formassem uma unidade.

*Espero que todos concordem não vi outra formação, mas quem sabe alguém tenha uma ideia melhor. Espólio de Cyberpunk e Sangue sobre a neve pode ter idéias boas também era melhor ter esperado eles para dar minha opinião*

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Elaijah Maickoson em 21.06.18 18:57

Sangue-Forte-de-Luna
Crinos:


Elaijah continua a ouvir os relatos. E esperava uma ordem da líder para saber o que faria em questão do uivo ouvido anteriormente.

Um novo uivo é ouvido declarando o que estava acontecendo. Seu irmão Juiz de matilha estava lá, mas em respeito ao líder do Caern a alfa manda apenas Sangue-Sobre-a-Neve como reforço. Mesmo Uivo-Flamejante se prontificado de imediato para ajudar.

Emilie e Nate se pronunciam sobre suas qualidades restando apenas Flagelo-da-Wyrm para fechar a rodada de apresentações de qualidades e defeitos.

*Bom já tenho idéias para a proteção do nosso encontro de matilha e sobre o nosso território. Já sei os que serão muito úteis.

Uivo-Flamejante da ideias sobre uma formação de batalha.
-Bom eu acho que podemos deixar um Ahroun fora da primeira linha de ataque. Principalmente o que se saiu super bem no último torneiro.

Equilíbrio-da-Força olha para todos analisando um por um.
-Eu acho que poderíamos acrescentar Flagelo-da-Wyrm na linha de frente. Deixando nossa Alfa ainda na segunda linha podendo organizar e dar ordens as três linhas livremente. Para ficar junto a ela seria Sangue-Sobre-a-Neve que também é excelente em batalha e Espólio-Cyberpunk que é um exímio atirador. E para fechar colocaria Reflexo-da-Lua para ser a portadora e ativadora dos fetiches pelo fato de não estar com garras por um bom tempo, Anda-com-Espíritos invocando espíritos e dando suporte junto com Sussurro-da-Weaver que usará seus aparatos tequinologicos para causar estragos a distância.

O Ahroun para um momento e continua.
-Foi isso que conseguir observar e montar de acordos com as lutas dos torneio e do ThunderWyrm.
avatar
Elaijah Maickoson

Mensagens : 131
Pontos : 132
Reputação : 1
Data de inscrição : 21/03/2018
Idade : 30

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por olho da tormenta em 21.06.18 21:56

A Alfa manda apenas Sangue sobre a Neve como reforço ao ataque no cemitério e aquilo para ele estava tudo bem. Então, tanto Rob quanto Elaijah começam a fazer planos e estratégias.

O Fianna fala tanto que chega a ser até irritante para o Lupino e Elaijah também fala muito, especialmente para um Portador da Luz. Aquelas estratégias eram irracionais para um Lupino. Será que só ele percebia que aquilo não era uma batalha de xadrez? Que cada batalha era diferente e exigia uma estratégia diferente? Na verdade... para quê uma estratégia? Onde a Wyrm ou os inimigos da matilha aparecessem, que eles fossem destruídos!

- Macacos falar demais... não entender... razão.

Olhava para os irmãos, pois estratégia para ele se resumia a uma simples coisa: prever o futuro.

- Como Equilíbrio da Força e Uivo Flamejante... prever futuro? Como saber o que matilha enfrentar amanhã? Viver no futuro.... não natural. Viver presente... Garou adaptar... Garou lutar a luta de hoje.

Comentou especialmente para rob.

- Alfa não precisar... proteção. Nenhum Garou precisar proteção! Todo Garou passar por rito de passagem... não ser mais filhote... saber se defender... e defender família.

Olhou para a Alfa e depois para Uivo Flamejante.

- Se Alfa não saber se defender... se precisar de Flagelo para defender... então Alfa não ser Alfa. Matilha com líder indefeso... matilha indefesa!

Olhou para todos e falou sério.

- Todos lutar! Todos se defender! Para Gaia... um Garou não mais importante que outro! Se um lutar... todos lutar! Se um cair... lutar até último cair!
avatar
olho da tormenta

Mensagens : 31
Pontos : 31
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/05/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Réquiem - Sangue Forte de Luna

Mensagem por Angelique T. Albrecht em 22.06.18 10:19

Forma Atual: Crinos

Sugestões sobre táticas de matilha e treinamentos entre os garous da Sangue Forte Forte de Luna são dadas. Mas não via Flagelo da Wyrm fora da linha de frente, ainda mais ele sendo um Cria de Fenris. As ideias, não todas, são bem vindas e Réquiem gostava de ver que sua matilha procurava uma formação de batalha coesa. Olho da Tormenta quase consegue tirar uma risada da Galliard com sua simplicidade.

-Fico feliz que todos já estão procurando montar grupos de ataque em situações de perigo. Todas as sugestões serão levadas em consideração.

E continua falando:

-Uivo Flamejante e Anda Com Espíritos, amanhã durante o dia precisaremos nos encontrar com Fênix de Prata para recebermos orientações de como agir para tentarmos decifrar o que acontece com a Umbra nessa cidade. Pretendo fazer esse encontro às 15 horas se não chocar com nenhuma reunião de tribo que já tenham. Sangue Sobre a Neve também participará e a avisarei quando chegar.

Ela aguarda a resposta dos dois irmãos de matilha:

-Anda Com Espíritos e Sangue Sobre a Neve devem ir se encontrar com Sussurros Solitários, Alfa da Olhos da Tempestade para tratarem de assuntos pertinentes à aliança da Zona Oeste. O encontro será no Lago Verde que fica na Entrada Oeste às 16 horas. Não faltem, esse encontro é importante para a aliança e para vocês.

Espera um pouco, tinha muito o que falar:

-Temos muitas tarefas para resolver e a que mais me preocupa é uma constrição com o Grifo que foi solicitada pelo líder dos Garras Vermelhas da Seita. Todos os garous da Sangue Forte de Luna precisam aprender o ritual de constrição. Com a chegada de Olho da Tormenta, pode ser que essa tarefa fique mais fácil. Não sei se vocês sabem, mas o Grifo odeia hominídeos. Sangue Sobre a Neve também vai nos ajudar com isso. Aqueles que quiserem, também procurem aprender a falar com os Espíritos. Sangue Sobre a Neve disse que iria nos ajudar nisso, então seria interessante que aqueles que quiserem falar com espíritos fossem todos juntos falar com ela e resolvia isso de uma vez. A constrição com o Grifo é de que devemos matar humanos que ferem a Wyld e fazer oferenda direto ao Grifo. Essa constrição acontecerá, mas precisaremos das habilidades de Espólio Cyberpunk para identificarmos humanos que destroem a Wyld, Refelexo da Lua também pode ajudar nas investigações.

Olhou cada irmão de matilha por um instante:

-Equilíbrio da Força, gostaria muito que o Ponto de Encontro fosse em um local com bastante Wyld ou que seja possível desenvolvermos a Wyld. A região da qual somos responsáveis é desconhecida por mim, mas peço para Sussurros da Weaver e depois pedirei a Espólio Cyberpunk que o ajude nessa procura. Sussurros da Weaver, sei que isso não é legal de se pedir, mas parece que sua família tem dinheiro disponível. Poderíamos usá-lo para poder adquirir o Ponto de Encontro?

Aguarda a resposta do Andarilho do Asfalto e depois de recebê-la, continua:

-Temido Como Vulcões também nos ordenou que devemos caçar nossa própria comida pelo menos uma vez a cada ciclo lunar. Toda a matilha deve fazer essa caçada, além de que devemos fazer outra caçada em honra ao Naurú uma vez a cada mês, esse é um dos dogmas do nosso totem. Essas caçadas ficam a cargo de Olho da Tormenta.

Desta vez para Anda Com Espíritos:

-Sua invocação do espírito durante o combate na Clareira Central...qual é a dívida? Também precisamos pagá-la.

E espera seu Mestre de Cerimônias responder para continuar falando. Era muita coisa para se resolver.

-Também temos uma missão passada a nós pelo líder da seita que devemos resolver. São desaparecimentos na região da nossa matilha, 3 crianças e 1 adolescente. Ocorreram no bairro de Gericinó e podem ter ligação com os vampiros ou com aquela energia estranha que controlava a ex líder do caern.

Suspira fundo já imaginando quantas coisas tinham que resolver.

-Sobre os vampiros, aqueles que tiverem ancestrais ou qualquer contato no mundo humano, procurem informações sobre essas pragas. Eles devem ser destruídos o mais rapidamente possível. Tentem descobrir ações dessas coisas em nosso território primeiro. Se tiverem informações de vampiros em territórios de outras matilhas me informem. Nunca ajam em território de outra matilha sem o consentimento do Alfa da matilha daquele território.

Sobre os fetiches que ganharam na assembleia:

-O tambor da Fúria ficará com Anda Com Espíritos por enquanto. Quero deixar bem claro que o tambor da Fúria e o Estandarte Campeão são fetiches da matilha Sangue Forte de Luna e que serão utilizados por todos quando se fizer necessário. O estandarte ficará comigo por enquanto, mas ele mudará de garras quando eu achar necessário.

Para Uivo Flamejante:

-Precisaremos de treinamento, mas não tenho certeza se teremos o tempo necessário durante o dia. Tenho mais quatro compromissos que envolvem reuniões de líderes das matilhas, tribo, investigação da morte de uma garou na noite anterior. Aqueles que tiverem a possibilidade de fazer esse treinamento, acho válido. Mas não tenho certeza se poderei comparecer. Aqueles que puderem, não hesitem.

Olhou para a Fúria Negra:

-Reflexo da Lua, use suas conexões de stripper para ver se consegue alguma informação sobre os vampiros ou sobre qualquer coisa fora do comum na região. Os desaparecimentos também devem estar na boca do povo. Mas não vá sozinha.

E olha para cada garou ali, tentando escolher as melhores opções naquele caso:

-Flagelo da Wyrm e Uivo Flamejante devem te acompanhar nessa investigação. Vocês três...tentem não chamar muita atenção e não levantem o véu de forma alguma.

Tentava relembrar, o que não era tão complicado, se tinham alguma coisa mais urgente para resolverem e que dava para começar agora.

-Precisamos proteger os lobo guará que os Crias de Fenris trouxeram do zoológico. Dois deles já foram abatidos e Naurú não deve estar nada satisfeito. E essa tarefa deve ser realizada o mais rápido possível. Alguém tem alguma ideia de como poderemos protegê-los enquanto não temos um local apropriado? Pode ser que a invocação do Naurú para abençoar Uivo Flamejante os traga para mais perto das Grutas, isso facilitaria encontrá-los, tanto para o bem tanto para o mal.

Aguardava opiniões e esperava que a deixa que dera fosse suficiente para que o Fianna falasse sobre a pista dos vampiros.
avatar
Angelique T. Albrecht

Mensagens : 404
Pontos : 406
Reputação : 2
Data de inscrição : 25/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por olho da tormenta em 22.06.18 11:23

A alfa fala e Olho da Tormenta sse esforça o máximo possível para entender tudo aquilo. Porém, muitas palavras eram complicadas demais para um Lupino. Então, ele se foca mais em quando a líder fala voltada a ele.

- Olho da Tormenta... gosta... tarefa. Caçar como lobo ser... importante... para Garou. Olho da Tormenta... acompanhar... pessoalmente... cada caçada de família. Garantir... não haver... pouco esforço.

Ouviu o resto e foi filtrando, mas quando falou dos Lobos Guará, aquilo o interessou. Afinal, além de serem possíveis parentes... eram lobos. Sempre era mais interessante proteger lobos que humanos. Ele se prontificou.

- Quem destruir dois... filhos de Naurú? Ser Garou... ser Weaver? Ser Wyrm?

Falou acompanhado de um breve rosnado quando falou na Wyrm.

- Olho da Tormenta... querer tarefa de... proteger filhos de Naurú também. Tarefa importante... tarefa para lupino. Enquanto não achar... santuário... Olho da Tormenta querer proteger.
avatar
olho da tormenta

Mensagens : 31
Pontos : 31
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/05/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Convidado em 22.06.18 20:16

FORMA-HOMINIDEO





Equilíbrio da Força debate a respeito das formações de combate, fazendo algumas ponderações. Em seguida Angelique se pronuncia.

-Estou totalmente disponível para essa reunião –
disse em resposta a sua Alpha

-Tenho uma sugestão quem puder treinar comigo as 10 horas da manhã podemos aprender algumas manobras juntos. Olho da tormenta venha as 10 horas e te mostro como usando um pouco a cabeça podemos tirar vantagem em um combate
. - falou para todos

-Réquiem eu tenho um endereço para averiguar, e um suspeito que pode nos levar para o covil dos sangues sugas se tudo se confirmar, queria pedir a ajuda de Sussuros da Weaver e de Espólio Cyberpunk para essa investigação, que provavelmente envolverá outros membros de outras matilhas já que eles estavam comigo. Preciso manter o Caern seguro e reforçar o Alibi que montei. Para isso preciso de dinheiro que não possuo para pagar o hotel e sair de lá. Depois que fazer isso posso chamar o suspeito enquanto alguém verifica o endereço que tenho.
- revelava apenas o necessário

-Em relação a territórios não sei onde fica Vila Isabel e nem de quem é o território, mas se não for nosso tem que ser pedido essa investigação o quanto antes -

-Agora eu suponho que em relação a constrição do grifo, não sei se pode ajudar mas podemos ver essa galera de madeireiras, ou empresas que jogam lixo no mar. Têm também a siderúrgica agora resta saber quem serve a wyrm desses humanos


Rob espera seus irmãos se pronunciarem e darem suas opiniões

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por olho da tormenta em 22.06.18 23:16

Olho da Tormenta funga irritado.

- Lobo não precisar de... habilidade de macaco. Usar cabeça... touro quem ataca. Garou usar garra e presa.

Ele estava decidido de que não precisava da ajuda de um hominídeo para se tornar um guerreiro mais forte.

- Se Uivo Flamejante achar... poder ensinar Olho da Tormenta... Uivo Flamejante desafiar eu... e provar habilidade... provar força.

Ele continua.

- Lobo mata com garra... Macaco mata com ferramenta. Lobo ter pele grossa... Macaco pele macia. Lobo correr como vento... Macaco lento. Lobo ser melhor lutador... sempre! Macaco não poder... ensinar lobo... a matar.

Olhou com os olhos amarelos.

- Lobo nascer sabendo matar... Macaco nascer sabendo morrer.
avatar
olho da tormenta

Mensagens : 31
Pontos : 31
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/05/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Espólio-Cyberpunk | Sangue-Sobre-a-Neve (L) - Matilha Sangue Forte de Luna

Mensagem por NarraDiva em 23.06.18 8:38

Sangue-Sobre-a-Neve e Espólio-Cyberpunk retornam para junto da matilha. A Garra Vermelha mantinha sua habitual expressão carrancuda e o Andarilho tinha o semblante preocupado.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Réquiem - Sangue Forte de Luna

Mensagem por Angelique T. Albrecht em 23.06.18 11:05

Forma Atual: Crinos

Em resposta a Olho da Tormenta, Réquiem é bem sucinta e tenta falar o menos possível para ele entender:

-Irmãos garous matar lobos Guará. Dogma é somente Sangue Forte de Luna e responsabilidade nossa. Outros não tem que seguir.

E gostou que o lupino queria proteger os lobos guará.

-Proteger Filhos de Naurú é de matilha toda. Olho da Tormenta ser líder nessa tarefa.

Assentiu com a cabeça sobre a disponibilidade de Uivo Flamejante. Réquiem queria muito treinar com seus irmãos, naquela hora era impossível para ela.

-Nosso território compreende o bairro do Realengo, Vila Militar, Deodoro, Campos dos Afonsos, Jardim Sulacap e Magalhães Bastos. Não moro no Rio de Janeiro e não sei se a Vila Isabel faz parte de algum destes conglomerados. Acredito que Sussurros da Weaver e Flagelo da Wyrm podem ajudar nisso. Se a Vila Isabel for fora de nosso território, nada de agir sem antes consultar o Alfa da matilha responsável. E eu teria que ir falar com o Alfa da matilha do território. Vamos obedecer a hierarquia nesses casos. Sussurros da Weaver e Espólio Cyberpunk podem te ajudar na investigação. Quem são esses outros garous que estavam com você?

Já sentia que poderia ocorrer mais problemas se agissem em outro território. A constrição com o Grifo já era pesada demais, não precisava de outra constrição que colocasse a matilha inteira em um perigo desnecessário.

-A constrição pedida não é relacionada à Wyrm. Claro que seria mais fácil se fosse. Mas temos que matar humanos que destroem a Wyld. Sua sugestão é muito bem vinda Uivo Flamejante. Se encontrarmos humanos que servem à Wyrm e destroem a Wyld, o trabalho será mais fácil.

Olho da Tormenta, em sua simplicidade, era fantástico. Réquiem observa a conversa entre ele e Uivo Flamejante, mas prefere não se envolver. Quando se dá conta, Sangue Sobre a Neve e Espólio Cyberpunk retornavam. Era fácil ver a preocupação no Andarilho, tanto que Réquiem se levanta, dizendo:

-O que aconteceu no cemitério Espólio Cyberpunk? Você está ferido?

A preocupação dela era verdadeira. Gostava bastante do Andarilho do Asfalto.
avatar
Angelique T. Albrecht

Mensagens : 404
Pontos : 406
Reputação : 2
Data de inscrição : 25/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Matilha Sangue-Forte-de-Luna

Mensagem por Anda-Com-Espiritos em 23.06.18 16:59

Forma: Crinos >> Hominideo

Após o pronunciamento da alfa Nate acha por bem dar continuidade aos trabalhos.
"- Se alfa quiser posso invocar espirito para ajudar no julgamento de reflexo da lua. E quando alfa achar melhor invocar espirito Nauru para conhecer novo filho."

"- Por falar nisso os Dogmas de Nauru são : Pelo menos uma vez no ciclo de lua caçar em forma de lobo em honra ao totem. Proteger todos os lobos guarás e proteger canideos de maos tratos." Fala olhado para Uivo-Flamejante. Depois olha tambem para Olho da tormenta "Nauru é totem de guerra, muito antigo. Está fraco, a muito tempo havia sido esquecido. É um totem poderoso da ninhada da tartaruga. A muito tempo os nativos dessa terra tinham uma forte relação com o lobo guará, sentiam-se como se eles mesmos fossem parte lobo e parte homem. E um dia pelo desejo de se unir aos lobos guará seu pedido foi atendido e grande raio veio ao chao e transformou guará e homem em um só." Se cala por um momento para que os dois entendam a história.


"Gostei da sua ideia Uivo-flamejante, tambem seria bom termos nomes para chamar em situações especificas para formaçoes de defesa ou ataque ou ainda recuo. Mas acho que voce confunde as habilidades de Sangue-sobre-a-neve, ela é ótima combatente pelo que vi até agora na assembleia. E acho que alguem confundiu quando disse que me viro em uma luta corpo a corpo, eu nao dsse que sou bom, disse que se precisar me viro, sou longe de ser um bom combatende de perto."


Entao Eliajah faz uma nova proposta. Até melhor Nate pensa. Seus pensamentos são interrompidos por Olho-da-tormenta que começa a falar e falar da forma lupina que nao entende os pensamentos complexos que passam na cabeça de um hominideo. 

"Nem tudo é tão simples como seus pensamentos acham lobo"


Requiem toma a palavra e começa a organizar as ações da matilha do dia seguinte.


"-Posso tirar esse tempo" Responde a Requiem


"-Seria bom unir o util ao agradável e fazermos a caçada todos juntos uma vez e ja concretizariamos as duas tarefas."


"-Plantar 50 arvores de pau brasil é o chiminage" 



A missão da matilha dada pelo lider eh trazida à tona. Nate começa a pensar em como teria tempo para fazer todas essas coisas.
avatar
Anda-Com-Espiritos

Mensagens : 128
Pontos : 129
Reputação : 1
Data de inscrição : 21/03/2018
Idade : 35
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Espólio-Cyberpunk | Sangue-Sobre-a-Neve (L) - Matilha Sangue Forte de Luna

Mensagem por NarraDiva em 23.06.18 20:06

O Andarilho ainda tinha o semblante levemente perturbado por tudo que havia presenciado e Sangue-Sobre-a-Neve é quem responde por ele:

'- Macaco da Weaver salvar Filhos do Urso de Espíritos da Morte.'

Fala com absoluta naturalidade enquanto se acomodava de modo a voltar para a reunião. O Andarilho explica melhor:

'- Alguma coisa foi feito com o corpo do meu irmão de tribo assassinado na assembleia. Profanaram sua morte e os espíritos da morte foram cobrar almas já que foram enganados. Quando cheguei, já haviam levado uma alma da Fortaleza de Gaia e se preparavam para levar a segunda. Usei um dos meus dons e mandei a morte voltar aos seus afazeres e deixar a Fortaleza de Gaia em paz.'

Assim que termina o resumido relato, comenta:

'- Algo perturbador acontece nesse Caern. Tantos incidentes em tão pouco tempo...'
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3628
Pontos : 3719
Reputação : 0
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grutas e Cavernas

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 13 de 18 Anterior  1 ... 8 ... 12, 13, 14 ... 18  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum