Cemitério - Lar dos Ancestrais

Página 14 de 28 Anterior  1 ... 8 ... 13, 14, 15 ... 21 ... 28  Seguinte

Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 14 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Gabriel Villas Boas em 04.12.18 16:53

Gabriel segue Cólera-de-Balder no cortejo e assim que despojados os corpos, começa a cavar também. Vê o Presa de Prata da CGA com o corpo do Albino, dirigindo-se aos corpos de Flor-de-Gaia e de Coração-Justo. Ele suspira e olha ao redor, procurando a presença de Aedo-Campeão ou de Orgulho-Renascido. 
Gabriel Villas Boas
Gabriel Villas Boas

Mensagens : 264
Data de inscrição : 25/05/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 14 Empty Narração - Verdade-Ancestral

Mensagem por NarraDiva em 05.12.18 12:09

Orgulho-Renascido não tinha lágrimas nos olhos. Ele cavava as covas com aparente irritação enquanto Aedo-Campeão estava nitidamente abatido ajudando muito pouco em todo processo e não contendo lágrimas que rolavam pela sua face. Cólera-de-Balder cavava as covas com muita Fúria.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 14 Empty Narração - Filho-da-Alvorada | Trovão-Solitário

Mensagem por NarraDiva em 05.12.18 12:11

Igor e Augusto encontram alguns Garous cavando covas e limpando corpos que seriam enterrados. O Cenário era de tristeza e dava ao recém-chegado a dimensão de que um massacre havia acontecido.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 14 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Ossos-de-Carvalho em 05.12.18 17:39

Ossos-de-Carvalho ajudava seus irmãos a cavarem as covas, ele percebia como cada uma ali lidava com sua dor, alguns tristes, outros com raiva. Ian não conseguia esconder as lágrimas enquanto fazia o que tinha que fazer.
Ossos-de-Carvalho
Ossos-de-Carvalho

Mensagens : 306
Data de inscrição : 08/03/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 14 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Convidado em 05.12.18 19:54

O momento era lúgubre, não era de uma vitoria que estava sendo falada aqui e sim de uma chacina que terminou, os sobreviventes foram os Garou, as bestas impetuosas de Gaia cumpriram sua demanda venceram uma ameça imensurável, saíram vitoriosos sim.

-São muitos inimigos, muitos mesmo...não é natural, não me admira o gosto da vitoria ser tão amargo, cicatrizes sem duvidas em seus corpos e também em suas almas..

Procurava algo para o ajudar a cavar e o ajudar a prestar as condolências a seu amigo.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 14 Empty Filho-da-Alvorada (crinos) > Trovão-Solitário

Mensagem por Alek em 06.12.18 7:26

Igor apontou para o Senhor das Sombras o local onde deveria enterrar Espírito-Tranquilo, e esperou que ele o seguisse. Colocou o corpo ao lado da cova, cuidadosamente, e só então começou a escavar.

- Como você já é um cliath, como mandam as tradições, recebeu um nome garou quando terminou seu ritual de passagem. É algum tipo de segredo, pra você não tê-lo mencionado? - disse, enquanto trabalhava no túmulo do Filho de Gaia. Esperava que Augusto completasse sua apresentação, até mesmo para poder introduzi-lo ao resto da matilha.

O ferimento aberto pelo dançarino no peito de Igor ainda sangrava, manchando seu pêlo branco com um vermelho vivo antes de ser lavado pela chuva.

- Ainda não sabemos ao certo o que causou esse ataque. Vamos nos reunir em matilha depois para discutir sobre isso. Talvez Beladona tenha trazido notícias à respeito.

Filho-da-Alvorada parou por um momento, olhou para o corpo de Allen, e voltou-se para Trovão-Solitário.


- Você conhece o ritual de purificação?
Alek
Alek

Mensagens : 238
Data de inscrição : 04/04/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 14 Empty Narração - Todos no Cemitério

Mensagem por NarraDiva em 06.12.18 13:14

O clima no Caern era cada vez mais pesado. Inúmeros corvos pousavam nas árvores no entorno do cemitério. Uma aura de morte parecia pairar sobre o local causando calafrios aleatórios nos que ali trabalhavam para preparar tantos corpos.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 14 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Gabriel Villas Boas em 06.12.18 15:44

Ao ver o estado de Aedo, Gabriel sente um nó na garganta. Gostaria de poder ir confortar os seus irmãos de tribo, mas ele priorizaria continuar cavando. Conversaria com os Filhos de Gaia ao fim da cerimônia. Quando ele volta ao trabalho de cavar, passa a perceber os corvos e a presença da morte. 

"-Siegfried?"  - Chama a atenção do Beta para o que estava por vir.
Gabriel Villas Boas
Gabriel Villas Boas

Mensagens : 264
Data de inscrição : 25/05/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 14 Empty Cólera-de-Balder - Verdade-Ancestral

Mensagem por NarraDiva em 07.12.18 9:11

'- Os corvos costumam seguir a morte...' - comenta o Fenris com Gabriel após ter sua atenção chamada para aquela manifestação.


O Ahroun completa, dizendo:


'- O que será que causou isso tudo?'
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 14 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Gabriel Villas Boas em 08.12.18 17:37

* Sarcasmo? Vindo do Ahroun Cria de Fenris? Pois taí...*

Com a resposta do Beta, Gabriel volta a cavar em silêncio, ainda mantendo o olhos nos corvos que se amontoavam ao redor.
Gabriel Villas Boas
Gabriel Villas Boas

Mensagens : 264
Data de inscrição : 25/05/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 14 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Arauto-da-Morte em 08.12.18 19:23

Forma atual - Crinos

O Peregrino adentra o cemitério e logo é arrebatado pelo clima do local, diversas covas eram cavadas, diversas covas eram cavadas para garous em pouquíssimo tempo, fazia menos de 24h que haviam enterrado velho-Eusébio, poucas horas que haviam enterrado Mohammed e veloz como o vento.. muito pouco tempo.. muitas covas..

Ao se aproximar de seus irmãos que cavavam, Hadrian, ainda em silêncio, põe-se a ajudar.

Sabendo que o silêncio tornaria aquilo ainda pior, fala.

“-O Lobo e o Juiz nos esperam no lago verde, ele e eu seremos julgado, precisamos de todos lá... mas.. eles podem esperar terminarmos de enterrar nossos irmãos, deixemo-os no abraço da terra antes de seguir..”

Enquanto falava, o peregrino não levanta os olhos à ninguém em específico, mantendo-se concentrado no trabalho para o descanso dos irmãos.
Arauto-da-Morte
Arauto-da-Morte

Mensagens : 547
Data de inscrição : 18/12/2017
Localização : Belem

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 14 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Gabriel Villas Boas em 08.12.18 21:29

Algum tempo após a interação com o Beta, Gabriel percebe a presença do Peregrino. O clima de pesar era nítido e aquele trabalho de enterrar os próprios irmãos - de matilha, de tribo e de Caern - não era exatamente um trabalho agradável, ainda mais com a chegada constante dos corvos.

Depois do chamado de Hadrian, Gabriel para de cavar e olha para os corpos ainda enfileirados consoante as tribos e, indiferente ao anúncio do julgamento em si, responde:

"- Hadrian, eu creio que o enterro em si será providenciado quando a Júbilo-das-Górgonas iniciar a cerimônia. No momento estamos "apenas" cavando o descanso final dos nossos irmãos..."

* Veja só, também sei sarcasmo...*

"- Devemos não atrasar o julgamento. Empós retornaremos todos para às honras".
Gabriel Villas Boas
Gabriel Villas Boas

Mensagens : 264
Data de inscrição : 25/05/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 14 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Sussurros Solitários em 09.12.18 13:10

Forma atual: Crinos

O Uktena segue seu faro até o cemitério e logo avista a Senhor das Sombras que procurava. Esperando um momento um pouco mais oportuno e sem interrompê-la, Sussurros-Solitários aborda a Líder dos Senhores das Sombras: 


"- Essência-do-Abismo posso falar com você? É importante..." Fala o lobo visivelmente segurando ao lendário fetiche que pertencia a a lenda da nação e pai da Garou a sua frente.
Sussurros Solitários
Sussurros Solitários

Mensagens : 847
Data de inscrição : 04/07/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 14 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Gabriel Villas Boas em 09.12.18 22:32

Gabriel ainda esperava a manifestação dos demais, quando vê o lobo adentrar no cemitério, portando manoplas. Com os olhos, Gabriel segue o caminho do Uktena até a Essência-do-Abismo.

* Porra é essa? Não era para estar no Lago Verde?*

Em silêncio, ele arqueia a sobrancelha e retoma o olhar para os demais, ainda aguardando os demais falarem algo...
Gabriel Villas Boas
Gabriel Villas Boas

Mensagens : 264
Data de inscrição : 25/05/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 14 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Alek em 10.12.18 10:27

Augusto parecia absorto em seus próprios pensamentos, que sequer se dera ao trabalho de responder ao Presas.

"Por Hélios, que cara estranho."

Vendo que o Senhor das Sombras estava, talvez, chocado demais com a mortandade que acabara de ver, Igor virou-se e apenas começou a cavar o mais rápido que pôde. Terminaria a cova de Espírito-Tranquilo, faria ele mesmo o ritual de purificação e daria o merecido descanso ao corpo do albino. Depois lidaria com o caso do theurge neto do Trovão.
Alek
Alek

Mensagens : 238
Data de inscrição : 04/04/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 14 Empty Cólera-de-Balder (C) - Verdade-Ancestral | Arauto-da-Morte

Mensagem por NarraDiva em 10.12.18 10:58

Siegfried termina de cavar a cova que cavava e também observa os corvos. Seu semblante era sério e quando o Ragabash fala que seria julgado junto ao lobo apenas acena em positivo com a cabeça e espera Hadrian para seguir ao Lago Verde, na Entrada Oeste.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 14 Empty Essência-do-Abismo (H) - Sussurros-Solitários

Mensagem por NarraDiva em 10.12.18 10:59

'- Pois diga!' - diz a Theurge, observando o Lobo e o Fetiche.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 14 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Sussurros Solitários em 10.12.18 11:50

Forma atual: Crinos

O Uktena indica para que a Senhor das Sombras o acompanhasse até que estivessem um pouco afastado do aglomerado de garous. 

Enquanto lhe estende a manopla, o lupino fala:


"- O Margrave se sacrificou por esse Caern e fez um pacto com a Weaver para nos proteger em troca de ser o seu novo guardião. Garras-do-Trovão pediu que eu repasse o recado que ele deixou para seus filhos com você."

O Lupino faz uma breve pausa e continua:


"- Ele deixou a manopla para Garras-do-Trovão e disse que tem orgulho dele. Ele disse que você tem tudo para superá-lo se continuar no caminho que segue e por fim ele pediu que avisasse a Legado-do-Trovão que ele lhe reconhece como filho e que Evellyn Constantine de ser sua sucessora na tribo e na nação garou."



O lobo apenas observa as reações da theurge em silêncio. Havia cumprido sua promessa de entregar o fetiche e  passar a mensagem do Margrave.
Sussurros Solitários
Sussurros Solitários

Mensagens : 847
Data de inscrição : 04/07/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 14 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Arauto-da-Morte em 10.12.18 14:43

Forma Atual - Crinos

O Ragabash estava cansado, MUITO cansado, este em nada tendo relação com seu corpo..

Escutando as palavras do filho de gaia, a vontade de lhe atravessar uma resposta era imensa, mesmo sem que aquele tivesse feito qualquer coisa senão trazer orgulho e honra à matilha..

*Diferente de você seu bosta..*
- Era a resposta que ecoava na cabeça do Sem-Lua..

"-Você tem razão meu velho.. C tem razão.."

Quando já terminavam de cavar, Hadrian nota que o Beta assente ao julgamento de ambos e aquilo não conseguia sequer incomodá-lo..

O Cansaço era tal, que, a ideia mais obtusa viera a mente do Ragabash, ele "saca" o maço de cigarros que havia outrora roubado, na outra, o isqueiro que pedira para que Legado-de-Anúbis dedicasse à ele, e, lembrando-se de uma música..

*Nada eu levo da vida
O que eu tenho é o que há no meu carro
Meus vinte melhores amigos
Estão num maço de cigarros


Adeus meu bom amigo
Adeus e muito obrigado
Espero beber contigo
No bar que há lá do outro lado.*


.. Acende seu cigarro..

"-Ian, se ainda tiver algum, queria dividir um trago de Wisky pelos nossos irmãos no caminho até o lago... - Vendo que o lobo tratava com a Senhor das Sombras - ... Tenho certeza que nosso alfa nos alcançará" - A ironia era evidente na voz do Ragabash..
Arauto-da-Morte
Arauto-da-Morte

Mensagens : 547
Data de inscrição : 18/12/2017
Localização : Belem

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 14 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Ossos-de-Carvalho em 10.12.18 16:07

Ossos-de-Carvalho apenas escutava seus companheiros de matilha falando enquanto seguia fazendo seu trabalho, aquilo o ajudava a manter sua mente ocupada. Entende que haveria um julgamento e essa história de corvos o irritava profundamente... 

Termina de cavar e ao ouvir Hadrian pedindo uma bebida acha estranho vê-lo fumando.

" - Perdi minha bolsa na confusão... O Wisky vai estar amargo hoje,  mas no caminho a gente passa na cabana do bardo-forjador e pega um. Me dá um cigarro desses e vamos, talvez com bebida o Alfa nos alcance dessa vez..."


Limpa ambas as mãos e segue junto com Hadrian.
Ossos-de-Carvalho
Ossos-de-Carvalho

Mensagens : 306
Data de inscrição : 08/03/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 14 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Gabriel Villas Boas em 10.12.18 18:07

Após a manifestação de todos, Gabriel ainda olha para o Uktena mais vez. Em seguida, resume a dizer:

"- Então, vamos..."

E passa a seguir para saída do cemitério.


OFF: Continua na entrada oeste.
Gabriel Villas Boas
Gabriel Villas Boas

Mensagens : 264
Data de inscrição : 25/05/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 14 Empty Essência-do-Abismo (H) - Sussurros-Solitários

Mensagem por NarraDiva em 10.12.18 22:25

A Garou pega os fetiches quando entregues e observa o Lupino. Seu semblante não revelava nenhuma emoção especial, inclusive quando é elogiada e apenas comenta:

'- Ele explicou os termos detalhados desse pacto?' - É a única pergunta feita pela Theurge após o relato do Uktena.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 14 Empty Cólera-de-Balder (H) - Arauto-da-Morte | Verdade-Ancestral | Ossos-de-Carvalho

Mensagem por NarraDiva em 10.12.18 22:29

Cólera-de-Balder segue Ian, Gabriel e Hadrian em silêncio e alguns passos atrás. Estava reflexivo.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 14 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Arauto-da-Morte em 10.12.18 22:56

Forma atual - Crinos

Não era hora para desvios...

“-Mais tarde passamos lá Ian..” - Fala o Ragabash enquanto estende o cigarro e isqueiro ao Fianna..

Tão logo este os pega, sai caminhando em direção ao lago..

OFF: Comtinua na entrada Oeste.
Arauto-da-Morte
Arauto-da-Morte

Mensagens : 547
Data de inscrição : 18/12/2017
Localização : Belem

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 14 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Convidado em 11.12.18 0:47

A loba segue seu alfa, pois nao conhecia nada ali... e ela fica parada, olhando o local e esperando - e prestando atenção - com uma distância respeitosa.

Enviado pelo Topic'it

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 14 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 14 de 28 Anterior  1 ... 8 ... 13, 14, 15 ... 21 ... 28  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum