Cemitério - Lar dos Ancestrais

Página 26 de 28 Anterior  1 ... 14 ... 25, 26, 27, 28  Seguinte

Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 26 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Legado Prateado em 29.12.18 16:40

Legado Prateado - Todos

o Presas de Prata se encontrava junto com sua tribo, a triste cerimônia que precedia o ataque dos malditos trazia consigo o nome de valorosos guerreiros de Gaia que combateram para proteger aquele Caern e não deixar sua casa ser tomada pela Corruptora. o Ahroun segue todas as tradições e uiva em homenagem a seus irmãos.

Durante o Rito, Legado Prateado ouve todas as histórias contadas sobre os Garous que morreram naquela noite, Garous com feitos notáveis, Garous que fariam muita diferença no futuro, poderiam mudar o destino daquela cidade, serem Anciões, Lendas, conhecidos por toda a Nação garou e tiveram sua história interrompida naquela fatídica noite. Sua revolta era imensa mas ao menos sabia que todos aqueles estariam com Gaia, inclusive Réquiem que fora mencionada honrosamente.

Logo após o término da cerimônia o Presas de Prata se despede de sua tribo, vai até o túmulo de réquiem e faz uma homenagem silenciosa a Garou e vai ao encontro de sua matilha. Assim que chega já ouve que iriam para a trilha das grutas, sem ter o que falar apenas segue junto com todos.
Legado Prateado
Legado Prateado

Mensagens : 118
Data de inscrição : 01/12/2018
Idade : 36

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 26 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Ossos-de-Carvalho em 29.12.18 17:03

Ossos-de-Carvalho acompanha a pequena discussão sobre a ordem das coisas, quando tudo parece ser resolvido pela Alfa, a lupina se oferece para a travessia, ele a toca para ir junto com a sua matilha.

Off: continua na penumbra
Ossos-de-Carvalho
Ossos-de-Carvalho

Mensagens : 306
Data de inscrição : 08/03/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 26 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Sussurros Solitários em 29.12.18 20:02

Forma atual: Crinos

O Lobo apenas toca a Lupina como os demais e segue com sua matilha para o mundo espiritual.
Sussurros Solitários
Sussurros Solitários

Mensagens : 847
Data de inscrição : 04/07/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 26 Empty Pantaneiro ( Crinos) - FDG

Mensagem por Convidado em 30.12.18 11:50

Quando Bruno pede para tocar nele justamente por causa da película estar mais rígida, Pantaneiro segura em seu ombro e acena positivamente. Ao passo que Bjorn é quem toma a palavra depois. A proposta do Galliard era boa. Encher de fúria o peito dos Ahrouns para que descontasse na corruptora. Hagen era a favor disso, no entanto, Bruno previa as limitações e isso seria complicado caso a fúria fizesse que um deles entrassem em frenesi.

"Nunca é bom um frenesi... eu memo sei o quanto isso é ruim..."

Diz Pantaneiro de modo simples.

- Antonio, termine e vá para a Umbra. Nóix vai tá lá com o Urso. Eu tô de acordo com o ritual pra encher nosso peito com fúria pra descontar na desgraçada, maix o aviso de Bruno é extremamente importante. A fúria é uma maldição que em excesso faiz nóix se prejudicar. Um Frenesi em missão pode custar nossa vida então prestem bem atenção como vamo lidar com isso.


Finaliza.
- Vamo pra Umbra, depois vemo esse ritual, Bjorn.

Diz Pantaneiro esperando que todos tocassem em Bruno e depois partissem para a Umbra. Já estava segurando no Andarilho.


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 26 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Bjorn, o batuque de Thor em 31.12.18 14:26

O batuque de Thor tinha dificuldades de entender o Alpha, e fazia um esforço tremendo pra compreendê-lo.

*Um lua cheia falando que a fúria é uma maldição? Que porra que ele tá falando?*


-Pantaneiro nunca mais diga que a fúria é uma maldição. Gaia nos fez guerreiros perfeitos. Lendas Vikings antiga dizem que quando nossa mãe fez seus guerreiros os criou com a fúria para sempre nos lembrar quem somos e de nossa luta. A fúria deve ser direcionada e quando a fazemos se torna uma arma implacável. Apenas os mais fortes sabem direciona-lá Gaia nos fez perfeitos, lembre sempre disso. A diferença de benção ou maldição não está na criação em si é sim na criatura que se faz fraca.

Fala o Skald enquanto esperava ir pra umbra com o restante para conhecer o grande urso.
Bjorn, o batuque de Thor
Bjorn, o batuque de Thor

Mensagens : 155
Data de inscrição : 03/12/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 26 Empty Bruno Caselli (Crinos) - Fortaleza de Gaia

Mensagem por Bruno Caselli em 01.01.19 19:38

Bruno se preparava para partir quando Bjorn alerta Pantaneiro sobre não considerar a fúria uma maldição. O Andarilho do Asfalto normalmente se calaria, mas simplesmente não conseguiria deixar aquilo passar sem um alerta:

- Cuidado Batuque de Thor, se a fúria não fosse uma maldição não existiriam dons de controle da fúria que os próprios Ahrouns desenvolveram. Nosso Alfa foi sábio em suas palavras e reconhecer que não se pode brincar com ela é o primeiro passo para não cometer erros.

Antes que o Fenris pudesse argumentar, Bruno deixa sua energia espiritual fluir e logo o grupo é arrastado para a Umbra. Uma das viagens ao mundo espiritual mais dificeis que já fizeram. Era como se a Umbra do Caern, que normalmente parecia um mergulho em um lago, fosse dura como um muro de concreto. Mesmo assim, graças ao gasto da energia espiritual logo o grupo consegue atravessar.

Off:

Segue no tópico da Umbra;
Bruno gastou 1 ponto de gnose.
Bruno Caselli
Bruno Caselli

Mensagens : 306
Data de inscrição : 02/07/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 26 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Bjorn, o batuque de Thor em 01.01.19 23:30

Bjorn apenas escuta o Theurge calado e antes que falasse algo entra em uma especie de gelatina densa, nunca viu uma película tão densa dentro de um Caern. Tão logo fez a transição já se encontrava no mundo espiritual.

-------------------------------
OFF: Continua na umbra
Bjorn, o batuque de Thor
Bjorn, o batuque de Thor

Mensagens : 155
Data de inscrição : 03/12/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 26 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Convidado em 02.01.19 1:14

Hagen acompanha o debate sobre a fúria, Pantaneiro era um ahroun que tinha medo da fúria, por isso na cabeça de Hagen que nenhum outro lua cheia iria se equiparar aos Modis, afinal, não deveriam temer sua essência e sim doma-la para ferir mais profundo a carne e essência de Jörmungandr.

" Medo leva ao fracasso, nunca temerei a bênção da mãe! Fúria e a força devem ser usadas contra a serpente corruptora, sem temores.. "

Hagen se cala, não iria se meter nesse assunto que os faziam perfer tempo. Se Pantaneiro estava fom medo de usar a fúria, era melhor nem passar pelo ritual. Mas isso não era importante para o Fenris nórdico, por isso ele se cala e vai com todos para a umbra.

off: continua na umbra.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 26 Empty Legado do Trovão (Crinos) - Justiça Cega / Furia Justa de Esteno

Mensagem por Luke Constantine em 02.01.19 19:25

* Legado-do-Trovão apenas acena com a cabeça para Helenna quando ouve que ela não sabia se Laurel estava de carro mas o Senhor das Sombras a havia encontrado ainda pela tarde e ela estava com um novo veículo, certamente deveria tê-lo trazido para o Caern. Responderia esse tema depois, pois agora o homem cego lhe endereçava a palavra e, apesar da deficiencia visual, ele mostrava não ter nenhuma deficiência para notar os acontecimentos do Caern. *

"Me pergunto se alguém realmente se interessa com essa questão da bastardia resolvida além dos próprios Senhores das Sombras e, principalmente, dos ditos legitimos.. provavelmente não, mas ele não evitou mencionar isso mesmo assim."

* Era curioso observar que Justiça-Cega, apesar da cegueira, olhava para seus interlocutores com precisão.. talvez seus outros sentidos fossem evoluídos a tal ponto ou talvez ele tivesse seus truques. Fosse como fosse, responde ao Juíz em tom respeitoso mas sério em virtude da importancia do tema: *

- Na verdade a ajuda que viemos solicitar é para Black-Hat, sua irmã tribal. Como você provavelmente já sabe, ela foi sequestrada essa noite pelo traidor de nossa seita mas é nossa prioridade trazê-la de volta e fazer os responsáveis pagarem. Laurel me falou com apreço dos Van der Linden, de modo que imaginei que você seria a pessoa certa para nos auxiliar a rastrea-la. Supondo que você esteja disposto, há algum meio de descobrir o paradeiro da Ragabash com suas.. habilidades?
Luke Constantine
Luke Constantine

Mensagens : 556
Data de inscrição : 28/06/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 26 Empty Fúria-Justa-de-Esteno (C) | Justiça-Cega (H) - Legado-do-Trovão

Mensagem por NarraDiva em 03.01.19 21:56

'- Meus comentários lhe incomodaram, Legado-do-Trovão? Posso ser cego, mas sou bem perceptivo... uma novidade como a aqui revelada irá lhe perseguir por um bom tempo. Não é todo dia que se revela o bastardo de uma Lenda...' - diz sem maiores emoções, impressionando pela sua capacidade perceptiva mesmo sem os dois olhos.

Helenna corta o papo furado e diz:

'- Sobre Laurel, Justiça-Cega? Nós temos urgência...'

O Philodox então comenta:

'- Eu posso usar meu computador para rastrear Laurel. Ela tem componentes que vieram da fábrica da minha família e com isso posso tentar usar os localizadores de segurança dos mesmos para saber exatamente onde ela está.'
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 36
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 26 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Convidado em 03.01.19 22:26

Forma: Crinos

Antonio Xavier finaliza seus estudos e fica bastante satisfeito com o seu novo aprendizado: era um ritual essencial para um theurge.

O Portador levanta-se e se concentra na energia espiritual para poder seguir seus companheiros na Umbra e encontrar o Urso.

Off: Gasto de 1 ponto de gnose para ir à Umbra

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 26 Empty Legado do Trovão (Crinos)

Mensagem por Luke Constantine em 04.01.19 15:29

* De alguma forma o cego parecia capaz de ler emoções sem nem ao menos precisar extraí-las do semblante de quem as manifestava, aquilo era curioso e ao mesmo tempo perturbador. Definitivamente aquele Andarilho do Asfalto tinha habilidades muito incomuns.. e bom pra ele, porque isso ao menos equilibrava a deficiência visual. Era inegável que aquele Caern estava repleto de indivíduos únicos, e Legado-do-Trovão se pegava pensando quanto potencial ali não poderia ser melhor aproveitado se explorado por alguém hábil o bastante. *
 
“Definitivamente preciso conhecer melhor os Garous desse Caern e suas particularidades.. esses recursos que eles escondem à primeira vista podem ser úteis.”
 
* Sobre o incomodo, Helenna havia cortado a conversa fiada com a sutileza de um rinoceronte, mas ainda assim responde para manter seu interlocutor prestativo: *
 
- Também não é todo dia que um deficiente visual se mostra mais perceptivo que a maioria. Essa Seita tem muitas particularidades e a minha não é uma que eu não desejasse carregar.
 
* Esboça um sorriso breve para demonstrar que não estava incomodado mas, em verdade, achava estranho sorrir para um cego e não sabia bem o que sentia sobre a situação de seu parentesco com a Lenda sendo assumida públicamente, não fora assim que planejara as coisas. Então deixa esse tema e entra efetivamente no assunto que deveriam tratar: *
 
- Como Furia-Justa-de-Esteno bem disse, o tempo urge. De quanto tempo você precisa pra rastreá-la e o que podemos fazer para facilitar o processo?
Luke Constantine
Luke Constantine

Mensagens : 556
Data de inscrição : 28/06/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 26 Empty Shader - Legado-do-Trovão - Fúria-Justa-de-Esteno - Justiça-Cega

Mensagem por Evan Ballmer em 04.01.19 18:59

Depois de apresentações e seguindo instruções do líder local, o homenideo de cabelo rosa, roupas caras e modernas e mochila segue para onde indicaram, o cemitério, sem muito problema ele visualizar o alvo, ou melhor dizer aquele que seria seu alfa, segundo a descrição dada por Davi.
 Era ele o tal de Luke, um outro homem e uma mulher em crinos.
 Observa um instante o grupo, olha bem para o Luke e seu corpo.

 "Bela raba... Eu fazia fácil..."

 Então se aproxima ouvindo a última fala do senhor das sombras. Abrindo um sorriso e acenando para geral.

 "- Opa, beleza aí galera!? Desculpa atrapalhar aí, mas ouvi a coisa de pressa e rastrear então, me interessei e resolvi me adiantar e entrar nesse assunto. Vamos lá às formalidades (chatas), né? Sou Evan Ballmer, Shader, sou Andarilho do Asfalto, Ragabash, cliath, nascido em duas pernas, recém chegado do Canadá respondendo ao pedido de ajuda desse caern, e olhaaaaaa... Vendo a entrada por onde eu vim, a coisa tá muito louca mesmo, mas deixa isso pra depois... Então, o chefia daqui me falou pra procurar o Legado-do-Trovão, que pela característica descrita é você..." - aponta apara Luke - "... Para me integrar a sua matilha... E vocês são?" 
Evan Ballmer
Evan Ballmer

Mensagens : 263
Data de inscrição : 24/04/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 26 Empty Justiça-Cega | Fúria-Justa-de-Esteno - Legado-do-Trovão | Shader

Mensagem por NarraDiva em 04.01.19 21:01

Justiça-Cega se preparava para responder a Luke e Helenna quando alguém se aproxima. Um desconhecido para o trio, mas que já chega se apresentando e, de Helenna recebe imediatamente uma resposta ríspida:

'- Seu pai não lhe ensinou a ter educação e não interromper conversas alheias?'

Justiça-Cega olha para Luke e, diz:

'- Não me considero deficiente, prefiro o termo eficiente. Não uso meus olhos aqui por respeito às tradições de vocês. Eu vou lhe mandar a localização por mensagem, receba seu novo irmão de matilha. Ele parece precisar muito de atenção.'

O Garou cego se prepara para sair, mas antes se apresenta:

'- Matts Van Der Linden, Justiça-Cega. Hominídeo Adren Philodox dos Andarilhos do Asfalto e dos Cães Cibernéticos. Boa sorte na nova matilha, mas preste atenção nas palavras da Fúria Negra. Faz bem, sempre.'

E segue andando com sua bengala ajudando a se locomover para fora do cemitério. Luke não tinha passado nenhum contato para o Philodox que partia mas ele não parecia se preocupar com isso.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 36
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 26 Empty Legado do Trovão (Crinos) - Guardiões da Canção Ancestral

Mensagem por Luke Constantine em 06.01.19 12:09

* Aguardava uma resposta de Justiça Cega quando, repentinamente, um jovem de cabelos rosados se aproxima do grupo e logo começa a tagarelar. Legado-do-Trovão arqueia uma sobrancelha e ouve as palavras até sua conclusão, seu semblante era sério enquanto o Senhor das Sombras analisava com os olhos o recém chegado com olhos perceptivos que iam além da cor do cabelo. Havia algo de atraente no dito Ragabash, algo que ia além da beleza habitual, ele parecia digno de nota apesar da ausencia de raça pura. *

"Pelo Trovão, espero que ele seja mais sutil quando estiver trabalhando ou não vai durar um maldito dia nessa terra."

* Helenna logo o repreende, não sem motivo, a interrupção havia irritado ao Ahroun, que não se permitia demonstrar nada disso, mantendo-se sério e observador. Justiça Cega por fim, aparentemente também incomodado, concorda em ajuda-los e Luke apenas acena com a cabeça quando ele diz sobre preferir a alcunha de eficiente. *

"Tenho certeza que logo saberamos, e eu torço para que você esteja certo nisso, Philodox."

* Mas antes que pudesse responder o Andarilho do Asfalto se afasta com sua bengala, dizendo mandar msg por não querer incomodar as tradições. Luke sinceramente não se importava com os meios dele contanto que não fossem ajudar a corruptora e trouxessem resultados, mas não era dificil imaginar que ele preferia ser reservado para evitar ainda mais falatórios do que provavelmente já deveria ouvir. Com ele se afastando, ignora o recém chegado por ora e apenas diz mais alto, para que o cego pudesse escutar: *

- Você precisa do numero? Partiremos em instantes.

* Imaginava que o Cyber Dog tivesse seus meios, mas um Senhor das Sombras não depositava todas suas fichas em incertezas. Fica esperando retorno por um instante e finalmente se volta para sua matilha, dizendo ao jovem de cabelos rosas: *

- Sou Luke Constantine, Legado-do-Trovão, Ahroun hominídeo dos Senhores das Sombras e alfa da Guardiões da Canção Ancestral, matilha abençoada pelo honrado Uirapuru. Essa ao meu lado é Helenna, Fúria Justa de Esteno, mulher das Fúrias Negras e maior Ahroun Forsten dessa seita, então ouça o que ela diz. Seja bem vindo garoto, e nunca mais interrompa uma negociação de seu alfa se não tiver meios de pender a balança pro nosso lado. 

* Olha para Shader ainda com um semblante endurecido e isso significava que a presença de Luke adquiria um intenso ar predatório, havia um tom perigoso em seus olhos. Então, após um instante, se permite uma feição mais amena e isso liberava um lado magnetico (magnetismo animal) do Senhor das Sombras, que estende a mão num cumprimento firme enquanto pergunta: *

- Vamos resgatar uma irmã essa noite, mas antes que eu fale mais me diz o quanto você já sabe e mais sobre você.  
Luke Constantine
Luke Constantine

Mensagens : 556
Data de inscrição : 28/06/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 26 Empty Justiça-Cega (H) - Legado-do-Trovão

Mensagem por NarraDiva em 06.01.19 15:30

'- Eu não preciso de números...' - comenta sem alterações no tom de voz, o Andarilho do Asfalto.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 36
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 26 Empty Shader - Legado-do-Trovão - Fúria-Justa-de-Esteno - Justiça-Cega

Mensagem por Evan Ballmer em 07.01.19 4:34

Rola os olhos ao comentario de Helenna, e logo abre um sorriso como se nada tivesse acontecido. Olha curioso para o juiz de sua matilha, pelos olhos, e se pergunta se era um Métis, e fica mais curioso quando ele se apresenta como homenideo. Porém, quando fala ser dos cães cibernéticos, a fala anterior sobre usar os olhos e tradição parece a ele fazer mais sentido. Aumentando por um instante o sorriso de forma sacana.
 Assim que se retira o jovem de cabelo lhe dá um aceno.


 "- A gente se fala outra hora Matts. Prazer aí em te conhecer."

 Então, o alfa se apresenta, mostrando ser mesmo quem o faróis esperava que fosse, e olhando sério, cheio de raça pura e raiva, o medindo e dando aquele ar de mostrar quem manda ali. E junto das apresentações, lança mais uma bronca sobre não atrapalhar negociações.


*Beleza gostosão barbudo, deixa chegar a próxima situação que vocês estiverem com pressa e quiserem deixar protocolos de lado... Aguarde...*

Mantém o sorriso disfarçando ser afetado pela presença do alfa.

"- Beleza, entendi... Luke e Helenna... Prazer em correr com vocês."

Lança um olhar curioso para a Fúria Negra.

" - Maior Ahroun é? Minha mãe ia gostar de você."

O Senhor da Sombras então muda um pouco a cara carrancuda, e para o andarilho aparace agora bemaos interessante, e lhe oferece então a mão para um aperto. Que é correspondido por Evan na mesma intensidade, porém parece demorar um pouco mais que o normal que aperto de mão deveria com ele olhando Luke.


"- Vamos ver, sei de coisas por cima num geral... Recebemos um pedido de ajuda daqui, vim ate porque já tinha certa curiosidade sobre o Brasil, e também quero ter uma conversa com garou daqui depois. Até onde sei esse caern tem envolvimento total com o surgimento da segunda estrela rubra, e a pouco sofreram um ataque que mudou um pouco a relação com a Weaver aqui, e tem uns traidores. O chefia daqui falou que seria útil ajudar vocês no resgate aí de uma de minha tribo. Só entendi que teve relação com ataque e traidores. E desculpa aí, mas só cheguei chegando porque notei a presa de vocês e queria ajudar, mas já passou."

Para um instante observando os dois 

"- Sobre mim, o que mais vocês precisam saber... Meu pai não teria como ter me educado, que eu mal o vi, mas a minha mãe tentou. Sou hacker, invadir sistema, buscar informação é comigo, e também gosto de ir para festas e mtisurar. Fiz uns trampos com desenvolvimento gráfico de shaders, para computadores e videogames. Tenho um bom engajamento com causas ambientais, e... Como vocês falam mesmo aqui no Brasil... Ah, sim... E sou 'beeeeeem viado'. É isso... E espero que não seja problema para você, e se for, azar o seu, eu não mudo quem eu sou. E relaxa que não vou te atacar, você também não é tanta coisa assim, menos ego, né? Hahahahah."

 Fala de forma sempre bem humorada e sorrindo, dando leveza e ar de brincadeira. E logo fica um pouco mais sério.

"- Agora me fala, a matilha é só vocês e a sequestrada ou tem mais gente? Que canção ancestral é essa? E para além de pássaro canoro da região amazônica, o que é e o que faz o tal espírito totem do Uirapuru? Acho que não preciso dizer que sou curioso."
Evan Ballmer
Evan Ballmer

Mensagens : 263
Data de inscrição : 24/04/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 26 Empty Fúria-Justa-de-Esteno (H) - Shader | Legado-do-Trovão

Mensagem por NarraDiva em 07.01.19 6:04

Nem todo magnetismo animal do mundo iria abalar Helenna. A chegada de Evan não poderia ser pior e o jovem parecia se esforçar para que a Fúria Negra não gostasse dele. O comentário sobre a mãe é entendido como mais uma piada machista de pedreiro e depois dos comentários para com Luke, a Fúria Negra apenas lança um olhar assassino e intimidatório para o Ragabash:

'- Sem gracinhas para os dentes ficarem no lugar. Respeite seu alfa e seus irmãos de matilha senão eu vou ser obrigada a usar toda minha pedagogia com você... isso aqui é um Caern, postura e repeito. Legado-do-Trovão é o seu alfa, mais postura e mais respeito...'

A Fúria Negra parecia bem sem paciência pro jeito "espaçoso" do novo Ragabash. Luke, que já conhecia Helenna a um pouco mais de tempo, podia notar que não faltava muito para a "pedagogia ahroun" entrar em ação.

Like a Star @ heaven Shader precisa de 5 sucessos na Força de Vontade para resistir à intimidação de Helenna.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 36
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 26 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Diogo'Papo-Reto' Moncorvo em 07.01.19 15:07

Forma atual: Crinos.
Interações: Papo-Reto - Olhos-do-Corvo.

O Roedor e a lupina reaparecem quase que no mesmo local em que haviam feito a travessia. Saindo pelo novo rasgo da Película feito pela Senhor das Sombras, eles apenas comenta:

'- Então, vou indo lá pra Clareira ver se encontro com uma irmã tribal.. a gente se vê mais tarde por lá. Valeu!'

O Roedor faz um hangloose pra lupina... provavelmente ela não entenderia o que diabos era aquilo, mas isso nem passa na cabeça do Roedor. Ele, assim, se despede da irmã e vai se afastando em direção a trilha que levava a Clareira Central. O clima no cemitério ainda era meio pesado, ao passo que ele apressa o caminhar.


OFFGAME: Segue na Clareira Central do Caern.
Diogo'Papo-Reto' Moncorvo
Diogo'Papo-Reto' Moncorvo

Mensagens : 687
Data de inscrição : 02/07/2017
Idade : 25
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 26 Empty Shader - Legado-do-Trovão - Fúria-Justa-de-Esteno

Mensagem por Evan Ballmer em 08.01.19 20:22

O sorriso do rapaz de cabelo rosado se desfaz instantaneamente ao ouvir as palavras da garou. 
 Os olhos se arregalam um pouco e era visível medo em sua face.
 Quase instintivamente ele dá um passo curto para trás.  Abaixa a cabeça e tinha um os punhos fechados apertados, colados junto a lateral do corpo. Rígido, como se já esperasse vir um ataque e tentasse ali ficar da melhor forma para aguentar aquilo com um mínimo de dignidade.

"- Lá vem..." - murmura pra si mesmo.

*Minha mãe ia realmente gostar dela, é pior que ela. Conheço esse papo aí de disciplina Ahroun. Lá vem chumbo, mas eu aguento, eu acho... Porra.*

 Sua mãe, Sarah, ou melhor, Punho-da-Weaver algumas vezes já havia aplicado a "disciplina Ahroun" nele depois que tivera a primeira transformação e passara a fazer parte da comunidade tradicionalista garou.
Evan Ballmer
Evan Ballmer

Mensagens : 263
Data de inscrição : 24/04/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 26 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Luke Constantine em 09.01.19 19:59

* Luke observa os modos expansivos do ragabash recém chegado, que parecia insubordinado o bastante para persistir com o mesmo tom nada sutil. Helenna estava evidentemente incomodada, e o Senhor das Sombras tinha experiência suficiente com ela para entender que não faltava muito para que os ânimos da Fúria Negra se exaltassem em definitivo. O Alfa, por sua vez, permanece com um semblante inalterado, avaliando a cena uma frieza avaliativa. A ausência de respeito e decoro existia, não havia dúvidas, aquele garoto havia sido treinado por uma tribo branda, o resultado não poderia ser diferente. No entanto, havia algo de magnético no recém chegado que impedia Luke de desgostar dele imediatamente, embora certamente o estivesse achando imprudente ou, a depender de suas próximas palavras, idiota. No entanto, novas palavras não vêm. O olhar de Helenna havia bastado para que o lua nova experimentasse o terror e agora provavelmente seria possível colocar algo na cabeça dele. Luke se dirige primeiro para a Fúria Negra, a quem acena em aprovação e enquanto diz: *
 
- Acho que agora ele vai entender, você é uma professora muito boa.
 
* Seu tom era calmo, como se aquilo fosse apenas uma distração. Luke, apesar de Ahroun, podia se mostrar extremamente controlado quando se propunha a isso. Se volta em seguida para Evan e diz inalterado: *
 
- A lua nova é o auguro que usa as palavras para nos questionar e abrir nossos olhos para verdades que não conseguimos vislumbrar. Quando você chega em um local novo, onde não conhece ninguém, o respeito é essencial. Quando você vai lidar com seu alfa, com seus irmãos, ou com outros Garous a postura é essencial. Essas são as nossas tradições, garoto, e se você não prestar atenção nelas estará anulando as capacidades do seu augúrio porque ninguém ouve que não é digno de ser ouvido. Não se torne essa pessoa.
 
* Olhava para ele diretamente nos olhos e, embora não houvesse qualquer hostilidade em suas palavras, havia sempre um brilho perigoso e predatório em seus olhar. Prossegue:
 
- Entenda o ambiente ao seu redor antes de escolher as palavras que vão sair da sua boca. Você sabia da segunda estrela rubra, sabia do ataque ao Caern, sabia do sequestro de nossa irmã e podia ver os túmulos que nos cercam nesse cemitério. Todos aqui perderam irmãos, todos aqui tem suas dores para suportar, ninguém aqui está com humor para relevar ofensas ou para ouvir gracejos. Você realmente acredita que era a hora e o momento para agir assim? Se sim, você ainda precisa aprender e não teremos tempo para ensinar. Não quando estamos em guerra, não tão próximos dos últimos dias.
 
* Estava dando a chance para que ele compreendesse.
 
- Você é membro dessa matilha agora e eu, como seu Alfa, preciso que você esteja correndo ao meu lado e não em desarmonia com nossos caminhos. Você entende?
 
* Aguardava a confirmação para enfim voltar ao que interessava. *
Luke Constantine
Luke Constantine

Mensagens : 556
Data de inscrição : 28/06/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 26 Empty Shader - Legado-do-Trovão - Fúria-Justa-de-Esteno

Mensagem por Evan Ballmer em 10.01.19 0:20

Estava preparado, e o soco não veio. Aquilo até o surpreendeu um pouco, mas a sequência de discurso do alfa, fez ele por alguns momentos desejar uma surra da Fúria Negra, seria menos doloroso.
 É visivel a expressão dura e nada contente, e um leve morder do lábio inferior se contendo para não dar respostas ali. Mas a mente fervilhava a cada palavra do Senhor da Sombra.
 
*Olha que 'divertido', aulinha de como eu devo agir, e como é meu augúrio? E vocês quando vão agir como Ahroun e virar saco de porradaria e intimidação não contra quem está do seu lado? Pau no cú... "Verdades que não conseguimos vislumbrar" vocês se fingem de cegos mesmo, ignoram e não querem ver! Essa é a real... Tradição por tradição, não serve para nada! E qualquer garou sabe da estrela rubra, né o gênio? Só olhar para cima! E fofoca espalha igual fogo em palha... Ofensas e gracejos? Ofensas e gracejos? Ah, vá! Quem eu ofendi aqui? Bando de doído e fresco! E eu não é problema ofenderem, claro... Dúvido que se importem com todas as mortes, certeza que tem umas, tipo eu, que não "preza a tradição" e não fica lambendo botas alheias, que até agradeceram que morreram, ou talvez impuros que vocês nem ligam e só usam como força extra e sinal de vergonha nem vão sentir falta... E mano, exatamente por estarmos perto dos últimos dias que não dá para ficar nessa frescuragem de tradição. Não consegue enxergar que tempos mudaram e se não acompanhar e mudar vai mesmo morrer e ficar para trás! Puta que pariu! Caralha! Eu quero logo um soco e ficar desacordado! Por favor! Me apaga! E claro, vamos coroar o discursinho com o papo de Senhor das Sombras que quer seguidores... 'Correr em desarmonia', ou seja, não te obedecer cegamente né, seu controlador? Afffff... E sim acabei de chegar e nem vem achando que só porque falaram, e tú é bonitinho, tem uns neurônios e papo de didator, que vou te aceitar fácil de líder. Eu não te escolhi. Me prova primeiro que você presta. Não vou correr contra, ou melhor, em 'desarmonia', porque não sou babaca, mas não vou te lamber não. Se a Fúria Negra aí quer se rebaixar e lamber você, azar o dela. Deve ser porque ela prefere o machistinha da tradição, do que o viado sincero.*

 Fica alguns segundos pensando se devia falar algumas verdades, mas já tinha notado que seria a mesma coisa que falar com dois rochedos e que eles ainda iam cair na sua cabeca do que escutar.

 *Seja como você quer... Por enquanto... E na hora certa você ainda vai implorar para eu falar as coisas... O jogo vira rápido, mané...*

 "- Beleza chefia. Desculpa aê. Só atropelei o papo porque achei que dava para cooperar em algo a tempo."

 Fala de forma quase mecânica sem emoção nenhuma. E já espera Helenna vir com mais falação, ou talvez o soco e isso seria tarde agora. Mas, pelo menos, seria ver ela não seguindo exatente a ordem do alfa.
Evan Ballmer
Evan Ballmer

Mensagens : 263
Data de inscrição : 24/04/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 26 Empty Narração - Shader

Mensagem por NarraDiva em 10.01.19 9:17

'- Ele não vai implorar. Ele é seu alfa. Ele manda, você obedece se tiver amor pela vida.' - diz uma voz masculina que sussurra no ouvido de Shader. A voz não era conhecida pelo Ragabash e apenas ele escuta.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 36
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 26 Empty Fúria-Justa-de-Esteno (H) - Legado-do-Trovão | Shader

Mensagem por NarraDiva em 10.01.19 9:23

A Fúria Negra encara o Ragabash mantendo a postura intimidatória e comentando com Luke:

'- Duvido que aprenda, não parece ser o mais esperto da sua espécie. Mas minha pedagogia funciona bem quando os machos não aprendem por bem.'
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 36
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 26 Empty Shader - Legado-do-Trovão - Fúria-Justa-de-Esteno

Mensagem por Evan Ballmer em 11.01.19 1:27

Ele ouve a voz sussurrar em seu ouvido e vira para lado buscando o dono daquilo um tanto quanto assustado e ignorando a fala de Helena.
 
"- Vocês ouviram isso? Ah... Esquece..."

Começava a se preocupar com estar enlouquecendo igual a irmã, ou que nem podia ter ali pensamentos em paz, por ter alguém xeretando mentes alheias.
 Balança a cabeça para os lados, como em gesto de negativa, como se quisesse tirar tais pensamentos o que estava lá da mente.
Evan Ballmer
Evan Ballmer

Mensagens : 263
Data de inscrição : 24/04/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cemitério - Lar dos Ancestrais - Página 26 Empty Re: Cemitério - Lar dos Ancestrais

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 26 de 28 Anterior  1 ... 14 ... 25, 26, 27, 28  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum