Clareira Central

Página 8 de 40 Anterior  1 ... 5 ... 7, 8, 9 ... 24 ... 40  Seguinte

Ir em baixo

Clareira Central - Página 8 Empty Equilíbrio-da-Vida - Equilíbrio-da-Força

Mensagem por NarraDiva em 12.07.18 20:24

O Galliard toma um gole do chá e diz para Elaijah:

'- Aceita um gole, jovem irmão.'

E, em segudia diz:

'- A profecia da Fúria Negra não faz nenhum sentido. Você e Flor-de-Lótus são recém-chegado, e, embora eu saiba pouco sobre a Juíza, não sinto inclinação para suspeitar da mesma apesar de seu estranho passado. Eu e Sol-da-Esperança caminhamos juntos há tempos e estamos aqui há poucos anos. Somos apenas nós a tribo. Não vejo quem poderia lhe fazer qualquer tipo de mal...'
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 36
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 8 Empty Colecionador-de-Histórias - Réquiem

Mensagem por NarraDiva em 12.07.18 20:28

'- Eu poderia sim...'-  comenta o Roedor de Ossos que, terminando de degustar sua coruja, olha para a Presas de Prata e, limpando a gordura ainda presente em seus dedos com a língua, indaga:

'- Mas antes queria saber porque a princezinha me escolheu para o rito de Conquista... não é comum a realeza descer ao nível da plebe.'
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 36
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 8 Empty Réquiem - Colecionador de Histórias

Mensagem por Eve Ballmer em 12.07.18 21:03

Forma Atual: Crinos

Ela já podia fazer os outros dois pedidos que pretendia fazer ao Roedor de Ossos. Ficou tentada em experimentar um pedaço daquela coruja, mas preferia suas comidas cruas e de preferências vivas para matá-las e ver suas vidas desvanecerem diante de si, diante um predador mais forte e voraz.

-Porque nem sempre fui uma parente do Rei da Nação. E por ser uma Impura era, e muitas vezes ainda sou vista como um tipo de aberração, estorvo e entendo um pouco o que sua tribo passa. Some a isso que sou uma mulher e você tem um receita muito boa para qualquer outro garou se sentir no direito de me humilhar. Isso diminuiu depois que descobri que era uma Albrecht? Sim, claro, mas o que passei nunca será apagado e eu nem quero que seja, pois aprendi demais com as mazelas da minha vida.

Ela encara o garou nos olhos, demonstrando que dizia a mais pura verdade.

-Por essas e mais tantas outras razões eu gostaria que um Roedor de Ossos me ajudasse com o ritual de conquista, que pudesse me ensinar esse ritual para que eu pudesse ajudar minha matilha e...

Ela passa os olhos pela Clareira Central para observar o movimento, se vira para Colecionador de Histórias e conclui:

-...se me permitir, também gostaria de receber o desafio de posto de você.

Abriu um sorriso malicioso em sua face em Crinos. Esperava que o irmão de augúrio entendesse o recado que ela tentava passar, se ele não entendesse, tudo bem.


Última edição por Angelique T. Albrecht em 12.07.18 21:45, editado 1 vez(es)
Eve Ballmer
Eve Ballmer

Mensagens : 515
Data de inscrição : 25/06/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 8 Empty Re: Clareira Central

Mensagem por Elaijah Maickoson em 12.07.18 21:31

Equilíbrio-da-Vida
Crinos


Me acomodo em frente a Equilíbrio-da-Vida.
-Aceito. Desde que cheguei no Caern não comi e nem bebi nada.

Elaijah espera ser servido e logo em seguida da um gole degustando lentamente o chá.

Olha novamente no fundo dos olhos do Líder Tribal.
-Eu entendo a sua linha de pensamento, mas mesmo assim uma profecia é uma profecia. E depois do que eu fiquei sabendo que aconteceu com a ex líder da seita, não me custa nada me precaver.

O Ahroun já tinha planos para conseguir se proteger até mesmo de com quem estava conversando no momento.
-Por isso gostaria de ouvir sobre eles.

Mais uma vez ele saboreia o chá.
Elaijah Maickoson
Elaijah Maickoson

Mensagens : 205
Data de inscrição : 21/03/2018
Idade : 31

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 8 Empty Colecionador-de-Histórias - Réquiem

Mensagem por NarraDiva em 14.07.18 16:51

O Roedor ri quando Réquiem fala de como sofrera menos por ser uma Albretch, mas mesmo assim sofrera. A dama da realeza dificilmente saberia o real significado da palavra sofrimento. Sem maiores delongas, e sem responder imediatamente a nenhuma das perguntas da Galliard, o Roedor olha para Luna, olha para Réquiem e, enquanto desenhava o glifo da Lua Gibosa com uma tinta vermelha na testa da Garou, repete:

'- Em nome de Luna e pelo reconhecimento dela, eu, Colecionador-de-Histórias, lhe confiro 1 ponto permanente em Glória, 6 temporários em honra e nada em sua sabedoria. Que os Garous e os espíritos reconheçam em ti o renome conquistado.'

O Galliard olha para Réquiem, ao fim do Rito e, diz:

'- Quanto ao desafio... eu que você faça uma performance e a execute, no começo da próxima noite, nessa clareira central, em homenagem ao Rato. Se sua performance lhe render aplausos, será uma Forsten. Se não, deverá tentar novamente em um mês...'

Por fim, o Roedor diz:

'- Quanto a lhe ensinar o Ritual, depois do seu desafio concluído começaremos nossas aulas.'
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 36
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 8 Empty Equilíbrio-da-Vida - Equilíbrio-da-Força

Mensagem por NarraDiva em 14.07.18 16:55

'- Primeiro, o Rito.' - comenta o Galliard.

Ele serve um pouco de chá e entrega ao Ahroun, pegando um pouco para si. Ergue a taça, e antes de beber, comenta:

'- Com os poderes a mim concedidos por Luna e por Quimera, que a comunhão desse chá reconheça a evolução de sua Glória, com mais um ponto permanente.'

O Galliard toma o chá inteiro e espera que Eliajah fizesse o mesmo. O Rito havia sido bem sucedido.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 36
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 8 Empty Re: Clareira Central

Mensagem por Elaijah Maickoson em 14.07.18 17:33

Equilíbrio-da-Vida
Crinos


O Ahroun após ser servido novamente repete o gesto elevando o chá, e ao final das falas bebe o chá ao mesmo tempo que o Galliard. O Ahroun sentia que a glória em seu ser havia aumenta. Elaijah faz uma reverência com a cabeça.
-Muito obrigado Equilíbrio-da-Vida

Equilíbrio-da-Força volta a olhar o Galliard atentamente.
-Bem, o Sr poderia me contar agora um pouco sobre as outras duas Portadoras? E depois e o Sr sabe onde se encontra a Ahroun para que eu possa pedir o desafio de passagem de posto?
Elaijah Maickoson
Elaijah Maickoson

Mensagens : 205
Data de inscrição : 21/03/2018
Idade : 31

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 8 Empty Réquiem - Colecionador de Histórias

Mensagem por Eve Ballmer em 15.07.18 17:04

Forma Atual: Crinos

O riso do Galliard não a surpreende. Não conhecia de fato a realidade dos Roedores de Ossos e tentava se aproximar de um deles para entender isso. Ela presta atenção ao rito, em cada detalhe que o Roedor fazia para tentar absorver algum conhecimento dele. Ao fim do Rito e das palavras de Colecionador de Histórias, Réquiem diz:

-Muito obrigada por realizar o rito e me passar o desafio de Posto, Colecionador de Histórias. Farei o meu melhor para honrar o Rato em minha apresentação.

Era claro que ela pensava que o desafio seria diferente daquele passado. Faria de tudo para tirar um único aplauso de quem estivesse na Clareira Central, não iria esperar um ciclo lunar completo para fazer outro desafio, ela não tinha essa opção. Lembra da performance de apresentação da Bonde do Lixão e pensa am fazer alguma coisa naquele sentido, mesmo sabendo que, exceto os Roedores, gostariam daquele tipo de performance.

Ela estende a mão para o irmão de Augúrio e complementa:

-Obrigada por se dispor a me ensinar o ritual de conquista. Caso precise de alguma coisa que eu possa ajudar, não hesite em me chamar.

E aguarda a reação do Roedor.
Eve Ballmer
Eve Ballmer

Mensagens : 515
Data de inscrição : 25/06/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 8 Empty Equilíbrio-da-Vida - Equilíbrio-da-Força

Mensagem por NarraDiva em 17.07.18 9:33

'- Sol-da-Esperança está nas montanhas até onde eu sei, Equilíbrio-da-Vida. Como disse, a conheço desde Chinatown, veio comigo para o Rio de Janeiro. Sempre se mostrou leal e confiável. Um irmã que já salvou minha vida mais de uma vez e que nunca deu motivos para que desconfiasse de sua índole.' - comenta o Galliard, que em seguida fala da outra Portadora da Luz Interior:

'- Quanto à Flor-de-Lótus... nada se sabe sobre a juíza. Ela é uma Ana-gamin. Quando eles costumam partir, não voltam. E ela voltou. Não sei porque voltou. Não sei porque partiu. E nem porque está aqui. Chegou pouco antes de ti, ainda não tive tempo para conhecê-la bem.'
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 36
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 8 Empty Colecionador-de-Histórias - Réquiem

Mensagem por NarraDiva em 17.07.18 9:34

O Roedor aperta a mão da Presas de Prata e acena em positivo para a Galliard. Estava bem com as coisas como elas estavam e não tinha nada a dizer.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 36
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 8 Empty Re: Clareira Central

Mensagem por Elaijah Maickoson em 17.07.18 13:08

Equilíbrio-da-Vida
Crinos


Após ouvir o que Equilíbrio-da-Vida tinha para falar sobre as outras Portadoras e deixar o Ahroun com uma pulga trás da orelha em relação a Ana-gamin. Elaijah toma o último gole do chá que tinha em sua xícara.
-Muito obrigado pelo ritual, e também agradeço muito por me contar sobre os outros membros. Agora preciso me encontrar com Sol-da-Esperança para pedir que ela me passe o desafio para passar de posto

Equilíbrio-da-Força se levando, e repente a reverência juntando as mãos uma em punho e a outra espalmada em estilo oriental.
Com toda licença.

Elaijah sai e vai em direção a montanha.
Elaijah Maickoson
Elaijah Maickoson

Mensagens : 205
Data de inscrição : 21/03/2018
Idade : 31

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 8 Empty Re: Clareira Central

Mensagem por sussuros-da-weaver em 17.07.18 13:53

João chega na clareira central onde aparentemente requiem estava no meio de um ritual de conquista, e não era ele que iria atrapalha-la, voltando a forma humana ,o lua nova se veste e procura alguem que pissa lhe dar informações sobre os locais do caern , e começa a planejar em sua cabeça como que seriam escassas horas de sono intercaladas com as importantes reuniões de tribo e sobre a investigação dos presas de pratas foragidos , enquanto procurava alguem que lhe dê informações...

sussuros-da-weaver
sussuros-da-weaver

Mensagens : 47
Data de inscrição : 23/03/2018
Localização : Rio de janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 8 Empty Narração - Sussurro-da-Weaver

Mensagem por NarraDiva em 18.07.18 20:11

A Clareira ainda estava cheia de Garous e de Filhotes, João podia abordar quem quisesse para conseguir as informações de seu desejo.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 36
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 8 Empty Re: Clareira Central

Mensagem por Convidado em 18.07.18 21:41

Ao chegar na Clareira Central, Antonio Xavier torna para Pantaneiro e fala para que todos da matilha pudessem ouvir:

"- Pantaneiro, agora que não há mais obrigações imediatas, peço permissão para ir procurar Equilíbrio da vida: irei em busca de ensinamentos sobre o uso da flauta."

Antonio coloca levemente a mão dos ombros de Padmatavi e pergunta:

"- Flor-de-lótus, gostaria de me fazer companhia?"


O Portador espera para poder seguir em busca de Equilíbrio da vida.


Última edição por Antonio Xavier em 18.07.18 23:18, editado 1 vez(es)

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 8 Empty Pantaneiro (hominideo ) - Fortaleza de Gaia

Mensagem por Convidado em 18.07.18 22:17

- Essa flauta vai ser de muita importância para a matilha, Sereno-Trovão. O quanto antes aprender a usa ela vai ser melhor pra nóis. Se Padmatavi puder te acompanhar, é bom. A experiência dela pode te ajudar e muito. Permissão concedida e obrigado por se preocupar com a matilha.

Volta sua atenção para Bruno, Pórunn, Hagen e Gwen.

- Pórunn, se o cê quiser auxiliar Bruno com algumas das informações que nóis precisa, pode ficar a vontade. Se tiver algo pessoal que precisa ser resolvido tamém, esse é o momento. Se quiser vir comigo, não tem problema tamém, mas acredito que tenha talvez algo para resolver.


Voltou-se para Gwen e Hagen.

- E nóis três vamo procurar Bardo-Forjador. Ele precisa fala comigo e tô curioso.


Disse novamente para todos antes de partir.

- Antes de amanhecer o dia, com exceção de Padmatavi que vai ficar alojada aqui no Caern, vamo se encontrar pra eu passar os nossos horários de nossas reuniões, combinado?


Voltou então por final para Hagen e Gwen.

- Bora, xômanos?

Pantaneiro passa sua forma para hominídeo.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 8 Empty Re: Clareira Central

Mensagem por Convidado em 18.07.18 23:13

Hagen meneia com a cabeça para Pantaneiro e indica positivo em procurar Bardo-Forjador. Se mantinha al esperando que seu alfa conduzisse a isso.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 8 Empty Bruno Caselli (Crinos) - Fortaleza de Gaia

Mensagem por Bruno Caselli em 18.07.18 23:25

Bruno ouve seus companheiros conversando logo assim que saem da Umbra e nota que Pantaneiro estava prestes a libera-los. O Theurge então recebe uma mensagem em seu telefone e logo verifica que sua irmã havia lhe respondido:

- Alfa, meus parentes conseguiram um veículo como pediu. Daqui a dois dias ele estará no ponto de encontro com toda a documentação liberada.

Bruno aproveita para agradecer sua irmã por mensagem e logo em seguida volta a se dirigir a Pantaneiro:

- Peço desculpas, mas ainda preciso encontrar uma amiga para me apresentar... Assim que terminar o assunto eu darei foco nos afazeres que combinamos.
Bruno Caselli
Bruno Caselli

Mensagens : 306
Data de inscrição : 02/07/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 8 Empty Re: Clareira Central

Mensagem por Convidado em 18.07.18 23:35

De posse de seus tesouros - uma mochila de acampamento preta e uma camisa de algodão xadrez azul marinho sobre verde floresta - Gwen seguiu com a matilha para a clareira.

Enquanto Sereno-Trovão e Pantaneiro conversavam sobre uma flauta - algo que ela não entendeu - a ruiva apoiou a mochila pesada no chão e vestiu a camisa xadrez, deixando-a desabotoada e dobrando as mangas até pouco abaixo dos cotovelos. A roupa era muito maior que ela, com a barra cobrindo o primeiro terço da coxas da Garou, especialmente agora que mantinha sua delicada forma hominídea. Era uma peça nitidamente masculina e feita para um homem muito maior que Gwen. Mas, ao mesmo tempo, as cores destacavam os cabelos-de-fogo e os olhos de Primavera, dando à Fianna o ar de quem anda por aí vestida nas roupas do namorado.

Posicionando a enorme mochila de volta nos ombros, Aurora Serena caminhou para perto de Pantaneiro e sorriu para Hagen quando percebeu que este os acompanharia ao encontro com Bardo-Forjador.

(Norueguês) - Eu posso traduzir simultaneamente para você, se for preciso, durante nosso trajeto até lá. Já faz tempo que não tenho chance de praticar sua língua e será um bom exercício para mim. - a ruiva sorriu com meiguice para o Cria de Fenris, tentando se mostrar prestativa. Deveria ser horrível sentir-se isolado pela linguagem...

Voltando-se finalmente para o líder, Gwen tocou de leve o antebraço de Pantaneiro. Por costume, andaria de braços dados com ele, Fianna que eram, e conversaria animadamente sobre Tara e as Terras Altas, e o Clã MacAlister e suas relações... mas algo a deteve. Era nova ali. Tudo era tão recente! E havia o geas - o maldito tabu que pesava sobre ela.

Tinha gostado da estática que sentia ao deslizar as pontas dos dedos pela pele do alpha. Achava a sensação engraçadinha. Mas afastou a mão e limitou-se a sorrir:

- Aye, vamos até Bardo-Forjador então, meu righ. - ela abriu um pequeno bolso lateral na mochila mas, antes de retirar o que quer que estivesse buscando ali, perguntou - Acha que podemos tomar um trago no caminho? Só pra firmar o pulso! Ou o verdadeiro scotch seria forte demais para vocês sulistas?

A ruiva puxou uma garrafa de vidro contendo um líquido âmbar de dentro da mochila, mas não destampou. Ficou apenas ali, balançando suavemente a garrafa de whisky com um sorriso derretedor de cobre estampado nos lábios bonitos.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 8 Empty Re: Clareira Central

Mensagem por Convidado em 19.07.18 0:49

Pórunn concorda com o que Pantaneiro diz.

'- Irei ajudar o Filho-da-Weaver com o que ele precisar, Alfa. Eu não tenho nenhum assunto pessoal para resolver. Posso focar exclusivamente nos anseios dessa matilha.' 

Em seguida completa, dessa vez direcionada a Xavier: 

'- Sereno-Trovão. Se houver algo em que eu também possa lhe ser útil, estou a disposição.'

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 8 Empty Angelique - Colecionador de Histórias - Sangue Sobre a Neve

Mensagem por Eve Ballmer em 19.07.18 10:14

Forma Atual: Crinos

A Presa de Prata então se despede do Roedor de Ossos e caminha aleatoriamente pela Clareia Central. Percebe Sussurros da Weaver por ali, mas não o aborda. Era certo que cuidava de seus afazeres e Réquiem precisava pensar na apresentação para o Rato na próxima noite. Mas outra coisa lhe vem a mente e era a dívida com os Garras Vermelhas que incluía o Grifo.

"Ritual de Constrição..."

E observa a Clareira com mais cuidade, precisava conversar com algum Theurge sobre o aprendizado do Ritual de Constrição. Sangue Sobre a Neve lhe vem a mente e não é difícil vê-la por ali. Se aproxima da irmã de matilha e diz:

-Sangue Sobre a Neve...preciso de sua ajuda mais uma vez.

E lhe vem a mente a fala da Impura "Macacos falam muito", então resolve ser direta com a Garra Vermelha:

-Você conhece o ritual de constrição? Poderia me ensinar ou me orientar quem procurar para aprendê-lo?


Última edição por Angelique T. Albrecht em 19.07.18 15:07, editado 1 vez(es)
Eve Ballmer
Eve Ballmer

Mensagens : 515
Data de inscrição : 25/06/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 8 Empty Flor-de-Lótus (G) - Aurora-Serena | Sereno-Trovão | Pantaneiro | Ira-Desoladora-de-Fenris | Visão-do-Futuro

Mensagem por NarraDiva em 19.07.18 11:41

Sempre ponderada, Flor-de-Lótus comenta com Pantaneiro antes que ele partisse para encontrar Bardo-Forjador:


'- Pantaneiro, com todo respeito, mas se um ancião de sua tribo quer falar com você, não seria melhor você o procurar sozinho e depois os membros de outras tribos que tiverem assuntos com ele o procuram?'


A Philodox vira para Sereno-Trovão e fala:


'- Eu posso lhe acompanhar se quiser, Antônio. Não me incomodaria.'
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 36
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 8 Empty Re: Clareira Central

Mensagem por Convidado em 19.07.18 17:37

Hagen escuta Flor-de-Lótus falar e já se antecipa.

' - Ficarei por aqui pela clareira, Pantaneiro. '

Hagen já se posiciona para esperar.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 8 Empty Pantaneiro (hominideo) - Fortaleza de Gaia / Todos

Mensagem por Convidado em 19.07.18 22:40

A sabedoria de Padmatavi guiava mais uma vez a insensatez de Pantaneiro. Era óbvio que Bardo-Forjador iria querer um diálogo a sós. Se não tinha vindo  até si no momento em que estava conversando com Saggattarius.

"Padmatavi me livrando de fazer uma merda de etiqueta...."

Se aproxima da Portadora e diz:

- Minha chucrez não me deixa pensar de forma sábia como o cê, minha juíza. Obrigado.


Olha para Gwen e Hagen. Sinaliza para Hagen que diz que ficaria por ali na clareira e completa para o Fenris.

- Faça companhia para Gwen. Seja um bom companheiro, Hagen. Conte um pouco dos presságios nosso e nossa situação dentro dessa Seita pra Gwen saber onde está se metendo, por favor. Até lá já voltei.

Sinaliza mais uma vez.

- Cêis me dão licença.

E foi em direção à forjaria que era onde provavelmente Bardo estaria.



_______________________
OFF Game:
Continua na Forjaria.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 8 Empty Re: Clareira Central

Mensagem por Convidado em 19.07.18 23:19

Hagen concorda e permanece ali, se projeta a caminhar e carregava nas suas costas uma mochila, olhando para a Fianna, Hagen estica sua mão e fala de forma direta. Seu tom era frio e seco, característico dos nórdicos que não eram afeiçoados a amenidades e nem sensibilidades. Hagen por mais que fosse um jovem carismático, tendia muito para a frieza, não era agressivo, era direto.

' - se me permite, carrego sua mochila Skald. E acho que apenas nós dois beberemos desse "chá" que trouxe.  

Hagen não tinha tarefas à fazer e assim iria fazer companhia para a garou, e claro, narrar o que sabia.




Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 8 Empty Re: Clareira Central

Mensagem por Convidado em 19.07.18 23:37

Skald. Aurora Serena sorri para Hagen antes de fazer um aceno positivo de cabeça para seu righ,  que havia decidido deixa-la para trás - apesar de a prevenção negativa da Philodox indicar apenas Garou de outra tribo. Deu de ombros e virou-se para o nórdico com ares sérios - típicos dos Filhotes de Fenrir - entregando ao loiro sua mochila e abrindo a garrafa de whisky, com um olhar de cima a baixo no irmão. O tempo todo falando em norueguês, ela disse:

- Esse chá já derrubou mais de um membro do seu sangue, Fenris. Mas obrigada pelo cavalheirismo, de toda maneira.

A ruiva já ia virar a garrafa quando parou em meio ao gesto, baixando a mão novamente e olhando para Hagen com ares travessos:

- Uma vez me disseram que beber direto da garrafa é a segunda melhor maneira de saborear o verdadeiro whisky. E que a primeira seria provando da boca de uma bela mulher. - a ruiva sorriu com charme e levou a garrafa aos lábios, virando um gole antes de estender o vidro para o norueguês - Vai me levar pra casa agora? - o tom que ela usava era meigo e quente como a manhã fresca que se erguia.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 8 Empty Re: Clareira Central

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 8 de 40 Anterior  1 ... 5 ... 7, 8, 9 ... 24 ... 40  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum