Entrada Oeste - Guaratiba

Página 16 de 18 Anterior  1 ... 9 ... 15, 16, 17, 18  Seguinte

Ir em baixo

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 Empty FORMA-GLABORO

Mensagem por Bjorn, o batuque de Thor em 12.12.18 16:07

Bjorn havia se preparado por alguns meses antes de aceitar a grande missão de vir ao Rio de Janeiro. Aproveitara o tempo no navio para praticar o seu português já que só chegaria em seu destino em alguns meses. Durante esse tempo ele ficava imaginando e sonhando com seus ancestrais vikings e sentia em seu peito o que eles sentiram quando desbravaram a Europa em busca de saques, glorias e riquezas. No seu intimo sabia que esses antepassados estavam ali com ele e que os espíritos do mar o ajudariam a chegar de forma segura no seu destino. 


Ao avistar o cristo redentor Bjorn cospe no chão para espantar o mal agouro de paz que a filosofia cristã prega. E como se isso não fosse o suficiente ele toca o ferro de seu colar, representando a marca do Fenrris. Isso sim ele têm orgulho. Ele não foi ao Rio para trazer ou fazer a paz e sim em busca de uma Boa morte. 


*Então é aqui que a Wyrm se prolifera? Onde todos os vatícinios do apocalipse começam? Onde as chances de Fracasso e morte são quase certas? Ótimo! Então é aqui que Bjorn irá tocar a canção de Thor e escrever poemas épicos sobre grande batalhas e guerreiros heróicos de Gaia. A como isso é FODA!!!! Estou ansioso pra combater ao lado de valorosos guerreiros*

Então ele pega sua pouca bagagem o que restou de anos de lutas, um ipod e duas mudas de roupas, coloca seus fones e começa um cooper até o CAERN, apesar de chegar tarde não teria problemas no caminho até lá já que têm um mapa feito por seu líder tribal na Noruega. 







Então ele chega no Caern pela entrada Oeste Guaratiba, mal entra no solo sagrado ele transforma apenas sua garganta e  enche os Pulmões e faz um Uivo de apresentação. 


-AUUUUUUUUUUUUU (Sou Bjorn, o Batuque de Thor, Cliath dos Crias, nascido sob os auspícios da lua gibosa sob as duas patas! Peço permissão para entrar no glorioso Caern de Guerra da Coroa de Fogo)

Então Bjorn tira os fones e prossegue. 
Bjorn, o batuque de Thor
Bjorn, o batuque de Thor

Mensagens : 155
Data de inscrição : 03/12/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 Empty Re: Entrada Oeste - Guaratiba

Mensagem por Arauto-da-Morte em 12.12.18 16:41

Forma Atual – Crinos

Siegfried, para a surpresa do Peregrino, apoia a decisão que este tomou, e, assustadoramente, tem a mesma impressão daquela matilha que ele.. era.. estranho simpatizar com o Fenrir..

*Essa matilha é feita dos filhos da puta mais carismáticos desse universo.. *


Logo o lobo chega em sua forma de batalha, acompanhado pela lupina que seria a nova integrante da Olhos da Tempestade, e, logo em sua chegada, repete à matilha basicamente o que havia falado em frente ao Alto Conselho.

O que não deixa de passar batido ao estranhamente empático peregrino, era a animosidade com a qual era recebido pela matilha, em especial pelo filho de gaia..

*Esse porra tá tomando aula com o Siegfried e com Victor é? Ou isso ou é uma chupeta gostosa no Fela da puta Herói..*


Victor corta a rabugice mental do Sem Lua com à sua própria e o Julgamento finalmente tem início.




*Esse maluco realmente ta afim de um pau pra segurar..* - Pensa o Ragabash ao ver o filho de Gaia apoiado em seu bastão com o olhar sexy concentrado..

Após listadas as ofensas... *Como esse puto parece tirar prazer em julgar..*... o  Lobo escolhe..

*EU????????????????????*


O Ragabash via muitas verdades e muitos exageros no julgamento do Philodox, em especial porque, todos ali haviam feito escolhas semelhantes, ele incluso, a bebida ainda o queimava por dentro, aquecida por sua sempre presente fúria contra o mundo..

“-MERDA..
– É a primeira palavra que sai da boca do Lua Nova - .. eu não queria essa posição, mas, pelo pacto que honrarei até o dia que morrer com Luna, eu o farei.”

Hadrian começa a andar de maneira a ficar no meio de seus irmãos..

“-Primeiro, IRMÃOS, vamos nos lembrar de quem somos e à quem estamos julgando – Ele faz uma pausa, olhando sua matilha nos olhos – somos o caralho de uma matilha de GUERRA, e, NÓS decidimos ser IRMÃOS.. estamos julgando aquele a qual basicamente aclamamos como Alfa, aquele mesmo que, por diversas vezes EU presenciei por a necessidade da matilha à frente da sua própria, tendo feito isso inclusive antes de assumir seu posto, ou iremos esquecer o Pacto que fez com as aranhas padrão para salvar Skulhead? De ter viabilizado uma coalizão entre as matilhas, não só reinserindo a Olhos da Tempestade numa aliança a qual fora excluída, mas, mais uma vez propondo ajudar um irmão de matilha em um problema que em nada fora causado por ela?”

A fúria era presente nas palavras do Ragabash..


“-Então, antes de mais nada, larguem o caralho do saco de vocês e pensem com a porra da cabeça quando estão julgando seu alfa antes do Juiz dar seu veredito...”


Essa era uma verdade que precisava ser dita, além de dar tempo para o Peregrino pensar nas acusações e ponderar aquilo que acreditava, ou não, merecer defesa..

“-Sobre a acusação de ser indigno de confiança, posto que não confiou em seus irmãos para confidenciar-lhe que havia achado uma das Joias da coroa na cabana de um membro de sua tribo, eu devo dizer, considero-o inocente – O Ragabash lembrava-se com rancor quando fora julgado por sua matilha aos lhe confidenciar uma questão tribal – O Uktena achou, na cabana de um membro de sua tribo o artefato, ciente da profecia da Bruxa, que rogou Invocador do Abismo como seu maior aliado, exerceu cautela com relação a este segredo, tal e qual vários de nós já o fizemos antes, e, outros – Olha diretamente nos olhos de Siegfried – fomos, sem julgamento, condenados por dividi-los com a matilha, logo, não acredito que o lobo tenha deixado de confiar em nós, mas, convenhamos que inexistiu momento propício para isso, uma vez que, durante todas nossas reuniões, fomos constantemente interrompidos e atropelados por acontecimentos que, confirmando nossas suspeitas, provavam que o Caern não era um local seguro.”



*É o que você merece lobo podre, mesmo que eu não confie em você..*



O Ragabash olha para a lua e suspira, sabendo que ele mesmo guardava sua boa dose de segredos.



“- Sobre o crime de não oferecer quinhão ao de posto mais elevado, ainda que entenda que existia, em muitos de nós, a desconfiança, senão a certeza de traidores dentro do Caern, creio que devemos pagar quando decidimos infringir nossas leis, assim, acredito que ele também o deva fazê-lo..”



Após alguns instantes para que o que falava fosse absorvido, continua..



 “-Já as acusações posteriores, comecemos por abandonar o posto de Alfa, uma vez que não correu em direção à matilha, tampouco fora ao auxílio dela..

Segundo o relato do Alfa, este fora o primeiro a perceber o chamado da Wyrm, alertando todo o Caern, quando o garou de posto mais elevado incubiu duas outras theurges à auxiliarem Sussurros-Solitários, estes foram para a umbra, para retirar a jóia, perdendo sua pata no processo, quando sem aviso, foram expulsos da umbra, este então retornou rapidamente à umbra para recuperar o Artefato, mas, por motivos alheios à capacidade de previsão de qualquer um, lá ficou preso e, mesmo assim, utilizou-se de suas habilidades para tentar auxiliar o Caern e a Matilha..
– O Ragabash faz uma pausa - .. Ora.. como poderia o lobo prever que uma simples travessia para a penumbra, dentro de um caern, poderia lhe tomar algo que não alguns segundos? Como poderia este ter previsto que o caern seria atacado quase que instantaneamente? Como poderia sequer acreditar, que ele, sendo um theurge proeficiente, seria incapaz de atravessar de volta?  Digo ainda que, Sussurros-Solitários errara mais cedo na noite anterior ao tentar ele liderar um combate, e, sabendo que seu beta é um Ahroum experiente, confiou que este lideraria o combate até que este pudesse chegar, segundo sua intenção, com a joia devidamente em segurança”

Por mais que não gostasse das ausências injustificadas do Lobo, a lógica compelia o Ragabash a continuar..

“-Condená-lo por abandonar a matilha por esta decisão, seria o mesmo que condenar qualquer um de nós a hesitar por alguns segundos para materializar um fetiche e ser atingido por um meteoro que o impedisse de seguir em auxílio da matilha, inesperado, imprevisível e, acima de tudo, um acontecimento de força maior que independe da vontade do acusado..”


Após uma rápida pausa, continua..



“-Quanto as duas acusações posteriores, de não atender o chamado de Lobo e não defender o Caern, digo que imputam dois crimes à mesma conduta, razão pela qual peço que o Juiz mantenha apenas a acusação de “não defender o Caern”




“-Logo, ao meu ver, Sussurros-Solitários não poderia ter resgatado a Jóia e partido em auxílio da matilha e Caern ao mesmo tempo, e, considerando que arrebanhou os espíritos para o auxílio de ambos, bem como tendo sido com seu sangue que fora performado o ritual/pacto junto a coroa de fogo, este, por fim, contribuiu para a sobrevivência, tanto do Caern, quanto da matilha, dada as condições que possuía.”


Até ali era onde sua fibra conseguia se curvar..


“-Por fim, não existe nada que possa falar sobre o fato de que perdera um fetiche de inestimável poder, e, sobre tal, foram apenas seus atos que levaram a este deslinde, logo, considero-o culpado.”


O Ragabash estava, como parecia constante, cansado, cansado inclusive de todos os olhares dentro daquela matilha..

*Espero que comecemos a nos entender antes de começar a nos matar..*
Arauto-da-Morte
Arauto-da-Morte

Mensagens : 547
Data de inscrição : 18/12/2017
Localização : Belem

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 Empty Re: Entrada Oeste - Guaratiba

Mensagem por Sussurros Solitários em 12.12.18 16:58

Forma atual: Crinos

O Lobo escuta a dura defesa do Ragabash. Apreciava especialmente aquele primeiro comentário com relação ao julgamento da matilha sobre sua postura e tinha a certeza de que o mundo girava e em breve as posições seriam invertidas. 

Canso e triste por tudo que aconteceu o lobo acompanha em silêncio e ao final troca olhares com o Arauto-da-Morte e lança um olhar de gratidão ao lua nova por sua defesa. 

Depois o lobo aguarda o pronunciamento do philodox, tinha certeza que seria uma pena dura. Mantendo o olhar fixo no Senhor das Sombras, o Uktena espera por seu veredito.
Sussurros Solitários
Sussurros Solitários

Mensagens : 847
Data de inscrição : 04/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 Empty Re: Entrada Oeste - Guaratiba

Mensagem por Victor Montenegro em 13.12.18 10:33

*Meu caro, se eu quisesse um circo idiota e emotivo eu pediria um convite para uma reunião Fianna* – pensa o Philodox quando das primeiras palavras do ragabash.
 
Inobstante, sua expressão permanecia inalterada, seu semblante sério permanecia incólume e ele passa, então, a escutar a defesa do sem lua sem demonstrar qualquer emoção favorável ou desfavorável durante todo o discurso.
 
Quando Hadrian termina, Victor séria, mas calmamente, inicia a sua fala:
 
‘- Muito bem.’
 
Sem maiores delongas o Philodox começa o relatório.
 
‘- No que tange à acusação de Sussurros Solitários ser indigno de confiança, acolho parcialmente os Argumentos da defesa, em que pese a premissa falha em que ela se sustenta, fazendo as seguinte considerações: O artefato encontrado era buscado por todo o Caern, sendo fetiche de interesse da seita e tendo ligação direta com a coroa de fogo, de modo que a sua descoberta e manutenção não pode, não deve e não será tratado como um segredo tribal. Ademais, querer argumentar que Sussurros Solitários manteve a jóia em segredo por estar ciente da profecia da bruxa e de sua relação com invocador do abismo e que isso deva ser um motivo atenuante é quase um insulto à inteligência dos presentes. Quantos protagonistas de profecias perdemos de ontem para hoje? Cinco? Sete? Dez?
 
A existência de uma profecia sobre você não lhe torna infalível e tampouco lhe dá o direito de decidir como e quando obedecer nossas leis pelo que também afasto a validade desta defesa apresentada.
 
Quanto a inexistência de tempo hábil ou oportuno, eu julgo que durante a reunião de Theurges ou logo após a ela houve tempo hábil para tratar com Fênix de Prata, diria que durante a reunião de matilha, se ele não tivesse optado por treinar uma manobra de combate, houve tempo oportuno e, no começo da noite, se ele não tivesse ido logo buscar o seu posto de Fostern, havia tempo o bastante para tratar dessa informação, pelo que também desacolho os argumentos da defesa.
 
Entretanto, concordo que os atos pretéritos de Sussurros Solitários devam ser levados em conta neste quesito. Ele por inúmeras vezes colocou as necessidades da matilha à frente da sua própria, tendo feito isso inclusive antes de assumir seu posto, para salvar a vida de irmãos. Deste modo, por seus feitos passados, eu mitigo a pena.
 
Eu aqui suspendo o título de confiável dado a Sussurros Solitários, mas não lhe atribuo, de imediato, o título de Indigno de Confiança até a realização da próxima assembléia, quando valorarei novamente seus feitos.
 
Quanto à acusação de abandonar o seu posto enquanto alfa, acolho parcialmente os argumentos levantados. De pronto rechaço o argumento de repasse tácito de liderança, visto que este não ocorreu. O fato de membros da matilha terem assumido papel que não lhes cabia diante da ausência de um alfa não é mérito de sussurros solitários e sim de quem se propôs a lidar com a situação. A mais, em que pese os acontecimentos de força maior é importante notar que a ausência do Alfa se deu, inicialmente, pelo fato dele manter em segredo o fato de portar a jóia. Caso ele tivesse cumprido com o seu dever e com a litania ele não teria motivos para estar distante de sua matilha em momento de necessidade, pelo que apenas mitigo parcialmente a sua pena tornando-a uma agravante da quebra da litania.
 
Quanto a não atender ao chamado de Lobo e não defender o Caern, concordo com a tese da defesa de duplicidade de acusação e que esta deva ser minorada diante da imprevisibilidade dos acontecimentos que se sucederam e de seu auxílio ao Margrave.
 
Restando incontestes as acusações de quebra da Litania por não oferecer o quinhão ao de posto mais elevados assim como da perda de um fetiche de grande poder, o julgo culpado em todos os termos.
 
Sendo estas as considerações devidas, sentencio que Sussurros Solitários, para além da perda do título de confiável, perderá metade de seus pontos temporários de sabedoria e que todo renome de sabedoria ganho será reduzido à metade até que ele conquiste um ponto permanente deste renome desta maneira.
 
Deverá, ainda, entregar em penitencia à liderança da Seita o fetiche que recebeu desta em confiança e com ela o fetiche deverá permanecer até que esta lhe julgue novamente digno, e, por fim, deverá se apresentar ao alto conselho para prestar uma contrição a este. O julgamento está encerrado.
Victor Montenegro
Victor Montenegro

Mensagens : 906
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 33
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 Empty Re: Entrada Oeste - Guaratiba

Mensagem por Sussurros Solitários em 13.12.18 11:19

Forma atual: Crinos

O Uktena escuta impassível a sentença de Sentinela-das-Sombras, o philodox é implacável e o lupino se pergunta qual o prazer ele tira em ser sempre tão desagradável com todos ao seu redor. 

O julgamento se encerra e suas penas são pesadas. A perda do renome sabedoria não faz sentido para o lupino, ele tende que a honra sim poderia ter sido questionada, mas não se manifesta a respeito.

A Contrição para o Alto Conselho também é compreensível. Mas em sua cultura não faz sentindo presentear um fetiche a alguém e depois tomá-lo. O Fetiche havia sido uma recompensa por atos passados, mas não falaria nada sobre isso, seria pior assim. 

Uma vez terminado o julgamento do "philodox" o lobo se pronuncia: 


"- Agora que a justiça foi feita, nós podemos conversar. Sei que todos vocês tem muitas perguntas e eu sinto um profundo desagrado de toda a matilha com a minha liderança. Então a primeira pergunta será minha para todos vocês. Vocês desejam um novo alfa?"


O olha de maneira calma para todos. Estava cansado por tudo que havia acontecido na noite anterior e não estava com paciência para lidar com essa matilha rebelde.
Sussurros Solitários
Sussurros Solitários

Mensagens : 847
Data de inscrição : 04/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 Empty Re: Entrada Oeste - Guaratiba

Mensagem por Arauto-da-Morte em 13.12.18 12:26

Forma Atual - Crinos

Cada vez que escutava o Senhor das sombras falando, mais a fúria do Ragabash crescia..

*Segredo da joia era de interesse do Caern, mas o interesse sobre um TRAIDOR na seita não era?*


Cada vez mais Royce tinha certeza de que o Philodox possuía uma psiquê própria onde a mesma conduta poderia ter diversas interpretações, em geral, aquelas que mais punissem os outros e justificassem os interesses dele.

Calado e taciturno, Hadrian percebe que não conseguia de fato odiá-lo, mas se tornava cada vez mais consciente do terreno que era o irmão tribal.

Ao fim, escuta a sentença, dura, extremamente dura, e, cada vez mais o Peregrino tem certeza de que o filho do Avô trovão era um mestre no tabuleiro da intriga, e, talvez a única forma de de fato derruba-lo fosse no campo de batalha.

O Pensamento surpreende Royce...

*Porque diabos eu estou pensando em matá-lo? Hahahhahaha..*

... O Ragabash percebe que finalmente estava se tornando um pouco menos ingênuo e um pouco mais inteligente!

*O Mundo é realmente cinza..*


Ante a pergunta de Sussurros-Solitários, Hadrian permanece em silêncio, ainda vestindo a persona do exausto defensor e deixando que a matilha se pronuncie.
Arauto-da-Morte
Arauto-da-Morte

Mensagens : 547
Data de inscrição : 18/12/2017
Localização : Belem

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 Empty Re: Entrada Oeste - Guaratiba

Mensagem por Convidado em 13.12.18 13:24

A lupina observa o julgamento todo em silêncio, olhando do Philodox para os outros membros da matilha com toda atenção as reações e expressões em geral falavam mais sobre um Garou do que sobre suas próprias palavras.

O meia-lua era duro, ela estava acostumada com o julgamento de seus irmãos de tribo, mas algumas coisas não ficam sem notar. Algumas coisas pareciam incoerentes... até onde sabia, dar as costas pra matilha e cuidar de seus próprios afazeres, por mais justificaveis que fossem, era desonrado e não necessariamente falta de sabedoria... ela bem sabia disso, era a punição que mais tomara em toda sua vida. Retirar um fetiche de um lobo alfa parecia, também, incoerente... não deveriam fortalecer um alfa? Não era isso inclusive que o lua crescente estava sendo punido por ter feito?

As orelhas ficam mto em pé durante o final do julgamento...mas ela apenas se levanta depois da pergunta do lupino que a faz se perguntar se aqueles Garou falavam a mesma língua que ela. Por fim, seu direito de augúrio fala mais alto e ela se manifesta, pela primeira vez diante da matilha, perguntando diretamente para o juíz, primeiro de tudo:

- Meia-Lua, ter algum motivo para punir lobo como puniu que possa explicar pra matilha? Olhos-de-Corvo se pergunta se agiu sem sabedoria ou sem honra ao esconder e afastar da matilha segredos importantes... se Theurge entender errado sinais não é sábio, se ignorar profecia não ser sábio...se ser cuidadoso com ela, também não ser sábio? Entender quebra de litania pode ser mau uso da sabedoria...mas lobo fazer isso? E Fetiche dever fortalecer lobo, não juntar teia... fetiche mais servirá à Gaia se estiver em toca mais do que com o Garou que o mereceu primeiro?

Apesar de estar questionando o juíz, seu tom era muito calmo e mais curioso do que qualquer coisa. Era bom aprender como o Philodox pensava para referências futuras... então ela se volta para o lobo antes de mais nada e responde a pergunta que ele fizera para a matilha da melhor forma que seu treinamento entre os Filhos do Corvo ensinara:

- Lobo não dever perguntar pra matilha se matilha quer alfa lua crescente... lobo perguntar pra lobo se querer alfa depois de falhar com matilha para ser lua crescente.

Enviado pelo Topic'it

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 Empty Re: Entrada Oeste - Guaratiba

Mensagem por Sussurros Solitários em 13.12.18 13:30

Forma atual: Crinos

O Uktena escuta interessado nas palavras da ragabash e se sua forma crinos pudesse sorrir, ele sorriria. Após a pergunta da ragabash o lobo apenas responde:

"- Eu já me perguntei isso e sei a resposta. Mas ainda assim quero ouvir o que os irmãos de matilha pensam."


Última edição por Sussurros Solitários em 13.12.18 13:39, editado 1 vez(es)
Sussurros Solitários
Sussurros Solitários

Mensagens : 847
Data de inscrição : 04/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 Empty Cólera-de-Balder (H) - Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por NarraDiva em 13.12.18 13:36

Cólera-de-Balder torcia o nariz durante a defesa de Hadrian. O Fenris tinha suas próprias impressões e tê-las, do jeito que as tinha, o incomodava muito porque o fazia pensar porque as tinha daquele jeito. Ele coça a cabeça e tenta não falar nada após o duro veredicto de Sentinela-das-Sombras. Siegfried não gostava do juiz, mas não esperava nada diferente do que ele fez no julgamento. 

Quando a Ragabash começa a questionar, no entanto, ele sabe que tinha que falar. E, por Gaia, como odiava aqueles que nasciam sem lua e viviam para tentar impedir que a justiça seja feita:

'- O que foi julgado foram as atitudes do Alfa dessa matilha, se a punição que o juiz achou adequada lhe retira um fetiche, não pode ser por conveniência que ele reveja seu fetiche. Essa Seita tem que sobreviver mesmo que por seus erros, os Garous sejam enfraquecidos.' - fala rispidamente o Fenris já se dando ao direito de falar.

Ele se levanta. Limpa a terra molhada que sujava suas pernas. A chuva ainda era forte e incomodava um pouco a todos que ali estavam e Siegfried toma a palavra:

'- Eu nem sei porque eu tô falando. Tem algum tempo que me sinto estranho. Desde que aconteceu o lance da Impura Perfeita. Eu tenho pensado de um jeito que não pensava antes, enxergado coisas que não via. E agora essa vontade de falar... sempre fui melhor batendo...'

Era possível notar que o Fenris estava confuso, mas parecia determinado em falar:

'- Eu acho que você devia continuar como Alfa, Sussurros-Solitários. Acho que as punições tão aí para serem cumpridas e quem quiser questioná-las pode levar ao Juiz da Seita. Mas aviso que para nós, Fenris, respondendo a recém-chegada, ele falhou em honra e em sabedoria e a punição de Victor vai parecer uma leve palmada na bunda de um recém-nascido perto do que Temido-Como-Vulcões faria.'

O Lua Cheia prossegue falando:

'- Eu, no entanto, não seguirei como seu Beta. Um Beta tem que confiar acima de tudo no Alfa, tem que estar disposto a dar sua vida para defender o mesmo. Tem que estar na disposição de estar ao seu lado nos momentos mais difíceis e eu não consigo estar ao seu lado agora. Não consigo porque suas decisões são estranhas. Não consigo porque quando fomos nos jogar à morte, e eu vi cada um daqui pronto para morrer ao meu lado lutando, menos você e aquele que você escolheu para lhe defender. Eu renuncio ao meu posto de Beta mesmo achando que você deve seguir como Alfa.'

Siegfried faz uma pausa e diz:

'- E falo para você continuar como Alfa porque ninguém aqui, salvo Ian e o Filho de Gaia, tem condições de lhe suceder. São todos enganosos. Admiro que a novata tenha colocado seu renome em risco ao defender alguém acusado e considerado culpado de um crime. Admiro que Hadrian tenha ignorado toda essa sua aura enganosa que faz com que ninguém se sinta confortável para confiar em você de verdade. Mas todos nessa matilha são, de uma forma ou outra, manchados pelo germe da intriga, da falsidade. Nós somos bons. Bons pra caralho no que tange a cada um saber fazer o que tem que ser feito, mas união de matilha? Isso a gente nunca teve de verdade. E tá longe de ter.'

O Fenris faz mais uma pausa e continua falando:

'- A gente escuta argumentos que falam que havia um traidor, que não podíamos falar nada por conta do traidor... quem traiu também foi quem escondeu. Também foi quem manteve segredos. Quem garante que o traidor não está aqui? Victor pode ser um traidor com todos seus esquemas sórdidos em busca de poder; Sussurros-Solitários pode ser um traidor e convenhamos que só uma criança inocente iria acreditar que ele não guardou o Fetiche com interesses próprios. É só olhar para ele... quem sinceramente disser que duvida disso, é um mentiroso. Hadrian estava presente na hora que a Impura Perfeita morreu, quem garante que ele não fazia parte do esquema da Wyrm? Eu já quase matei muitos Garous dessa seita e meu temperamento trouxe muita discórdia... poderia ser eu o traidor! Mas, não... vocês insistem em se esconder atrás do traidor para colocar suas lógicas acima de um Alto Conselho recém empossado e que caçava o mesmo traidor que vocês. Acham válido desconfiar de toda a seita mas ignoram que o inimigo pode estar aqui no meio de nós. Que posso ser eu. Que pode ser vocês. Mergulham nas teorias da conspiração e não conseguem sair desse oceano de merda para enxergar o caralho da realidade. É assim que se perde uma guerra, será que vocês não conseguem enxergar?'

Do nada, repentinamente, olha para Hadrian e fala:

'- Essa vontade de matar é a Wyrm tocando seu coração.'

Volta-se para todos e continua falando:

'- Eu espero que você continue, Sussurros-Solitários. A Seita lhe viu como herói em algum momento por algum motivo, o que a gente precisa é que você esteja mais presente ao lado da matilha para que todos possam ver. E, com o perdão da audácia, queria indicar o Gabriel para o posto de Beta. Ele tem a sensibilidade que você precisa ao seu lado...'

Sem mais a dizer, o Fenris volta a sentar perto de uma árvore. Ainda não entendia porque disse tudo aquilo e nem sabia se tudo fazia sentido. Só sentiu vontade e... fez.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4788
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 Empty Essência-do-Abismo (H) - Batuque-de-Thor | Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por NarraDiva em 13.12.18 16:10

Apressada, mas sem jamais perder a elegância e o rebolado, Samantha desce as trilhas da Zona Oeste para buscar o tal recém-chegado que se aproximava. Caberia a ela a tarefa dada por seu irmão e, por mais que amaldiçoasse ele por ter avisado tão em cima da hora, estava satisfeita que era realmente o melhor a ser feito. 

Seguindo pela trilha, a Theurge passa rapidamente próxima ao Lago Verde, podendo ser notada apenas por Royce, que a enxerga completamente nua com um avatar da morte a seguindo de perto. Tudo dura apenas um relance e, logo em seguida, num outro ponto, todos podem ver Samantha devidamente vestida e, inclusive, fazendo um breve aceno aos Garous ali reunidos e dizendo:

'- Apressem-se, a cerimônia coletiva não vai tardar.'

Logo em seguida, a Garou desce mais um pouco e se depara com Bjorn. Seu semblante é calmo e ela apenas diz:

'- Saudações, recém-chegado. Eu, Essência-do-Abismo, fui enviada pelo Líder da Seita para lhe receber e lhe encaminhar para sua futura matilha enquanto o Alto Conselho segue em uma tarefa de maior importância.'

Samantha era bela e tinha um sorriso encantador. Todos seus movimentos eram carregados de intensa sensualidade.

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 19430012_243169372853053_817843129664017124_n.jpg?_nc_cat=109&_nc_ht=scontent.fsdu12-1
Aparência 5, Raça Pura 5, Fúria 3

NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4788
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 Empty Re: Entrada Oeste - Guaratiba

Mensagem por Convidado em 13.12.18 17:02

A lupina mantém a calma e olha serenamente para o Ahroun depois do surto verborragico dele e diz, simplesmente:


- Olhos-de-Corvo gostar de saber a opinião do Beta e das Crias de Fenris... mas Sem Lua não perguntar para Beta nem para Crias de Fenris. Sem lua perguntar para o juíz da matilha, como Luna ensinar que deve, porque quer entender... e como perguntar: se o juíz pode dizer para matilha. Se ele não quiser, juíz não fala nem responde e Olhos-de-Corvo entender. E se Lua Cheia achar que Sem Lua arriscar renome para defender alguém sendo julgado, Lua Cheia não entender nem o que loba falar nem o direito do Sem Lua de perguntar...talvez não deveria se apressar em julgar as ações dos irmãos, já que julgar é tarefa de Juíz... Mas não se preocupar que Olhos-de-Corvo "arriscar renome" para defender você também se for julgado, mesmo que seja por agir fora do augúrio que Luna te deu.


Ela boceja, ela poderia ser recém chegada, mas aquilo era chegava a ser ridiculo. Ela não tinha interesse em ridículo.

Enviado pelo Topic'it

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 Empty Cólera-de-Balder (H) - Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por NarraDiva em 13.12.18 17:08

'- Eu responderia suas provocações inconsequentes se me importasse com o que você pensa, por muito menos teve Fianna que quase bateu as botas na clareira central, mas não vou dar moral para uma recém-chegada sedenta por relevância se metendo em assuntos que não tem nenhum domínio... que o Victor lhe responda, se é isso que tanto quer...' - diz o Cria de Fenris, cruzando os braços atrás da cabeça, olhando para o alto e ficando na tradicional posição "esperando um boquete gostoso" enquanto aguardava que Victor prosseguisse.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4788
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 Empty Re: Entrada Oeste - Guaratiba

Mensagem por Gabriel Villas Boas em 13.12.18 17:51

No instante que Gabriel se poria a falar, o Beta deslancha em um monólogo que surpreende positivamente o Filho de Gaia. Gabriel se sente reconfortado quando o Beta começa sua fala mencionando os efeitos da segunda Anthelios, identificando-se com o Cria de Fenris. Continuamente, Gabriel escuta com a atenção a resposta de Siegfried. Não se poria a comentar sobre o julgamento, retirando o protagonismo do Juiz. Mas refletindo sobre as palavras do Beta, ele passa a responder a pergunta do Uktena.
 
“- Eu quero começar minha fala salutando você, Cólera-de-Balder. Não só por essas gratas e sinceras palavras. Foi sua estratégia que proveu resistência. Foi sua iniciativa que garantiu sobrevida ao Caern. Quando todos os outros membros foram impedidos ou inertes em batalha, foi a sua voz que deu o comando e ele foi atendido! Muito embora entenda e respeite sua decisão, friso, você foi excelente. Todos aqueles que abdicaram de suas vidas e deram seu máximo em busca de um último sopro de batalha – todos esses foram excelentes!”
 
Volta-se para o Uktena...
 
“Dito isso, é com a mesma sinceridade de Cólera-de-Balder que eu o respondo, Sussurros-Solitários. Você é excelente! Não conheço outro lua-crescente da sua geração que tenha acumulado tantos feitos. Sozinho você encontrou uma das joias da coroa. Sem ajuda de nenhum outro theurge, você purificou o corpo da mulher-de-branco. Fora outros destaques, como bem apontado pela sua defesa. Destaques que honraram sua matilha, seu totem e sua seita.”
 
Contínua, após uma pausa, mas enegrecido:
 
“- Onde surgem então os seus deméritos, senão quando há o acumulo funções? Não quero tripudiar sob sua condenação, mas a Ragabash fez um apontamento bastante válido. Reveja sua trajetória como Alfa e indague-se se, como líder da matilha, você tem oferecido a mesma excelência? Ou melhor, pergunte-se o quanto a sua excelência restará afetada pelas intemperes ocorridas enquanto Alfa?”
 
Suavizando o seu tom:
 
“- Eu sei que são questionamentos duros, mas a verdade é que esse juízo de valor deve partir de você e apenas de você. A nossa matilha já tem fama de destituir seus Alfas e isso não se repetirá aqui.”
 
Finaliza:
 
“Seja qual for a decisão de Sussurros-Solitários, as palavras de Cólera-de-Balder devem ser objeto de reflexão por todos nós. Liderança que esconde a verdade dos seus irmãos não só fracassa ao liderar, como sujeita os seus irmãos a um caminho tortuoso. Ao chegar das noites finais, esse caminho poderá não ter volta”.

Impossível de não perceber a chegada de Essência-do-Abismo, Gabriel a cumprimenta desconcertado e acena positivamente com cabeça quando ela pede para se apressarem, razão que Gabriel se silencia. Haveria ainda o julgamento do Peregrino.


Última edição por Gabriel Villas Boas em 13.12.18 18:03, editado 1 vez(es)
Gabriel Villas Boas
Gabriel Villas Boas

Mensagens : 264
Data de inscrição : 25/05/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 Empty Re: Entrada Oeste - Guaratiba

Mensagem por Convidado em 13.12.18 17:58

A lupina "rolaria os olhos" se fizesse alguma diferença, mas ela sabia que nem a ação seria vista e muito meno entendida pelo brutamontes. Pelo menos ele não seria mais beta de uma matilha que tinha obvios problemas...A julgar pela postura do Beta e as ações do alfa, talvez os problemas fossem autoexplicativos.

- Se quase matar Garou e se orgulhar disso pela maneira que fala, Olhos-de-Corvo não tem nada a dizer pra você além de um conselho... se discordar tanto assim de direito de augúrio, então talvez Cria de Fenris deve desafiar Luna da próxima vez e não ameaçar quem ser mais fraco que você.

Enviado pelo Topic'it

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 Empty Re: Entrada Oeste - Guaratiba

Mensagem por Gabriel Villas Boas em 13.12.18 18:18

Gabriel apenas lança um olhar para a Ragabash que não resistia as provocações do Beta.

* Ou seria o contrário? *

De toda forma, aquele não era o momento para trocarem farpas em conversas paralelas:

"- Nós ainda estamos em julgamento e o seu Alfa fez uma pergunta. Vamos aguardar os demais se manifestarem."
Gabriel Villas Boas
Gabriel Villas Boas

Mensagens : 264
Data de inscrição : 25/05/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 Empty FORMA-GLABORO - Essência do Abismo

Mensagem por Bjorn, o batuque de Thor em 13.12.18 18:39

Bjorn fica encantado com o corpo escultural e o sorriso daquela Garou. Ela exalava sensualidade e a nobreza de uma verdadeira rainha, o que despertou em Bjorn um enorme tesão. 


*Por Fenris, que caralho é esse? Mau chego e esses pensamentos impróprios ficam martelando minhas duas cabeças!! É melhor me concentrar na luta contra a Wyrm* 


O cria estava realmente admirado com Samantha, mas sabia do seu dever. Somente um fraco quebraria a Litania desta maneira. 


-Então que me leve aos meus novos irmãos de armas. Quando for mais apropriado faço minha apresentação e meu juramento aos lideres da seita e ao Totem. 


Só havia uma coisa que Bjorn amava mais do que trepar, e essa coisa era lutar.  
Bjorn, o batuque de Thor
Bjorn, o batuque de Thor

Mensagens : 155
Data de inscrição : 03/12/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 Empty Cólera-de-Balder (H) - Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por NarraDiva em 13.12.18 18:49

Siegfried começa a procurar algo pelo chão desesperadamente do nada, chamando a atenção de todos logo após a fala do Filho de Gaia. Quando todos olham, ele comenta:

'- É... até procurei mas não encontrei quem pediu sua opinião ou seus conselhos... então, pode enfiá-los no meio do olho do seu cu.' - fala com Ironia para a Ragabash ao passo que exibia o dedo em riste para a mesma.

Em seguida, vira-se para Gabriel e diz:

'- É por isso que eu acho que você será um grande Beta para o lobo.'

Volta a encostar na árvore na posição de espera pelo boquete, olhando para o alto, observando a chuva cair. Definitivamente, não era o comportamento padrão do Fenris.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4788
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 Empty Essência-do-Abismo - Batuque-de-Thor

Mensagem por NarraDiva em 13.12.18 18:52

'- Não querido... você vai sozinho... siga por aquela trilha até as montanhas e se apresente a Pantaneiro, para se unir à Fortaleza de Gaia. Eles estão nas montanhas e são a única matilha na região.' - diz a Senhor das Sombras indicando o caminho para o Galliard.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4788
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 Empty Re: Entrada Oeste - Guaratiba

Mensagem por Gabriel Villas Boas em 13.12.18 18:58

Inicialmente estranhando a conduta do Cria de Fenris em sua ironia, Gabriel fica realmente surpreso quando esse o indica para Beta. Ainda, mantém o silêncio aguardando os outros se manifestarem.

* EEEU?*
Gabriel Villas Boas
Gabriel Villas Boas

Mensagens : 264
Data de inscrição : 25/05/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 Empty Re: Entrada Oeste - Guaratiba

Mensagem por Ossos-de-Carvalho em 13.12.18 19:38

Ian escutava atentamente o julgamento e o desenrolar dele, as penas duras de Victor, a pergunta do Alfa e o discurso de Sieg. Se sente bem ao ouvir que era digno de confiança e sentia que aquilo parecia ser um consenso. 

* Pelo menos com isso eu não preciso me preocupar... *

Ficara calado o tempo todo, já tinha feito a sua parte e sabia que se manifestar durante o julgamento só atrapalharia, tentava saber o seu lugar. Porém, era hora de responder a pergunta do Alfa.

Assoa o nariz e começa olhando nos olhos do Alfa, seu pensamento prático de Ahroun dominava sua mente:

" - Sussurros-Solitários, me causa estranheza um Alfa, principalmente um Lobo, fazendo esse tipo de pergunta. Não importa o que queremos ou não queremos, não importa as palavras. Só os atos importam, ou você é Alfa ou não é, ou fode ou sai de cima. O tempo que você gasta querendo saber o que achamos, você deveria usar nos liderando."

Faz uma pausa, toma um gole do whisky e fala:

" - Só erra quem trabalha, Sussurros. Qualquer um no seu lugar vai fazer merda em algum momento. Então, respondendo a sua pergunta mesmo sem entender pra que: SIM, ainda quero você como Alfa, acho você o mais capacitado para isso no momento e vi que em diversos momentos você colocou a sua Matilha na frente de você mesmo, acho você o mais sábio e o que representa melhor a Olhos-da-Tempestade."
Ossos-de-Carvalho
Ossos-de-Carvalho

Mensagens : 306
Data de inscrição : 08/03/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 Empty Re: Entrada Oeste - Guaratiba

Mensagem por Arauto-da-Morte em 14.12.18 1:42

Forma atual - Crinos


A primeira criatura da matilha a se manifestar após a pergunta de Sussurros-Solitários, para a completa surpresa do lua nova, fora a Ragabash que acabara de entrar na matilha..


*Irmandade lupina?*


... a mesma, com simplicidade, apontas algumas idiossincrasias sobre o duro julgamento do senhor das sombras, e, ainda que admirável, era basicamente inútil..


*Será que todos os senhores das sombras precisam provar que sua razão é absoluta?*


O Peregrino chega a se acomodar para ver aquele embate tribal, mas, caso o incarna de Hélios decidisse transar com Luna ali na sua frente, não poderia lhe surpreender mais do que presenciava..


Cólera-de-balder parecia tocado pelo Loki mitológico, e desanda a falar como se tivesse estranhando as próprias palavras, que, por mais estranhas que fossem, continham a “coerência” do Fenrir, mas, quando este aparentemente tomado pelas pregas do cu da Virgem Maria cristã se vira para ele e aparentemente lê a sua mente, o sangue do Peregrino atinge o zero absoluto. 


*COMO ASS...*


Aparentemente tentando não pensar com medo do que Siegfried pudesse “ouvir”, ele tenta se concentrar em algo que tirasse sua mente daquele momento e, virando-se de lado...


*A LITANIA, POR GAIA!*


Visualizar a nudez completa daquela criatura era quase como testemunhar o nascimento de um corpo celeste, o virgem Ragabash só consegue manter algum nível de decência quando vê o avatar da morte seguindo-a e, sua conexão recente com o tal espírito lhe dá uma âncora na qual se sustentar.


Ele, ainda perdido em seus próprios pensamentos ao ver que a visão logo se desfaz, mal nota a discussão da lupina com o fenrir, apenas voltando a razão quando Gabriel toma a palavra, lembrando ao Ragabash que nem todos os Juízes retiravam o prazer do sofrimento alheio, e, de maneira firme, contém a discussão dos irmãos.


Por fim, Ossos-de-Carvalho também fala, e, por Gaia, que Ahroum peculiar ele era, talvez por ser um Ragabash com uma fúria exagerada, ele simpatizava com o Fianna louco... e.. já mais leve.. deixa sua opinião de maneira sucinta..


“-Se eu não achasse que você deveria ser alfa, não abriria minha boca pra lhe defender, e é resposta o suficiente.”


Após uma curta pausa..


“-Como temos pouco tempo, não tenho nada a dizer em minha defesa em meu julgamento e aceito qualquer pena que o Juiz desejar me imputar.”


Hadrian tinha o impulso de beber um pouco mais, mas, gostaria de estar em seu juízo perfeito quando viesse a honrar seus irmãos de tribo. 
Arauto-da-Morte
Arauto-da-Morte

Mensagens : 547
Data de inscrição : 18/12/2017
Localização : Belem

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 Empty FORMA-GLABORO - Essência do Abismo

Mensagem por Bjorn, o batuque de Thor em 14.12.18 11:53

Assim que Essência do Abismo o responde, Bjorn meneia a cabeça afirmando. Ele olha atentamente para a trilha que levava a montanha. 


*Pantaneiro? Que tipo de nome é esse? Um garou do pântano? Pelo menos o nome da Matilha é um nome de se orgulhar!*

-Que assim seja então. 

Sem perder mais tempo ele parte pela trilha correndo, ansioso pra conhecer seus irmãos de batalhas. 


--------------------------------------------------------------------------
OFF: Continua nas montanhas
Bjorn, o batuque de Thor
Bjorn, o batuque de Thor

Mensagens : 155
Data de inscrição : 03/12/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 Empty Re: Entrada Oeste - Guaratiba

Mensagem por Sussurros Solitários em 14.12.18 15:57

Forma atual: Crinos

O Fenris da matilha começa a então um bizarro discurso que confundia a cabeça de Sussurros-Solitários chegando ele até a farejar na direção do lua-cheia para perceber se havia algo diferente com o seu olfato. Ao final ele ainda oferece a sugestão do Filho de Gaia como Beta por conta de sua "sensibilidade" e o lupino olha desconfiado e até um pouco assustado para Cólera-de-Balder.

*O que diabos aconteceu com ele? Preciso investigar sobre isso depois.*

Em seguida Essência-do-Abismo passa avisando que que a cerimônia não demoraria a começar e lobo acena com a cabeça positivamente. 

A nova ragabash e o Beta da matilha discutem e o Uktena se sente apenas cansado por tudo aquilo. 

*Será que os garous dessa matilha não conseguem parar um minuto de discutir? Essa terra realmente é maldita.*

O Filho de Gaia tece grandes elogios ao Beta por sua atuação no combate e apesar de tecer críticas, também fala elogia os feitos do Alfa e pede que ele fique, nem que seja para não ficarem com fama de sempre destituirem seu líder e pela primeira vez naquela noite o lobo parece apenas cansado e não irritado.  

Não satisfeita com a primeira rodada de troca de farpas a lupina mais uma vez atiça o Fenris e apesar das tentativas de mediação pelo Filho de Gaia, uma nova rodadas de insultos vem. E mais uma vez e indica acreditar que o Filho de Gaia será um ótimo Beta. 

Por último vem a opinião de Ian que também tece suas críticas bem passionais como seria de se esperar de um Fianna mas, ele também diz acreditar na liderança do Uktena e em sua sabedoria. 

Por último vem o Peregrino Silencioso, o sem lua mais furioso que o Theurge já tinha conhecido e do seu jeito ranzinza e estranho de falar, o garou também manifesta seu voto em favor da liderança. 

Silencioso e Pensativo, Sussurros-Solitários encara a sua matilha. Ele por mais que não exatamente gostasse de todos eles, tinham uma ligação espiritual e social. As matilhas são as famílias dos lobos, mesmo que você não goste deles, eles sempre serão sua famíla. E apesar de tudo, o Uktena queria o melhor para a sua matilha e põe-se a pensar sobre tudo que vem acontecendo. 

Contudo, o Tempo estava passando e a cerimônia não tardaria e não gostaria de desrespeitar o Alto Conselho e os irmãos caídos, o lupino se levanta e fala: 

"- Agora vamos ao julgamento que falta e em seguida a cerimônia, nãos podemos desonrar nos falecidos. Depois continuamos de onde paramos."


O Lobo se levanta e se prepara para ir em direção ao cemitério indicando para a matilha seguí-lo.
Sussurros Solitários
Sussurros Solitários

Mensagens : 847
Data de inscrição : 04/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 Empty Cólera-de-Balder (H) - Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por NarraDiva em 14.12.18 21:02

O Fenris apenas segue com a matilha.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4788
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 Empty Re: Entrada Oeste - Guaratiba

Mensagem por Victor Montenegro em 14.12.18 23:36

Victor estava preparado para tudo. Sabia exatamente o que dizer quando do questionamento de seu Alfa. Tinha a perfeita explicação para a indagação da lupina de sua tribo. Suas garras estavam prontas para suportar um novo ataque e ele até antevia e se programava para as ações necessárias caso o terceiro olho da Wyrm abrisse naquele momento, mas nada. Nada! O preparara para o rompante verborrágico de Siegfried...

*De novo?! O que diabos está acontecendo com ele? Que merda é essa?! Ele se tornou a epitome do paradoxo... como eu vou controlar isso.*

Um debate se inicia dentro da matilha, mas aquilo era coisa pequena. A ciencia que Siegfried tinha sobre a própria mudança diante do aparecimento da nova estrela, fazia com que o cansado philodox começasse a olhar para dentro de si e perceber como ele também mudara. Aquilo que parecia apenas decorrência lógica, como seu ódio aos fiannas e o seu gosto por politicagem e intrigas se torna aparente como algo antinatural... e ele se preocupa.

Algo parece escalonar, mas Gabriel, que não parecia tao absorto em pensamentos e busca de soluções é capaz de resolver maestralmente, tornando desnecessária a manifestação do juiz.

Os demais se manifestam em relação à liderança do Lupino, mas não Victor. Este apenas conjectura. E quando o alfa evoca o julgamento de Hadrian para que seja feito e eles possam partir, o Philodox apenas diz em um tom tímido e quase interno:

'-Não há julgamento, o renome já foi retirado pelo Caçador da verdade. Apenas vamos.

Seguindo junto à matilha rumo ao Cemitério, ainda no mesmo tom comenta com a lupina de sua tribo:

'- Depois eu lhe explico.' - e assim acende um cigarro e segue.

OFF: Segue no cemitério.
Victor Montenegro
Victor Montenegro

Mensagens : 906
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 33
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entrada Oeste - Guaratiba - Página 16 Empty Re: Entrada Oeste - Guaratiba

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 16 de 18 Anterior  1 ... 9 ... 15, 16, 17, 18  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum