Clareira Central

Página 21 de 40 Anterior  1 ... 12 ... 20, 21, 22 ... 30 ... 40  Seguinte

Ir em baixo

Clareira Central - Página 21 Empty Deganawida (hominídeo) - Rugido-das-Almas-Guerreiras, Fúria-das-Tempesta

Mensagem por Deganawida "Degan" Oneida em 27.07.17 10:59

Tremendo, o Wendigo toma a mensagem em suas mãos. Seus olhos se enchem com lágrimas e ele cai de joelhos ao saber que os últimos domínios de sua tribo e sua família cairão diante da Serpente de Chifres, e não haverá nada que poderá fazer.

Quebra-o-Urso, por quê eu? Como eu nunca soube? Morte-no-fim... Mãe... 

" - Okwanada... O que devo fazer... Essa profecia... Devemos guardar seu conteúdo... conosco apenas?"


Ele estava confuso e seu semblante era o mais triste que um Philodox poderia assumir. Sangue-dos-Quatro-Ventos travava uma luta consigo. Se esforçava para não deixar a Harano entrar, aquilo era muito em tão pouco tempo...

As terras puras, seus últimos irmãos, o Apocalipse: todos se abatiam sobre ele como as Três Bestas da Wyrm. Mas ele era um filho do Grande Wendigo, e ele lutava e se segurava em suas esperanças, e o faria tal qual um homem desesperado ao vislumbrar a chegada de uma tempestade durante o inverno...

Ele se ergue do chão, mas suas mãos ainda Tremembé enquanto aguarda as palavras do Ancião.
Deganawida
Deganawida "Degan" Oneida

Mensagens : 496
Data de inscrição : 01/07/2017
Idade : 44

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 21 Empty Garras-do-Falcão-Noturno - Asa-Solitária

Mensagem por NarraDiva em 27.07.17 12:17

O Garou cumprimenta Kiba com um aperto de mão firme e começa a responder ao Presas de Prata:

'- Eu sou Guy Falcon, Garras-do-Falcão-Noturno, Impuro Cliath Galliard dos Presas de Prata, membro do campo dos Anjos Guardiões, e líder da Renascidos Pelo Fogo, uma das matilhas da Zona Oeste. Se importa se conversarmos um pouco sobre nossos territórios vizinhos?'

Kiba não conhecia Guy, mas já tinha ouvido falar sobre esse ser o filho de Wolfhere.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 21 Empty Rugido-das-Almas-Guerreiras | Fúria-da-Tempestade - Sangue-dos-Quatro-Ventos

Mensagem por NarraDiva em 27.07.17 12:28

O ancião impuro pega a carta das mãos de Degan depois da leitura e apenas olhava para o sobrinho. Sua primeira pergunta é respondida com palavras firmes do Ahroun:

'- Essa é uma profecia de nossa tribo. Que fique em nossa tribo.'

O Wendigo olha em volta e comenta:

'- Lutamos ao lado dos estrangeiros, mas eles são estranhos. Não consigo confiar totalmente em nenhum deles.'

Rugido-das-Almas-Guerreiras comenta:

'- Confiar sem confiar, combater wyrm e não fraquejar.'

O Ahroun completa:

'- Exato. Mas sobre a carta, Deganawida, acho que é importante saber seu conteúdo mas não se precipitar por conta dele. Precisamos honrar nossos irmãos que caíram combatendo a serpente de chifres com todas as nossas forças e, no seu caso e no caso de Rugido-das-Almas-Guerreiras, procriando. Vocês precisam gerar filhotes.'
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 21 Empty Kiba Valentine (Hominídeo) - Guy Falcon

Mensagem por Kiba Valentine em 27.07.17 13:05

Kiba ouve a apresentação do rapaz e logo se recorda de te-lo visto rapidamente assim que adentrou a clareira central mais cedo. Aparentemente pela idade e pelo fato de ser Impuro aquele devia ser o filho de Wolfhere.

O Ahroun retribui o aperto de mão apertado do jovem e quando o mesmo comenta ser de uma outra região da Zona Oeste Kiba acena a cabeça positivamente e diz:

- Claro, sem problema nenhum. Tava precisando mesmo bater um papo com a outra matilha que também divide a Zona Oeste conosco. Achei que era a nova matilha que chegou junto com a minha.

Kiba sorri para o Garou e diz:

- Deixa eu me apresentar direito, sou Asa Solitária, Ahroun, Cliath dos Presas de Prata, da casa dos Inimigos da Wyrm. Quer ir pra algum outro lugar?


Última edição por Kiba Valentine em 27.07.17 13:36, editado 1 vez(es)
Kiba Valentine
Kiba Valentine

Mensagens : 529
Data de inscrição : 26/06/2017
Idade : 22

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 21 Empty Deganawida (hominídeo) - Rugido-das-Almas-Guerreiras, Fúria-das-Tempesta

Mensagem por Deganawida "Degan" Oneida em 27.07.17 13:12

Ele começa aos poucos a se recompor. As palavras de seu ancião faziam sentido. Eles precisavam continuar o ciclo e ter descendentes, ou o legado dos Wendigo se perderia como o dos Croatan...

" - Okwanada, o Irmão Mais Novo clamou os Patentes que viviam ao Sul das terras puras como seus. Acha que é possível encontrar povos do Wendigo tão ao Sul?"


Ele se lembra das histórias de Knee e dos Dançarinos Fantasmas. Eles falavam dos dias em que o Grande Búfalo Branco renasceria pela Dança Fantasma, e expulsariam a mácula da Wyrm das Terras Puras... Até aquele dia, ele acreditava que os expulsos seriam os brancos e as tribos européias...

" - A Dança Fantasma... Eles falavam do dia que viria quando o Búfalo Branco iria renascer, e as Terras Puras se tornariam livres da Serpente de Chifres uma vez mais. Eles cantaram isso em Wounded Knee*. Mas o Búfalo não veio... E nossos Parentes morreram..."


Ele ainda tenta se agarrar às possibilidades, por mais remotas que sejam.

" - Temos que tentar chamar o Búfalo e lhe indagar sobre seu Rei, o Búfalo Branco... Se são as Noites Finais que se aproximam, ele pode saber sobre o Búfalo Branco das antigas profecias dos Dançarinos-Fantasmas... Eu... Perdoe-me se eu deliro..."


Ele enxuga algumas lágrimas.

" - Se vamos honrar nossos Parentes, precisamos manter vivos nossos Manitou*. O Grande Wendigo precisa saber que ainda terá filhos, mesmo tão ao Sul..."


Ele não sabe bem por onde começar, mas a pergunta sobre Parentes lhe parece apropriada. Degan também não sabe se o Grande Wendigo iria aceitar vagar por aquelas terras quentes e sem a grande Aurora boreal sob os céus...
O Wendigo ainda parece guardar para si um pouco de fé. As profecias do campo dos Dançarinos-Fantasmas remontavam à época da chegada dos Estrangeiros da Wyrm... Se sua tribo estivesse mesmo para ser extinta, que fosse para renascer na dança do Nobre Búfalo, expulsando a mácula das Terras Puras.

OFF:
Manitou = espíritos (bons ou não).
Wounded Knee = Local do último massacre do Governo Americano sobre os Sioux e outras tribos. Houve uma revolta "cultural" em que os nativos se recusaram a comprar as terras que lhes eram oferecidas, e o líder Touro Sentado e outros começaram a realizar a "dança fantasma", dizendo que chegaria o dia em que os colonizadores seriam expulsos. O resultado foi um massacre do Governo.
Os Dançarinos Fantasmas do campo Wendigo são baseados neles.
Deganawida
Deganawida "Degan" Oneida

Mensagens : 496
Data de inscrição : 01/07/2017
Idade : 44

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 21 Empty Jessica (lupino) - Tomás

Mensagem por Eve Ballmer em 27.07.17 13:35

A Roedora percebe a saída de Mão de Aço e se aproxima de Tomás. Não quis interromper a conversa dos dois Andarilhos. Dando continuidade na conversa que estavam tendo antes de serem abordados pelo Impuro, Jessica fala:

"-Voltando ao que estávamos conversando....Entendo o que você quer dizer. Cada um tem suas convicções, suas crenças, seu estilo de vida, seus anseios, medos e passado. E isso não é fantástico?"

Olhou nos olhos de Tomás ou pelo menos tentou se ele deixasse que ela o encarasse.

"-Claro que no mundo Garou as coisas são mais pesadas e não tem a falsidade da humanidade de tentar se encaixar em uma sociedade. Aqui todos são exatamente o que querem e podem ser. Não tem aquele vizinho pedófilo que finge ser um ótimo pai de família. Não tem aquela mãe que critica a atitude dos outros e na realidade trai o marido. Aqui você é o que você é e ponto final. Sarah é uma juíza com mão de ferro que segue os preceitos de sua tribo, eu sou considerada uma coitada que tenta apagar os estigmas da minha tribo, Tarek é um nojento pervertido que prefiro não comentar mais nada, Kiba quer ser o líder neutro e acho que ele pode não conseguir, Deganawida é um Wendigo que deve ter deixado muita coisa para trás para se juntar a nós e está se esforçando tanto quanto eu e você para conviver entre nós. Grace eu ainda não sei como definir, Zvanna também não."

Deixou de olhar para Brilho dos Sonhos e observou a Clareira Central. Era interessante perceber que haviam parentes, filhotes e outros garous por ali e que aquele Caern era tão bom, apesar do acontecimentos recentes com a Asas da Esperança.

"-E mesmo assim, todos nós lutamos por um bem comum. Gaia. Independente das diferenças que temos, dos estigmas, dos preconceitos, queremos a mesma coisa. Mas preconceitos sempre existirão por isso ou aquilo e teremos que saber lidar com isso da melhor forma. Evoluir, transpor os nossos limites. Ser alguém melhor. E não só no sentido de ser uma pessoa melhor, mas um Garou melhor."

Continuou olhando para a Clareira Central e queria que Tomás percebesse que ela queria que ele olhasse para lá também. para ver a movimentação, os Garous, todos aqueles que abriam mão de serem humanos para defenderem Gaia. Cada um ali tinha uma história e a maioria delas, com toda certeza, não era nada bonita.

"-O mundo garou é assim. Cheio de preconceitos, mas nunca velados como na sociedade humana. É um mundo cruel, pesado, recheado com mais terror do que o mundo dos humanos. Quando tive minha transformação eu fiquei em estado de choque por um tempo. Acho que algumas semanas. Não queria acreditar que isso era real. Eu queria ser doutora em educação e tive que abrir mão de tudo que eu sonhava para minha vida. Não que fosse uma vida linda de conto de fadas com um final feliz com dois filhos, uma casinha feliz e um marido bem sucedido. Mas eu tinha planos e aposto que você também os tinha. Infelizmente seus planos vão ter que ser remodelados com essa nova realidade. Vai ter que abrir mão de algumas coisas e de outras conseguirá continuar levando. Mas tenha certeza que ser um Garou é muito mais gratificante do que continuar vivendo na mentira que a sociedade humana é e sendo intoxicado pela Wyrm aos poucos."

Olhou de novo para Brilho dos Sonhos:

"-A Voz do Chacal lhe foi imposta, provavelmente, por você ficar zombando de um irmão de matilha que estava debilitado devido ao ataque daquele vampiro. Além de ter passado por cima da palavra da Juíza da matilha, mesmo que fosse para me proteger. Nunca devemos passar por cima do Alfa, Beta ou Juíz da matilha, ainda mais em uma situação de tensão daquela onde o véu estava dilacerado e tínhamos inimigos à nossa frente. O véu é sempre prioridade. Somente quando vermos que há alguma incoerência nas ideias do Alfa, Beta e Juiz, no nosso caso juízes, podemos sim questionar. Daí nosso augúrio se faz presente para que possamos clarear a mente dos outros. Do contrário, não podemos zombar de um irmão ferido ou passar por cima das ordens que são passadas. Acredito que Kiba vai falar contigo depois. Não sei o que ele quer, mas a conversa pode ser válida. Deganawida também quer falar conosco. Receber conselhos é bom, mas tome para si somente o que achar necessário. Seu treinamento como Garou, pelo pouco que me disse, quase inexistiu, então é bom aproveitar cada momento para aprender."

"-E eu percebi que você tem alguns sinais de espectro autista. Evoluir para você será uma tarefa bem árdua. Mas a matilha toda pode te ajudar. Não se reprima em ajudar a matilha, fazer as coisas somente quando solicitado fará você parar no tempo e não vai deixar você crescer. Cada vez mais você ficará recluso e acabará por perder oportunidades de ouro. Todos da matilha, sem exceção alguma, alguns sendo mais secos e outros sendo mais gentis, sempre querem o melhor para os membros. Como Sarah disse, acertamos e erramos juntos. E isso é uma verdade que não podemos negar. Somos uma unidade aqui no Caern e eu queria muito que você fizesse parte desta unidade. Fizesse parte de fato da nossa matilha, opinasse, errasse e acertasse junto. Todos podem contribuir para isso. Tenha certeza."

Ela se aproxima de Tomás, mas sem tocá-lo. Mesmo que pudesse fazê-lo, ela o tocaria somente com o focinho, mas não queria dar uma de intrometida até que sentisse que tinha esse tipo de permissão. Aguardaria o Andarilho tocá-la primeiro. Esse seria um gesto que a agradaria bastante e lhe dava sinal verde que pudesse fazer o mesmo.

"-Outra coisa...você atira bem hein? Fiquei impressionada com a sua iniciativa e coragem em atirar naqueles vampiros. Enquanto eu fiquei paralisada em Crinos prevendo a morte das travestis, você foi lá e meteu bala naqueles sangue sugas. Achei fantástico isso. Poderia me ensinar qualquer dia desses? Você conhece bem sobre armas?"

Mostrou os dentes para Tomás, como se estivesse sorrindo. Queria quebrar um pouco o gelo daquela conversa. Tornar o ambiente mais leve.
Eve Ballmer
Eve Ballmer

Mensagens : 515
Data de inscrição : 25/06/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 21 Empty Re: Clareira Central

Mensagem por Convidado em 27.07.17 14:16

Uma alternativa de rendenção, isso era algo que agradava Grace. Esperava que o Ragabash pudesse cumpri-la a contento para se livrar daquela horrível voz. A Galliard tinha arrepios só de pensar.
- Eu sei, é o que esperamos de um Philodox.  

Acena para ela.
- Esses meninos vão crescer, se não for pelas nossas palavras, pelas batalhas que estão por vir. Vamos esperar que não seja pelo caminho mais doloroso.  

Acreditando já terem conversado tudo o que deveriam, pergunta a ela.
- Quer começar a fazer os amuletos?

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 21 Empty Tomás - 99-Centavos

Mensagem por Convidado em 27.07.17 16:03

Tomás se senta no chão ao lado de Jéssica ao perceber que a Roedora pretendia continuar a conversa, era um tanto estranho ficar numa altura muito superior ao da moça e então a ouve em completo silêncio observando o papel com o endereço da "Casa de Maquinas" entregue por Mão-de-Aço que já tinha ido embora. 

Brilho-dos-Sonhos não permitia o contato visual com a moça em estado lupino, mas não fazia propositalmente, não havia percebido que era esta a intenção dela. Conforme ela falava, Tomás percebeu que ela voltou-se a olhar constantemente para clareira e por fim ele entendeu que ela queria dar um "ar" um tanto quanto belo e visionário para a situação, ele não entendeu muito o motivo dela ter feito isto, mas achou bonito a postura que ela obteve fazendo isto. No fim de tudo que ela tinha para falar e ele ouviu sem interromper, o rapaz percebeu que ela havia se aproximado, Tomás foi incapaz de entender o que ela queria com isto, então não reagiu, mas quando a viu mostrar os dentes num sorriso humano demais para a forma lupina, acabou rindo, a cena era divertida. 

Demorou alguns segundos para então que Tomás começasse a falar. "- Você esta enganada sobre algumas coisas a meu ver, Jéssica, a falsidade da humanidade pode ser um defeito, mas infelizmente é a arma que eles usam para socializar dentro de suas próprias regras sociais, é o jogo deles e pessoas morrem e triunfam nisto, os garous desprezam este jogo humano, mas fazem o mesmo de outra maneira, todas as regras sociais deles e todos os conceitos de hierarquia são tão estranhos para mim quanto a sociedade humana, nem uma e nem outra sociedade parece a mim mais correta, justa ou equilibrada, os garous pelo menos são mais nobres e ainda assim matamos quatro pessoas teoricamente inocentes hoje. E não me fale da sinceridade de nossa espécie, ela não é verdadeira, você mesmo disse que eu estava errado pelo que falei de Tarek, mas eu tinha sido sincero, ele foi estuprado e literalmente fodido e havia graça na tamanha ingenuidade de Degan em não perceber isto, se não querem que eu reaja a isto, esperam de mim, falsidade, da mesma forma que pelo que pude notar, vocês desprezam e não gostam do rapaz muito mais do que eu, que simplesmente não me importo com ele, mesmo assim tentam se segurar para não deixar isto mais "evidente" por que isto geraria discórdia. E Sarah não me puniu por ter sido ofensivo ao Peregrino, ela sequer soube disso pelo que percebi."

Tomás dobra o papel dado por Marcel e o guarda na sua própria bolsa. "-Meus planos pessoais não me importam tanto quanto deveriam, minha vida era vazia e continua sendo, é difícil se importar quando apenas se sobrevive e cumpre os objetivos. Existe aquilo que nos da prazer, aquilo que deve ser feito e aquilo que não queremos fazer, eu sobrevivo e então continuo, acho que o mais complicado vai ser a falta de rotina e regras pessoais, detesto ter a sensação de que ficarei a mercê das ordens de outros e tenho a sensação de que todos os dias serão diferentes a partir de agora.-" 

Tomás então passa a mão na própria nuca pensando em como continuar. "-Meu intuito não era bem te proteger, mas dar prosseguimento a missão da maneira mais logicamente possível de obter sucesso. Na hora, quando Sarah disparou sua ordem, eu não havia a entendido, não como ela queria que tivesse sido. Entenda, durante minha vida toda fui um dos mais inteligentes, um dos que tinha melhor visão dos problemas, um dos mais sensatos, na hora eu me vi cercado de bestas ensandecidas e desesperadas em suas formas lupinas mais evidentes terminando de rasgar o véu, não havia razão ou lógica palpável para mim, eu desprezei a inteligencia de todos vocês. Diante disto o que eu havia entendido de Sarah era que "tínhamos que eliminar as testemunhas, não importa quem" e ela tinha nos selecionado por ser, obviamente, Ragabash. Na realidade ela queria te punir e eu não tinha ideia do peso daquela ordem, então a substitui pelo raciocínio lógico mais sensato.-" Ele aguardou alguns segundos para então continuar. "- Não sabíamos quanto tempo ficaríamos na rua, ponto. Não sabíamos quantos vampiros estavam ali e quão poderosos eram, ponto. Não sabíamos onde estava Tarek e se estava vivo, ponto. Diante tamanhas duvidas percebi que colocar um individuo para assassinar pessoas na qual possuía aparente forte empatia, era no minimo uma estupidez psicológicamente ilógica, podíamos ficar ali a mercê de vampiros e eu tive receio de que você se tornasse um peso morto, tão abalada pelo que tinha feito que poderia prejudicar a si mesma e aos outros da matilha. Agora sua punição é ajudar aqueles pelo qual você deve possuir alguma empatia e não mata-las, independente da minha punição, eu obtive meu êxito.-" 

Terminando de explicar seu ponto, Tomás ainda processava alguns pontos para falar com ela. "-Claro, todos eles falarão comigo, todos eles irão me mostrar o como funciona a sociedade garou e como você fez talvez me mostrem que tem algo de belo nisto, todos eles vão querer me ensinar e eu aprenderei porque é assim que deve ser feito e me moldarei para aquilo que desejarem de mim.-" Apesar do discurso não parecer negativo nas palavras, havia alguma tristeza na voz de Tomás muito perceptível para a Roedora. "-Então você reparou sobre mim, de todo modo você estudou então faz sentido que saiba, nem eu sabia a alguns poucos anos atrás. Bem... dizem ser um problema para os outros lidarem comigo, poucos sabem como é ruim tentar lidar com os outros... como aquelas discussões da nossa matilha que vão me deixar louco, tantas vozes e ideias e emoções...-" Brilho-dos-Sonhos coloca a mão na face na região dos olhos demonstrando forte incomodo com aquilo. "-... pouca objetividade. Não quero que olhem para mim e nem quero que me notem se assim pudesse, me arrependo de que tiveram alguma vez ouvido um argumento meu, não será apenas difícil me adaptar, eu me sinto sem chão aqui, sem o conhecimento e lógica necessária para continuar e esta voz ridícula vai me destruir diante da minha própria tribo, nós também temos regras sociais demais.-"
Então Tomás arruma a coluna, sua expressão é séria. "- Sei o que parece, que estou fraquejando, perdido e até desesperado e antes que sinta que possa ter vindo falar comigo sem um resultado frutífero, esta enganada, eu agradeço pela sua ajuda e estou bem, ficaria bem sem você, mas com você foi bem melhor. Não estou bravo com ninguém, nem com Sarah, apenas desapontado com todos nós, mas eu irei me adaptar. Agora, sobre meus tiros... eu não sou tão bom assim, eu treinava quando adolescente e continuei com isto, te ensinarei se assim quiser, mas acho que os outros garous achariam mais nobre se treinasse com o arco. Agora, se possível, não queria mais ouvir sobre os julgamentos e "adaptação" para o mundo garou tão brevemente. -" 

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 21 Empty Jessica (lupino) - Tomás - NPC

Mensagem por Eve Ballmer em 27.07.17 17:29

Era impressionante como uma conversa podia mudar tudo. Para melhor ou para pior. Jessica entendia o que Tomás tinha a dizer, mas ao mesmo tempo tentava fazer com que ele entendesse o mundo Garou. Coisa que ela teve de seu irmão e que no começo ela não queria aceitar.

Olhou para Tomás e o respondeu:

"-Entendo. Mas farei com você o mesmo que você fará com a matilha. Só responder quando for solicitada. Mas saiba que se precisar de algo, qualquer coisa, uma companhia, uma conversa, qualquer coisa, sempre estarei lá."

Falar algumas coisas eram necessárias, mesmo que doesse na Roedora ou no Andarilho.

"-Os seus cem reais eu farei questão de devolver em nome da matilha. E se você tem apenas dinheiro para oferecer para a matilha, então ofereça-o. Se isso é o que você tem de bom, porque não compartilhar?"

Ela se aproxima da bolsa das travestis, olha-a e continua:

"-A saída do Caern fica por ali...."

E apontou o focinho para a saída oeste.

"...caso queira ir embora e continuar vivendo sua vida mesmo sabendo que aqui você seria muito mais útil. Mesmo, repito, que seja só com o dinheiro. Que eu duvido muito que seja sua única habilidade."

As palavras de Jessica eram educadas.

"-Iria querer aprender a atirar com você, mas pelas suas palavras não parece disposto para tal. Então eu encontro outro garou para isso, fique tranquilo."

"-Com licença....preciso encontrar os membros da minha tribo. Respeitarei sua decisão de permanecer sozinho e completamente anônimo. Até mais, irmão de matilha e de augúrio."

A Ragabash, um pouco triste por algumas palavras de Tomás, não espera resposta alguma. Deixa o irmão de matilha sozinho com a bolsa das travestis e segue ao centro da Clareira Central sem dar tempo de Brilho dos Sonhos responder. Ao encontrar um filhote, um outro garou ou mesmo um parente, ela se aproxima, educada:

"-Boa noite....poderia me indicar onde eu encontraria os membros da tribo dos Roedores de Ossos?"
Eve Ballmer
Eve Ballmer

Mensagens : 515
Data de inscrição : 25/06/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 21 Empty Garras-do-Falcão-Noturno - Asa-Solitária

Mensagem por NarraDiva em 27.07.17 17:58

O Presas de Prata ouve as resposta de Kiba e comenta:

'- Eu já tinha ouvido falar sobre você, Isaack comentou sobre sua chegada... vamos caminhar por umas trilhas sem movimento para termos alguma privacidade...'

O Impuro anda por algumas trilhas secundárias com Kiba e comenta com o Presas de Prata:

'- Eu não sei o que você conhece dessa cidade, mas, pelo território que a minha matilha, a sua, a outra matilha nova e a matilha de lupinos pegamos, a seita nos colocou numa festa de pirocas fantasiados de cu. Estamos no território menos policiado, menos iluminado, menos vigiado, e onde os vampiros que controlam a cidade menos se preocupam em manter e, que, por isso, é a porta de entrada de todos os inimigos deles que tentam tomar a cidade das mãos deles. Seitas de vampiros rivais, magos, caçadores, outras raças metamórficas, demônios, enfim, no nosso território vamos encontrar de tudo que você imagina e eu tava pensando aqui que, nós dois, como dois Presas de Prata, você à frente por ser puro, deveríamos tentar unir as quatro matilhas da região para trabalharmos de forma cooperada e integrada.'
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 21 Empty Fúria-da-Tempestade | Rugido-das-Almas-Guerreiras - Sangue-dos-Quatro-Ventos

Mensagem por NarraDiva em 27.07.17 18:28

A primeira resposta é dada pelo Galliard dos Wendigos. Era um Cliath assim como Degan, mas vinha de outras terras que não ao norte e comenta:

'- Meus filhotes buscar parentes duas patas ao sul. Temos povos ao extremo sul, é de lá que Rugido-das-Almas-Guerreiras vir.'

O Ancião comenta:

'- É um bom começo.'

E olha para Degan e diz:

'- Como pretende chamar o Búfalo, Deganawida?'
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 21 Empty Âmago-de-Gunnr - Cordas-Trêmulas

Mensagem por NarraDiva em 27.07.17 18:31

'- Que seja pelas palavras, por mais duras que sejam. Não quero enterrar irmãos de matilha.'- diz Sarah já se levantando e dizendo para Grace:


'- Devemos buscar Degan ou começamos apenas nós duas?'.


Era a Beta, cabia a ela decidir na visão de Sarah.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 21 Empty Narração - 99-Centavos

Mensagem por NarraDiva em 27.07.17 18:52

O filhote indica para 99-Centavos que os Roedores estavam se reunindo nos Alojamentos.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 21 Empty Deganawida (hominídeo) - Rugido-das-Almas-Guerreiras, Fúria-das-Tempesta

Mensagem por Deganawida "Degan" Oneida em 27.07.17 19:21

As palavras de Rugido-das-Almas-Guerreiras fazem com que o semblante do Philodox fique mais tranquilo.

" - É bom saber que conseguimos Parentes e território mais ao Sul. Já temos onde nos reorganizarmos."

Sobre o Búfalo Branco, ele titubeia. Ele não era alguém da Dança Fantasma afinal, embora tivesse ouvido e conversado com alguns deles em suas terras no Canadá. E é lembrando deles que Degan tem uma ideia ou duas...

" - Eu não era parte da Dança Fantasma... Não sei se há algum ritual para invocarmos o Búfalo Branco. Mas, da mesma forma, nosso povo possui muitos rituais que estão com nossos Ancestrais. E este país tem búfalos..."

São búfalos trazidos de outras terras, mas com eles, o Manitou do Búfalo deve ter vindo.

" - Eu acredito que vamos precisar entrar em contato com nossos espíritos Ancestrais e os espíritos que, há muito, possuem pactos com o Grande Wendigo. Precisamos fazer isso para resgatarmos nossa memória o mais rápido possível para mostrar aos nossos aliados espirituais que o Grande Wendigo não vai desistir da luta. Isso vai trazê-los até nós, e eles não se perderão como foi com a Tartaruga dos irmãos do meio..."

Ele faz uma pequena pausa e respira fundo.

" - Perdoe-me caso eu tenha vacilado em minhas palavras. Eu não sou um lua crescente, e não temos nenhum conosco aqui. Mas isso foi tudo o que consegui pensar. Fúria-das-Tempestades é um Okwanada guerreiro e sábio. Sei que irá nos conduzir e nos ensinar nossas tradições da melhor forma possível."

Degan respira fundo mais uma vez.

Haveria muito o que fazer...
Deganawida
Deganawida "Degan" Oneida

Mensagens : 496
Data de inscrição : 01/07/2017
Idade : 44

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 21 Empty Grace - Sarah

Mensagem por Convidado em 27.07.17 20:12

- Por Gaia. Eu também não quero. 

Levanta-se também, e decide após pensar um pouco. 
- Vamos começar nós duas, mas vamos voltar para o lado mais movimentado da Clareira, caso Degan ou outra pessoa nos procure.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 21 Empty Jessica (lupino) - Filhote

Mensagem por Eve Ballmer em 27.07.17 20:13

A Roedora de Ossos agradece o filhote e segue para os alojamentos do Caern para encontrar sua tribo.

________________

OFF: Próximo Post - Alojamentos
Eve Ballmer
Eve Ballmer

Mensagens : 515
Data de inscrição : 25/06/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 21 Empty Fúria-da-Tempestade | Rugido-das-Almas-Guerreiras - Sangue-dos-Quatro-Ventos

Mensagem por NarraDiva em 27.07.17 22:15

O Impuro ouve todas as palavras de Degan e responde:

'- Não tem que se desculpar, Deganawida. Você tem razão. Talvez, por vocês dois serem naturalmente mais próximos ao mundo espiritual do que eu, um Lua Cheia, seja o caso de trabalharem juntos nessa busca pelos rituais e pelos elos ancestrais que podem ajudar nessa situação.'

O Lupino concorda com a cabeça e aguarda a resposta do Philodox.
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 21 Empty Âmago-de-Gunnr - Cordas-Trêmulas

Mensagem por NarraDiva em 27.07.17 22:37

A Fenris concorda e começa a caminhar. Ao chegarem na clareira central encontram, no horizonte da mesma, Degan conversando com outros dois Garous. A Fenris então diz:

'- Degan está com sua tribo, vamos precisar de um Theurge para conjurar os solaris ou espíritos do fogo para nós. Não acredito que encontraremos nenhum aqui no Caern.'

A Fenris acena para Olhos-do-Caos que se aproxima da dupla. E, então, diz para a Fianna:

'- Enquanto eu falo com Olhos-do-Caos para ela nos ajudar, tem como ir na Forjaria ver se encontra alguns moldes para nossos amuletos. Podem ser itens similares a bolas de gude que possamos arremessar.'
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 21 Empty Grace - Sarah, Zvanna

Mensagem por Convidado em 27.07.17 23:37

Grace caminha de volta com Sarah e repara nos Garous com que Degan conversava. 
- Não vamos atrapalhá-lo então.

Quando ela diz que um Theurge era necessário, Grace logo se pergunta onde estaria Olhos do Caos, e providencialmente, ela estava por perto. Não sabia o que era necessário para a criação dos amuletos e quando Sarah pede para ela ir buscar o material, prontamente aceita. 
- É claro! - estava mesmo querendo conhecer melhor o Caern - procurarei por lá algo que possa servir de molde. Já volto. 

Acena rapidamente para Zvanna, e caminha procurando pela Forjaria.

OFF: Segue na Cabana da Forjaria

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 21 Empty Sangue-dos-Quatro-Ventos (hominídeo) - Rugido-das-Almas-Guerreiras, Fúria-das-Tempestades

Mensagem por Deganawida "Degan" Oneida em 28.07.17 0:24

Degan assente com a cabeça. Ele ainda não havia perdido todos os maneirismos de quando se apresenta a um Grande Chefe, mas aprecia quando escuta a última fala do Ancião. 

" - Têm razão, Fúria-das-Tempestades. Eu e Rugido-das-Almas-Guerreiras podemos buscar informações com os espíritos e, mesmo sendo cliath, acredito que possamos ter sucesso em enviar mensagens de alerta através de espíritos para outros Caern do Grande Norte. Okwanada, se conhecer alguns deles, podemos tentar contato."

Ele ainda faz uma pausa, mas algo lhe ocorre. 

É a estação do Wendigo no norte das Terras Puras.... E, a Sibéria...

" - Irmãos, há ainda outra coisa a considerar: É Inverno nas Terras Puras. O Inverno é a nossa estação. Nosso povo fica mais forte e mais resistente durante o inverno e assim também o é com nossas terras. Ninguém as conhece como nós e as geleiras ficam escorregadias e o frio, insuportável. Não sabemos quanto tempo poderemos aguentar, mas podemos ajudar enviando mensagens aos Caern dos outros lados do mundo para que saibam e reúnam suas forças. Temos irmãos na Sibéria, que deram abrigo aos Siberakh e têm fama de implacáveis e poderosos, resistindo a inimigos por todos os lados por eras... Mesmo os Presas de Prata e a Bruxa das Sombras. Eles seriam aliados gloriosos..."

Era a esperança de novo, afinal, o que faria sem ela?

" - Acredito que possamos começar assim. Quando ficarmos mais fortes, eu gostaria, se vocês concordarem, partir para o Reino Umbral de nossa tribo. Estrangeiros-da-Wyrm são todos proibidos segundo as histórias que ouvi... Apenas os Gurahl, se é que ainda existem, podem ir às Terras Fantasmas dos Wendigo. Lá, podemos ter maiores pistas sobre o Búfalo Branco e a Dança Fantasma."

Ele respira fundo mais uma vez. Um plano parecia começar a ser armado na cabeça do Philodox. A aprovação de seu Ancião lhe animava um pouco, diante do baque. 

" - Okwanada, gostaria de pedir um favor. Há rituais de nossa tribo que gostaria de aprender, até mesmo por pedido de membros de minha matilha. Estamos na Região Oeste e há muitos vampiros por lá. Nossa tribo é aliada de Katanka-Sonnak e acredito que possamos usar da ajuda de seus filhos. Gostaria de encontrar ambos novamente amanhã." 

Degan odiava falar demais, mas a preocupação e o compromisso com sua Tribo e sua família o obrigavam a vasculhar até o último fio de esperança que poderia possuir e expor ao Grande Guerreiro dos Wendigo. O futuro de tudo aquilo que amava estava em jogo...

Ele tinha que estar pronto para fazer o movimento enquanto ainda podia. 
Deganawida
Deganawida "Degan" Oneida

Mensagens : 496
Data de inscrição : 01/07/2017
Idade : 44

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 21 Empty Fúria-da-Tempestade | Rugido-das-Almas-Guerreiras - Sangue-dos-Quatro-Ventos

Mensagem por NarraDiva em 28.07.17 6:35

O Lupino apenas ouvia o que o Philodox dizia concordando com a cabeça. Era jovem ainda, o Galliard, mas compartilhava em sentimentos com o juiz. O ancião Impuro apenas diz:

'- Pode nos procurar sempre que precisar, Deganawida. Nossa tribo não se mete nas disputas políticas dessa Seita e está sempre aberta aos irmãos. Precisamos nos manter unidos e ajudar uns aos outros. Não sei se Rugido-das-Almas-Guerreiras tem conhecimentos avançados em Rituais. Eu, particularmente, conheço poucos, mas podemos tentar com nossos ancestrais algum tipo de conhecimento se você souber o que está exatamente procurando... quanto ao restante, seu plano é bom, o que precisamos é que você e Rugido-das-Almas-Guerreiras comecem a tocá-lo. Eu estou disposto a usar meu posto no que for preciso para ajudar vocês, mas não sou o melhor diplomata ou amigo dos espíritos que podem ter nessa empreitada.'
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 21 Empty Kiba Valentine (Hominideo) - Guy Falcon

Mensagem por Kiba Valentine em 28.07.17 14:16

Kiba aceita o convite de Guy e logo os dois Garous começam a caminhar pelas trilhas do Caern. O Ahroun não sabia que o território da Zona Oeste era tão dividido, mas é a descrição seguinte do irmão de Tribo que faz Kiba  erguer as sobrancelhas em sinal se surpresa.

O Ahroun sabia que estavam mal, mas não sabia que aquilo ali era literalmente a porta do inferno. A julgar pelas palavras de Guy e pelo posto dele, provavelmente as outras duas matilhas também eram de jovens, provavelmente Cliaths, e lhes foi dado o dever de dar ordem ao caos.

Kiba acena positivamente com a cabeça, mas mantendo o olhar no caminho que seguiam. Pensava no que havia sido dito por Guy e depois de algum tempo comenta:

- Sem duvida a ideia é muito boa. Unir as quatro matilhas, em uma espécie de pseudo Seita, pode ser o que precisamos pra começar a por ordem nisso aqui. Quando a Estrela da Manhã me deu esse território eu achei que tinha me fudido um pouco. Não sabia que tava com merda até o joelho.

Kiba para e olha apra Guy, completando seu raciocínio:

- Vamos convocar as outras duas matilhas pra um papo. Vou chamar somente os Alphas a principio, mas eu preciso ter uma noção do tamanho da merda que estamos. Eu sei que você deu um bom resumo, mas conhece alguém daqui que conhece a Zona Oeste o suficiente?
Kiba Valentine
Kiba Valentine

Mensagens : 529
Data de inscrição : 26/06/2017
Idade : 22

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 21 Empty Sangue-dos-Quatro-Ventos (hominídeo) - Rugido-das-Almas-Guerreiras, Fúria-das-Tempestades

Mensagem por Deganawida "Degan" Oneida em 28.07.17 14:32

Degan escuta as palavras do Ancião e concorda com elas. 

" - O Ritual que mais busco é a Dança do Sol. Ele é uma herança nobre de nossa Tribo e também nos será de grande ajuda em nos comunicarmos com os espíritos aliados do Grande Wendigo..."

Eu me lembro da primeira vez que vi o ritual... Havia passado pela primeira mudança. Nem nossos parentes eram autorizados a assistir. Eu ajudei a cortar a árvore que utilizamos e a prender as tiras de couro de caribou... Foi um verão com muito calor. Me pergunto se os Manitou de Katanka-Sonnak daqui seriam tão poderosos. Afinal, este é o sul e aqui o verão já é rigoroso.

E lembrando do Sul, o Wendigo lembra de outra pergunta que deveria fazer. Ouvindo as conclusões sobre a tribo não participar das disputas políticas no Caern, ele indaga:

" - Eu fico feliz com essa decisão. Mas me digam, o que pensam sobre os Irmãos Mais Velhos deste Caern? Como é nossa relação com os Uktena? Não deveríamos falar com eles sobre a invasão de nossos Caerns no norte?"

A pergunta dele faz sentido: Desde a queda dos Irmãos do Meio, os Croatan, Wendigo e Uktena se distanciaram e nunca mais foram os mesmos, apesar de dialogarem com muito mais frequência do que com as tribos dos Estrangeiros-da-Wyrm... Se pudessem contar com um pouco do apoio deles, por menor que fosse, já seria de grande ajuda. O Aro Sagrado, certamente, ficaria orgulhoso.
Deganawida
Deganawida "Degan" Oneida

Mensagens : 496
Data de inscrição : 01/07/2017
Idade : 44

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 21 Empty Garras-do-Falcão-Noturno - Asa-Solitária

Mensagem por NarraDiva em 28.07.17 17:10

O Presas de Prata segue caminhando com Kiba e fala:

'- Até os joelhos não, até a cintura. Se duvidar chegando até metade do peito.'

Tentava dar a noção real de como era um território complicado aquele que compartilhavam. E segue falando:


'- O Sem-Nome, Ragabash da minha matilha, é quem mais conhece a região. Mas ainda sim com limitações. Ele é esperto, podemos contar com ele e acredito que seja o melhor que temos.'
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 21 Empty Rugido-das-Almas-Guerreiras | Fúria-da-Tempestade - Sangue-dos-Quatro-Ventos

Mensagem por NarraDiva em 28.07.17 17:14

Rugido-das-Almas-Guerreiras responde à Deganawida de imediato:


'- Rugido-das-Almas-Guerreiras conhecer Dança do Sol e ensinar a Juiz.'


O ancião então toma a palavra:


'- Temos relações com os Uktenas mas não nos metemos nos jogos políticos que eles fazem ao lado dos Filhos de Avô Trovão. Eu posso conversar com eles sobre a invasão. Vou fazer isso assim que terminarmos essa conversa. São irmãos valorosos, mas estão se deixando levar pelos Senhores das Sombras, o que é uma pena...'
NarraDiva
NarraDiva
Admin

Mensagens : 4789
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 35
Localização : Моско́вский Кремль

https://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clareira Central - Página 21 Empty Re: Clareira Central

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 21 de 40 Anterior  1 ... 12 ... 20, 21, 22 ... 30 ... 40  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum