[Campo Grande] Cemitério de Campo Grande

Novo Tópico   Responder ao tópico

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ir em baixo

Re: [Campo Grande] Cemitério de Campo Grande

Mensagem por Derek Spencer em Seg Jul 02, 2018 10:45 am

Spybot (Glabro) - Narração

Frustrado por não conseguir pegar os vampiros todos, Spybot resmungava para si mesmo "Malditos vampiros" , então e concentraria em limpar o caminho acabando com aqueles zumbis.

Via seus irmãos assumindo a forma de batalha mas ele, precisava abrir caminho para que pudessem pegar os vampiros, então enquanto os outros assumiam a forma de batalha, Spybot iria matar o máximo de zumbis que conseguisse. O Andarilho queima sua fúria e efetua dois disparos e certeiro como sempre, dois zumbis voltam para onde não deveriam ter saído.

Off: Spybot deu 9 agravados no primeiro
Spybot deu 14 agravados no segundo
Spybot usou 01 de fúria.
avatar
Derek Spencer

Mensagens : 288
Data de inscrição : 27/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Campo Grande] Cemitério de Campo Grande

Mensagem por Ossos-de-Carvalho em Seg Jul 02, 2018 2:25 pm

* Não, não é assim que termina... Não pode ser assim..*

Ossos-de-Carvalho olha para as mãos se desfazendo e se concentra pensando que teria muito mais o que fazer e viver ainda...

* Tenho que terminar aquela erva com Bardo-Forjador, tenho que liderar a porra das fadas... e aquela gostosa da prima do Fenris? Vou morrer sem nem ter comido ela?? *

" - NÃAAOO!! EU AINDA TENHO QUE PEGAR ELA, PORRAAA!!!"

Ian ignora o fato de estar se desfazendo e isso é o suficiente para quebrar o encanto que estava sobre ele. Seu corpo volta a ter forma enquanto ele parte para cima da menina assombração que o queria.

O Fianna sente que iria rasgar a menina em duas com suas garras, porém com um movimento estranhamente sobrenatural ela se esquiva, suas garras cortam o ar enquanto ele olha nos olhos da menina com ódio.

OFF: Ossos-de-Carvalho teve 3 sucessos no teste de Força de Vontade para sair da ilusão
     Teve 3 sucessos no ataque mas a menina usou a esquiva como ação e teve 4 sucessos
avatar
Ossos-de-Carvalho

Mensagens : 139
Data de inscrição : 08/03/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Skullhead (Crinos) - Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por Skullhead em Seg Jul 02, 2018 7:27 pm

Logo após o seu tiro pouco efetivo, Spybot acerta dois tiros certeiros, eliminando de vez mais dois sanguessugas. Skullhead mostra os dentes, em sinal de felicidade, apenas falando para o irmão, sem tirar sua atenção da batalha:

'- MANO... ME ENSINAR DEPOIS... VAI LÁ!'

Ele claramente não era um atirador de elite. Por isso, ele tentava manter a calma naquele momento de tensão e pouco percebia da disputa dos outros. A única coisa que ele percebe é quando o Warphant lança um jato potente de água e avança para a linha de frente. Ele também escuta o trovão, olhando imediatamente para Victor... ele estava muito ocupado para invocar o poder de seu Totem tribal, o que poderia indicar que era uma merda maior.

*PORRA!*

Ele sente também a névoa que recobre suas patas, outro sinal nada bom.

*Agora essa merda vai virar Sillent Hill... Caralho! Esses sanguessugas tem umas cartas na manga fudidas!*

Entretanto, isso não poderia pará-los. O Alfa e o Filho de Gaia também avançam, restando aos Andarilhos a artilharia. Spybot agora elimina dois zumbis, arracando um rosnado de aprovação do irmão tribal. Ele realmente queria aprender a fazer aquilo.

'- MATAR ZUMBI!'

O Andarilho recarrega seu braço, energizando mais uma vez a bazuca. O tiro dispara e acerta de maneira certeira um dos zumbis, que se desmonta no chão de vez, voltando para o outro plano. O Theurge, então, movido por sua Fúria, lança mais um disparo para acertar um segundo zumbi; naquele instante haviam apenas dois e um deles estava bastante perto de Siegfried...

... perto até demais!

*Fudeu!*

O segundo raio se projeta, atravessando o zumbi sem acertá-lo e atingindo em cheio Siegfried nas costas, que cai no chão. Os olhos do Garou se arregalam e ele por um momento para de atirar.

*POR GAIA! EU NÃO POSSO TER MATADO ESSE FILHO DA PUTA!*

Ele faz até menção de querer correr em direção ao Beta, mas percebe que o mesmo ainda estava vivo. Naquele instante, nem um fio de cabelo poderia passar pelo cu de Skullhead, que já estava imaginando a rolada que levaria.
avatar
Skullhead

Mensagens : 496
Data de inscrição : 02/07/2017
Idade : 23
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Campo Grande] Cemitério de Campo Grande

Mensagem por Victor Montenegro em Seg Jul 02, 2018 8:20 pm

Victor estava no fronte de batalha, atacando e sendo atacado, e isso impedia que ele percebesse a maior parte das ações de seus companheiros. Escutava tiros e via vampiros caírem. Vê o mausoléu pegar fogo e percebe que o vampiro sobrevivente resiste à ilusão e adentra o mausoléu.

* Merda! *

O Philodox vê o espectro com o qual combatia transformar sua mão em um monolito de pedra e desferir um soco na direção da sua cara, mas, em um movimento rápido, esquiva do ataque do fantasma.

O meia lua se preparava para atacar quando percebe um raio cruzar o campo de batalha e atingir Siegfried. Em reflexo olha para trás apenas para ver o braço fumegante e a expressão atônita de Skullhead.

*Santa incompetência*

Olha para o Ahroun preocupado, mas aquilo não parecia ter causado grandes danos.

* Graças ao Trovão. *

Sentinela-das-Sombras retorna sua atenção ao combate e ao cenário ao redor e agora percebe uma névoa que subia do solo e uma tempestade que se aproximava...

Um sorriso quase sádico toma conta da face do Senhor das Sombras enquanto ele se prepara para atacar..

* Grande erro, filhos da puta. *
avatar
Victor Montenegro

Mensagens : 641
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 32
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cólera-de-Balder - Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por NarraDiva em Seg Jul 02, 2018 11:19 pm

Siegfried cai no chão com o tiro de Skullhead, mas já levanta no segundo seguinte arrancando a cabeça dos dois zumbis que restavam. O Fenris, irritado, parecia em dúvida entre seguir sozinho ao mausoléu e ajudar a matilha e na fração de segundo que para para pensar, esbraveja com Skullhead:

'- QUANDO SAIRMOS DAQUI EU VOU ENFIAR ESSA BAZUCA NO SEU CU!'

E volta. Sua matilha ainda não havia eliminado os inimigos e isso o incomodava. As almas materializadas não pareciam com postura ofensiva mas atrapalhavam os Garous de seguir. Só atacavam quem tentava passar de sua linha e Siegfried caminha para ajudar os demais com elas. Ian, Victor e Gabriel eram os que estavam em combate no corpo as almas. Ian e Vitor tinham iniciativa no combate da rodada, mas Gabriel, após o ataque, tinha sua alma adversária com iniciativa e ela começa a fazer surgir chamas no corpo do Filho de Gaia que nem tem a chance de esquivar do golpe poderoso. Enquanto Gabriel queimava, a alma ria e repetia:

'- QUEIMA... QUEIMA... QUEIMA...'

O Warphant conjurado por Sussurros Solitários destrói sem piedade duas almas. Os Garous seguiam sem ver os céus, mas notam que alguns raios rompem a barreira dos espíritos da noite e atingiam o mausoléu. As almas saudavam quem estava chegando e todas sussurravam:

'- Ela está chegando... ela está chegando... 1,2, ela vai te pegar..'

Todas as almas falavam ao mesmo tempo o que tornava tudo mais estranho e arrepiava a espinha dos Garous ali presentes.

 Distância para as almas (04): 06 Sucessos (03 para Sussurros-Solitários)

 Distância para o Mausoléu maior onde entraram os Vampiros Sobreviventes (2): 15 Sucessos (12 para Sussurros-Solitários, 09 para Verdade-Ancestral, Ossos-de-carvalho e Sentinela-das-Sombras ).

Like a Star @ heaven Verdade-Ancestral precisa absorver 5 níveis de dano agravado. A dificuldade é 7.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3010
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Campo Grande] Cemitério de Campo Grande

Mensagem por Sombra-da-Coruja em Ter Jul 03, 2018 10:23 am

Forma Atual - Glabro

O Cenário parecia cada vez mais oprimir o Ragabash, ele sentia que aquela névoa que se espalhava o envolvia em óleo, todos se moviam e apenas ele continuava parado.

Vê o filho de gaia em chamas, a aparição sádica gritando "QUEIMA", as outras em uníssono sussurravam "Ela esta chegando.."

*Quem diabos é ELA?*
- Um arrepio subia pela coluna do Peregrino..

Siegfried cai, atingido por Skullhead, o frio se adensa, mas, o grito de seu beta é o suficiente para despertar Hadrian de seu torpor, Siegfried não aparentava o MÍNIMO traço de preocupação, e, a  certeza de que sairiam dali foi o suficiente para se seguir, sem hesitação, sua última ordem "AVANÇEM!!!"

*Forma de batalha é o meu ovo caralho, EU NÃO ESTOU AQUI COMO UMA TESTEMUNHA!!!*

Finalmente o Ragabash abandona sua posição e investe contra a pequena garota fantasma que havia primeiro atacado Ian.

Pela segunda vez aquela noite Hadrian avançava em auxílio de um irmão de matilha, e, pela segunda vez aquela noite, ele recebia um ataque endereçado a outro, porém, o primeiro recebera com toda a glória insana da certeza dos loucos, já este, lembrou-o de sua mortalidade, de sua covardia e de sua fraqueza.

A Pequena aparição, desvia sua atenção de Ian, quando o Peregrino chega ao seu lado, e, ainda sorrindo, estende a mão em direção ao mesmo, neste instante, Royce sente as garras da Coruja rasgando-lhe, mas não a Carne, mas a alma, sente mesmo sem saber como, os roedores farejando sua carne podre para se alimentar, sente sua vida se esvaindo, como se cada uma de suas fraquezas o extirpassem por dentro obedecendo ao comando sorridente da aparição.

As pernas do Peregrino fraquejam, ele ainda vivia, se aquilo advinha das suas fraquezas, ainda existia alguma força nele, e ele lutaria até seu fim..

Rangendo os dentes ele encara com ódio a maldita aparição..

"-Traz essa vaca logo caralho, que eu cansei de escutar vocês balindo por ai..." - A bravata era a única defesa contra o medo que sentia da morte.

*Se eu cair Mãe, me deixe levar algum deles comigo, eu devo isso à ele!*


OFF: Hadrian conseguiu chegar em seu turno ao lado da aparição que atacava Ian (06 sucessos). O ataque da aparição drenou 04 níveis de vitalidade de Hadrian, que se encontra, atualmente, Ferido Gravemente.
avatar
Sombra-da-Coruja

Mensagens : 275
Data de inscrição : 18/12/2017
Localização : Belem

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Campo Grande] Cemitério de Campo Grande

Mensagem por Sussurros Solitários em Ter Jul 03, 2018 5:30 pm

Forma atual: Crinos

O Uktena continua avançando até as criaturas e percebe que Sombra-da-Coruja havia sido ferido por uma das almas e o maior espanto vem do Braço de Skullhead que de alguma forma lança um raio que atinge em cheio o Beta. 

*Mas nem com essas coisas da Weaver ele dá certo.*


Avançando com rapidez o lupino aplica uma certeira mordida em uma das almas que cercava Sentinela-das-Sombras. 

OFF Game: 3 sucessos para chegar nas almas. Causei 4 de dano numa das aparições.
avatar
Sussurros Solitários

Mensagens : 567
Data de inscrição : 04/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Skullhead (Crinos) - Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por Skullhead em Qua Jul 04, 2018 8:53 am

O Andarilho só consegue ouvir a fúria do Cria de Fenrir. Talvez já tivesse dado sorte ao azar demais... se o tiro tivesse acertado outro companheiro, talvez ele não tivesse tido tanta sorte como o resistente Ahroun. Skullhead volta sua mão ao seu local devido, olha para o Ragabash de sua Tribo e fala:

'- Me unir a irmãos na batalha!'

E falando isso, segue a corrida. Ele avança 1/3 do caminho sem dificuldades, mas para ao perceber o corpo do Filho de Gaia em chamas. Que porra de criatura eram aquelas? Para piorar, os raios começavam a penetrar a escuridão e as almas saudavam quem tava vindo.

'- Quem vir?!'

Aquilo estava estranho, mas Skullhead só queria se aproximar de seus companheiros e ajudá-los a acabar com as almas que restavam.

OFFGAME: Skullhead avança 2/6 sucessos.
avatar
Skullhead

Mensagens : 496
Data de inscrição : 02/07/2017
Idade : 23
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Campo Grande] Cemitério de Campo Grande

Mensagem por Victor Montenegro em Qua Jul 04, 2018 12:48 pm

Os reforços demoravam a chegar e os que chegavam eram atacados de imediato pelos fantasmas. A situação se complicava cada vez mais.

* Malditas criaturas. *

Victor estava drenado e bastante ferido, sentia sua mão fraquejar... Não seria uma boa idéia atacar com sua Klaive, diante do seu pouco treinamento.

* Eu preciso aguentar mais um pouco. Só mais um pouco...*

O Philodox deixa seus instintos falarem e assume a forma de batalha bem quando um ataque certeiro da mão de pedra da aparição vem em direção da sua cara o atingindo em cheio.

A dor eh lancinante. O peso da pedra parecia muito maior ao impacto e para piorar, ao contato, tinha a temperatura de rocha incandescente. A dor dos ossos partidos se une à agonia de ter a pele cauterizada e o meia lua grita de dor indo ao chão ja quase inconsciente.

Ensanguentado ao chão e arfando, Victor encara seu oponente. Talvez o fim estivesse próximo e assim, ele apenas pensa...

*Só mais um pouco...*
avatar
Victor Montenegro

Mensagens : 641
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 32
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Campo Grande] Cemitério de Campo Grande

Mensagem por Gabriel Villas Boas em Qui Jul 05, 2018 1:31 am

Gabriel ainda reprimia a sensação de horror causada pela alma e permanecia, com toda sua força de vontade, em posição defensiva, segurando o seu bastão e focado em algum ataque.

Eis que Skullhead dispara e Gabriel faz menção de olhar para Siegfried caindo, mas não teve oportunidade. Antes que pudesse observar os ataques dos seus irmãos de matilha, ele percebe o imediato clarão vindo da sua mão.

Apesar de tudo ter acontecido em microssegundos, ficou gravado em sua memória as chamas subindo o seu braço em câmera lenta, tomando-o por completo. Gabriel tinha a menor noção da dimensão daquele ataque, mas tinha certeza, havia labaredas que subiam até os seus olhos e o tomavam o rosto.

Da mesma forma que era visível, para seus irmãos de matilha, que o seu corpo estava em chamas, era audível o uivo de dor que o Filho de Gaia dava ao se atirar no chão e rolar para apagar as chamas, que se dissipam.

Na mesma rapidez que ele foi ao chão, ele se levanta, enquanto as palavras de "Queima Queima Queima" ainda ecoavam na sua cabeça. Um rápido pensamento vem ao Filho de Gaia, que poucos minutos atrás sensibilizara com as almas que tinham seu descanso final perturbado pelos necromantes.

* Não é mais o caso de vocês, suas filha da puta...*

Ele se põe em posição de combate novamente, vidrado na alma incendiária, mas nota a névoa, os trovões e as almas entoando que "ela está chegando". Gabriel tenta não perder o foco no combate, mas não pode deixar de perceber que a situação não era nada boa - na verdade, só piora... 

- Caralho...

OFF:
> Gabriel teve 03 Sucessos em teste de Vigor. Levou 02 de dano agravado.
> Gastou 01 de fúria.
avatar
Gabriel Villas Boas

Mensagens : 43
Data de inscrição : 25/05/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Campo Grande] Cemitério de Campo Grande

Mensagem por Derek Spencer em Qui Jul 05, 2018 7:24 am

Spybot (Glabro) - Olhos da Tempestade / Narração

O Andarilho continuava fazendo uma das coisas que melhor fazia, atirar. O jovem Garou mostrava pra seus irmãos ser um às no suporte e combate à distância, Skull até lhe pede dicas, Derek apenas meneia a cabeça positivamente e comenta:

-"Tamo junto!"

Então as cenas que se sucedem são preocupantes, naquele pouco tempo o Ragabash avalia a situação, Victor tava apanhando, Skull daria trabalho para aprender a atirar, o theurge acerta o fenris pelas costas e Villas boas pegava fogo quando um dos monstros lhe ataca com algum tipo de poder, as coisas estavam ficando perigosas e talvez fosse o momento para assumir sua forma de batalha.

Talvez o Garou até fizesse isso mas Victor precisava de alguma ajuda, o Senhor das Sombras parecia passar por maus bocados e ao tomar ciência daquilo o Ragabash queima sua fúria e executa dois disparos certeiros contra a criatura que surrava seu irmão de matilha. O primeiro tiro explode bem no peito do inimigo o que lhe faz dar uma chegada para trás e o segundo tiro acerta bem na altura do rosto e o impacto é tão forte que faz o bicho voltar pro inferno de onde havia surgido.

Off: Spybot usou 01 de fúria
Spybot deu 07 agravados
Spybot deu 14 agravados
Criatura dies
avatar
Derek Spencer

Mensagens : 288
Data de inscrição : 27/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Campo Grande] Cemitério de Campo Grande

Mensagem por Ossos-de-Carvalho em Qui Jul 05, 2018 9:18 am

Forma Atual: Glabro

Ossos-de-Carvalho ainda estava lutava com ódio contra a alma da menina e ataca novamente com suas garras ela. Dessa vez, ao invés de se esquivar ela simplesmente fica parada enquanto suas garras literalmente passam por ela e o Fianna acaba atingindo o ar.

* Mas... que porra é essa... *

Ian olha em volta em volta e percebe que seus companheiros de matilha que estavam em Crinos conseguiam destruir  as almas. Isso o dava mais raiva ainda, se sentia um estúpido acabando com toda a sua fúria no torneio que aconteceu há pouquíssimas horas atrás... Talvez, por causa de uma merda de torneio, valorosos guerreiros pereceriam essa noite.

Só o que ele conseguia pensar nesse momento de raiva era:

* IAN BURRO! GAROUS BURROS! LÍDERES BURROS! *

Como se não bastasse seus pensamentos são interrompidos por um vazio no peito, por um momento Ian pense que vai simplesmente cair. Sente suas forças se esvaírem e a raiva dá lugar ao desânimo com isso.. 

Era como se sua própria essência estivesse sendo sugada e seu corpo sentia isso, via Sieg lutando e derrubando alguns inimigos enquanto cabeças e corpos explodiam com os tiros de Derek, Ossos-de-Carvalho queria fazer sua parte também, mas estava passando por momentos difíceis.

OFF: A menina não esquivou mas também não tomou dano
         Ian tomou 4 de dano tendo sua vitalidade chupada
avatar
Ossos-de-Carvalho

Mensagens : 139
Data de inscrição : 08/03/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cólera-de-Balder - Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por NarraDiva em Sex Jul 06, 2018 10:09 am

Restavam apenas duas almas e com a ferocidade dos Fenris, as garras de Siegfried as rasgam e permitem aos Garous terminar com seus inimigos. O Cria de Fenris olha sério na direção do Alfa da matilha e respira fundo, volta sua atenção então para o mausoléu, cuja porta abre sem que ninguém saia de lá de dentro. 

Mais à retaguarda do grupo, Skullhead sente algo ou alguém lhe tocar as cotas e sussurrar no ouvido:

'- Sua alma agora será minha e seu corpo da mulher de branco, mega-man canino...'

Sem ter como falar, o Andarilho percebe que sua alma está deixando seu corpo e teria que usar sua vontade para mantê-la. Ninguém via nada próximo a Skullhead. 


Like a Star @ heaven Skullhead precisa de 5 sucessos ou mais em um teste de Força de Vontade com dificuldade 6 para sua alma não sair de seu corpo. Se a alma for removida, o Andarilho precisa interpretar que seu personagem, ainda vivo, cai, na forma em que está, catatônico no chão.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3010
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Skullhead (Crinos>Alma penada) - Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por Skullhead em Sex Jul 06, 2018 10:47 am

A batalha tinha terminado. Era a primeira vez que o Andarilho combatia algo daquela magnetude... e parecia que ainda não tinha acabado, afinal havia os putos que se esconderam no mausoléu. Ele aparentemente iriam seguir, mas, antes que pudesse pensar em fazer algo, um toque gélido arrepia os pêlos do Garou, que se eriçam mais ainda ao ouvir a voz.

Ele tenta até chamar a puta da mulher de branco de todos os nomes, mas ele não tinha forças para emitir som sequer. A filha da puta estava lhe arrancando de seu próprio corpo e Skullhead precisava combater aquilo.

*Hoje não, putinha do capeta!*

Não sabia de nada, o pobre Skullhead! A mulher de branco era um espectro poderoso e ele sente como se a mão gélida, que antes lhe tocara, estivesse lhe puxando para cima. Ele tenta prender as garras traseiras no chão, um movimento involuntário diante daquela força que não era física.

O processo é indolor, apesar de ser sufocante e desesperador. Os olhos de Skullhead reviram e algo acontece.

*RAPARIGA DOS INFERNOS! ARROMBADA DO CAPETA! VAI TOMAR NO CU...*

Ele para os xingamentos. Seu corpo estava estatelado ao chão enquanto ele próprio o via. Os outros tinha visto uma cena mais simples: o Crinos havia desmaiado e estava caído ao chão.

*O QUE ESSA DEMÔNIA ME FEZ?*

O Garou não sabia o que tinha acontecido, mas aparentemente ele tinha virado uma alma penada. Ele estava puto, mas também estava assustado. O que estava acontecendo? Ele olha a volta tentando perceber exatamente onde estava. Para onde as almas iam? Ele teria como avisar seus irmãos do ocorrido antes que a megera usasse seu corpo para maldade?


OFFGAME: Skullhead teve apenas 2 sucessos no teste e foi aspirado pra fora do seu corpo por três horinhas.
avatar
Skullhead

Mensagens : 496
Data de inscrição : 02/07/2017
Idade : 23
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Campo Grande] Cemitério de Campo Grande

Mensagem por Sombra-da-Coruja em Sex Jul 06, 2018 10:47 am

Forma Atual - Glabro -> Crinos

Os espíritos e corpos caiam rapidamente, e, graças ao trabalho combinado do Elefante de Guerra, Siegfried e Spybot, todos, incluindo aquela que quase lhe arrancara a alma, são derrotados.

A vergonha corroía o Lua nova, que observando a porta do mausoléu se abrir, completa silenciosamente sua transformação para sua esguia forma de batalha esperando as ordens do Alfa, beta, ou simplesmente, a aparição de algum daqueles malditos, mas, para a surpresa do Peregrino, ele percebe que Skullhead caia desfalecido atrás da matilha.

Rapidamente Hadrian assume uma postura alerta enquanto se aproxima do corpo de Skullhead, desconhecia os poderes dos vampiros e dos espíritos, mas, algo havia derrubado seu irmão de tribo, fossem vampiros, espíritos, ou, simplesmente, aquele braço tendo dado um curto, porém, observando a respiração do mesmo, sabia que este ainda vivia.

"-Lobo, você sabe o que aconteceu com ele?"

OFF: Hadrian passou no teste para assumir sua forma Crinos.
avatar
Sombra-da-Coruja

Mensagens : 275
Data de inscrição : 18/12/2017
Localização : Belem

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Campo Grande] Cemitério de Campo Grande

Mensagem por Sussurros Solitários em Sab Jul 07, 2018 4:00 pm

Forma atual: Crinos

O Uktena aproveitando o momento em que os últimos inimigos morrem toca o Senhor das Sombras e lhe cura os ferimentos. O lobo escuta as palavras do Peregrino e apenas balança a cabeça negativamente enquanto caminha até o Skullhead e fala: 

"- Cólera-da-Balder nos lidera daqui pra frente neste combate." o lupino fala de maneira séria, sabia que tinha errado em não ceder a liderança do combate logo no começo, mas agia em tempo de corrigir o seu erro. 

O Lobo se aproxima lentamente de Skullhead para avaliar sua situação. 

OFF GAME: Curei 4 de dano em Sentinela das Sombras com o toque da mãe.
avatar
Sussurros Solitários

Mensagens : 567
Data de inscrição : 04/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Campo Grande] Cemitério de Campo Grande

Mensagem por Gabriel Villas Boas em Sab Jul 07, 2018 4:20 pm

Gabriel estava pronto para atacar a alma que havia posto fogo nele, quando Sieg, como um vulto branco, sai finalizando o restante doa inimigos. Ele olha irresignado, mas assente que isso era apenas seu orgulho falando e que deveria se desprender disso.

É então que as portas do mausoléu ainda em chamas se abrem abruptamente...

* Seriam aquelas as portas do inferno se abrindo? *

Gabriel se reagrupa, ficando próximo do Beta mas atento para não deixar os mais feridos desprotegidos. Porém, o barulho do corpo de Skullhead caindo chama sua atenção, ele olha, sem sair da posição, e diz desconfiado:

- E agora?
 
* Primeiro "ela está vindo". Depois as portas de mausoléu se abrem e o filho da barata cai de maduro. *

Não precisava ser um gênio para concluir, mas diria mesmo assim:

- Isso definitivamente não é "normal".

Com as palavras do Alfa, Gabriel contínua sua posição ao lado do Beta. Era novo na matilha, mas com toda certeza sabia, a estratégia inicial do Alfa falhara. O Filho de Gaia volta seus pensamentos para o combate, eventuais críticas seriam feitas depois. O Filho de Gaia olha para Beta e com afirma com a cabeça que aguarda suas ordens.


Última edição por Gabriel Villas Boas em Dom Jul 08, 2018 12:10 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Gabriel Villas Boas

Mensagens : 43
Data de inscrição : 25/05/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Campo Grande] Cemitério de Campo Grande

Mensagem por Victor Montenegro em Dom Jul 08, 2018 11:29 am

Restavam apenas duas almas e com ferocidade Siegfried as finaliza.

* Graças. *

O Senhor das Sombras já estava prestes a perder a consciência, mas sente o toque do seu alfa e a maior parte de suas chagas se curarem. Ele se põe em pé ainda um tanto ferido e acena brevemente com a cabeça em agradecimento voltando sua atenção para as porta do Mausoléu que se abriam... mas nada saía.

*O que merda aqueles malditos estão fazendo.*

O lobo passa a liderança da batalha para Siegfried e Victor aguarda que o Fenris dê os novos comandos quando, do nada, o Caveira vai ao chão.

'-SKULL!'

Hadrian e Sussurros-Solitarios vão na direção do irmão caído. Sentinela das Sombras olha para Siegfried apreensivo e se mantém em posição aguardando novas instruções. A situação era crítica. A névoa ainda permeava todo o cemitério, a tempestade se aproximava e "Ela", o que quer que fosse, estava para chegar. Não era hora de atitudes emotivas ou impensadas, mesmo com um companheiro caído.
avatar
Victor Montenegro

Mensagens : 641
Data de inscrição : 28/06/2017
Idade : 32
Localização : Rio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Campo Grande] Cemitério de Campo Grande

Mensagem por Ossos-de-Carvalho em Dom Jul 08, 2018 6:07 pm

Forma Atual: Glabro -> Crinos

Ian estava com a sensação da pior ressaca de sua vida.. Sieg elimina as almas restantes.

* Porra, não consegui nem encostar nessa menina.. que vergonha..*


Ossos-de-Carvalho aproveita para mudar sua forma para Crinos, já havia percebido que só suas garras em forma de batalha atingiriam os fantasmas. Olha em.volta procurando por algum alvo para extravasar sua raiva.
avatar
Ossos-de-Carvalho

Mensagens : 139
Data de inscrição : 08/03/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Campo Grande] Cemitério de Campo Grande

Mensagem por Derek Spencer em Dom Jul 08, 2018 7:32 pm

Spybot (Glabro) - Olhos da Tempestade

O Andarilho acompanhava tudo com o olhar, pretendia ajudar seus irmãos abrindo caminho mas tudo acabava rapidamente com o Fenris ali. Derek vê Sussurros passando a liderança pra Sieg quando as portas do mausoléu se abrem sem ninguém sair do local, era preocupante.

Tudo se torna mais preocupante quando do nada Skull vai ao chão, subitamente. O Ragabash, incrédulo, diz:

-"Uatafuck?"

Indo na direção de Skull grita pra seus irmãos:

-"SIgam! Eu cuido dele!"
avatar
Derek Spencer

Mensagens : 288
Data de inscrição : 27/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cólera-de-Balder (Crinos) - Matilha Olhos da Tempestade

Mensagem por NarraDiva em Seg Jul 09, 2018 12:17 pm

*Agora?* - pensa Siegfried avaliando que a situação já era caótica naquele momento. Skullhead já havia caído e por mais que ele quisesse dar uma boa surra no Andarilho (ideia que ainda estava de pé), só ele podia socar os membros da sua matilha. Mesmo achando tardia a passagem de comando, Siegfried imediatamente dá ordens:

'- Ossos-de-Carvalho, comigo. Nós seremos a linha de defesa da matilha'

Olha para Victor e Sussurros-Solitários e diz:

'- Lobo, Sentinela-das-Sombras, Verdade-Ancestral, nosso inimigo foge à nossa visão, se puderem fazer algo para que ele se revele, façam.'

Olha para Spybot e determina:

'- Ache o corpo da mulher de branco e traga ele até aqui. Aja sem ser visto como só seu augúrio sabe fazer.'

E, por fim, dirige-se à Sombra-da-Coruja:

'- Você será nosso batedor, verifique o perímetro buscando algo que revele o paradeiro do inimigo, e avancemos aos poucos. Sem cair em novos truques desses malditos sanguessugas.'

Siegfried pegava sua lança de volta. Fora de seu corpo, Skullhead via a figura de um dos vampiros mais velhos ao lado de seu corpo sem que ninguém o notasse. Via também a mulher de branco se aproximando sem ser visível para todos. E percebe que ela adentra seu corpo com um movimento de mão e algumas palavras inaudíveis ditas pelo sanguessuga. Mais próximo ao corpo de Skullhead, Spybot vê o Theurge abrir os olhos com uma expressão assustada e parecendo perdido depois de seja lá o que tivesse acontecido.

*Maldição não ter um Galliard nessas horas*, pensava Siegfried. Todas as frases de Siegfried, em Crinos, são ditas em idioma Garou, naturalmente.
avatar
NarraDiva
Admin

Mensagens : 3010
Data de inscrição : 25/06/2017
Idade : 34
Localização : Моско́вский Кремль

Ver perfil do usuário http://7joiasdacoroadegaia.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Campo Grande] Cemitério de Campo Grande

Mensagem por Derek Spencer em Ter Jul 10, 2018 12:24 am

Spybot (Glabro) - Olhos da Tempestade

O Ragabash se prontifica a tomar conta de Skull mas o novo líder das investidas era Sieg e o Fenris o manda ir atrás do corpo da mulher de branco e trazê-lo até onde a matilha estava. Se preparava para partir quando Skull abre olhos assustado, só comenta para seus irmãos:

-"Ele tá acordando"

E então some diante de todos, embaça sua forma perfeitamente e segue seu rumo até o lugar onde a mulher de branco havia sido enterrada.
avatar
Derek Spencer

Mensagens : 288
Data de inscrição : 27/06/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Campo Grande] Cemitério de Campo Grande

Mensagem por Gabriel Villas Boas em Ter Jul 10, 2018 9:56 am

Gabriel ouve as novas ordens do Beta e continua em posição defensiva, muito embora o seu irmão meia-lua já estivesse de pé e o Alfa, averiguando o que aconteceu com o Skullhead. Aquele filme de terror com Zumbis e Almas podia ter acabado, mas seja o que foi que abriu aquela porta do Mausoléu levou o filho da Barata até o chão.

Verdade-Ancestral se aproxima de Sentinela-das-Sombras e aguarda instruções, seja dele ou do Sussurros-Solitários. Gabriel tinha nenhum conhecimento de como rastrear o vampiro - isso se ainda era mesmo algum vampiro. Assim, ele permanece em defensiva.

* Muito ajuda quem não atrapalha... *

Até que Spybot anuncia que o Caveira está acordando, o que dá um nó na cabeça de Gabriel, fazendo-o se indagar se houve mesmo um ataque. Ele tenta avaliar o cenário, mas não sai da posição.
avatar
Gabriel Villas Boas

Mensagens : 43
Data de inscrição : 25/05/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Campo Grande] Cemitério de Campo Grande

Mensagem por Sussurros Solitários em Ter Jul 10, 2018 10:22 am

Forma atual: Crinos

O Uktena passa a liderança ao Beta e se concentra usando seus sentidos místicos para procurar pela presença da profanadora do local e logo começa a olhar alarmado na direção de Skullhead e fala em Garou entre rosnados:

"- Skull fede muito a wyrm e tem alguma outra coisa perto dele e dentro mausoléu também."

O Lobo continua atento tentando discernir mais alguma coisa.
avatar
Sussurros Solitários

Mensagens : 567
Data de inscrição : 04/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Campo Grande] Cemitério de Campo Grande

Mensagem por Sombra-da-Coruja em Ter Jul 10, 2018 11:51 am

Forma Atual - Crinos

O esguio crinos do Ragabash escuta enquanto o Lobo passa o comando do resto do combate à Siegfried, este, mesmo fazendo uma leve careta, imediatamente começa a delegar as ordens, e, desta vez, o Peregrino não hesitaria.

Aproveitando-se que continuava com sua forma embaçada, começa a rumar, furtivamente, em direção as portas do Mausoléu, afim de conseguir algum ângulo que possibilitasse sua visão do que acontecia dentro, ou de qualquer coisa que viesse a sair, afim de obter alguma vantagem à sua matilha, fosse em forma de informação, fosse na forma de aviso.

Utilizava-se das lápides para se fazer menos visível a qualquer coisa que pudesse vir a querer observá-lo, e, neste percurso, escuta sua matilha conversar sobre Skullhead.

*Wyrm nele, Wyrm no mausoléu.. tenho minhas ordens... quem ficou é mais do que capaz de lidar com o Caveira..*

Continua seu trajeto..

OFF: Hadrian obteve 04 dos 12 sucessos necessários para perscrutar a entrada do mausoléu furtivamente.
avatar
Sombra-da-Coruja

Mensagens : 275
Data de inscrição : 18/12/2017
Localização : Belem

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Campo Grande] Cemitério de Campo Grande

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum